Michael Giacchino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michael Giacchino
Michael Giacchino durante a premiação do Oscar 2010.
Informação geral
Nome completo Michael Giacchino
Nascimento 10 de outubro de 1967 (49 anos)
Local de nascimento Riverside Township, Nova Jérsei
 Estados Unidos
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Itália italiano
Gênero(s)
Ocupação(ões) Compositor
Cônjuge Maria Giacchino[1]
Alma mater Juilliard School
Período em atividade 1994-presente

Michael Giacchino (Riverside Township, Nova Jersey, 10 de outubro de 1967) é um compositor estadunidense e italiano responsável por fazer a trilha sonora de diversas séries, filmes e jogos de videogame. Alguns de seus trabalhos mais notáveis incluem as séries Lost, Alias e Fringe; jogos como Medal of Honor e Call of Duty, e filmes como Mission: Impossible III, The Incredibles, Ratatouille, Star Trek, Up, Super 8 e Zootopia.

Giacchino recebeu vários prêmios, incluindo um Emmy Award, três Grammy Awards, um BAFTA, um Globo de Ouro e um Oscar.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Michael Giacchino nasceu em Riverside Township, no Condado de Burlington, Nova Jérsei. Seu pai descende de italianos da Sicília e sua mãe de imigrantes italianos de Abruzzo, no sul italiano, o que garantiu-lhe obter a cidadania italiana.[2] Giacchino passou parte de sua infância e juventude na localidade vizinha de Park Township e formou-se em 1986 pela instituição católica High Cross High School.[3][4]

Logo aos dez anos de idade, Giacchino já demonstrava sua aptidão por música ao passar horas inventando fundos sonoros para animações stop motion. Durante a escola, um professor recomendou que ele ingressasse na Escola de Artes Visuais de Nova Iorque. Pouco tempo após, o jovem música teve seu primeiro contato com uma instituição voltada unicamente ao ensino de artes.[5]

Na Escola de Artes Visuais, Giacchino envolveu-se com produção cinematográfica e história do cinema. Durante a conclusão do curso, um de seus instrutores anunciou-lhe uma vaga para estágio na Universal Pictures. Giacchino, curiosamente o único interessado na vaga, foi contratado por seis meses, enquanto estudava e trabalhava em uma das unidades da franquia Macy's. Giacchino graduou-se em 1990 como Bacharel em Belas Artes e posteriormente, ingressou na Juilliard School.[6][7]

Amigo e colaborador de J.J. Abrams, Giacchino começou a sua parceria desde 2001, trabalhou nas séries de televisão Alias (2001-2006), Lost (2004-2010), Six Degrees (2006-2007), Fringe (2008-2013) e Undercovers (2010) e nos filmes Mission: Impossible III (2006), Star Trek (2009), Super 8 (2011) e Star Trek Into Darkness (2013). Excepto Star Wars: The Force Awakens (2015) foi composta por John Williams.

Em 2016, anunciou que Michael Giacchino iria substituir Alexandre Desplat como compositor de Rogue One: A Star Wars Story.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (em inglês). Secure.hollywoodreporter.com https://secure.hollywoodreporter.com/hr/gallery/images_gallery.jsp?tagName=Michael-Giacchino#0  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. «Oscar winner thank Italy». ANSA 
  3. Burlingame, John (5 de julho de 2006). «Michael Giacchino's Mission: Make the Old Music New». The New York Times 
  4. Longsdorf, Amy (24 de fevereiro de 2008). «Sucess sounds great for Giacchino». Courier-Post 
  5. Lincourt, Carrie (2011). "Q + A". Visual Arts Journal. Volume 19
  6. Burlingame, Jon (7 de maio de 2006). «Michael Giacchino's Mission: Make the Old Music New». The New York Times 
  7. «Michael Giacchino - Scoring for Primetime: ABC's Alias». Mackie.com 
  8. Kroll, Justin (12 de maio de 2014). «'Lost' Composer Michael Giacchino to Score 'Jurassic World'». Variety (em inglês). Variety.com. Consultado em 12 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]