Hawaii (filme de 1966)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hawaii (1966))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um filme estadunidense. Para outros significados, veja Havaí (desambiguação).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hawaii
Havaí (PT/BR)
 Estados Unidos
1966 •  cor •  189 min 
Direção George Roy Hill
Roteiro Dalton Trumbo e Daniel Taradash
Elenco Julie Andrews
Max von Sydow
Gene Hackman
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Hawaii (br / pt: Havaí) é um filme estadunidense de 1966, do gênero drama épico, dirigido por George Roy Hill, baseado em episódios romanceados da história do Havaí. Em 1970 foi filmada a sequência, The Hawaiians.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Nos anos de 1820, um príncipe havaiano estudante inspira dois de seus colegas da Universidade de Yale a viajarem para sua terra, como missionários calvinistas. Como só podem ser aceitos para essa incumbência se forem casados, o estudante Abner Hale é apresentado a jovem Jerusha. Ela ama um capitão de navio a quem não vê há dois anos, mas aceita se tornar esposa do estudante, que se ordena reverendo.

Ao chegarem às ilhas, o choque cultural é grande, com o casal inglês, e principalmente o reverendo, se opondo a muitos costumes dos nativos. Estes, liderados pela Rainha Malama, apesar de ameaçados com o inferno pelo reverendo furioso, continuam com sua atitude pacífica, generosa mas firme com os estrangeiros. Mas os nativos sabem que seu modo de vida está com os dias contados.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor fotografia colorida, melhor atriz coadjuvante (Jocelyne LaGarde), melhor figurino, melhores efeitos visuais, melhor trilha sonora, melhor canção original e melhor som.


Globo de Ouro (EUA)

  • Venceu nas categorias de melho atriz coadjuvante (Jocelyne LaGarde) e melhor canção original (Elmer Bernstein)
  • Indicado na categoria de melhor ator de cinema (Max von Sydow).