Jojo Rabbit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jojo Rabbit
 Estados Unidos
2019 •  cor •  108 min 
Direção Taika Waititi
Produção Carthew Neal
Taika Waititi
Chelsea Winstanley
Roteiro Taika Waititi
Baseado em Caging Skies
de Christina Leunens
Elenco Roman Griffin Davis
Thomasin McKenzie
Taika Waitit
Rebel Wilson
Stephen Merchant
Alfie Allen
Sam Rockwell
Scarlett Johansson
Música Michael Giacchino
Cinematografia Mihai Mălaimare Jr.
Edição Tom Eagles
Companhia(s) produtora(s) TSG Entertainment
Defender Films
Piki Films
Distribuição Fox Searchlight Pictures
Lançamento  Estados Unidos 18 de outubro de 2019
Idioma inglês
Orçamento US$ 14.000.000,00[1]
Receita US$ 44.426.234,00[2]
Página no IMDb (em inglês)

Jojo Rabbit é um filme americano de 2019, do gênero humor negro, escrito e dirigido por Taika Waititi, produzido pela Fox Searchlight Pictures e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures. A produção é estrelada por Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Waititi, Rebel Wilson, Stephen Merchant, Alfie Allen, Sam Rockwell e Scarlett Johansson, e seu enredo gira em torno de um garoto que deseja fazer parte da Juventude Hitlerista e que descobre que sua mãe está escondendo uma garota judia no porão de sua casa.

O filme estreou mundialmente no 44.º Festival Internacional de Cinema de Toronto, em 8 de setembro de 2019, no qual ganhou o People's Choice Award.[3] Está programado para ser lançado nos Estados Unidos e na Nova Zelândia em 18 de outubro; no Brasil, tem previsão de lançamento para 6 de fevereiro de 2020.[4] Jojo Rabbit dividiu os críticos, angariando elogios e criticas no que concerne à sua representação dos nazistas, apesar das atuações (particularmente as de Johansson, Davis e McKenzie) terem recebido elogios generalizados. A recepção polarizada do filme foi comparada à de Life Is Beautiful, de 1997.[5][6]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No agregador de resenhas Rotten Tomatoes, o filme possui 79 por cento de aprovação com base em 296 críticas, e uma média de 7,25 / 10. O consenso do site diz: "As mistura de humor irreverente e ideias sérias de Jojo Rabbit definitivamente não agradarão a todos os gostos - mas de qualquer forma, esta sátira anti-ódio é audaciosa mais do que necessário."[7] No Metacritic, que atribui uma média aritmética ponderada com base em 100 comentários de críticos mainstream, o filme recebeu uma pontuação média de 58 pontos, com base em 51 avaliações, indicando "críticas mistas ou médias".[8]

Referências

  1. «Making of 'Jojo Rabbit': How Taika Waititi Scored The Beatles' Music for His Hitler Satire». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  2. «Jojo Rabbit». Box Office Mojo. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  3. Hammond, Pete (15 de setembro de 2019). «'Jojo Rabbit' Wins Toronto's Grolsch People's Choice Award; Best Picture Oscar Predictor?». Deadline (em inglês). Consultado em 19 de setembro de 2019 
  4. Sabbaga, Julia (15 de setembro de 2019). «Jojo Rabbit, comédia de Taika Waititi, vence como melhor filme em Toronto». Omelete. Consultado em 19 de setembro de 2019 
  5. «Disney Hitler movie Jojo Rabbit divides critics and angers Germany». The Telegraph (em inglês). 9 de setembro de 2019. ISSN 0307-1235 
  6. Sharf, Zack (9 de setembro de 2019). «'Jojo Rabbit' Sharply Divides TIFF With Oscar Buzz and Uproar Over Nazi Storyline». IndieWire (em inglês). Consultado em 19 de setembro de 2019 
  7. «Jojo Rabbit (2019)», Rotten Tomatoes (em inglês), consultado em 11 de dezembro de 2019 
  8. «Jojo Rabbit», Metacritic, consultado em 11 de dezembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.