Exodus (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Exodus
Exodus (PT/BR)
Estados Unidos
1960 •  Cor •  208 min 
Direção Otto Preminger
Produção Otto Preminger
Roteiro Dalton Trumbo
Baseado em Exodus de Leon Uris
Elenco Paul Newman
Eva Marie Saint
Ralph Richardson
Sal Mineo
Peter Lawford
Género Drama, épico
Música Ernest Gold
Direção de arte Richard Day
Direção de fotografia Sam Leavitt
Edição Louis R. Loeffler
Distribuição United Artists
Lançamento 16 de dezembro de 1960
Idioma inglês

Exodus é um filme estadunidense de 1960, do gênero drama épico, dirigido por Otto Preminger com roteiro de Dalton Trumbo e trilha sonora de Ernest Gold, baseado em romance de mesmo título de Leon Uris.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Judeus sobreviventes do Holocausto buscam emigrar para a Palestina, então sobre controle britânico. Estes, no entanto, restringem a migração apreendendo os navios que transportam os judeus e confinando-os em Chipre. Um combatente da Haganá, Ari Ben Canaan, é enviado ao local para fazer o que for necessário para que 611 passageiros cheguem a Palestina. O plano é descoberto instantes antes do navio zarpar. A maioria dos passageiros recusam-se a retornar ao confinamento, permanecem a bordo do Exodus, novo nome dado por eles ao navio, e iniciam uma greve de fome.

O caso ganha destaque na mídia mundial e o governo britânico permite o Exodus partir para a Palestina. Após o atentado do Hotel King David, membros do Irgun que o perpetrara são presos em Acre e condenados a morte. Apesar das diferenças entre a Haganá e Irgun, Ari concebe um plano para liberta-los em operação conjunta. Ele prevê que todos serão necessários para a luta que se avizinha, quando o Plano da ONU para a partilha da Palestina de 1947 for aprovado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

As filmagens, fotografados em Super Panavision 70, foi ocorreram em Israel e Chipre. Saul Bass cuidou dos títulos de abertura.

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1961 (EUA)
Globo de Ouro 1961 (EUA)
  • Vencedor na categoria de melhor ator coadjuvante (Sal Mineo)
  • Indicado na categoria de melhor trilha sonora.
Grammy 1961 (EUA)
  • Venceu na categoria de melhor trilha sonora para cinema ou televisão.
Golden Laurel 1961 (Laurel Awards, EUA)
  • Venceu na categoria de melhor atuação de ator coadjuvante (Sal Mineo).
  • Indicado nas categorias de melhor atuação dramática de ator principal (Paul Newman) e melhor atuação de ator coadjuvante (Lee J. Cobb)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]