Tan Dun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tan Dun

Tan Dun (pinyin: Tán Dùn, 譚盾 (谭盾))) (Si Mao, Changsha, Hunan, 1957) é um compositor de música clássica contemporânea chinês, conhecido por compor as bandas sonoras dos filmes O Tigre e o Dragão e Herói, bem como por ter sido o autor da música utilizada para a transmissão de O Dia do Milénio (2000 Today) e da música utilizada durante a Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008.

Primeiros anos na China[editar | editar código-fonte]

Tan Dun nasceu na aldeia de Simaonae, Changsha, província de Hunan, na República Popular da China. Quando era criança, vivia fascinado pelo papel do shimaon da sua aldeia, que levava a cabo rituais e cerimónias, frequentemente com música feita com objetos orgânicos, como pedras e água. No entanto, como criança em plena Revolução Cultural, viu estas práticas serem consideradas "retrógradas" e mal vistas, tendo sido enviado para plantar de arroz numa comuna pelo governo.

Tal, porém, teve pouco efeito na sua afinidade pela música. Criou o seu próprio grupo musical, formado por camponeses da aldeia tocando tudo o que podiam, por vezes mesmo panelas e tachos. Foi a partir destes camponeses que começou a aprender a tocar instrumentos de corda tradicionais da China.

A sua saída da comuna chegou na forma de uma companhia itinerante patrocinada pelo governo da Ópera de Pequim. Quando um ferryboat cheio de artistas intérpretes naufragou perto da comuna, matando vários deles, Tan foi contratado pela companhia e saiu da comuna. Daí passou para o Conservatório Central de Música em Pequim e estudou com músicos como Tōru Takemitsu, que influenciou fortemente a sua musicalidade e o seu sentido de estilo musical.

Venceu um Oscar pela banda sonora de O Tigre e o Dragão.

Obras[editar | editar código-fonte]

Óperas[editar | editar código-fonte]

Bandas sonoras[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]