Universo Cinematográfico Marvel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Universo Cinematográfico Marvel
Intertítulo do Universo Cinematográfico Marvel exibido em Marvel Studios: Assembling a Universe (2014)
Criador Marvel Studios
Trabalho original Homem de Ferro (2008)
Publicações impressas
Quadrinhos Revistas em quadrinhos tie-ins do Universo Cinematográfico Marvel
Filmes e televisão
Filmes Filmes do Universo Cinematográfico Marvel
Curtas-metragens Marvel One-Shots
Séries de televisão Séries de televisão do Universo Cinematográfico Marvel
Webséries WHIH Newsfront
Agents of S.H.I.E.L.D.: Slingshot

O Universo Cinematográfico Marvel (no original, Marvel Cinematic Universe (MCU)) é uma franquia de mídia americana e um universo compartilhado centrado em uma série de filmes de super-heróis, produzida independentemente pela Marvel Studios e baseada em personagens que aparecem nas revistas em quadrinhos americanas publicadas pela Marvel Comics. A franquia tem se expandido para incluir histórias em quadrinhos, curtas-metragens, séries de televisão e séries digitais. O universo compartilhado, assim como o Universo Marvel nos quadrinhos, foi estabelecido por cruzar elementos comuns do enredo, cenários, elenco e personagens. Phil Coulson, interpretado por Clark Gregg, é um personagem original do UCM e o único personagem a aparecer em todas as diferentes mídias do UCM.

O primeiro filme lançado no Universo Cinematográfico Marvel foi Homem de Ferro (2008), que começou a primeira fase de filmes culminando no filme crossover Os Vingadores (2012). A Fase Dois começou com Homem de Ferro 3 (2013), e concluiu com Homem-Formiga (2015). Os filmes estão atualmente na Fase Três, que começou com o lançamento de Capitão América: Guerra Civil (2016). A Marvel Television expandiu o universo ainda mais, primeiro para a rede de televisão com Agents of S.H.I.E.L.D. na ABC na temporada de televisão 2013-14, seguido por streaming online com Demolidor na Netflix em 2015 e Fugitivos no Hulu em 2017, e depois para a televisão a cabo com Manto & Adaga em 2018 na Freeform. A Marvel Television também produziu a série digital Agents of S.H.I.E.L.D.: Slingshot, que é um complemento para Agents of S.H.I.E.L.D. Álbuns de trilha sonora foram lançados para todos os filmes, juntamente com muitas das séries de televisão, assim como o lançamento de álbuns de compilação contendo música existente ouvida nos filmes. O UCM também inclui quadrinhos tie-ins publicados pela Marvel Comics, enquanto a Marvel Studios também produziu uma série de curtas-metragens diretamente em vídeo e uma campanha de marketing viral para seus filmes e o universo com o programa fictício de notícias WHIH Newsfront.

A franquia tem sido comercialmente bem sucedida como um universo de multimídia compartilhado. Ela tem inspirado outros estúdios de cinema e televisão com direitos de adaptação de personagens de quadrinhos para tentar criar universos compartilhados semelhantes. O UCM também tem sido o foco de outras mídias, fora do seu universo compartilhado, incluindo atrações na Disneyland e na Discovery Times Square Exposition, dois especiais de televisão, guias para cada filme e para cada temporada de Agent Carter e Agents of S.H.I.E.L.D., um jogo eletrônico da Lego e um comercial da Coca-Cola.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Os cineastas não estão acostumados a conseguir atores de outros filmes que outros cineastas tenham lançado, certas linhas de enredo que estão conectadas ou certas localizações que estão conectadas, mas acho que todos que estavam na equipe pensaram que é divertido, principalmente porque sempre nos mantivemos consistentes dizendo qual filme que estamos fazendo vem primeiro.Todo o tecido conectivo, tudo isso é divertido e vai ser muito importante se você quiser que seja. Se os fãs querem olhar mais e encontrar conexões, então eles estão lá. Há algumas grandes, obviamente, que espero que o público mainstream será capaz de ver também. Mas ... a razão pela qual todos os cineastas estão na equipe é que seus filmes precisam funcionar por conta própria. Eles precisam ter uma visão fresca, um tom único, e o fato de que eles podem interconectar se quiserem como migalhas de pão é um bônus.

Kevin Feige, Presidente de Produção da Marvel Studios, sobre a construção do universo compartilhado.[1]

Em 2005, a Marvel Entertainment começou a planejar produzir seus próprios filmes independentemente e distribuí-los através da Paramount Pictures.[2] Anteriormente, a Marvel co-produziu vários filmes de super-heróis com a Sony Pictures Entertainment, New Line Cinema entre outros, incluindo um acordo de desenvolvimento de sete anos com 20th Century Fox.[3] A Marvel fez relativamente pouco lucro dos seus acordos de licenciamento com outros estúdios e queria obter mais dinheiro com seus filmes, mantendo o controle artístico dos projetos e distribuição.[4] Avi Arad, diretor da divisão de filmes da Marvel, ficou satisfeito com os filmes do Homem-Aranha de Sam Raimi na Sony, mas ficou menos satisfeito com os outros. Como resultado, eles decidiram formar a Marvel Studios, o primeiro grande estúdio de filmes independentes de Hollywood desde a DreamWorks.[5]

O segundo em comando de Arad,[5] Kevin Feige, percebeu que, ao contrário do Homem-Aranha e dos X-Men, cujos direitos cinematográficos eram licenciados para a Sony e Fox, respectivamente, a Marvel ainda possuía os direitos dos membros-chave dos Vingadores. Feige, um auto-proclamado "fanboy", imaginou a criação de um universo compartilhado como os criadores Stan Lee e Jack Kirby tinham feito com seus quadrinhos no início dos anos 60.[6] Para arrecadar capital, o estúdio obteve financiamento de uma linha de crédito renovável de 525 milhões de dólares, com prazo de sete anos, com a Merrill Lynch.[4] O plano da Marvel era liberar filmes individuais para seus personagens principais e depois fundi-los juntos em um filme de crossover.[7] Arad, que duvidou da estratégia e ainda insistiu que era sua reputação que ajudou a garantir o financiamento inicial, renunciou no ano seguinte.[5][8]

Kevin Feige ajudou a conceber o universo de mídia compartilhada das propriedades da Marvel.

Em 2007, aos 33 anos, Feige foi nomeado chefe do estúdio. Para preservar sua integridade artística, a Marvel Studios formou um comitê criativo de seis pessoas com pessoas familiarizadas com sua tradição de quadrinhos que incluía Feige, o co-presidente da Marvel Studios, Louis D'Esposito, o presidente da Marvel Comics, Dan Buckley, o editor-chefe criativo Joe Quesada, o escritor Brian Michael Bendis e o presidente da Marvel Entertainment, Alan Fine, que supervisionou o comitê.[5] Feige referiu-se inicialmente à continuidade narrativa compartilhada desses filmes como "Marvel Cinema Universe" (Universo Cinema da Marvel),[9] mas mais tarde usou o termo "Marvel Cinematic Universe".[10] Marvel designou o Marvel Cinematic Universe (Universo Cinematográfico Marvel) como Terra-199999 dentro da continuidade do multiverso da empresa, uma coleção de universos ficcionais alternativos.[11]

Em novembro de 2013, Feige disse que "em um mundo ideal" ocorreria lançamentos a cada ano sobre um filme baseado em um personagem existente e outro sobre um novo personagem, dizendo que é "um ritmo agradável" nesse formato. Embora nem sempre foi caso, como é evidente pelos lançamentos de 2013 de Homem de Ferro 3 e Thor: The Dark World, ele disse que é "certamente algo para visar."[12] Feige expandiu isso em julho de 2014, dizendo: "Não sabemos se vamos poder manter [esse modelo] todos os anos, mas estamos fazendo isso em 2014 e 2015, então acho que seria divertido continuar esse tipo de coisa".[13] Em fevereiro de 2014, Feige afirmou que a Marvel Studios queria imitar o "ritmo" que as histórias em quadrinhos desenvolveram, fazendo com que os personagens estrelassem em seus próprios filmes e, em seguida, se reúnem como "um grande evento ou série de crossover",[14] com os filmes dos Vingadores agindo como "grandes e gigantescos pinos".[15] Após a revelação de várias datas de lançamento para filmes até 2019 em julho de 2014,[16] Feige afirmou: "Eu acho que se você olhar para algumas dessas datas que anunciamos, vamos para três filmes em alguns desses anos. Outra vez, não há nenhuma questão crucial nos dizendo que o número devia ser aumentado para três, fazer mais de dois filmes em um ano, mas por causa da razão justa trazida para fora: É sobre controlar franquias [existentes], longas para filmar, e quando nós temos uma equipe pronta para isso, por que dizer-lhes para ir embora por quatro anos só porque não temos um slot? Prefiro encontrar uma maneira de continuar assim."[17] Depois que os títulos foram revelados em outubro de 2014,[18] Feige disse, "o estúdio está disparando em todos os cilindros agora ... o que nos deixou confortáveis no primeiro momento ... para aumentar para três filmes por ano [em 2017 e 2018] em vez de apenas dois, sem alterar os nossos métodos."[19]

Ao expandir os personagens do universo, os deixando respirar em filmes individuais e trabalhar por conta própria, em oposição a ter o time dos Vingadores em todos os filmes, Feige afirmou, é sobre "ensinar ao público a noção de que os personagens existem separadamente, reunindo-se para eventos específicos, indo embora e existindo separadamente em seus próprios mundos novamente. Como os leitores de quadrinhos têm feito durante décadas e décadas ... As pessoas aceitam que há momentos em que eles devem estar juntos e outros não".[20] Em abril de 2014, Feige revelou que a versão de Edgar Wright para Homem-Formiga em 2006 ajudou a moldar os primeiros filmes do UCM, dizendo: "Nós mudamos, francamente, alguns dos UCM para acomodar esta versão do Homem-Formiga. Saber o que queríamos fazer com Edgar e com Homem-Formiga, anos e anos atrás, ajudou a ditar o que fizemos com a lista de Vingadores pela primeira vez. Tanto em termos de sua ideia para a história do Homem-Formiga influenciando o nascimento do UCM nos primeiros filmes que levam até Vingadores."[21]

Em outubro de 2014, a Marvel realizou um evento de imprensa para anunciar os títulos de seus filmes da Fase Três.[18] O evento, que fez comparações com a Worldwide Developers Conference da Apple,[22] foi feito porque toda a informação estava pronta. Como Feige explicou: "Nós queríamos fazer isso na [San Diego] Comic-Con deste ano. As coisas não foram definidas ... Então, o plano foi, desde algumas semanas antes da Comic-Con, quando percebemos que não estávamos indo ser capazes de fazer tudo o que queríamos fazer, decidimos "vamos fazer algo que não fizemos em muito tempo, ou algo que nunca fizemos". Que é um evento singular, apenas para anunciar o que temos quando estiver pronto. Eu pensei que poderia ser início de agosto, ou meados de setembro, acabou sendo [no final de outubro]."[19]

Em setembro de 2015, depois que a Marvel Studios foi integrada no Walt Disney Studios com Feige passando a relatar ao presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn, em vez do CEO da Marvel Entertainment, Isaac Perlmutter,[23] foi divulgado que o comitê criativo dos estúdios teria voz "nominal" sobre os filmes, embora continuaria ser consultado nas produções da Marvel Television, que permaneceu sob o controle de Perlmutter.[24][25] Todas as decisões-chave do filme serão feitas por Feige, D'Esposito e Victoria Alonso.[24] No final do mês, falando sobre o quanto história é desenvolvida para os futuros filmes do universo, Feige disse que há "golpes largos", embora algumas vezes "coisas super-específicas. Mas, na maior parte, em traços largos que são suficientemente amplos e soltos que, través do desenvolvimento de quatro dos cinco filmes antes de chegarmos ao culminar ... ainda temos espaço para balançar e para se mover e nos surpreender nos lugares em que acabamos. Para que todos os filmes, eu espero que quando tiverem finalizando, sintam que estão todos interconectados e destinados a ser planejados bem à frente, mas realmente podem viver e respirar o suficiente como filmes individuais para satisfazer cada um de si mesmos". O estúdio também tem vários planos de contingência para a direção de todos os seus filmes, no caso de eles serem incapazes de garantir um determinado ator para reprisar um papel, ou exigir direitos de um personagem, como foi feito em fevereiro de 2015 com Homem-Aranha.[26]

Em abril de 2016, falando sobre mover o universo para a Fase Quatro e refletir sobre as três primeiras, Feige disse: "Eu acho que haverá um final para momentos da Fase Três, bem como novos começos que marcarão uma fase diferente, muito diferente, um capítulo distinto no que será um dia, uma primeira saga completa composta de três fases." Joe Russo acrescentou: "Você constrói coisas e as pessoas desfrutam das experiências que você construiu. Mas então você meio que alcança um ápice ou você alcança um clímax, um momento em que você vai, esta estrutura vai realmente começar a ser repetitiva se fizermos isso novamente, então o que vamos fazer agora?', nós estamos em fase de desconstrução com Capitão América: Guerra Civil e levando a Avengers: Infinity War, que são filmes culminantes".[27] Feige afirmou: "Este ano [2016], temos Guerra Civil e Doutor Estranho em novembro, dois filmes completamente diferentes. Para mim e para todos da Marvel Studios, é o que o mantém funcionando, enquanto estivermos surpreendendo as pessoas, enquanto não estivermos caindo em coisas que se tornam muito parecidas ... no próximo ano, Guardiões da Galáxia Vol. 2, Spider-Man: Homecoming, Thor: Ragnarok. Todos os três filmes são totalmente diferentes ... enquanto a única coisa compartilhada é que eles vêm do mesmo material de origem e eles têm o logotipo da Marvel na frente dos filmes."[28] Um ano depois, Feige sentiu que após a conclusão da Fase Três, a Marvel pode abandonar o agrupamento dos filmes por fases, dizendo: "pode ser uma coisa nova".[29]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Com o tempo, os direitos de distribuição dos filmes da Marvel Studios mudaram de mãos em várias ocasiões. Em novembro de 2006, a Universal Pictures anunciou que iria distribuir O Incrível Hulk,[30] em um arranjo separado do acordo de 2005 da Marvel com a Paramount, que estava distribuindo outros filmes da Marvel.[2] Em setembro de 2008, após o sucesso internacional de Homem de Ferro, a Paramount assinou um acordo para ter direitos de distribuição mundial de Homem de Ferro 2, Thor, Capitão América: O Primeiro Vingador, Os Vingadores e Homem de Ferro 3.[31]

No final de dezembro de 2009, The Walt Disney Company comprou a Marvel Entertainment por US $4 bilhões. Em outubro de 2010, a Walt Disney Studios comprou os direitos de distribuição de Os Vingadores e Homem de Ferro 3 da Paramount Pictures,[32] com o logotipo da Paramount permanecendo nos filmes, assim como para material promocional e mercadoria,[33][34] embora a Walt Disney Studios Motion Pictures é o único estúdio creditado no final destes filmes.[35] A Disney tem distribuído todos os filmes seguintes da Marvel Studios.[36] Em julho de 2013, a Disney adquiriu os direitos de distribuição de Homem de Ferro, Homem de Ferro 2, Thor e Capitão América: O Primeiro Vingador da Paramount.[37] A Disney não adquiriu os direitos de O Incrível Hulk devido a um acordo entre a Marvel e a Universal, onde a Marvel possui os direitos de produção e a Universal possui os direitos de distribuição, para este filme, assim como o direito de preferência para distribuir possíveis futuros filmes do Hulk.[38] De acordo com The Hollywood Reporter, uma razão pela qual a Disney não comprou os direitos de distribuição de filmes para o Hulk como fizeram com a Paramount para os filmes do Homem de Ferro, Thor e Capitão América é porque a Universal detém os direitos de parque temático de vários personagens da Marvel que a Disney quer para seus próprios parques temáticos.[39]

Em fevereiro de 2015, a Sony Pictures Entertainment e a Marvel Studios anunciaram um acordo de licenciamento que permitiria ao Homem-Aranha aparecer no Universo Cinematográfico Marvel, com o personagem aparecendo pela primeira vez em Capitão América: Guerra Civil. A Marvel Studios também explorou oportunidades para integrar outros personagens do Universo Cinematográfico Marvel em futuros filmes financiados do Homem Aranha, distribuídos e controlados pela Sony Pictures com Robert Downey, Jr. o primeiro confirmado para reprisar seu papel como Tony Stark / Homem de Ferro em Spider-Man: Homecoming.[40] Em junho de 2015, Feige esclareceu que o acordo inicial da Sony não se aplica as séries de televisão do UCM, pois foi "muito específico ... com uma certa quantidade de ida e volta permitida".[41]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Jeph Loeb sentado.
Chefe da Marvel Television, Jeph Loeb, serve como produtor executivo de todas as séries televisão situadas no universo.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2010, a Marvel Television foi formada com Jeph Loeb como chefe.[42] Em julho de 2012, a divisão havia entrado em discussões com a ABC para criar uma série situada no UCM,[43] e em agosto, a ABC encomendou um piloto para uma série chamada S.H.I.E.L.D., criada pelo roteirista/diretor de Os Vingadores, Joss Whedon;[44] foi depois renomeada Agents of S.H.I.E.L.D..[45] Em janeiro de 2014, a série Agent Carter foi anunciada, se juntando com Agents of S.H.I.E.L.D. na ABC.[46] enquanto uma ordem de piloto para uma sitcom, Controle de Danos, foi revelada em outubro de 2015.[47] Ao falar sobre a Marvel potencialmente fazendo séries de comédia, Loeb disse em janeiro de 2016 que a Marvel sempre sente que o humor deve ser parte de qualquer coisa que eles produzam, apesar de possivelmente se adequar a um gênero mais sombrio, como Demolidor e Jessica Jones, enquanto também ficam "aterrados e real". Ele acrescentou, "Há momentos de leviandade que estão na vida que você precisa trazer para a mesa, ou então, torna-se extremamente opressivo ... Se você estiver indo para [explorar elementos dos quadrinhos], é sempre uma boa ideia ter certeza de que o público está ciente de que, sim, é engraçado [também]".[48]

Em maio de 2016, depois que a ABC cancelou Agent Carter e desaprovou Most Wanted, o presidente da ABC Entertainment, Channing Dungey, disse que a Marvel e a ABC estavam trabalhando juntas, buscando "séries que seriam benéficas para ambas as marcas" avançar.[49] Em novembro de 2016, a Marvel e a IMAX Corporation anunciaram Inumanos, baseada na espécie homônima, depois de um planejado filme baseado nos personagens ter sido removido do calendário da Fase Três da Marvel Studios.[50][51][52] Os dois primeiros episódios da série foram programados para estrear nos cinemas IMAX em setembro de 2017 por duas semanas, antes de serem transmitidos pela ABC com o restante da série.[50] Ben Sherwood, presidente da Disney-ABC Television Group, disse: "Trabalhamos muito cuidadosamente com nossos amigos na Marvel Studios—e este é um ponto crítico—para se certificar de que, no calendário e em termos de conteúdo, estamos apenas aumentando" o UCM; o lançamento nos cinemas da série foi programado para não interferir com o lançamento de filmes da Marvel Studios—a exibição no cinema da série aconteceu entre os lançamentos de Spider-Man: Homecoming e Thor: Ragnarok.[53][54] O acordo foi inicialmente sugerido para a Marvel pela IMAX depois de ter realizado um evento IMAX bem sucedido com Game of Thrones em 2015.[54]

Streaming online[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2013, a Marvel estava preparando quatro séries de drama e uma minissérie, totalizando 60 episódios, para apresentar aos serviços de vídeo sob demanda e provedores de cabo, com Netflix, Amazon e WGN America expressando interesse.[55] Em novembro de 2013, foi anunciado que a Disney forneceria a Netflix com séries em live-action baseadas em Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro e Luke Cage, levando a uma minissérie baseada nos Defensores.[56] Este formato foi escolhido devido ao sucesso de Os Vingadores, para o qual os personagens de Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão América foram todos introduzidos separadamente antes de serem unidos no filme.[57] O CEO da Disney, Bob Iger, declarou que a Netflix foi escolhida para exibir as séries, "quando a Disney percebeu que poderia usar o serviço de streaming como forma de aumentar a popularidade dos personagens". Ele acrescentou que, se os personagens se tornassem populares, eles poderiam ganhar filmes.[58] Loeb afirmou mais tarde que a Marvel não estava "interessada em fazer quatro pilotos e, em seguida, esperar que algum dia todos pudessem se juntar. Netflix realmente entendeu o que queríamos fazer. Eles são muito abertos aos diretores que talvez não tenham a mesma oportunidade em transmissão de televisão. A noção de ter todos os 13 episódios de uma vez, particularmente na narrativa serializada, é muito atraente ".[59] Loeb também acrescentou que os quatro personagens escolhidos "todos tinham um relacionamento existente anterior e todos cresciam no mesmo tipo de tendência em Nova York [nos quadrinhos]. Então, se emprestaram a um mundo. Isso significa que essas séries serão a mesma coisa? Não. Elas não podem ser. Os personagens têm questões diferentes, problemas diferentes, sentimentos diferentes sobre eles ... O exemplo que eu dou continuamente é que não consigo pensar em dois filmes que são mais diferentes do que The Winter Soldier e Guardiões da Galáxia. E ainda, se você assistir eles consecutivamente, eles se sentem muito Marvel. Eles se sentem muito como, 'Oh, ainda é o mesmo universo em que eu estou.'"[60]

Quesada confirmou em abril de 2014 que as séries da Netflix seriam situadas dentro do UCM.[61] Loeb explicou que "Dentro do universo Marvel existem milhares de heróis de todas as formas e tamanhos, mas os Vingadores estão aqui para salvar o universo e o Demolidor está aqui para salvar o bairro ... Isso ocorre no Universo Cinematográfico Marvel. Está tudo conectado. Mas isso não significa necessariamente que nós olhamos para o céu e vejamos o Homem de Ferro. É apenas uma parte diferente de Nova York que ainda não vimos nos filmes da Marvel".[62] Em janeiro de 2015, o COO da Netflix, Ted Sarandos, disse que a Netflix planeja lançar uma série da Marvel aproximadamente um ano separada uma da outra após o lançamento de Demolidor em abril de 2015.[63] Um ano depois, Sarandos observou que as programações de lançamento de séries da Marvel da Netflix dependem dos "longos tempos de produção e longos tempos de postagem. Em alguns casos, quando temos crossover de personagens, torna mais difícil gerenciar a produção. Não é o objetivo de colocar mais de uma ou duas [cada] ano ... O complexo é realmente Os Defensores. O cronograma de produção dos Defensores determinará uma grande parte da produção da temporada 2 e 3 dessas séries." Ele também observou sobre possíveis spin-offs que outros "personagens do universo também poderiam girar" em suas próprias séries em algum ponto,[64] com a Netflix ordenando O Justiceiro, um spin-off de Demolidor, em abril.[65] Sarandos mais tarde afirmou que a Netflix estava tentando fechar a lacuna entre os lançamentos das temporadas da Marvel, mas sempre priorizando a qualidade da série em relação ao maior número de lançamentos por ano. Ele também disse que a Netflix estava aberta para explorar o UCM além da série dos Defensores, incluindo possíveis crossovers com as séries da Marvel da ABC.[66]

Em agosto de 2016, a Marvel anunciou que Fugitivos havia recebido uma ordem piloto do Hulu[67] eventualmente recebendo uma ordem de 10 episódios no mês seguinte.[68] Em julho, Loeb confirmou que a série aconteceria no UCM dizendo: "Todos vivem no mesmo mundo. Como é conectado, onde é conectado ou o que será conectado ainda teremos que ver. ". Ele acrescentou que os personagens não se preocupariam com as ações de outros no universo, em vez de se concentrar em seus próprios problemas. Isso permitiu aos espectadores Josh Schwartz e Stephanie Savage lidar com conceitos como super-heróis e fantasia sem explicá-los ao público, já que já estão bem estabelecidos no UCM, enquanto ainda se concentram em seus próprios personagens, que eles descreveram como "libertadores".[69] Também nesse mês, foi anunciado que a Marvel e a Netflix completarão a produção em 135 episódios no final de 2017, tornando o negócio o maior compromisso de produção de televisão em Nova York. A produção das diferentes séries envolveu 500 vendedores locais e pequenas empresas para vários estágios de desenvolvimento e exigiu mais de 14 mil contratações relacionadas à produção.[70]

Cabo[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2016, a rede de televisão a cabo de propriedade da ABC, Freeform, anunciou Manto & Adaga, baseada nos personagens homônimos, com uma ordem direta para a série para 2018.[71][72] A rede confirmou que a série seria "a primeira aventura deles no Universo Cinematográfico Marvel", e descreveu a série como uma "história de amor de super-heróis", uma premissa de que a Variety chamou de "um ajuste perfeito para a Freeform", dado o público-alvo da rede.[71][73] Este conteúdo mais jovem foi continuado com a série de comédia Novos Guerreiros encomendada em abril de 2017, com a executivo da Freeform, Karey Burke, dizendo, Marvel "começou a ver nossa força com os jovens adultos e juntos pudemos criar uma linha para o conteúdo que é específico para a nossa audiência. Era importante para nós dois encontrarmos os personagens certos que pareciam falar diretamente com o público da Freeform. Os Vingadores não iriam trabalhar aqui, mas os heróis que estariam prestes a ser Vingadores trabalham aqui."[74] Loeb observou que foi "emocionante" para a Marvel "poder explorar o mundo do herói e como isso afeta alguém que está tentando descobrir quem ele é, ao contrário de quem já sabe quem ele é e agora toda a sua vida tem que virar à esquerda. Essa é a jornada que estamos passando com esses tipos de personagens" em Manto & Adaga, Novos Guerreiros e Fugitivos do Hulu.[75]

Crossovers com os filmes[editar | editar código-fonte]

Depois de [direcionar algo por Jeph] Loeb, vamos passar por Nova York, Joe Quesada, Dan Buckley e esses caras. [Então nós] apresentamos nossas coisas para Kevin Feige e seu grupo dos filmes para ver se há algo em que podemos amarrar, para ver se eles estão bem sobre nós usando um personagem, uma arma ou alguma outra coisa legal. Tudo está interligado.

—Produtor executivo de Agents of S.H.I.E.L.D., Jeffrey Bell, em setembro de 2014, explicando o processo de trabalhar com o UCM[76]

O produtor executivo de Agents of S.H.I.E.L.D., Jeffrey Bell, revelou no painel do programa PaleyFest 2014 que os produtores e roteiristas podem ler os roteiros dos próximos filmes do UCM para saber onde o universo está indo.[77] Ele observou que, uma vez que os filmes devem ser "grandes" e se moverem "rapidamente através de muitas peças enormes", é benéfico para os filmes que a série de televisão preencha algumas "lacunas" para eles.[78] O seu companheiro produtor executivo, Jed Whedon, explicou que cada projeto da Marvel se destina a ser autônomo primeiro antes de qualquer entrelaçamento, e observou que a série tem que trabalhar com a divisão de filmes e estar ciente de seus planos para não interferir ao apresentar alguém ou algo para o universo.[79] Bell elaborou que isso era preferível para que pessoas que não assistem os filmes ainda possam acompanhar a série, e vice-versa.[78] Joss Whedon observou que esse processo "infelizmente apenas significa que a série de TV obtém, você sabe, sobras". Ele afirmou que, por exemplo, a equipe criativa da série inicialmente queria usar o cetro de Loki de Os Vingadores, mas não era possível devido aos planos de Whedon para Avengers: Age of Ultron.[80]

Em abril de 2014, Quesada afirmou que, além de se conectarem a si mesmos, as séries da Netflix se conectariam com os filmes e outras séries de televisão.[61] Em março de 2015, Loeb falou sobre a capacidade das séries da Netflix se cruzarem com os filmes e as séries da ABC, dizendo, "Como é agora, da mesma forma que nossos filmes começaram como autônomos e, então, quando chegamos em Os Vingadores, se tornou mais prático para o Capitão América fazer um pequeno crossover em Thor 2 e para Bruce Banner aparecer no final de Homem de Ferro 3. Temos que ganhar isso. O público precisa entender quem são esses personagens e o que o mundo é antes de você começar a co-misturar".[81] Em setembro de 2015, Feige elaborou sobre os filmes referenciando as séries de televisão, dizendo, "Eu acho que isso é inevitável em algum momento, já que planejamos as histórias dos filmes avançando ao mesmo tempo em que os episódios são feitos. As agendas nem sempre correspondem perfeitamente para tornar isso possível. É mais fácil para [as séries]. Eles são bem mais rápidos em criar material do que nós, o qual é uma das principais razões pelas quais você vê as repercussões de The Winter Soldier ou [Avengers: Age of Ultron] nos episódios ... quando começamos a fazer um filme, eles estarão no meio da temporada. Quando o nosso filme sair, eles estarão [começando a próxima temporada]. Então, encontrar o tempo nisso nem sempre é fácil.[26]

Loeb falou mais sobre o assunto em julho de 2016, reiterando a questão do agendamento dizendo "se eu estiver filmando uma série de televisão e isso acontecerá ao longo de um período de seis meses ou oito meses, como eu vou conseguir [um ator da série de televisão] para poder estar em um filme?" Ele observou que isso não seria um problema se os personagens estivessem fazendo aparições muito menores, mas explicou que a Marvel não estava interessada em cameos e easter-eggs apenas por causa do fan service, o que poderia prejudicar a história contada; "Como vocês sempre me ouvem dizendo #ItsAllConnected (#TudoEstáConectado), o nosso sentimento é que a conexão não é apenas se alguém aparece em um filme ou numa série de televisão. Tudo está conectado no sentido de que as séries estão no mesmo universo dos filmes."[82]

Em maio de 2017, Feige comentou que um personagem que aparece em uma série de televisão não o exclui necessariamente de aparecer em um filme, acrescentando que "em algum momento, haverá um crossover ou algo assim".[83] Eric Carroll, um dos produtores de Spider-Man: Homecoming, considerou que com a introdução do Homem-Aranha ao UCM "seria realmente divertido" referenciar os Defensores em um filme, visto que eles também são heróis urbanos atuando na cidade de Nova York, acrescentando, "é definitivamente uma carta que eu adoraria ver sendo usada, mais cedo ou mais tarde".[84]

Loeb disse em julho de 2017 que a Marvel Television não tem tido planos para crossovers entre séries de diferentes canais.[75] Especificamente para a semelhança temática entre Manto & Adaga, Novos Guerreiros e Fugitivos, que lidam com jovens heróis, Loeb afirmou, "Você verá coisas que comentam um no outro, tentamos tocar a base onde quer que possamos, mas é muito parecido com a vida real, as coisas que estão acontecendo em Los Angeles [onde Fugitivos se passa] não está exatamente afetando o que está acontecendo em Nova Orleães [onde Manto & Adaga se passa]."[75] Ele acrescentou, em outubro, que o agendamento de cada série influencia por que os crossovers entre elas são mais difíceis de se fazer e que os "sentimentos" das diferentes redes precisam ser considerados.[85]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em 2008, o primeiro quadrinho tie-in oficial foi lançado.[86] Quesada delineou seu plano para expandir o UCM em histórias em quadrinhos, dizendo, "Os [quadrinhos] do UCM serão histórias definidas dentro da continuidade dos filmes. Não são necessariamente adaptações diretas dos filmes, mas talvez algo que aconteceu fora da tela e foi mencionado no filme ... Kevin Feige está envolvido com estes e, em alguns casos, talvez os roteiristas dos filmes estejam envolvidos [também]."[87] Marvel Comics trabalhou com Brad Winderbaum, Jeremy Latcham e Will Corona Pilgrim na Marvel Studios para decidir quais conceitos devem ser transferidos do Universo Marvel Comics para o Universo Cinematográfico Marvel, o que mostrar nos quadrinhos tie-ins e o que parte para os filmes.[88] A Marvel esclareceu quais dos quadrinhos tie-in são considerados histórias canônicas oficiais do UCM, com o resto simplesmente inspirados pelo UCU, "onde podemos mostrar todos os personagens do filme em traje e em forma de quadrinhos".[89]

Em agosto de 2011, a Marvel anunciou uma série de curtas-metragens diretamente em vídeo chamada Marvel One-Shots,[90] o nome deriva do rótulo usado pela Marvel Comics para seus quadrinhos one-shots.[91] O co-produtor Brad Winderbaum disse, "É uma maneira divertida de experimentar novos personagens e ideias, mas, mais importante, é uma maneira de expandir o Universo Cinematográfico Marvel e contar histórias que vivem fora da trama de nossos filmes".[90] Cada curta-metragem é projetado para ser uma história autônoma que fornece mais história de gundo para personagens ou eventos apresentados nos filmes.[92] Em julho de 2012, D'Esposito afirmou que a Marvel estava considerando a idEia de apresentar personagens estabelecidos que ainda não estão prontos para terem seus próprios filmes em futuros One-Shots, afirmando, "Há sempre uma possibilidade para apresentar um personagem. Nós temos 8 mil deles, e eles não podem estar todos no mesmo nível. Então, talvez existam alguns que não são tão populares, e nós os apresentamos [com um curta] – e eles decolam. Eu podia ver isso acontecendo."[93]

Em março de 2015, o vice-presidente de Desenvolvimento e Produção de Animação da Marvel, Cort Lane, afirmou que séries animadas dentro do UCM estavam "nos trabalhos".[94] Em julho, a Marvel Studios fez parceria com o Google para produzir o falso programa de notícias WHIH Newsfront com Christine Everhart, uma série de vídeos postados no YouTube que servem como centro de uma campanha de marketing viral para promover os filmes e o universo.[95] Em dezembro de 2016, uma websérie de seis partes, Agents of S.H.I.E.L.D.: Slingshot, foi revelada, o qual estreou no ABC.com em 13 de dezembro de 2016. Ela acompaha Elena "Yo-Yo" Rodriguez em uma missão secreta, pouco antes do início da quarta temporada de Agents de S.H.I.E.L.D., com Natalia Cordova-Buckley reprisando seu papel.[96]

Práticas de negócios[editar | editar código-fonte]

Joss Whedon foi um amplo contribuinte para a Fase Dois, oferecendo uma visão criativa de todos os filmes dessa fase e criando a primeira série de televisão do UCM, Agents of S.H.I.E.L.D., enquanto escrevia e dirigia Avengers: Age of Ultron.

A Marvel Studios desenvolveu práticas de negócios específicas para criar seu universo compartilhado, incluindo a escolha de cineastas. Feige comentou, "Você não precisa ter dirigido um grande e gigante filme de efeitos visuais para fazer um grande e gigante filme de efeitos visuais para nós. Você só precisa ter feito algo singularmente impressionante,"[97] acrescentando, "Foi bom para nós quando levamos diretores [como Jon Favreau, Joss Whedon, Kenneth Branagh e os irmãos Russo], que fizeram coisas muito, muito boas. Muito raramente são uma dessas coisas boas, um grande filme blockbuster de super-herói."[98] Ao contratar diretores, o estúdio geralmente tem "um núcleo de uma ideia do que queremos", que é apresentado aos possíveis diretores ao longo de várias reuniões para discutir e ampliar ainda mais. "E se, ao longo de três ou quatro ou cinco reuniões, eles tornarem ele melhor do que o que inicialmente estávamos mostrando, eles geralmente conseguem o trabalho", de acordo com Feige.[26] Mais tarde expandindo esse processo, Feige explicou que, antes de conversar com os diretores de um filme, a Marvel Studios geralmente junta um "lookbook" de influências dos quadrinhos e artes pelo departamento de desenvolvimento visual da Marvel, para criar um modelo visual para o filme. O estúdio possui para planejar e desenvolver as fases do UCM. Esses lookbooks nem sempre são mostrados aos diretores, com a Marvel às vezes preferindo deixar o diretor oferecer suas próprias ideias primeiro.[99]

Scott Derrickson não viu um lookbook para Doutor Estranho, em vez disso, juntou sua própria apresentação, com artes conceituais e storyboards por ele mesmo e profissionais que ele contratou, para vender sua visão do filme para a Marvel. Em contraste, a Marvel compartilhou várias ideias diferentes para o que Thor: Ragnarok poderia ser com os futuros cineastas, que então se afastaram e desenvolveram o que eles achavam que o filme deveria ser. Taika Waititi criou uma bobina usando clipes de outros filmes para apresentar sua visão baseada nas ideias da Marvel, uma prática que a Marvel desencoraja, pois "muitas vezes podem ser realmente terríveis". No entanto, a Marvel pensou que Waititi foi "incrível". Derrickson e Waititi foram ambos contratados para os filmes.[99] Para Captain America: The Winter Soldier, Joe e Anthony Russo se reuniram com o estúdio quatro vezes mais de dois meses antes de serem contratados, durante os quais "ficaram cada vez mais específicos sobre o que seria a nossa visão", reunindo "videos de referência, storyboards, páginas de roteiro. Nós gostamos de um livro de 30 páginas que tinha tudo o que faríamos com o personagem, o tema do filme, o tom do filme, o estilo de luta, o que gostamos sobre o personagem e o que não gostamos". Isso significou que, no momento em que foram contratados, já haviam "imaginado o filme".[100]

Quando o estúdio contratou Kenneth Branagh e Joe Johnston para dirigir Thor e Capitão América: O Primeiro Vingador, respectivamente, assegurou que ambos os diretores estavam abertos à ideia de um universo compartilhado e incluindo cenas de Vingadores em seus filmes.[6] Joe Russo declarou, "Esse é o componente excitante de [incorporar referências ao universo maior]. 'O que podemos configurar para o futuro?' Você está constantemente lançando ideias que não só afetam o seu filme, mas podem ter um efeito de ondulação que afeta outros filmes ... É um tipo estranho de tapeçaria de roteiristas e diretores trabalhando juntos para criarem esse universo".[20] Anthony acrescentou, "A grande coisa sobre o Universo Cinematográfico Marvel é ele ser um universo muito amplo e interconectado, onde os personagens terão seu surgimento e queda, por assim dizer, e entregarão a outros personagens. À medida que o universo cinematográfico avança, você pode começar a ver o universo cinematográfico adotar esse mesmo padrão, onde há fechamento com alguns personagens e novos começos com outros personagens.[101] Ele acrescentou que, para que os diretores se "encaixem" na Marvel, eles devem entender como "pegar uma história maior e contorná-la em um momento", mas mantê-la conectada.[20]

A maneira mais simples que eu poderia colocar é que Marvel não vem aos cineastas e diz: "Aqui está o filme seguinte". Eles vêm aos cineastas e dizem: "Qual é o próximo filme?" Esse é o processo.

—Diretor Anthony Russo em abril de 2016[100]

Ao permitir que diretores e roteiristas trabalhem dentro do conceito de universo compartilhado da Marvel, Joe Russo disse que Feige tem "grandes peças para as quais ele quer construir, mas a maneira que você chegar lá está aberta para interpretação e improvisação um pouco". Para os Russos em The Winter Soldier, eles tiveram que lidar com a ideia da S.H.I.E.L.D. sendo infiltrada pela Hidra, com Joe dizendo, "como chegamos lá é tudo para nós. E acho que o motivo pelo qual a Marvel foi tão bem sucedida é porque tem sido um plano tão claro, que tudo está interligado."[102] Joe elaborou mais tarde que, uma vez que a equipe criativa de cada filme "venha com aquilo que queremos fazer conceitualmente" para um filme, então faremos perguntas sobre se isso interferirá com um enredo em outro filme. Ou, o que está acontecendo nesse filme, podemos puxar algo disso para esse filme? É aí que você começa a procurar a interligação, mas é muito importante desde cedo que o conceito seja criado em uma bolha porque você tem que proteger a ideia, ela deve ser conduzida pela narração de histórias. Kevin ... sempre na mentalidade de "vamos fazer esse filme agora e nos preocupar com o próximo filme quando ele vier".[100]

Loeb explicou que a Marvel Television vê "nós mesmos como produtores que estão trabalhando para apoiar a visão de nosso showrunner. Mas estamos envolvidos em todos os aspectos da produção—seja na sala dos roteiristas, editando no set, escalando—cada passo da produção passa pela equipe da Marvel para contar a melhor história que possamos". Ele acrescentou que o estúdio pode trabalhar em muitas séries em diferentes redes e plataformas porque "só exige que nós asseguremos de que sempre haja alguém da Marvel para ajudar a orientar o processo".[103]

A coisa sobre a Marvel é ... eles estão procurando artistas que estão dispostos a correr riscos e estão dispostos a criar personagens, mesmo que o personagem tenha já existido em torno de anos e anos nas histórias em quadrinhos, eles ainda dependem de nós para criar algo e levá-lo a outro lugar.

Vincent D'Onofrio (Wilson Fisk em Demolidor) em agosto de 2014[104]

A Marvel Studios também começou a contratar seus atores para vários filmes, incluindo o ator Samuel L. Jackson assinado para um contrato de nove filmes "sem precedentes".[105] Em julho de 2014, Feige disse que o estúdio tem todos os atores assinando contratos para múltiplos filmes, com a norma sendo para 3 ou mais, e os acordos de 9 ou 12 filmes são "mais raros".[106] Os contratos de ator também possuem cláusulas que permitem que a Marvel use até três minutos da perfomance de um ator de um filme para outro, que a Marvel descreve como "material de ponte".[25] Na Marvel Television, atores como Charlie Cox (Matt Murdock / Demolidor em Demolidor) e Adrianne Palicki (Bobbi Morse / Harpia em Agents of S.H.I.E.L.D.) são contratualmente obrigados a aparecer em um filme da Marvel se solicitados.[107][108] Em maio de 2015, depois de estrelar como Claire Temple na primeira temporada de Demolidor, Rosario Dawson assinou com a Marvel para retornar para a segunda temporada da série como parte de um "acordo de TV exclusivo" que também permite que ela apareça em qualquer outro série da Marvel e Netflix, incluindo Jessica Jones e Luke Cage.[109] Dawson explicou que ela assina com Marvel por um ano de cada vez, por uma certa quantidade de episódios, e descobre quais séries os episódios são mais próximos do tempo de filmagem.[110]

James Gunn ajudará a projetar e expandir a parte cósmica do UCM, tendo sido o escritor e diretor dos filmes dos Guardiões da Galáxia.

Em agosto de 2012, a Marvel assinou Joss Whedon para um contrato exclusivo até junho de 2015 para cinema e televisão. Com o acordo, Whedon "contribuiria criativamente" na Fase Dois do UCM e desenvolveria a primeira série de televisão no universo.[111] Em março de 2013, Whedon expandiu suas responsabilidades de consultoria, dizendo, "Eu entendo para onde Kevin [Feige] está indo, e eu leio os roteiros e assisto os cortes e falo com os diretores e roteiristas e dou minha opinião. Ocasionalmente, poderia haver alguma escrita. Mas não estou tentando entrar na sopa de ninguém, só estou tentando ser útil".[112] Whedon elaborou mais tarde que "uma vez que a história já foi aprovada e todos sabem o que estamos fazendo com Vingadores 2, podemos realmente delineá-lo. Não é como se todos dissessem" bem, eu não sei, e se eu precisar disso?" É como "fazer isso é problemático para nós, ao passo que fazer isso realmente nos ajudará."... Você quer homenagear os eventos do último filme, mas você não quer se responsabilizar com eles, porque algumas pessoas verão Avengers [:Age of Ultron] sem terem visto nenhum dos filmes no meio ou até Vingadores 1. Ele também achou que trabalhar na televisão e consultando roteiros foi "um excelente campo de treinamento [s] para lidar com isso ... Porque você recebe um monte de peças e é dito para torná-las adequadas".[113]

Para os irmãos Russo e roteiristas Christopher Markus e Stephen McFelly trabalhando em Avengers: Infinity War e Fase Três, eles viram "uma linha direta de Winter Soldier, através de Guerra Civil, direto à Infinity War", com filmes como Doutor Estranho e Thor: Ragnarok colocando as bases para a "culminação" em Infinity War. Posteriormente, eles falaram "aos diretores e roteiristas dos outros filmes da Fase 3 quase semanalmente, para garantir que tudo se alinhe corretamente".[114] Da mesma forma, ao desenvolver a minissérie de crossover Os Defensores, o showrunner Marco Ramirez consultou os criadores de todas as séries solos da Marvel e Netflix, fazendo com que eles leiam cada um dos roteiros para Os Defensores e forneçam informações sobre o mundo do personagem individual.[115] Em abril de 2017, juntamente com o anúncio de que ele estava retornando para escrever e dirigir Guardiões da Galáxia Vol. 3, James Gunn revelou que ele estaria trabalhando com a Marvel "para ajudar a projetar onde essas histórias vão, e se certificar de que o futuro do Universo Cósmico da Marvel seja tão especial e autêntico e mágico quanto o que criamos até agora".[116]

Longas-metragens[editar | editar código-fonte]

Filme Data de lançamento Estados Unidos Diretor(es) Roteirista(s) Produtor(es) Status
Fase Um
Homem de Ferro 2 de maio de 2008 Jon Favreau[117] Mark Fergus & Hawk Ostby e Art Marcum & Matt Holloway[117][118] Avi Arad e Kevin Feige Lançado
O Incrível Hulk 13 de junho de 2008 Louis Leterrier[119] Zak Penn[120] Avi Arad, Gale Anne Hurd e Kevin Feige
Homem de Ferro 2 7 de maio de 2010 Jon Favreau[121] Justin Theroux[122] Kevin Feige
Thor 6 de maio de 2011 Kenneth Branagh[123] Ashley Edward Miller & Zack Stentz e Don Payne[124]
Capitão América:
O Primeiro Vingador
22 de julho de 2011 Joe Johnston[125] Christopher Markus & Stephen McFelly[126]
Os Vingadores 4 de maio de 2012 Joss Whedon[127]
Fase Dois
Homem de Ferro 3 3 de maio de 2013 Shane Black[128] Drew Pearce e Shane Black[128][129] Kevin Feige Lançado
Thor:
O Mundo Sombrio
8 de novembro de 2013 Alan Taylor[130] Christopher Yost e Christopher Markus & Stephen McFelly[131]
Capitão América 2:
O Soldado Invernal
4 de abril de 2014 Anthony e Joe Russo[132] Christopher Markus & Stephen McFeely[133]
Guardiões da Galáxia 1 de agosto de 2014 James Gunn[134] James Gunn e Nicole Perlman[135]
Vingadores:
Era de Ultron
1 de maio de 2015 Joss Whedon[136]
Homem-Formiga 17 de julho de 2015 Peyton Reed[137] Edgar Wright & Joe Cornish e Adam McKay & Paul Rudd[138]
Fase Três
Capitão América:
Guerra Civil
28 de abril de 2016 Anthony e Joe Russo[139] Christopher Markus & Stephen McFelly[139] Kevin Feige Lançado
Doutor Estranho 2 de novembro de 2016 Scott Derrickson[140] Jon Spaihts e Scott Derrickson & C. Robert Cargill[141]
Guardiões da Galáxia Vol. 2 27 de abril de 2017 James Gunn[135]
Homem-Aranha:
De Volta ao Lar
6 de julho de 2017 Jon Watts[142] Jonathan Goldstein & John Francis Daley e
Jon Watts & Christopher Ford e
Chris McKenna & Erik Sommers[143]
Kevin Feige e Amy Pascal
Thor:
Ragnarok
3 de novembro de 2017 Taika Waititi[144] Eric Pearson[145] Kevin Feige
Pantera Negra 16 de fevereiro de 2018 Ryan Coogler[146] Joe Robert Cole e Ryan Coogler[147][148] Pós-produção
Vingadores:
Guerra Infinita
4 de maio de 2018 Anthony e Joe Russo[149] Christopher Markus & Stephen McFelly[150]
Homem-Formiga e a Vespa 6 de julho de 2018 Peyton Reed[151] Chris McKenna & Erik Sommers e Andrew Barrer & Gabriel Ferrari e Paul Rudd[152] Filmando
Capitã Marvel 8 de março de 2019 Anna Boden e Ryan Fleck[153] Nicole Perlman & Meg LeFauve[154] Pré-produção
Filme dos Vingadores sem título definido 3 de maio de 2019 Anthony e Joe Russo[149] Christopher Markus & Stephen McFelly[150] Filmando
Pós-Fase Três
Filme do Homem-Aranha sem título definido 5 de julho de 2019 Jon Watts TBA Kevin Feige e Amy Pascal Pré-produção
Guardiões da Galáxia
Vol. 3
1 de maio de 2020 James Gunn[116] Kevin Feige Em desenvolvimento
Deadpool 2  31 de maio de 2018 David Leitch Rhett Reese / Paul Wernick Kevin Feige / Rhett Reese Paul Wernick Pós-produção
X-Men

Fênix Negra

1 de Novembro de 2018 Simon Kinberg Simon Kinberg Kevin Feige / Simon Kinberg Pós-produção
TBA 22 de novembro 2019 TBA TBA TBA TBA
TBA 26 de junho de 2020 TBA TBA TBA TBA
TBA 7 de agosto de 2020 TBA TBA TBA TBA
TBA 20 de Outubro de 2020 TBA TBA TBA TBA
TBA 5 de Março de 2021 TBA TBA TBA TBA

Séries de televisão[editar | editar código-fonte]

Série Temporadas Episódios Estreia Showrunner(s) Status
Primeira exibição Última exibição
Séries da ABC
Agentes da S.H.I.E.L.D. 1 22 24 de setembro de 2013 (2013-09-24) 13 de maio de 2014 (2014-05-13) Jed Whedon, Maurissa Tancharoen
e Jeffrey Bell[155]
Lançada
2 22 23 de setembro de 2014 (2014-09-23) 12 de maio de 2015 (2015-05-12)
3 22 29 de setembro de 2015 (2015-09-29) 17 de maio de 2016
4 22 20 de setembro de 2016 (2016-09-20) 16 de maio de 2017
5 22 1 de dezembro de 2017 TBA Em exibição
Agente Carter 1 8 6 de janeiro de 2015 (2015-01-06) 24 de fev de 2015 Tara Butters, Michele Fazekas e
Chris Dingess[156]
Lançada
2 10 19 de janeiro de 2016 (2016-01-19) 1 de março de 2016 (2016-03-01)
Inumanos 1 8 29 de setembro de 2017 (2017-09-29)a 10 de novembro de 2017 (2017-11-10) Scott Buck[157] Lançada
Séries da Netflix
Demolidor 1 13 10 de abril de 2015 (2015-04-10) Steven S. DeKnight[158] Lançada
2 13 18 de março de 2016 (2016-03-18) Doug Petrie e Marco Ramirez[159]
3 TBA TBA Pré-produção
Jessica Jones 1 13 20 de novembro de 2015 (2015-11-20) Melissa Rosenberg[160] Lançada
2 13 8 de março de 2018 (2018-03-08) Preparando para lançamento
Luke Cage 1 13 30 de setembro de 2016 (2016-09-30) Cheo Hodari Coker[161] Lançada
2 TBA 2018 (2018) Filmando
Punho de Ferro 1 13 17 de março de 2017 (2017-03-17) Scott Buck[162] Lançada
2 TBA TBA Raven Metzner[163] Em desenvolvimento
Os Defensores 1 8 18 de agosto de 2017 (2017-08-18) Marco Ramirez[115] Lançada
O Justiceiro 1 13 17 de novembro de 2017 Steve Lightfoot[65]
Séries do Hulu
Fugitivos 1 10 21 de novembro de 2017 TBA Josh Schwartz e Stephanie Savage[164] Em exibição
Séries da Freeform
Manto & Adaga 1 10 2018 (2018) TBA Joe Pokaski[165] Preparando para lançamento
Novos Guerreiros 1 10 2018 (2018) TBA Kevin Biegel[166] Em desenvolvimento
Somente pilotos
Most Wanted Jeffrey Bell e Paul Zbyszewski[167] Não exibida
Controle de Danos TBA Ben Karlin[47] Put pilot encomendado

↑a Uma versão dos dois primeiros episódios vai estrear nos cinemas IMAX em 1 de setembro de 2017[168] e ficará em cartaz por duas semanas,[169] antes da estreia televisiva em 22 de setembro na ABC, quando os dois primeiros episódios serão transmitidos..[170]

Curtas-metragens[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Marvel One-Shots
Filme Data de Lançamento Estados Unidos Diretor Roteirista Produtor Lançamento em Blu-ray
The Consultant 13 de setembro de 2011 (2011-09-13) Leythum[171] Eric Pearson[172] Kevin Feige Thor
A Funny Thing Happened on the Way to Thor's Hammer 25 de outubro de 2011 (2011-10-25) Captain America: The First Avenger
Item 47 25 de setembro de 2012 (2012-09-25) Louis D’Esposito[172] Os Vingadores
Agent Carter 3 de setembro de 2013 (2013-09-03) (Digital)
24 de setembro de 2013 (2013-09-24)
Homem de Ferro 3
All Hail the King 4 de fevereiro de 2014 (2014-02-04) (Digital)
25 de fevereiro de 2014 (2014-02-25)
Drew Pearce[173] Thor: The Dark World

Séries digitais[editar | editar código-fonte]

Série Temporada Episódios Lançamento original Status
Primeiro lançamento Último lançamento
WHIH Newsfronta 1 5 2 de julho de 2015 (2015-07-02) 16 de julho de 2015 (2015-07-16) Lançada
2 5 22 de abril de 2016 (2016-04-22) 3 de maio de 2016 (2016-05-03)
Agents of S.H.I.E.L.D.: Slingshot 1 6 13 de dezembro de 2016 (2016-12-13)

↑a WHIH Newsfront é um série de assuntos atuais no universo que serve como uma campanha de marketing viral para alguns dos filmes UCM.[95][174] A campanha é uma extensão do canal fictício de notícias WHIH World News, que é visto reportando eventos importantes em muitos filmes e séries de televisão do UCM.[175]

Revistas em quadrinhos tie-ins[editar | editar código-fonte]

Título Ediçõe(s) Data(s) de publicação Escritore(s) Artista(s)
Primeira publicação Última publicação
Iron Man: I Am Iron Man! 2 27 de janeiro de 2010 (2010-01-27) 24 de fevereiro de 2010 (2010-02-24) Peter David[176] Sean Chen[176]
Iron Man 2: Public Identity 3 28 de abril de 2010 (2010-04-28) 12 de maio de 2010 (2010-05-12) Joe Casey e Justin Theroux[177] Barry Kitson[177]
Iron Man 2: Agents of S.H.I.E.L.D. 1 1 de setembro de 2010 (2010-09-01) Joe Casey[177] Tim Green, Felix Ruiz e Matt Camp[177]
Captain America: First Vengeance 4 4 de maio de 2011 (2011-05-04) 29 de junho de 2011 (2011-06-29) Fred Van Lente[178] Neil Edwards[179] e Luke Ross[180]
The Avengers Prelude: Fury's Big Week 4 7 de março de 2012 (2012-03-07) 18 de abril de 2012 (2012-04-18) História de: Chris Yost e Eric Pearson[181]
Roteiro de: Eric Pearson[181]
Luke Ross[182]
The Avengers: Black Widow Strikes 3 2 de maio de 2012 (2012-05-02) 6 de junho de 2012 (2012-06-06) Fred Van Lente[183] Neil Edwards[184]
Iron Man 2 2 7 de novembro de 2012 (2012-11-07) 5 de dezembro de 2012 (2012-12-05) Christos N. Gage[185][186][187] Ramon Rosanas[185]
Iron Man 3 Prelude 2 2 de janeiro de 2013 (2013-01-02) 6 de fevereiro de 2013 (2013-02-06) Steve Kurth[187]
Thor 2 16 de janeiro de 2013 (2013-01-16) 20 de fevereiro de 2013 (2013-02-20) Lan Medina[186]
Thor: The Dark World Prelude 2 5 de junho de 2013 (2013-06-05) 10 de julho de 2013 (2013-07-10) Craig Kyle e Chris Yost[188] Scot Eaton[188] e Ron Lim[189]
Captain America: The First Avenger 2 6 de novembro de 2013 (2013-11-06) 11 de dezembro de 2013 (2013-12-11) Peter David[190][191] Wellinton Alves[190]
Captain America: The Winter Soldier Infinite Comic 1 28 de janeiro de 2014 (2014-01-28) Rock He-Kim[191]
Guardians of the Galaxy Infinite Comic – Dangerous Prey 1 1 de abril de 2014 (2014-04-01) Dan Abnett e Andy Lanning[192] Andrea Di Vito[192]
Guardians of the Galaxy Prelude 2 2 de abril de 2014 (2014-04-02) 28 de maio de 2014 (2014-05-28) Wellinton Alves[193]
The Avengers 2 24 de dezembro de 2014 (2014-12-24) 7 de janeiro de 2015 (2015-01-07) Will Corona Pilgrim
[194][195][196][197]
Joe Bennett[194]
Avengers: Age of Ultron Prelude – This Scepter'd Isle 1 4 de fevereiro de 2015 (2015-02-04) Wellinton Alves[196]
Ant-Man Prelude 2 4 de fevereiro de 2015 (2015-02-04) 4 de março de 2015 (2015-03-04) Miguel Sepulveda[195]
Ant-Man – Scott Lang: Small Time 1 3 de março de 2015 (2015-03-03) Wellinton Alves e Daniel Govar[197]
Jessica Jones 1 7 de outubro de 2015 (2015-10-07) Brian Michael Bendis[198] Michael Gaydos[198]
Captain America: Civil War Prelude 4 16 de dezembro de 2015 (2015-12-16) 27 de janeiro de 2016 (2016-01-27) Will Corona Pilgrim
[199][200][201][202][203][204][205][206]
Szymon Kudranski[199] e Lee Ferguson[207]
Captain America: Civil War Prelude Infinite Comic 1 10 de fevereiro de 2016 (2016-02-10) Lee Ferguson, Goran Sudžuka
e Guillermo Mogorron
Doctor Strange Prelude 2 6 de julho de 2016 (2016-07-06) 24 de agosto de 2016 (2016-08-24) Jorge Fornés[201]
Doctor Strange Prelude Infinite Comic – The Zealot 1 7 de setembro de 2016 (2016-09-07)
Guardians of the Galaxy Vol. 2 Prelude 2 4 de janeiro de 2017 (2017-01-04) 1 de fevereiro de 2017 (2017-02-01) Christopher Allen[208]
Spider-Man: Homecoming Prelude 2 1 de março de 2017 (2017-03-01) 5 de abril de 2017 (2017-04-05) Todd Nauck[203]
Thor: Ragnarok Prelude 4 5 de julho de 2017 (2017-07-05) 16 de agosto de 2017 (2017-08-16) J.L. Giles[204]
Black Panther Prelude 2 18 de outubro de 2017 (2017-10-18) 15 de novembro de 2017 (2017-11-15) Annapaola Martello[205]
Avengers: Infinity War Prelude 2 TBA TBA TBA

Elenco e personagens recorrentes[editar | editar código-fonte]

Lista de indicador(es)

  • Esta tabela inclui personagens que têm aparecido em várias mídias do MCU.
  • Uma célula cinza escuro indica que o personagem não tem aparecido naquele meio.
  • Um F indica uma nova apariçao na tela em fotografias apenas.
Personagem Longas metragens Séries de televisão Curtas metragens Séries digitais
Felix Blake   Titus Welliver[93][209]  
Peggy Carter Hayley Atwell[46][210][211]  
Phil Coulson Clark Gregg[212][213]
Darren Cross
Jaqueta Amarela
Corey Stoll[214]   Corey Stoll[214]
Timothy "Dum Dum" Dugan Neal McDonough[211][215][216]  
Matthew Ellis William Sadler[217][218]   William Sadler[219]
Christine Everhart Leslie Bibb[174]   Leslie Bibb[95]
Leo Fitz   Iain De Caestecker[220]   Iain De Caestecker[213]
Nick Fury Samuel L. Jackson[221][222]  
Justin Hammer Sam Rockwell[223]   Sam Rockwell[224]  
Maria Hill Cobie Smulders[225]  
Daisy "Skye" Johnson
Tremor
  Chloe Bennet[226]   Chloe Bennet[213]
Scott Lang
Homem-Formiga
Paul Rudd[214]   Paul Rudd[214]
List Henry Goodman[227]  
Jeffrey Mace
Patriota
  Jason O'Mara[228]   Jason O'Mara[213]
Alphonso "Mack" MacKenzie   Henry Simmons[229]   Henry Simmons[213]
Gideon Malick Powers Boothe[230]  
Melinda May   Ming-Na Wen   Ming-Na Wen[213]
Tina Minoru Linda Louise Duan[231][232] Brittany Ishibashi[233]  
Jim Morita Kenneth Choi[215][216]  
Elena "Yo-Yo" Rodriguez   Natalia Cordova-Buckley[234]   Natalia Cordova-Buckley[213]
Sif Jaimie Alexander[235][236]  
Jemma Simmons   Elizabeth Henstridge[220]   Elizabeth Henstridge[213]
Jasper Sitwell Maximiliano Hernández[237][238][239]  
Trevor Slattery Ben Kingsley[240]   Ben Kingsley[173]  
Howard Stark Gerard SandersF [241]
John Slattery[242]
Dominic Cooper[243]
Dominic Cooper[211][244]  
Anton Vanko Yevgeni Lazarev[245] Costa Ronin[246]  
Arnim Zola Toby Jones[247][248]  

Além disso, Paul Bettany foi o primeiro ator a interpretar dois personagens principais dentro do universo, dublando a inteligência artificial de Tony Stark J.A.R.V.I.S. nos filmes do Home de Ferro e dos Vingadores, e interpretando Visão nos filmes os Vingadores e Capitão América: Guerra Civil.[249][250][251]

Stan Lee, o criador ou co-criador de muitos dos personagens vistos no UCM, tem aparições cameo em todos os longas metragens e em todas as séries de televisão. Em Punho de Ferro, foi revelado que o seu cameo de fotografia nas séries da Marvel da Netflix é como o Capitão Irving Forbush do New York City Police Department.[252] O cameo de Stan Lee em Guardiões da Galáxia Vol. 2 o mostra como um informante dos Vigias, discutindo aventuras anteriores que incluem os cameos de Lee em outros filmes do UCM; ele menciona especificamente o seu tempo como entregador da FedEx, referindo-se ao cameo de Lee em Capitão América: Guerra Civil.[253] Isso reconheceu a teoria de fãs de que Lee pode estar interpretando o mesmo personagem em todos os seus cameos.[254] O roteirista e diretor James Gunn comentou, "Uma coisa que eu achei muito engraçada e interessante é o fato das pessoas pensarem que Stan Lee é um Vigia e que todas essas participações são parte dele sendo um Vigia. Então, Stan Lee como um cara que está trabalhando para os Vigias foi algo que eu pensei que seria divertido para o UCM."[253][254] Feige acrescentou que Lee "claramente existe, acima e além da realidade de todos os filmes do UCM. Então a noção de que ele poderia estar lá sentado em um pit stop cósmico durante a sequência do salto do portão em Guardiões...você realmente pensa 'espera, ele é sempre o mesmo personagem aparecendo em todos os filmes?'".[255]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Jim Vorel do Herald & Review chamou o Universo Cinematográfico Marvel de "impressionante", mas disse, "Quanto mais e mais heróis ganham suas próprias adaptações cinematográficas, o universo como um todo se torna cada vez mais confuso."[256] Kofi Outlaw do Screen Rant afirmou que enquanto Os Vingadores foi um sucesso, "A Marvel Studios ainda tem espaço para melhorar sua abordagem de construir um universo compartilhado de filmes."[257] Alguns críticos criticaram o fato de que o desejo de criar um universo compartilhado levou á filmes que também não se sustentam por conta própria. Em sua resenha de Thor: The Dark World, o crítico da Forbes, Scott Mendelson, comparou o UCM com uma série de televisão, com The Dark World sendo um "'episódio isolado' que contém um pouco da mitologia de longo alcance".[258] Matt Goldberg do Collider considerou que enquanto Homem de Ferro 2, Thor e Capitão América: O Primeiro Vingador foram produções de qualidade, "eles nunca foram realmente seus próprios filmes", sentindo que a trama desviando para a S.H.I.E.L.D. ou se preparando para Os Vingadores derrubou as narrativas dos filmes.[259]

Após a conclusão da primeira temporada de Agents of S.H.I.E.L.D., Mary McNamara no Los Angeles Times elogiou as conexões entre essa série e os filmes, afirmando que "nunca antes a televisão foi literalmente casada com o cinema, encarregada de preencher backstories e criar o tecido conjuntivo de uma franquia de filmes em curso ... [Agents of S.H.I.E.L.D.] agora não é apenas uma ótimo série no seu próprio diretor, é parte da cidade-estado multiplataforma da Marvel."[260] Terri Schwartz do Zap2it concordou com este sentimento, afirmando que "o fato de que [Captain America: The Winter Soldier] muito influenciou na série é a mudança de jogo em termos de como os meios de cinema e televisão podem ser entrelaçados", embora "a culpa parece ser que Agents of S.H.I.E.L.D. tivesse que aguardar o tempo até o lançamento de The Winter Soldier", o que levou a muitas críticas.[261]

Em abril de 2016, a Marvel Studios revelou que Alfre Woodard apareceria em Capitão América: Guerra Civil, já tendo sido escalada como Mariah Dillard em Luke Cage no ano anterior.[262] Isto "criou esperanças de que a Marvel poderia unir seus universos do cinema e da Netflix",[263] com "uma das primeiras e mais fortes conexões" entre os dois.[262] No entanto, os roteiristas de Guerra Civil, Christopher Markus e Stephen McFeely, revelaram que Woodard, em vez disso, estaria interpretando Miriam Sharpe no filme, explicando que ela havia sido escalada na sugestão de Robert Downey, Jr., e eles não sabiam da escalação dela em Luke Cage até depois.[262] Esta não foi a primeira instância de atores sendo escalados em múltiplos papéis no UCM, mas essa escalação foi chamada de "significativa" e vista por muitos como uma indicação "decepcionante" da "crescente divisão" e "falta de uma cooperação mais satisfatória" "entre a Marvel Studios e a Marvel Television após a reorganização corporativa de setembro de 2015 da Marvel Entertainment.[262][264]

Impacto cultural[editar | editar código-fonte]

Outros estúdios[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de Os Vingadores em maio de 2012, Tom Russo do Boston.com observou que, fora a "novidade" ocasional como Alien vs. Predador (2004), a ideia de um universo compartilhado era praticamente inaudita em Hollywood.[6] Desde então, o modelo de universo compartilhado criado pela Marvel Studios começou a ser replicado por outros estúdios de cinema que possuem direitos sobre outros personagens de quadrinhos. Em abril de 2014, Tuna Amobi, analista de mídia da Standard & Poor's, afirmou que nos últimos três a cinco anos, os estúdios de Hollywood começaram a planejar "mega-franquias" nos próximos anos, se opondo a trabalhar um blockbuster por vez. Amobi acrescentou, "Muitos desses personagens de super-heróis estavam sendo deixados para juntar poeira. A Marvel e a Disney provaram que essa [abordagem e gênero] pode ser uma mina de ouro".[265]

DC Entertainment e Warner Bros. Pictures[editar | editar código-fonte]

Ver artigos principais: Universo Estendido DC e Universo Arrow

Em outubro de 2012, a Warner Bros. Pictures anunciou que planejava avançar com o esperado filme da Liga da Justiça, unindo super heróis da DC Comics como Superman, Batman e Mulher-Maravilha. A empresa esperava adotar uma abordagem oposta da Marvel, lançando filmes solos dos personagens depois que eles apareceram em um filme em equipe.[266] O lançamento de Man of Steel em 2013 teve como objetivo ser o início de um universo compartilhado para a DC, "estabelecendo as bases para os futuros filmes baseados na DC Comics".[267] Em 2014, a Warner Bros. anunciou um calendário de filmes, da mesma forma que a Disney e a Marvel anunciam datas de filmes com anos de antecedência.[268] Naquele ano, o chefe criativo da DC, Geoff Johns, afirmou que as série de televisão Arrow e The Flash estavam ambientadas em um universo separado,[269] depois esclarecendo que "Nós olhamos para isso como o multiverso. Nós temos nosso universo da TV e nosso universo do cinema. Para nós, criativamente, trata-se de permitir que cada um faça o melhor produto possível para contar a melhor história, para fazer o melhor mundo. Todo mundo tem uma visão e você realmente precisa deixar as visões brilharem ... É apenas uma abordagem diferente [da Marvel]."[270]

Discutindo o aparente fracasso do primeiro filme team-up do universo cinematográfico, Batman v Superman: Dawn of Justice, para estabelecer um equivalente bem-sucedido ao UCM, Todd VanDerWerff observou que uma vantagem do UCM é ter um "showrunner" como de televisão em Feige, o supervisor "por trás da ardósia inteira da Marvel".[271] Posteriormente, em maio de 2016, a Warner Bros. deu a supervisão do UEDC a Johns e o executivo Jon Berg na tentativa de "unificar os elementos díspares dos filmes da DC" e emular o sucesso da Marvel. Os dois foram feitos produtores de Liga da Justiça, além do envolvimento de Johns em vários filmes solos, como o processo de roteiro de Mulher-Maravilha e Aquaman.[272]

20th Century Fox[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2012, a 20th Century Fox anunciou planos de criar seu próprio universo compartilhado, contendo personagens da Marvel que ela possui os direitos, incluindo o Quarteto Fantástico e os X-Men, com a contratação de Mark Millar como produtor de supervisão. Millar disse, "A Fox está pensando: "Estamos com algumas coisas realmente incríveis aqui. Há um outro lado do Universo Marvel. Vamos tentar dar alguma coesão.' Então eles me trouxeram para supervisionar que isto realmente ocorra. Para me reunir com os roteiristas e diretores para sugerir novas formas de lidar com esse material, porque existem tantos personagens, tantos potenciais enormes para spin-offs a serem realizados."[273] X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido, lançado em 2014, foi o primeiro passo da Fox em direção à expansão de suas propriedades da Marvel e criando este universo,[274] à frente do lançamento de um reboot do Quarteto Fantástico no ano seguinte.[275] No entanto, em maio de 2014, o roteirista de Dias de Um Futuro Esquecido e Quarteto Fantástico, Simon Kinberg, afirmou que o último filme não ocorreria no mesmo universo que os filmes dos X-Men, explicando que "nenhum dos filmes dos X-Men reconheceu a noção de uma espécie de equipe de super-heróis—o Quarteto Fantástico. E os membros do Quarteto ganham os seus poderes, então para eles, viver em um mundo em que os mutantes são predominantes é meio complicado, pois seria como 'Oh, você é apenas um mutante. O que há de fantástico em você?'. Não, eles vivem em universos distintos."[275] Em julho de 2015, o diretor de X-Men, Bryan Singer, disse que ainda havia planos para um crossover entre os X-Men e o Quarteto Fantástico, dependendo da recepção de Quarteto Fantástico e X-Men: Apocalipse.[276]

Sentindo que os esforços de Singer em Apocalipse para estabelecer um mundo maior, semelhante ao UCM, não cumpriram os padrões estabelecidos pela Marvel, Todd VanDerWerff observou que, ao contrário da habilidade de Feige para servir como "pseudo-showrunner", Singer é em vez disso "mergulhado no filme e a forma como as histórias de filmes sempre foram ditas", então "quando chegou a hora de ter Apocalypse encaminhado com os tópicos da história do anterior X-Men: First Class (que foi dirigido por outra pessoa inteiramente), a direção de Singer e o roteiro de Simon Kinberg contam com narrativas tortuosas", indicando a falta do "tipo de imagem grande que esse tipo de mega franquia exige".[271]

Sony Pictures[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Homem-Aranha no cinema

Em novembro de 2013, a co-presidente da Sony Pictures Entertainment, Amy Pascal, anunciou que o estúdio pretendia expandir seu universo criado dentro da série The Amazing Spider-Man de Marc Webb, com aventuras spin-off de personagens secundários, na tentativa de replicar o modelo da Marvel e da Disney.[274] No próximo mês, a Sony anunciou os filmes Venom e Sexteto Sinistro, ambos situados no universo de Amazing Spider-Man. Com este anúncio, a IGN afirmou que spin-offs são "o último exemplo do que podemos chamar de "efeito Vingadores" em Hollywood, já que os estúdios trabalham para construir universos de filmes interligados".[277] A Sony optou por não replicar o modelo de Marvel Studios de introduzir personagens individuais antes de reuni-los em um filme em equipe, tornando os adversários do Homem-Aranha as estrelas dos futuros filmes.[265] No entanto, em fevereiro de 2015, a Sony Pictures e a Marvel Studios anunciaram que a franquia Homem-Aranha seria reformada, com um novo filme co-produzido por Feige e Pascal sendo lançado em julho de 2017 e o personagem sendo integrado no UCM. A Sony Pictures continuaria a financiar, distribuir, possuir e ter o controle criativo final dos filmes do Homem-Aranha.[278] Com este anúncio, as sequências de The Amazing Spider-Man 2 foram canceladas[279] e, até novembro de 2015, os filmes Venom e Sexteto Sinistro, assim como spin-offs baseados em personagens femininas no universo do Homem-Aranha, não estavam mais avançando.[279][280] Em março de 2016, o filme do Venom havia sido reformulado, para iniciar sua própria franquia sem relação com o Homem-Aranha do UCM.[281] Um ano depois, a Sony anunciou oficialmente o desenvolvimento do filme do Venom, para um lançamento em 5 de outubro de 2018,[282] juntamente com um filme centrado nas personagens Sabre de Prata e Gata Negra.[283]

Depois que a Sony cancelou seus planos de universo compartilhado e começou a compartilhar o personagem Homem-Aranha com a Marvel Studios, vários críticos discutiram o fracasso na replicação do UCM. Scott Meslow da The Week notou as falhas percebidas do primeiro filme de Amazing Spider-Man, fora de suas performances principais, e como a sequência "se duplica em todos os erros do original, enquanto adiciona alguns dos seus próprios ... Nós agora temos um exemplo de livro de texto sobre como não reiniciar uma franquia de super-heróis, e se a Sony e a Marvel forem sábias, elas levarão praticamente todas essas lições ao coração enquanto classificam o próximo rumo do Homem-Aranha".[284] Scott Mendelson observou que The Amazing Spider-Man 2 "foi vendido mais como um piloto backdoor para Spider-Man vs. Sinister Six do que uma sequência para The Amazing Spider-Man . ... Se a Sony estivesse presa com o plano original de uma franquia de super-herói de escala reduzida, que realmente estava enraizada no drama romântico, eles estariam pelo menos presos em um campo lotado de franquias de super-heróis. Quando cada filme de super-herói está sendo maior agora, Amazing Spider-Man poderia ter se distinguido por ser pequeno e íntimo." Isso teria economizado a Sony "uma carga de barco de dinheiro", e potencialmente reverteria o relativo fracasso financeiro do filme.[285]

Academia[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2014, a Universidade de Baltimore anunciou um curso começando no semestre da primavera de 2015 girando em torno do Universo Cinematográfico Marvel, sendo ministrado por Arnold T. Blumberg. "Media Genres: Media Marvels" examina "como a franquia de filmes e séries de televisão interconectados da Marvel, além de fontes relacionadas de mídia e de quadrinhos e o "monomito Jornarda do Herói" de Joseph Campbell, oferecem intuições importantes sobre a cultura moderna", assim como os esforços da Marvel "para estabelecer um universo viável de tramas, personagens e backstories".[286]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Especiais de televisão[editar | editar código-fonte]

Marvel Studios: Assembling a Universe[editar | editar código-fonte]

Em 18 de Março de 2014, a ABC exibiu um especial de televisão de uma hora intitulado Marvel Studios: Assembling a Universe, o qual documentava a história da Marvel Studios e do Universo Marvel Cinematográfico, e incluía entrevistas exclusivas e cenas dos bastidores de todos os filmes, curtas-metragens e de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D., e prévias de Avengers: Age of Ultron, Captain America: The Winter Soldier, Guardiões da Galáxia, episódios ainda não exibidos de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D., e Homem-Formiga. Brian Lowry, da revista Variety disse que o especial "contém uma história criativa e interessante. Enquanto tudo faz sentido como uma retrospectiva , houve uma audácia nos planos da Marvel por lançar cinco filmes independentes mas conectados em um mesmo mundo com heróis, começando com o Homem de Ferro e terminando com o time de super heróis em Os Vingadores." O especial foi lançado em 9 de Setembro de 2014 (EUA) com o DVD da primeira temporada de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D..

Jogos eletrônicos tie-ins[editar | editar código-fonte]

Título Lançamento Publicadora Desenvolvedora Plataformas
Consoles Portátil Móvel
Iron Man 2 de maio de 2008 (2008-05-02)[287] Sega[287] Secret Level[288] PlayStation 3, Xbox 360
Artificial Mind and Movement[288] PlayStation 2, Wii, Microsoft Windows Nintendo DS, PlayStation Portable
Hands-On Mobile[289] Vários
The Incredible Hulk 5 de junho de 2008 (2008-06-05)[290] Sega[291] Edge of Reality[290][291] PlayStation 2, PlayStation 3, Xbox 360, Microsoft Windows, Wii
Amaze Entertainment[292] Nintendo DS
Hands-On Mobile[293] Vários
Iron Man 2 4 de maio de 2010 (2010-05-04)[294] Sega Sega Studios San Francisco[294] PlayStation 3, Xbox 360
High Voltage Software[295] Wii PlayStation Portable
Griptonite Games[296] Nintendo DS
Gameloft[297][298] iOS, BlackBerry
Thor: God of Thunder 3 de maio de 2011 (2011-05-03)[299] Sega[299] Liquid Entertainment PlayStation 3, Xbox 360
Red Fly Studio Wii Nintendo 3DS
WayForward Technologies Nintendo DS
Captain America: Super Soldier 19 de julho de 2011 (2011-07-19)[300] Sega[300] Next Level Games PlayStation 3, Xbox 360
High Voltage Software Wii Nintendo 3DS
Graphite Games Nintendo DS
Iron Man 3: The Official Game 25 de abril de 2013 (2013-04-25)[301] Gameloft[301] iOS, Android
Thor: The Dark World - The Official Game 31 de outubro de 2013 (2013-10-31)[302] Gameloft[302] iOS, Android
Captain America: The Winter Soldier - The Official Game 27 de março de 2014 (2014-03-27)[303] Gameloft[304] Windows Phone 8, iOS, Android
Outros jogos eletrônicos
Lego Marvel Avengers 26 de janeiro de 2016 (2016-01-26)[305] Warner Bros. Interactive Entertainment TT Games PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One,
Xbox 360, Microsoft Windows, Wii U
Nintendo 3DS, PlayStation Vita

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Philbrick, Jami (26 de abril de 2010). «Kevin Fiege Talks Iron Man 2, The Avengers and More» (em inglês). MovieWeb. Consultado em 10 de maio de 2010. Cópia arquivada em 27 de março de 2013 
  2. a b Fritz, Ben; Harris, Dana (27 de abril de 2005). «Paramount pacts for Marvel pix». Variety (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 12 de fevereiro de 2014 
  3. Benezra, Karen (8 de julho de 1996). «Marvel wants to be a movie mogul». VNU eMedia, Inc. MediaWeek. 6 (28) 
  4. a b Waxman, Sharon (18 de junho de 2007). «Marvel Wants to Flex Its Own Heroic Muscles as a Moviemaker». The New York Times (em inglês). p. 2. Consultado em 1 de fevereiro de 2009. Cópia arquivada em 31 de março de 2013 
  5. a b c d Leonard, Devin (3 de abril de 2014). «The Pow! Bang! Bam! Plan to Save Marvel, Starring B-List Heroes». Bloomberg Businessweek (em inglês). Bloomberg L.P. Consultado em 3 de abril de 2014. Cópia arquivada em 3 de abril de 2014 
  6. a b c Russo, Tom (25 de abril de 2012). «SUPER GROUP» (em inglês). Boston.com. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2013 
  7. Beall, Mark (14 de setembro de 2006). «Marvel Avengers Update». Cinematical (em inglês). Moviefone. Consultado em 2 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 4 de julho de 2011 
  8. Guedj, Philippe (2 de maio de 2014). «Avi Arad : " J'ai pardonné à Kevin Feige, il suivait des ordres " (Exclu Daily Mars)» (em inglês). Daily Mars. Consultado em 23 de julho de 2015. Cópia arquivada em 23 de julho de 2015 
  9. Orange, B. Alan (5 de junho de 2009). «Marvel's Kevin Feige on the Future of The Avengers, Thor, Ant Man, Doctor Strange, and Captain America!» (em inglês). MovieWeb. Consultado em 19 de outubro de 2010. Cópia arquivada em 31 de março de 2013 
  10. Douglas, Edward (25 de abril de 2010). «Exclusive: Marvel Studios Production Head Kevin Feige» (em inglês). Superherohype.com. Cópia arquivada em 31 de março de 2013 
  11. Shaw-Williams, H. (1 de maio de 2013). «Kevin Feige on 'Iron Man 3′ and the Shared Marvel Movie Universe» (em inglês). ScreenRant. Consultado em 5 de maio de 2015. Cópia arquivada em 3 de maio de 2013 
  12. Lussier, Germain (13 de novembro de 2013). «/Film Interview: 'Thor: The Dark World' Producer Kevin Feige» (em inglês). /Film. Consultado em 16 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 10 de março de 2014 
  13. Nicholson, Max (21 de julho de 2014). «Marvel's Kevin Feige Explains Upcoming Slate Plan» (em inglês). IGN. Consultado em 22 de julho de 2014. Cópia arquivada em 23 de julho de 2014 
  14. Couto, Anthony (12 de fevereiro de 2014). «Feige: Black Widow's Past to be Explored in Avengers 2 and Possible Solo Film» (em inglês). IGN. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 13 de fevereiro de 2014 
  15. Vary, Adam (27 de outubro de 2014). «What's At Stake For Thor, Captain America, And The "Avengers" Franchise» (em inglês). BuzzFeed. Consultado em 27 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2014 
  16. «The Marvel Cinematic Universe Expands Through» (em inglês). Marvel.com. 18 de julho de 2014. Consultado em 18 de julho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  17. Huver, Scott (29 de julho de 2014). «SDCC: Kevin Feige Lays Out The Map For An Ever-Expanding Cinematic Universe» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 6 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  18. a b Siegel, Lucas (28 de outubro de 2014). «Marvel Announces Black Panther, Captain Marvel, Inhumans, Avengers: Infinity War Films, Cap & Thor 3 Subtitles» (em inglês). Newsarama. Consultado em 28 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 28 de outubro de 2014 
  19. a b Sciretta, Peter (28 de outubro de 2014). «Watch: All Of Your Marvel Phase 3 Questions Answered By Marvel Head Kevin Feige» (em inglês). /Film. Consultado em 30 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2014 
  20. a b c Goldman, Eric (6 de março de 2014). «The Winter Soldier: Has America Changed Too Much for Captain America?» (em inglês). IGN. Consultado em 10 de março de 2014. Cópia arquivada em 10 de março de 2014 
  21. «Ant-Man Plot Points, Arrow & Sin City 2 Trailers, X-Men: Days, Avengers 2 Movie News» (em inglês). Newsarama. 24 de abril de 2014. Consultado em 24 de abril de 2014. Cópia arquivada em 25 de abril de 2014 
  22. Sciretta, Peter (28 de outubro de 2014). «5 Announcements We Could Get At Today's Mystery Marvel Event» (em inglês). /Film. Consultado em 30 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2014 
  23. Masters, Kim; Belloni, Matthew (31 de agosto de 2015). «Marvel Shake-Up: Film Chief Kevin Feige Breaks Free of CEO Ike Perlmutter (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2015 
  24. a b Faraci, Drew (2 de setembro de 2015). «The Marvel Creative Committee Is Over» (em inglês). BirthMoviesDeath.com. Consultado em 2 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2015 
  25. a b Kit, Borys; Masters, Kim (3 de setembro de 2015). «Marvel's Civil War: Why Kevin Feige Demanded Emancipation from CEO Ike Perlmutter». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2015 
  26. a b c Gerding, Stephen (30 de setembro de 2015). «Feige & Latcham Say "Infinity War" Leads To The End Of The Avengers – As We Know Them» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 30 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2015 
  27. Breznican, Anthony (15 de abril de 2016). «Will the Marvel Cinematic Universe ever ... end?». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2016. Cópia arquivada em 20 de abril de 2016 
  28. Foutch, Haleigh (3 de maio de 2016). «Kevin Feige Talks 'Captain America: Civil War', 'Spider-Man', 'Black Panther' and More» (em inglês). Collider.com. Consultado em 5 de maio de 2016. Cópia arquivada em 5 de maio de 2016 
  29. Chitwood, Adam (21 de abril de 2017). «Kevin Feige Says the Post-'Avengers 4' MCU May Be a "New Thing", Not "Phase 4″» (em inglês). Collider.com. Consultado em 22 de abril de 2017. Cópia arquivada em 23 de abril de 2017 
  30. «The Incredible Hulk to Smash into Theaters June 13, 2008» (em inglês). Marvel.com. 6 de novembro de 2006. Consultado em 6 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 10 de março de 2014 
  31. Finke, Nikki (29 de setembro de 2008). «PARAMOUNT-MARVEL DEAL: Paramount To Distribute Next Five Marvel Films» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 10 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  32. Kim Masters (18 de outubro de 2010). «Disney to Distribute Marvel's 'The Avengers,' 'Iron Man 3'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2010. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  33. Finke, Nikki (6 de maio de 2012). «Paramount Makes Money Off 'Avengers' Too» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 10 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  34. Stewart, Andrew (10 de maio de 2013). «Paramount's Super Payoff for 'Iron Man 3'». Variety (em inglês). Consultado em 27 de julho de 2013. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  35. Graser, Marc (11 de outubro de 2011). «Why Par, not Disney, gets 'Avengers' credit». Variety (em inglês). Consultado em 12 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 12 de outubro de 2011 
  36. Fixmer, Andy; Rabil, Sarah (1 de setembro de 2009). «Disney's Marvel Buy Traps Hollywood in Spider-Man Web (Update2)» (em inglês). Bloomberg.com. Consultado em 23 de maio de 2012. Arquivado do original em 5 de novembro de 2012 
  37. Finke, Nikki (2 de julho de 2013). «Disney Completes Purchase Of Marvel Home Entertainment Distribution Rights» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 2 de julho de 2013. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  38. Hughes, Mark (19 de junho de 2015). «Details Of Marvel's 'Hulk' Film Rights - Fans Can Relax About Sequel». Forbes (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2015. Cópia arquivada em 21 de junho de 2015. ...apesar dos direitos cinematográficos para fazer filmes do Hulk tenham ido para a Marvel Studios em 2005, eles não possuem os direitos de distribuição. A Universal detém esses direitos, e hoje posso confirmar a situação exata é que a Universal mantém atualmente o direito de preferência para distribuir quaisquer filmes do Hulk no futuro. Se por algum motivo o Universal escolher renunciar a distribuição, em seguida, a Disney iria imediatamente pegar o direitos de distribuição para o filme do herói. Sendo assim, a Universal não tem direito a todos os direitos de produção, e os seus direitos de distribuição são dependentes de sua opção. 
  39. Kilday, Gregg (24 de junho de 2015). «How Marvel's Hulk Got Caught Between Studios». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 12 de julho de 2015. Cópia arquivada em 12 de julho de 2015 
  40. Kit, Borys (11 de abril de 2016). «Robert Downey Jr. Joins 'Spider-Man: Homecoming'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2016. Cópia arquivada em 21 de abril de 2016 
  41. Faraci, Devin (28 de junho de 2015). «Kevin Feige: Next Spider-Man Will Have New Villains, John Hughes Vibe». Birth. Movies. Death. (em inglês). Consultado em 28 de junho de 2015. Cópia arquivada em 28 de junho de 2015 
  42. Andreeva, Natalie (28 de junho de 2010). «Marvel Entertainment Launches TV Division» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 9 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2016 
  43. Andreeva, Nellie (27 de julho de 2012). «ABC And Marvel Eying 'Avengers'-Themed TV Series» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 29 de julho de 2012. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2012 
  44. Andreeva, Nellie (28 de agosto de 2012). «ABC Greenlights 'S.H.I.E.L.D' Marvel Pilot, Joss Whedon To Co-Write & Possibly Direct» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 28 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2012 
  45. «Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D» (em inglês). ABC Studios. 6 de abril de 2013. Consultado em 6 de abril de 2013. Cópia arquivada em 6 de abril de 2013 
  46. a b Goldberg, Lesley (17 de janeiro de 2014). «Marvel's 'Agent Carter': Hayley Atwell, Writers, Showrunners Confirmed for ABC Drama». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 10 de maio de 2014 
  47. a b Andreeva, Nellie (2 de outubro de 2015). «Marvel Comics 'Damage Control' Adapted As Comedy TV Series By ABC» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 2 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2015 
  48. Siegel, Lucas (14 de janeiro de 2016). «EXCLUSIVE: Marvel TV's Jeph Loeb Comments on Rumored Comedy Series» (em inglês). ComicBook.com. Consultado em 15 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2016 
  49. Rose, Lacey (17 de maio de 2016). «ABC Entertainment Chief Talks 'Castle's' Demise, Shonda Rhimes' Future and More Marvel». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 17 de maio de 2016. Cópia arquivada em 17 de maio de 2016 
  50. a b «'Marvel's The Inhumans' Coming To IMAX & ABC In 2017» (em inglês). Marvel.com. 14 de novembro de 2016. Consultado em 14 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 15 de novembro de 2016 
  51. Goldberg, Lesley (14 de novembro de 2016). «Marvel, ABC Set 'The Inhumans' TV Series». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 14 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 14 de novembro de 2016 
  52. Andreeva, Nellie (28 de fevereiro de 2017). «'Marvel's Inhumans': 'Hell on Wheels' Anson Mount To Star As Black Bolt in ABC Series» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2017 
  53. Barnes, Brooks (14 de novembro de 2016). «Marvel's 'Inhumans' TV Series Will Arrive via Imax Theaters». The New York Times (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 15 de novembro de 2016 
  54. a b Goldberg, Lesley (21 de novembro de 2016). «Why ABC's Deal to Bring Marvel's 'The Inhumans' to Imax Is a "Quadruple Win"». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 21 de novembro de 2016 
  55. Andreeva, Nellie (14 de outubro de 2013). «Marvel Preps 60-Episode Package Of Four Series & A Mini For VOD & Cable Networks» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 14 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2013 
  56. Lieberman, David (7 de novembro de 2013). «Disney To Provide Netflix With Four Series Based On Marvel Characters» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 7 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 8 de abril de 2014 
  57. Radish, Christina (8 de abril de 2015). «DAREDEVIL Executive Producers Explain How Marvel's Darkest Venture Yet Was Created» (em inglês) 
  58. Graser, Marc (7 de novembro de 2013). «Why Disney Chose to Put Marvel's New TV Shows on Netflix». Variety (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2014 
  59. Li, Shirley (14 de janeiro de 2017). «The Defenders: How Marvel's street-level heroes landed on Netflix». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 14 de janeiro de 2017 
  60. Cornet, Roth (8 de abril de 2015). «Daredevil: How the Netflix Series Will Change the Marvel Cinematic Universe» (em inglês). IGN. Consultado em 9 de abril de 2015. Cópia arquivada em 9 de abril de 2015 
  61. a b Blackmon, Joe (27 de abril de 2014). «Marvel Netflix Series Part Of Marvel Cinematic Universe, Available For Binge Watching According To Joe Quesada» (em inglês). ComicBook.com. Consultado em 28 de abril de 2014. Cópia arquivada em 28 de abril de 2014 
  62. Hibberd, Jane (29 de dezembro de 2014). «'Daredevil': 7 things we learned about Netflix's new series». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2014 
  63. Goldman, Eric (7 de janeiro de 2015). «Netflix Clarifies Release Plans For Marvel Series After Daredevil» (em inglês). IGN. Consultado em 7 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2015 
  64. Hibberd, James (17 de janeiro de 2016). «Netflix open to more Marvel shows: Any character could get spin-off». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2016 
  65. a b Hibberd, James (29 de abril de 2016). «Marvel's The Punisher spin-off ordered by Netflix». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 29 de abril de 2016. Cópia arquivada em 29 de abril de 2016 
  66. Andreeva, Nellie (27 de julho de 2016). «Netflix Boss Ted Sarandos Talks Ratings, New Original Programming Spending Increase & 'Stranger Things' Renewal – TCA» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 28 de julho de 2016. Cópia arquivada em 28 de julho de 2016 
  67. Andreeva, Nellie (17 de agosto de 2016). «Hulu Orders 'Marvel's Runaways' Series From Josh Schwartz & Stephanie Savage» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 17 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2016 
  68. Goldberg, Lesley (3 de maio de 2017). «Marvel's 'Runaways,' From 'The O.C.' Creators, Ordered to Series at Hulu». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2017. Cópia arquivada em 3 de maio de 2017 
  69. Velocci, Carli (27 de julho de 2017). «Does 'Runaways' Connect With the Marvel Cinematic Universe? Sort Of» (em inglês). The Wrap. Consultado em 27 de julho de 2017. Cópia arquivada em 28 de julho de 2017 
  70. D'Alessandro, Anthony (31 de julho de 2017). «Marvel TV-Netflix New York Projects Will Count 135 Episodes By Year's End; Record Production Commitment In State's History» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 31 de julho de 2017. Cópia arquivada em 31 de julho de 2017 
  71. a b Wagmeister, Elizabeth (7 de abril de 2016). «Freeform Greenlights Marvel Romance Superhero Series 'Cloak and Dagger' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 7 de abril de 2016. Cópia arquivada em 7 de abril de 2016 
  72. Goldberg, Lesley (11 de novembro de 2016). «Freeform's Fraught Year: Inside the Rebranded Network's Chase for Millennials (and a Hit Show)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2016 
  73. «Freeform Continues to Grow Its Programming Slate with New Series, Pilots, Returning Series and More». The Futon Critic (em inglês). 7 de abril de 2016. Consultado em 9 de abril de 2016. Cópia arquivada em 8 de abril de 2016 
  74. Goldberg, Lesley (5 de abril de 2017). «Marvel's 'New Warriors,' With Squirrel Girl, Ordered Straight-to-Series at Freeform (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2017. Cópia arquivada em 5 de abril de 2017 
  75. a b c Goldberg, Lesley (27 de julho de 2017). «Hulu's 'Runaways' "Lives in the Same World" as Other Marvel Fare». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2017. Cópia arquivada em 28 de julho de 2017 
  76. Connelly, Brendon (11 de setembro de 2014). «Exclusive! Agents of S.H.I.E.L.D.'s Showrunner Talks Interconnection With Avengers: Age Of Ultron, Agent Carter, & Marvel Cinematic Universe» (em inglês). Comicbook.com. Consultado em 14 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 14 de setembro de 2014 
  77. Ellwood, Gregory (23 de março de 2014). «10 things we learned at the 'Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.' Paleyfest panel» (em inglês). HitFix. Consultado em 24 de março de 2014. Cópia arquivada em 13 de setembro de 2014 
  78. a b Strauss, Gerry (9 de setembro de 2015). «Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.'s Executive Producer Jeff Bell on What to Expect In Season Three and Beyond». Paste (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2015 
  79. Goldberg, Lesley (1 de abril de 2014). «'Agents of SHIELD' EPs Respond to Critics: Don't Expect a Marvel Movie Every Week». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2014 
  80. Fitzpatrick, Kevin (3 de janeiro de 2016). «Joss Whedon Defends 'Agents of S.H.I.E.L.D.' Comments, Says Marvel TV Gets 'Leftovers'» (em inglês). ScreenCrush. Consultado em 5 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2016 
  81. Tanswell, Adam (4 de março de 2015). «Marvel's Head of TV talks Agents of SHIELD, Inhumans and Netflix» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 7 de março de 2015. Cópia arquivada em 8 de março de 2015 
  82. Topei, Fred (29 de julho de 2016). «Why Marvel TV Characters Are Unlikely to Appear in Marvel Films [TCA 2016]» (em inglês). /Film. Consultado em 31 de julho de 2016. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2016 
  83. Lussier, Germain (5 de maio de 2017). «Kevin Feige Thinks That Eventually, Marvel TV and Movies Will Cross Over» (em inglês). io9. Consultado em 15 de maio de 2017. Cópia arquivada em 16 de maio de 2017 
  84. Hood, Cooper (3 de abril de 2017). «Spider-Man: Homecoming Producer Wants to See Defenders References» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 23 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2017 
  85. Grebey, James (19 de outubro de 2017). «There's a Reason Why We Don't See Avengers Tower in Marvel's TV Shows» (em inglês). Inverse. Consultado em 22 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 22 de outubro de 2017 
  86. Tobin, Paul (20 de outubro de 2008). «Paul Tobin on Iron Man: Fast Friends» (em inglês). Newsarama. Consultado em 3 de maio de 2013. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  87. Wigler, Josh (1 de novembro de 2010). «Joe Quesada Outlines Plans For 'Marvel Cinematic Universe' Comics With Movie Creators» (em inglês). MTV. Consultado em 1 de novembro de 2010. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  88. Strom, Marc (17 de maio de 2010). «Iron Man 2: Comic Tie-ins Ezpand Story!» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 22 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  89. Richards, David (25 de fevereiro de 2015). «Exploring Untold Tales of the Marvel Cinematic Universe in Comics Form» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 28 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2015 
  90. a b Strom, Marc (2 de agosto de 2011). «Marvel One-Shots: Expanding the Cinematic Universe» (em inglês). Marvel.com. Cópia arquivada em 29 de abril de 2014 
  91. Marvel Studios: Assembling a Universe (Notas de mídia). Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.: The Complete First Season Home media, bonus material: ABC Home Entertainment. 2014 
  92. Graser, Marc (23 de julho de 2013). «How Marvel is Turning to Short Films to Sell More DVDs, Blu-rays». Variety (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2014. Cópia arquivada em 29 de abril de 2014 
  93. a b Breznican, Anthony (3 de julho de 2012). «First Look: Marvel unveils top-secret 'Avengers' short film 'Item 47' – Exclusive». Entertainment Weekly (em inglês). Cópia arquivada em 29 de abril de 2014 
  94. Marston, George (29 de março de 2015). «ECCC 2015: Marvel Talks About Animated 'AVENGERS DISASSEMBLED' And Possible MCU Tie-Ins» (em inglês). Newsarama. Consultado em 4 de abril de 2015. Cópia arquivada em 4 de abril de 2015 
  95. a b c Collinson, Gary (2 de julho de 2015). «Leslie Bibb's Christine Everhart returns in Ant-Man viral video, plus new featurette» (em inglês). Flickering Myth. Consultado em 23 de abril de 2016. Cópia arquivada em 23 de abril de 2016 
  96. Fitzpatrick, Kevin (7 de dezembro de 2016). «'Agents of S.H.I.E.L.D.' Sets 'Slingshot' Digital Series for December Hiatus» (em inglês). Screen Crush. Consultado em 7 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 7 de dezembro de 2016 
  97. McIntyre, Gina (10 de janeiro de 2014). «'Captain America': Chris Evans fights evil, and the present, in 'Winter Soldier'». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 10 de janeiro de 2014 
  98. Goldman, Eric (6 de março de 2014). «The Winter Soldier: Has America Changed Too Much for Captain America?» (em inglês). IGN. Consultado em 10 de março de 2014. Cópia arquivada em 10 de março de 2014 
  99. a b Sciretta, Peter (4 de novembro de 2016). «Kevin Feige on How a Marvel Movie Like 'Doctor Strange' Is Developed, & Why Time Travel Won't Ruin the MCU» (em inglês). /Film. Consultado em 5 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2016 
  100. a b c Foutch, Haleigh (30 de abril de 2016). «The Russo Brothers on What It Takes to Land a Marvel Directing Gig» (em inglês). Collider.com. Consultado em 1 de maio de 2016. Cópia arquivada em 1 de maio de 2016 
  101. Sullivan, Kevin P. (27 de agosto de 2014). «Will 'Captain America 3′ Be The End Of His Story?» (em inglês). MTV. Consultado em 11 de março de 2015. Cópia arquivada em 11 de março de 2015 
  102. Bibbiani, William (9 de setembro de 2014). «The Russo Brothers on Captain America 2 & Captain America 3» (em inglês). CraveOnline. Consultado em 12 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 12 de setembro de 2014 
  103. Holloway, Daniel (19 de julho de 2017). «Marvel Television's Jeph Loeb Talks Studio's Rise, Importance of Netflix's 'Daredevil'». Variety (em inglês). Cópia arquivada em 19 de julho de 2017 
  104. Romano, Nick. «Exclusive: 'Daredevil' Star Vincent D'Onofrio Talks Kingpin, Marvel Fans and 'Defenders' Crossover» (em inglês). ScreenCrush. Consultado em 25 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2014 
  105. Kit, Borys (25 de fevereiro de 2009). «Jackson's Fury in flurry of Marvel films». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 13 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2014 
  106. Perry, Spencer (26 de julho de 2014). «Comic-Con Interview: Kevin Feige Talks The Future of the Marvel Cinematic Universe» (em inglês). Superhero Hype!. Consultado em 27 de julho de 2014. Cópia arquivada em 27 de julho de 2014 
  107. «Dardevil's Charlie Cox About His New-Found Love of Comic Books.» (em inglês). Close-Up Film. 25 de abril de 2015. Consultado em 28 de abril de 2015. Cópia arquivada em 28 de abril de 2015 
  108. Tilly, Chris (1 de outubro de 2014). «Adrianne Palicki Says Mockingbird Joining The Avengers Has Been Discussed» (em inglês). IGN. Consultado em 2 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2014 
  109. «Rosario Dawson Returns to Hell's Kitchen in the Netflix Original Series 'Marvel's Daredevil' Season 2 & More» (em inglês). Marvel.com. 8 de maio de 2015. Consultado em 8 de maio de 2015. Cópia arquivada em 8 de maio de 2015 
  110. White, Brett (23 de agosto de 2016). «Charlie Cox Reveals Where "Luke Cage" Falls in the Marvel/Netflix Timeline» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 24 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2016 
  111. Fischer, Russ (8 de agosto de 2012). «Marvel Has Joss Whedon on Contract Through 2015» (em inglês). /Film. Consultado em 7 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  112. Yamato, Jen (7 de março de 2013). «Joss Whedon Q&A On Eve Of SXSW» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 7 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  113. Franklin, Oliver (13 de junho de 2013). «GQ&A: Joss Whedon on S.H.I.E.LD, Shakespeare and Star Wars» (em inglês). GQ. Consultado em 18 de setembro de 2014. Arquivado do original em 18 de setembro de 2014 
  114. Lussier, Germain (11 de abril de 2016). «Avengers: Infinity War Parts 1 and 2 Will Be Very Different Movies» (em inglês). io9. Consultado em 12 de abril de 2016. Cópia arquivada em 12 de abril de 2016 
  115. a b Li, Shirley (13 de janeiro de 2017). «The Defenders EP talks juggling four heroes — and the 'crisis' that unites them». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 13 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2017 
  116. a b Couch, Aaron (17 de abril de 2017). «'Guardians of the Galaxy 3': James Gunn Returning to Write and Direct». The Hollywood Reporter (em inglês). Cópia arquivada em 17 de abril de 2017 
  117. a b McClintock, Pamela (27 de abril de 2006). «Marvel Making Deals for Title Wave». Variety (em inglês). Consultado em 1 de março de 2008. Arquivado do original em 1 de maio de 2011 
  118. Jensen, Jeff (17 de abril de 2008). «Iron Man: Summer's first Marvel?». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2008. Cópia arquivada em 28 de março de 2013 
  119. Cairns, Bryan (3 de outubro de 2011). «Director Louis Leterrier Talks Incredible Hulk» (em inglês). Newsarama.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2013 
  120. Juarez, Vanessa (26 de julho de 2008). «Comic-Con: 'Incredible Hulk' screenwriter Zak Penn discusses strife with Edward Norton». Entertainment Weekly (em inglês). Cópia arquivada em 21 de fevereiro de 2013 
  121. Finke, Nikki (9 de julho de 2008). «So What Was All The Fuss About? Marvel Locks In Jon Favreau For 'Iron Man 2′» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 3 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2012 
  122. Graser, Marc (15 de julho de 2008). «Theroux to write 'Iron Man' sequel». Variety (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2008. Cópia arquivada em 24 de agosto de 2012 
  123. Fleming, Michael (28 de setembro de 2008). «Branagh in talks to direct 'Thor'». Variety (em inglês). Consultado em 29 de setembro de 2008. Arquivado do original em 18 de abril de 2015 
  124. «Thor Movie: New Release Date! May 6, 2011» (em inglês). Marvel.com. 7 de janeiro de 2010. Consultado em 6 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 10 de março de 2014 
  125. Kit, Borys (9 de novembro de 2008). «'Captain America' recruits director». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 10 de novembro de 2008. Cópia arquivada em 2 de julho de 2011 
  126. Kit, Borys; Fernandez, Jay A. (18 de novembro de 2008). «'Captain America' enlists two scribes». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2008. Cópia arquivada em 6 de julho de 2011 
  127. Graser, Marc (13 de abril de 2010). «Whedon to head Avengers». Variety (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2010. Cópia arquivada em 25 de abril de 2011 
  128. a b «Shane Black talks direction of Iron Man 3 and whether or not to expect more Marvel cameos!» (em inglês). Ain't It Cool News. 7 de março de 2011. Consultado em 3 de setembro de 2012. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2012 
  129. Fleming, Mike (31 de março de 2011). «Marvel Taps Its 'Runaways' Scribe Drew Pearce To Write 'Iron Man 3′ Script» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 3 de setembro de 2012. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2012 
  130. Fleming Jr., Mike (24 de dezembro de 2011). «'Thor 2′ Director Will Be 'Game Of Thrones' Helmer Alan Taylor» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 27 de março de 2013. Cópia arquivada em 27 de março de 2013 
  131. «'Thor: The Dark World' Official Synopsis Released» (em inglês). StitchKingdom.com. 12 de outubro de 2012. Consultado em 12 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2013 
  132. Sneider, Jeff (6 de junho de 2012). «Russo brothers tapped for 'Captain America 2': Disney and Marvel in final negotiations with 'Community' producers to helm pic». Variety (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2012. Cópia arquivada em 16 de julho de 2012 
  133. Marshall, Rick (14 de abril de 2011). «'Captain America' Writers Talk Sequel, Post-'Avengers' Plans, And The Marvel Movie-Verse» (em inglês). MTV News. Consultado em 14 de abril de 2011. Cópia arquivada em 6 de julho de 2011 
  134. «Marvel Studios Begins Production on Guardians of the Galaxy» (em inglês). Marvel.com. 20 de julho de 2013. Consultado em 20 de julho de 2013. Cópia arquivada em 21 de julho de 2013 
  135. a b Graser, Marc (25 de julho de 2014). «James Gunn to Write, Direct 'Guardians of the Galaxy' Sequel». Variety (em inglês). Consultado em 26 de julho de 2014. Cópia arquivada em 26 de julho de 2014 
  136. Graser, Marc (7 de agosto de 2012). «Joss Whedon will return for 'The Avengers 2'». Variety (em inglês). Consultado em 7 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2012 
  137. «Director Peyton Reed and Writer Adam McKay Join Marvel's Ant-Man» (em inglês). Marvel.com. 7 de junho de 2014. Consultado em 7 de junho de 2014. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2014 
  138. Sneider, Jeff (22 de abril de 2015). «Marvel's 'Ant-Man' Resolves Writing Credit Dispute (Exclusive)» (em inglês). The Wrap. Consultado em 22 de abril de 2015. Cópia arquivada em 23 de abril de 2015 
  139. a b Weintraub, Steve (11 de março de 2014). «Directors Joe & Anthony Russo Confirm They'll Direct Captain America 3; Say They're Breaking the Story Now with Screenwriters Christopher Markus & Stephen McFeely» (em inglês). Collider.com. Consultado em 14 de março de 2014. Cópia arquivada em 11 de março de 2014 
  140. Siegel, Tatiana; Kit, Borys (3 de junho de 2014). «Scott Derrickson to Direct Marvel's 'Doctor Strange'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 3 junho de 2014. Cópia arquivada em 3 de junho de 2014 
  141. «Doctor Strange» (PDF) (em inglês). Walt Disney Studios Motion Pictures. Consultado em 11 de outubro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 30 de outubro de 2016 
  142. «Sony Pictures and Marvel Studios Find Their 'Spider-Man' Star and Director» (Nota de imprensa) (em inglês). Marvel.com. 23 de junho de 2015. Consultado em 23 de junho de 2015. Cópia arquivada em 24 de junho de 2015 
  143. Strom, Marc (23 de julho de 2016). «SDCC 2016: 'Spider-Man: Homecoming' Introduces Its Villain» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 23 de julho de 2016. Cópia arquivada em 24 de julho de 2016 
  144. Fleming, Mike (15 de outubro de 2015). «Mark Ruffalo Bringing Hulk Into 'Thor: Ragnarok'» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 16 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2015 
  145. Dinh, Christine (5 de janeiro de 2017). «Get Your First Look at Marvel Studios' 'Thor: Ragnarok' In A New Photo» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 5 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 6 de janeiro de 2017 
  146. Strom, Marc (11 de janeiro de 2016). «Ryan Coogler to Direct Marvel's 'Black Panther'» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 11 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2016 
  147. Patterson, Brandon Ellington (6 de fevereiro de 2016). «Oscars So White? Black Panther to the Rescue.». Mother Jones (em inglês). Consultado em 6 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2016 
  148. Foutch, Haleigh (11 de abril de 2016). «'Black Panther': Kevin Feige Reveals Ryan Coogler Is Co-Writing; Talks Filming Dates» (em inglês). Collider.com. Consultado em 11 de abril de 2016. Cópia arquivada em 11 de abril de 2016 
  149. a b Strom, Marc (7 de abril de 2015). «Joe & Anthony Russo to Direct 2-Part Marvel's 'Avengers: Infinity War' Event» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 7 de abril de 2015. Cópia arquivada em 7 de abril de 2015 
  150. a b Strom, Mark (7 de maio de 2015). «Christopher Markus & Stephen McFeely to Write Marvel's 2-Part 'Avengers: Infinity War' Event» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 7 de maio de 2015. Cópia arquivada em 8 de maio de 2015 
  151. Cabin, Chris (13 de novembro de 2015). «'Ant-Man and the Wasp': Michael Douglas Eyeing Return for Sequel» (em inglês). Collider. Consultado em 13 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 13 de novembro de 2015 
  152. Anderton, Ethan (1 de agosto de 2017). «'Ant-Man and the Wasp' Begins Production, Reveals New Synopsis and Teaser Video» (em inglês). Slash Film. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  153. Kroll, Justin (19 de abril de 2017). «'Captain Marvel' Finds Directors in Anna Boden, Ryan Fleck (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. Cópia arquivada em 19 de abril de 2017 
  154. Strom, Marc (20 de abril de 2015). «Nicole Perlman & Meg LeFauve to Write Marvel's 'Captain Marvel'» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 20 de abril de 2015. Cópia arquivada em 20 de abril de 2015 
  155. Littleton, Cynthia (28 de agosto de 2012). «ABC orders Marvel 'S.H.I.E.L.D' pilot». Variety (em inglês). Consultado em 29 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2012 
  156. McIntrye, Gina (2 de janeiro de 2015). «'Agent Carter': Hayley Atwell reprises capable 1940s spy for Marvel TV show». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 3 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2015 
  157. Strom, Marc (6 de dezembro de 2016). «'Marvel's The Inhumans' Finds Its Showrunner» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 6 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2016 
  158. «Steven S. DeKnight Joins 'Marvel's Daredevil'» (em inglês). Marvel.com. 24 de maio de 2014. Consultado em 24 de maio de 2014. Cópia arquivada em 24 de maio de 2014 
  159. Cavanaugh, Patrick (21 de abril de 2015). «Netflix Orders a Second Season of 'Marvel's Daredevil'» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 21 de abril de 2015. Cópia arquivada em 22 de abril de 2015 
  160. Couch, Aaron (12 de novembro de 2013). «Melissa Rosenberg to Oversee Marvel's Jessica Jones Series for Netflix». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 6 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 28 de junho de 2014 
  161. Spangler, Todd (31 de março de 2015). «Netflix, Marvel Pick 'Luke Cage' Showrunner, Cheo Hodari Coker». Variety (em inglês). Consultado em 31 de março de 2015. Cópia arquivada em 31 de março de 2015 
  162. Strom, Marc (7 de dezembro de 2015). «Scott Buck to Showrun the Netflix Original Series 'Marvel's Iron Fist'». Marvel (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  163. Hibberd, James (22 de julho de 2017). «Iron Fist changing showrunners for season 2». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2017. Cópia arquivada em 22 de julho de 2017 
  164. «Marvel anuncia série de TV adolescente focada nos fugitivos!». Legião dos Heróis (em inglês). 17 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016 
  165. «Manto e Adaga - Revelados novos detalhes sobre a nova série de TV da Marvel». Legião dos Heróis (em inglês). 12 de Novembro de 2016. Consultado em 12 de Novembro de 2016 
  166. Morse, Ben (19 de abril de 2017). «Freeform Announces Characters For 'Marvel's New Warriors'» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 19 de abril de 2017. Cópia arquivada em 19 de abril de 2017 
  167. Wagmeister, Elizabeth (20 de agosto de 2015). «Marvel's Mockingbird Series Starring Adrianne Palicki Lands ABC Pilot Order (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 21 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2015 
  168. IMAX Corporation [IMAX] (3 de março de 2017). (Tweet) https://twitter.com/IMAX/status/837762369107419136. Consultado em 4 de março de 2017. Cópia arquivada em 4 de março de 2017 – via Twitter  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  169. Vlessing, Etan (29 de novembro de 2016). «Imax Renews Call for More TV Deals After ABC's Pact With Marvel's 'The Inhumans'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  170. Abrams, Natalie (16 de maio de 2017). «Why Once Upon a Time and Agents of S.H.I.E.L.D. are heading to Fridays». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 16 de maio de 2017. Cópia arquivada em 16 de maio de 2017 
  171. Strom, Marc (2 de agosto de 2011). «Marvel One-Shots: Expanding the Cinematic Universe» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 26 de setembro de 2011. Cópia arquivada em 29 de abril de 2014 
  172. a b Manning, Shaun (22 de julho de 2013). «SDCC: Marvel Debuts Atwell's "Agent Carter One-Shot"» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 11 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 19 de abril de 2014 
  173. a b Breznican, Anthony (9 de janeiro de 2014). «Marvel One-Shot: First Look at Ben Kingsley's Mandarin encore in 'All Hail the King' short film -- Exclusive». Entertainment Weekly (em inglês). Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2014 
  174. a b Garcia, James (25 de junho de 2015). «Iron Man actress Leslie Bibb teases return to the Marvel Cinematic Universe» (em inglês). Flickering Myth. Consultado em 23 de abril de 2016. Cópia arquivada em 23 de abril de 2016 
  175. Smith, Alanna (19 de julho de 2015). «WHiH Newsfront is a Real Marvel Cinematic Universe News Channel» (em inglês). Geek Chic Elite. Consultado em 23 de abril de 2016. Cópia arquivada em 23 de abril de 2016 
  176. a b «Iron Man: I Am Iron Man! (2010) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 6 de junho de 2014. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  177. a b c d «Iron Man 2: From Film to Comics» (em inglês). Marvel.com. 13 de setembro de 2010. Consultado em 22 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  178. «Captain America: The First Avenger's First Vengeance» (em inglês). Marvel.com. 6 de setembro de 2011. Consultado em 22 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  179. «Captain America: First Vengeance (2011) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  180. «Captain America: First Vengeance (2010) #3» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 18 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 17 de outubro de 2014 
  181. a b «Writing The Avengers Movie Prelude». Marvel.com. 6 de março de 2012. Consultado em 4 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  182. «Marvel's The Avengers Prelude: Fury's Big Week (2011) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  183. Arrant, Chris (9 de abril de 2012). «To Russia with Guns: The Black Widow Strikes» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 3 de maio de 2013. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  184. «Marvel's The Avengers: Black Widow Strikes (2012) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2013. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  185. a b «Marvel's Iron Man 2 Adaptation (2012)» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 6 de junho de 2014. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  186. a b TFAW (16 de janeiro de 2013). «Marvels Thor Adaptation #1 (of 2)» (em inglês). TFAW. Consultado em 3 de maio de 2013. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  187. a b «Marvel's Iron Man 3 Prelude (2012) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  188. a b «Marvel's Thor: The Dark World Prelude 2 (2012) #1» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  189. «Marvel's Thor: The Dark World Prelude 2 (2012) #2» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 3 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2015 
  190. a b «Marvel's Captain America: The First Avenger Adaptation (2013 – PRESENT)» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 6 de junho de 2014. Cópia arquivada em 20 de julho de 2014 
  191. a b «Read a Prelude to Captain America: The Winter Soldier» (em inglês). Marvel.com. 30 de janeiro de 2014. Consultado em 30 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  192. a b «Marvel's Guardians Of The Galaxy Prequel Infinite Comic» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de junho de 2014. Cópia arquivada em 19 de julho de 2014 
  193. Arrant, Chris (18 de março de 2014). «Abnett & Lanning Put the Band Back Together for Guardians of the Galaxy Movie Prequel» (em inglês). Newsarama. Cópia arquivada em 18 de março de 2014 
  194. a b «Marvel Comics FULL DECEMBER 2014 SOLICITATIONS» (em inglês). Newsarama. 16 de setembro de 2014. Consultado em 1 de março de 2015. Cópia arquivada em 1 de março de 2015 
  195. a b «"Darth Vader" Arrives, "Spider-Verse" Concludes in Marvel's February 2015 Solicitations» (em inglês). Comic Book Resources. 18 de novembro de 2014. Consultado em 19 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2014 
  196. a b Arrant, Chris (3 de fevereiro de 2015). «Marvel's Surprise, Official AGE OF ULTRON Prequel Has Wanda & Pietro SPOILERS» (em inglês). Newsarama. Consultado em 4 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2015 
  197. a b «Marvel's Ant-Man - Scott Lang: Small Time MCU Infinite Comic #1» (em inglês). Comixology. Consultado em 21 de março de 2015. Cópia arquivada em 21 de março de 2015 
  198. a b Arrant, Chris (7 de outubro de 2015). «Bendis & Gaydos Return With New Jessica Jones Book - Today» (em inglês). Newsarama. Consultado em 7 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 7 de outubro de 2015 
  199. a b «MARVEL COMICS December 2015 Solicitations» (em inglês). Newsarama. 15 de setembro de 2015. Consultado em 17 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2015 
  200. Pilgrim, Will Corona (escritores), Ferguson, Lee and Sudzuka, Goran e Mogorron, Guillermo (desenhistas), Rosenberg, Rachelle (arte-finalista). Marvel's Captain America: Civil War Prelude Infinite Comic 1 (10 de fevereiro de 2016), Marvel Comics
  201. a b «Marvel Comics JULY 2016 Solicitations» (em inglês). Newsarama. 19 de abril de 2016. Consultado em 23 de abril de 2016. Cópia arquivada em 22 de abril de 2016 
  202. «MARVEL COMICS January 2017 Solicitations» (em inglês). Newsarama. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  203. a b «MARVEL COMICS FULL MARCH 2017 Solicitations» (em inglês). Newsarama. 20 de dezembro de 2016. Consultado em 22 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2016 
  204. a b «MARVEL COMICS Full JULY 2017 Solicitations» (em inglês). Newsarama. 18 de abril de 2017. Consultado em 18 de abril de 2017. Cópia arquivada em 18 de abril de 2017 
  205. a b Johnston, Rich (25 de julho de 2017). «Marvel Comics To Publish Cinematic Universe 'Black Panther' Origin And 'Infinity War' Preludes» (em inglês). Bleeding Cool. Consultado em 25 de julho de 2017. Cópia arquivada em 25 de julho de 2017 
  206. «Marvel's Avengers: Infinity War Prelude» (em inglês). Amazon. Consultado em 7 de agosto de 2017 
  207. «MARVEL COMICS January 2016 Solicitations» (em inglês). Newsarama. 20 de outubro de 2015. Consultado em 11 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 10 de novembro de 2015 
  208. «MARVEL COMICS January 2017 Solicitations» (em inglês). Newsarama. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  209. «Titus Welliver Set to Return as Agent Blake in Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.» (em inglês). Marvel.com. 10 de outubro de 2013. Consultado em 10 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 12 de março de 2014 
  210. Honeycutt, Kirk (20 de julho de 2011). «Captain America: The First Avenger: Film Review». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 20 de julho de 2011. Cópia arquivada em 20 de julho de 2011 
  211. a b c Fletcher, Rosie (19 de julho de 2013). «Marvel's Agent Carter reaction: Comic-Con 2013». Total Film (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2013. Cópia arquivada em 19 de abril de 2014 
  212. «NYCC 2012: Coulson Lives in Marvel's S.H.I.E.L.D.» (em inglês). Marvel.com. 13 de outubro de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2012 
  213. a b c d e f g h «Watch Marvel's Agents of SHIELD: Slingshot in Full!» (em inglês). ComingSoon.net. 13 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2016 
  214. a b c d Fischer, Ross; Sciretta, Peter (16 de julho de 2015). «'Ant-Man' Viral: Interviews With Scott Lang and Pym Technologies CEO Darren Cross» (em inglês). /Film. Consultado em 23 de abril de 2016. Cópia arquivada em 23 de abril de 2016 
  215. a b Goellner, Caleb (8 de julho de 2011). «The Howling Commandos and HYDRA Get Serious in New 'Captain America' Images» (em inglês). ComicsAlliance. Consultado em 23 de março de 2013. Arquivado do original em 23 de março de 2013 
  216. a b Logan, Michael (10 de setembro de 2014). «First Look: Haley Atwell's Agent Carter on Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.». TV Guide (em inglês). Consultado em 10 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 10 de setembro de 2014 
  217. «Iron Man 3 Notes» (PDF) (em inglês). Marvel.com. Consultado em 18 de março de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 18 de março de 2013 
  218. Fitzpatrick, Kevin (29 de setembro de 2015). «Review: 'Agents of S.H.I.E.L.D.' Breaks the 'Laws of Nature,' Gets Inhumanly Good in Season 3» (em inglês). Screen Crush. Consultado em 29 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2015 
  219. Lesnick, Silas (3 de maio de 2016). «WHIH Sits Down With Marvel Cinematic Universe President Ellis» (em inglês). SuperHeroHype. Consultado em 4 de maio de 2016. Cópia arquivada em 3 de maio de 2016 
  220. a b Goldberg, Lesley (13 de novembro de 2012). «Joss Whedon's 'S.H.I.E.L.D.' Pilot Adds Two Agents (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 13 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 13 de novembro de 2012 
  221. Fleming, Michael (25 de fevereiro de 2009). «Samuel Jackson joins 'Iron' cast». Variety (em inglês). Consultado em 30 de março de 2009. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2012 
  222. Hibberd, James (2 de outubro de 2013). «'Agents of SHIELD' ratings slip; Samuel L. Jackson makes cameo». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 12 de março de 2014. Cópia arquivada em 12 de março de 2014 
  223. Snider, Mike (9 de junho de 2009). «First look: Mickey Rourke suits up as Whiplash for 'Iron Man 2'». USA Today (em inglês). Consultado em 20 de junho de 2009. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2012 
  224. Wheeler, Andrew (28 de março de 2014). «Gay Punchlines, LGBT Visibility and Marvel Studios' One-Shot 'All Hail The King'» (em inglês). Comics Alliance. Consultado em 8 de julho de 2014. Arquivado do original em 8 de julho de 2014 
  225. Goldberg, Lesley (19 de julho de 2013). «Cobie Smulders' Comic-Con Reveal: Secret 'Agents of SHIELD' Role». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2013. Cópia arquivada em 12 de março de 2014 
  226. Strom, Marc (10 de dezembro de 2014). «Debriefing the Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. Winter Finale» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 17 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2014 
  227. Fitzpatrick, Kevin (7 de abril de 2015). «'Agents of S.H.I.E.L.D.' 'Afterlife': What Does That Major Marvel Return Mean for 'Age of Ultron'?» (em inglês). ScreenCrush. Consultado em 8 de abril de 2015. Cópia arquivada em 8 de abril de 2015 
  228. Abrams, Natalie (3 de outubro de 2016). «Agents of S.H.I.E.L.D. officially reveals new director's identity». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 3 de outubro de 2016 
  229. Strom, Marc (7 de agosto de 2014). «Henry Simmons Joins Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 7 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  230. Abrams, Natalie (15 de outubro de 2015). «Agents of S.H.I.E.L.D. adds Powers Boothe in 'incredibly menacing' role». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2015 
  231. «Former Colchester schoolgirl lands role in latest Marvel blockbuster». Clacton Gazette (em inglês). 24 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2016 
  232. Siegel, Lucas (14 de outubro de 2016). «First Look at Major Runaways Easter Eggs in Doctor Strange» (em inglês). Comicbook.com. Consultado em 24 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2016 
  233. Dinh, Christine (9 de fevereiro de 2017). «'Marvel's Runaways' Sets Remaining Cast For Television Project With Hulu» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2017 
  234. Lovett, Jamie (16 de fevereiro de 2016). «EXCLUSIVE: Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. Casts Natalia Cordova-Buckley As Slingshot» (em inglês). ComicBook.com. Consultado em 17 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2016 
  235. Kit, Borys (23 de setembro de 2009). «Lightning strikes two more actors for "Thor"». The Hollywood Reporter (em inglês). Reuters. Consultado em 21 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2011 
  236. Logan, Michael (10 de fevereiro de 2014). «First Look: Thor Star Jaimie Alexander Meets the Agents of S.H.I.E.L.D.». TV Guide (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 12 de março de 2014 
  237. Patten, Dominic (21 de março de 2013). «Movie Castings: Seth Rogen Scores 'The Interview', 'Endless Love' Remake Gets Leads & 'Winter Soldier' Sees An Agent Return» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 21 de março de 2013. Cópia arquivada em 21 de março de 2013 
  238. White, Cindy (29 de agosto de 2011). «First Impression: Thor 3D Blu-ray Special Features» (em inglês). IGN. Consultado em 13 de janeiro de 2014. Cópia arquivada em 27 de maio de 2014 
  239. «Declassifying Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.: The Hub» (em inglês). Marvel.com. 24 de outubro de 2013. Consultado em 24 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 12 de março de 2014 
  240. Truitt, Brian (26 de outubro de 2012). «Ben Kingsley makes for a scary Mandarin in 'Iron Man 3'». USA Today (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 26 de outubro de 2012 
  241. Holtreman, Vic (22 de agosto de 2013). «Iron Man 2: Set Visit, Story Details & Meet Howard Stark» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 20 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2009 
  242. Vejvoda, Jim (4 de junho de 2009). «Iron Man 2 Sneak Peek» (em inglês). IGN. Consultado em 5 de junho de 2009. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2014 
  243. Philbrick, Jami (21 de junho de 2011). «Dominic Cooper talks 'Captain America: The First Avenger'» (em inglês). IAmRogue.com. Consultado em 29 de março de 2013. Cópia arquivada em 29 de março de 2013 
  244. Strom, Marc (30 de setembro de 2014). «Dominic Cooper Returns as Howard Stark in Marvel's Agent Carter» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 30 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2014 
  245. «'Agent Carter' Premiere Date Announced; Whiplash's Dad Cast» (em inglês). TVWeb. 5 de novembro de 2014. Consultado em 8 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2014 
  246. Steinbeiser, Andrew (5 de novembro de 2014). «Exclusive: Costa Ronin Cast as Anton Vanko in Marvel's Agent Carter» (em inglês). Comicbook.com. Consultado em 5 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2014 
  247. «Toby Jones to Play Arnim Zola in Captain America» (em inglês). ComingSoon. 7 de maio de 2010. Consultado em 23 de março de 2011. Cópia arquivada em 5 de julho de 2011 
  248. Schwartz, Terri (24 de fevereiro de 2015). «'Agent Carter' Season 1 finale surprise gets HYDRA's return started» (em inglês). Zap2it. Consultado em 24 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2015 
  249. Kroll, Justin (6 de fevereiro de 2014). «Paul Bettany to Play the Vision in Marvel's 'Avengers: Age of Ultron'». Variety (em inglês). Consultado em 7 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 7 de fevereiro de 2014 
  250. «Marvel Studios Begins Production on Marvel's 'Captain America: Civil War'» (em inglês). Marvel.com. 7 de maio de 2015. Consultado em 7 de maio de 2015. Cópia arquivada em 7 de maio de 2015 
  251. Simpson, George (26 de setembro de 2016). «Benedict Cumberbatch's Doctor Strange CONFIRMED for Avengers: Infinity War». Daily Express (em inglês). Consultado em 26 de setembro de 2016. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2016 
  252. Commandeur, Jordan (25 de março de 2017). «Iron Fist: 15 Easter Eggs And References» (em inglês). Comic Book Resources. Consultado em 26 de março de 2017. Cópia arquivada em 26 de março de 2017 
  253. a b Libbey, Dirk (15 de maio de 2017). «The Mistake James Gunn Admits He Left In Guardians of the Galaxy 2» (em inglês). Cinema Blend. Consultado em 16 de maio de 2017. Cópia arquivada em 15 de maio de 2017 
  254. a b Lovett, Jamie (14 de maio de 2017). «Guardians of the Galaxy Vol. 2 Nearly Included A Deadpool Movie Reference» (em inglês). ComicBook.com. Consultado em 15 de maio de 2017. Cópia arquivada em 14 de maio de 2017 
  255. Leadbeater, Alex (27 de abril de 2017). «Kevin Feige Endorses Stan Lee MCU Cameo Fan Theory» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 28 de abril de 2017. Cópia arquivada em 28 de abril de 2017 
  256. Fritz, Ben (7 de maio de 2012). «The Marvel Cinematic Universe». Herald & Review (em inglês). Consultado em 16 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2013 
  257. Outlaw, Kofi (6 de junho de 2012). «Marvel's 'Avengers' Movie Universe: Was it Worth It?» (em inglês). ScreenRant. Consultado em 16 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 24 de maio de 2012 
  258. Mendelson, Scott (31 de outubro de 2013). «Review: 'Thor: The Dark World' Is Flimsy But Functional». Forbes (em inglês). Consultado em 3 de abril de 2014 
  259. Goldberg, Matt (2 de agosto de 2011). «Editorial: What Did Marvel Disassemble to Make THE AVENGERS?» (em inglês). Collider. Consultado em 3 de abril de 2014 
  260. McNamara, Mary (13 de maio de 2014). «'Agents of S.H.I.E.L.D.' is a true television marvel». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 19 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2014 
  261. Schwartz, Terri (2 de maio de 2014). «'Marvel's Agents of SHIELD' shaped up to be an incredible show» (em inglês). Zap2it. Consultado em 19 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2014 
  262. a b c d Sampson, Mike (5 de abril de 2016). «Here's Who Alfre Woodard Plays in 'Captain America: Civil War'» (em inglês). Screen Crush. Consultado em 5 de abril de 2016. Cópia arquivada em 11 de abril de 2016 
  263. Erfanian, Sasha (6 de abril de 2016). «Alfre Woodard's Captain America: Civil War Character is Different Than Her Luke Cage Role» (em inglês). IGN. Consultado em 11 de abril de 2016. Cópia arquivada em 7 de abril de 2016 
  264. Anderton, Ethan (6 de abril de 2016). «Alfre Woodard Has a Role in 'Captain America: Civil War' But It's Not Tied to 'Luke Cage'» (em inglês). /Film. Consultado em 11 de abril de 2016. Cópia arquivada em 11 de abril de 2016 
  265. a b Vilkomerson, Sara (8 de abril de 2014). «Inside 'The Amazing Spider-Man 2' – And Sony's strategy to supersize its franchise». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 10 de abril de 2014. Cópia arquivada em 10 de abril de 2014 
  266. Fritz, Ben (29 de outubro de 2012). «'Justice League' aims for summer 2015 after Superman victory». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2013 
  267. Breznican, Anthony (11 de abril de 2013). «'Man of Steel' will open door for more DC Comics superhero movies -- Exclusive». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2016. Cópia arquivada em 5 de abril de 2016 
  268. «'Batman V. Superman' Moves Release Date Again As Warner Bros Sets Its DC Game Plan» (em inglês). Deadline.com. 6 de agosto de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2014 
  269. Cornet, Roth (18 de julho de 2014). «Batman V Superman: Dawn Of Justice – Geoff Johns: 'No DC Movie/TV Crossover'» (em inglês). IGN. Consultado em 18 de julho de 2014. Cópia arquivada em 18 de julho de 2014 
  270. Wieselman, Jarett (23 de outubro de 2014). «The Man At The Center Of DC's TV Multiverse». BuzzFeed (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 30 de outubro de 2014 
  271. a b VanDerWerff, Todd (12 de maio de 2016). «How Marvel films like Captain America: Civil War became the world's biggest TV show». Vox (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2016. Cópia arquivada em 14 de maio de 2016 
  272. Kit, Borys (17 de maio de 2016). «'Batman v. Superman' Fallout: Warner Bros. Shakes Up Executive Roles (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 18 de maio de 2016. Cópia arquivada em 18 de maio de 2016 
  273. Fischer, Russ (9 de novembro de 2012). «Mark Millar Discusses His Role in Creating a Cohesive Marvel Universe For Fox» (em inglês). /Film. Consultado em 22 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2013 
  274. a b Collura, Scott (21 de novembro de 2013). «Sony Chief Hints That the Spider-Man Movies Will Be Getting New Heroes and Villains» (em inglês). IGN. Consultado em 22 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de novembro de 2013 
  275. a b Ryan, Mike (12 de maio de 2014). «'Fantastic Four' Writer-Producer Simon Kinberg on Shared Universes and the Challenges of an Origin Story». Screen Crush (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2016. Cópia arquivada em 13 de abril de 2016 
  276. Falk, Ben (23 de julho de 2015). «Bryan Singer Hints at 'X-Men'/'Fantastic Four' Crossover (Exclusive)» (em inglês). Yahoo! Movies. Consultado em 25 de julho de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015 
  277. Goldman, Eric (13 de dezembro de 2013). «The Amazing Spider-Man Spinoffs Venom and The Sinister Six Announced by Sony» (em inglês). IGN. Consultado em 14 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2013 
  278. «Sony Pictures Entertainment Brings Marvel Studios Into The Amazing World Of Spider-Man» (em inglês). Marvel.com. 9 de fevereiro de 2015. Consultado em 10 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2015 
  279. a b Graser, Marc; Lang, Brent (10 de fevereiro de 2015). «Spider-Man: How Sony, Marvel Will Benefit from Unique Deal (EXCLUSIVE)» (em inglês). Variety. Consultado em 10 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2015 
  280. Sneider, Jeff (10 de novembro de 2015). «17 Movies Shaken by Sony Hack, From 'The Interview' to 'Spectre' to 'Steve Jobs'» (em inglês). TheWrap. Consultado em 5 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2016 
  281. Kit, Borys (4 de março de 2016). «'Spider-Man' Spinoff 'Venom' Revived at Sony (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 6 de março de 2016. Cópia arquivada em 6 de março de 2016 
  282. Kit, Borys (16 de março de 2017). «'Spider-Man' Spinoff 'Venom' Gets a Release Date». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 28 de março de 2017. Cópia arquivada em 29 de março de 2017 
  283. Kit, Borys (22 de março de 2017). «'Spider-Man' Spinoff: 'Thor' Writer Tackling Silver Sable, Black Cat Movie (Exclusive)». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 28 de março de 2017. Cópia arquivada em 29 de março de 2017 
  284. Meslow, Scott (11 de fevereiro de 2015). «When franchises fail: Saying goodbye to the not-so-Amazing Spider-Man». The Week (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2016. Cópia arquivada em 14 de maio de 2016 
  285. Mendelson, Scott (13 de maio de 2014). «The Price Sony Paid For Rebooting 'Spider-Man'». Forbes (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2016. Cópia arquivada em 14 de maio de 2016 
  286. «First-of-Its-Kind Course to Examine 'Universe' of Cinematic Storytelling, Perspectives in Ongoing Marvel Films» (em inglês). Universidade de Baltimore. 16 de setembro de 2014. Consultado em 20 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 20 de setembro de 2014 
  287. a b Geddes, Ryan (20 de março de 2008). «Iron Man Film Cast To Voice Game». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  288. a b «Iron Man». Polygon. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  289. «Hands-On Mobile And Marvel Entertainment Bring Iron Man To Mobile». IGN. 30 de abril de 2008. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  290. a b Provo, Frank (11 de junho de 2008). «The Incredible Hulk Review». GamesRadar. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  291. a b Burg, Dustin (9 de abril de 2008). «The Incredible Hulk features incredible voice talent». Engadget. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  292. «The Incredible Hulk Nintendo DS». Nintendo. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  293. «The Incredible Hulk Smashes onto Mobile Phone Worldwide». IGN. 13 de junho de 2015. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  294. a b «Iron Man 2». GameStop. Game Informer. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  295. Devries, Jack (21 de maio de 2010). «Iron Man 2 Review (Wii)». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  296. «Iron Man 2». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  297. Buchanan, Levi (10 de maio de 2010). «Iron Man 2 iPad Review». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  298. «Iron Man 2». BlackBerry World. Consultado em 1 de agosto de 2015. Arquivado do original em 11 de março de 2015 
  299. a b «Thor: God of Thunder». Polygon. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  300. a b «Captain America: Super Soldier». Polygon. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  301. a b Davis, Justin (30 de abril de 2013). «Iron Man 3 - The Official Game Review». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  302. a b «Thor: The Dark World - The Official Game». Polygon. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  303. «Captain America: The Winter Soldier - The Official Game». IGN. Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2017 
  304. «Captain America: The Winter Soldier». Polygon. Consultado em 25 de agosto de 2017 
  305. Dornbush, Jonathon (12 de outubro de 2015). «Lego Marvel's Avengers to include Phase 2, Agent Carter, more content». Entertainment Weekly. Consultado em 14 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2015