Capitão América: O Primeiro Vingador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Captain America: The First Avenger
Capitão América: O Primeiro Vingador (PT/BR)
Cartaz promocional do filme.
 Estados Unidos
2011 •  cor •  125 min 
Direção Joe Johnston
Produção Kevin Feige
Produção executiva Alan Fine
Stan Lee
David Maisel
Louis D'Esposito
Joe Johnston
Nigel Gostelow
Roteiro Christopher Markus
Stephen McFeely
Baseado em Capitão América de
Joe Simon
Jack Kirby
Elenco Chris Evans
Tommy Lee Jones
Hugo Weaving
Hayley Atwell
Sebastian Stan
Dominic Cooper
Neal McDonough
Derek Luke
Stanley Tucci
Gênero Ação
Ficção científica, super-herói
Música Alan Silvestri
Cinematografia Shelly Johnson
Edição Robert Dalva
Jeffrey Ford
Companhia(s) produtora(s) Marvel Studios
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 22 de Julho de 2011
Brasil 29 de Julho de 2011
Portugal 4 de Agosto de 2011
Idioma Inglês
Orçamento US$ 140 milhões[1]
Receita US$ 370 569 774[2]
Cronologia
Último
Captain America: The Winter Soldier (2014)
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Captain America: The First Avenger (no Brasil e em Portugal, Capitão América: O Primeiro Vingador) é um filme americano de 2011, baseado no personagem Capitão América, da Marvel Comics, produzido pela Marvel Studios e distribuido pela Paramount Pictures. É o quinto filme do Universo Cinematográfico Marvel. O filme foi dirigido por Joe Johnston e escrito por Christopher Markus e Stephen McFeely. Protagonizado por Chris Evans[3] , o filme também conta com os atores Tommy Lee Jones, Hugo Weaving, Hayley Atwell, Sebastian Stan, Dominic Cooper, Neal McDonough, Derek Luke e Stanley Tucci.

Ambientado durante a Segunda Guerra Mundial, o filme conta a história de Steve Rogers, um homem frágil e magro do Brooklyn que alista-se no exército. No entanto, por conta de sua saúde frágil, é rejeitado. É então que aparece o Dr. Erskine, que oferece a Rogers a oportunidade de participar de um projeto experimental para criar um "super-soldado".[4] Com a ajuda de um soro especial e de irradiações dos raios "Vita" durante o experimento, Rogers se transforma no super-soldado Capitão América para ajudar durante a guerra. Ele tem a missão de deter o Caveira Vermelha, um auxiliar de armas de Adolf Hitler e líder da Hidra, uma misteriosa organização que pretende usar um dispositivo chamado Tesseract como fonte de energia para dominar o mundo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Nos dias atuais, cientistas no Ártico descobrem uma espécie de nave metálica gigante. Dentro, encontram um escudo com um desenho vermelho, azul e branco.

Em março de 1942, o oficial nazista Johann Schmidt e seus homens invadem Tønsberg, na Noruega, para roubar a misteriosa tesseract, um objeto místico com poderes incalculáveis. Em Nova York, Steve Rogers é rejeitado pelo Exército dos Estados Unidos para lutar na Segunda Guerra Mundial devido à sua saúde frágil e seus diversos problemas físicos. Enquanto visita a Feira Mundial com seu amigo Bucky Barnes, Rogers novamente tenta se alistar. Após escutar a conversa de Rogers com Barnes sobre o seu desejo de ajudar na guerra, o Dr. Abraham Erskine permite que Rogers se aliste. Ele é recrutado como parte de um experimento de "supersoldados" sob o comando do Coronel Chester Phillips, do Dr. Erskine e da agente britânica Peggy Carter. O Coronel Phillips não está convencido de que Rogers é a pessoa certa para o procedimento, mas se arrepende depois de vê-lo cometer um ato de bravura, de auto sacrifício, ao arremessar uma falsa granada. O Dr. Erskine diz para Rogers, então, que ele foi escolhido para o experimento. Na noite antes do tratamento, Erskine revela a Rogers que Schmidt sofreu uma versão imperfeita do tratamento.

Escudo do Capitão América, elaborado por Howard Stark e feito de Vibranium

Na Europa, Schmidt e o Dr. Arnim Zola conseguem, com sucesso, aproveitar as energias do tesseract, com a intenção de usar seu poder para viabilizar as invenções de Zola. Após descobrir a localização de Erskine, Schmidt envia um assassino para matá-lo. Nos Estados Unidos, com a mente brilhante Howard Stark, o Dr. Erskine submete Rogers ao tratamento de supersoldado, injetando-o com um soro especial e "vita-raios". Depois de Rogers emergir do experimento mais alto e musculoso, um dos participantes, Heinz Kruger (Richard Armitage), mata Erskine e foge com parte do soro, revelando-se como o assassino a mando de Schmidt. Rogers o persegue e consegue capturar Kruger, mas o assassino comete suicídio através de uma cápsula de cianeto antes que ele possa ser interrogado.

Com Erskine morto e a fórmula do supersoldado perdida, o senador Brandt (Michael Brandon) faz Rogers visitar o país em um traje colorido como Capitão América ​​para promover o bônus de guerra. Na Itália de 1943, enquanto estava em turnê apresentando para militares ativos, Rogers descobre que a unidade de seu amigo Barnes perdeu na batalha contra as forças de Schmidt. Recusando-se a acreditar que Barnes está morto, Rogers monta uma tentativa de resgate solo com Carter e Stark voando atrás das linhas inimigas. Rogers se infiltra na fortaleza da Hidra, organização de Schmidt, libertando Barnes e os outros soldados capturados. Rogers confronta Schmidt, que revela que seu rosto é uma máscara, ao removê-la para mostrar a face vermelha, semelhante a um crânio que lhe rendeu o apelido de Caveira Vermelha. Schmidt escapa e Rogers retorna à base com mais de 100 soldados libertados.

Rogers recruta Barnes, Dum Dum Dugan, Gabe Jones, Jim Morita, James Montgomery Falsworth e Jacques Dernier para atacar as outras bases da Hidra conhecidas. Stark desenvolve uma nova roupa para Rogers com equipamentos avançados, em especial um escudo circular feito de Vibranium, um metal raríssimo e quase indestrutível. Rogers e sua equipe conseguem destruir com sucesso diversas bases da Hidra A equipe invade um trem, onde se encontra Zola. Zola é capturado, mas Barnes cai e morre. Utilizando informações extraídas de Zola, a última fortaleza de Hidra é localizada e Rogers lidera um ataque para impedir que Schmidt bombardeie diversas cidades americanas. Rogers sobe na aeronave de Schmidt e eles entram em combate. Durante a luta, o recipiente com o tesseract é danificado, e ao tocá-lo, Schmidt dissolve sob uma luz branca. O objeto cai, atravessando a estrutura da aeronave e caindo na Terra. Não encontrando outra forma de impedir que as bombas atinjam seu país, Rogers decide descer o avião e atingir o Ártico. Algum tempo depois, Stark consegue recuperar o tesseract do fundo do oceano, mas é incapaz de localizar Rogers ou a aeronave.

Rogers acorda em um quarto de hospital aparentemente ambientado nos anos 1940. Deduz que algo está errado devido a um jogo de beisebol no rádio, que ele reconhece como já tendo ouvido. Rogers então foge do cenário falso, corre por corredores de um moderno prédio e finalmente alcança a rua, que revela na verdade ser a atual Times Square. Acompanhado de diversos carros e seguranças, surge Nick Fury, que informa que ele permaneceu congelado por 70 anos.

Em uma cena após os créditos, Fury aborda Rogers, propondo uma missão com ramificações por todo o mundo: a Iniciativa Vingadores.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Kevin Feige (produtor), Joe Johnston (diretor) e os atores Chris Evans e Hugo Weaving no Comic-Con de 2010.
Chris Evans promovendo o filme na Comic-Con International em San Diego.

Produção[editar | editar código-fonte]

Cenário do filme, em Manchester, Reino Unido.

Em 1997, a Marvel começou a negociar a produção de um filme baseado no Capitão América,[5] e em 2000 se associou com a Artisan Entertainment para o projeto. [6] Um processo do co-criador do personagem, Joe Simon, sobre os direitos da propriedade impediram a produção, e as pendências judiciais só se resolveram em Setembro de 2003.[7] Depois que a Marvel estabeleceu a Marvel Studios e conseguiu um empréstimo da Merrill Lynch para produzir filmes como independente, conseguiu um acordo de distribuição com a Paramount Pictures. [8] O diretor Jon Favreau se aproximou do projeto do Capitão América, mas desistiu porque queria fazer do filme uma comédia, ao invés disso aceitando dirigir Homem de Ferro.[9] Joe Johnston foi contatado para dirigir.[10]

Após um atraso pela greve dos roteiristas entre 2007 e 2008,[11] a Marvel estabeleceu uma data de estreia para 2011.[12] Louis Leterrier, diretor de O Incrível Hulk, se interessou mas a Marvel declinou. Em novembro de 2008 Johnston asssinou como diretor,[10] trazendo os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely.[13]

A produção de Captain America: The First Avenger começou em Junho de 2010,[14] com as últimas cenas sendo feitas em abril de 2011.[15] Locações primárias foram no Reino Unido, em Londres, Manchester e Liverpool.[16] [17] [18] e em Los Angeles nos Estados Unidos.[15] Uma cena também foi filmada na Times Square em Nova York.[19] Uma conversão para 3D foi feita na pós-produção. [20]

O filme possui 1,600 tomadas de efeitos visuais, feitas por 13 companhias diferentes.[21] Os mais notáveis envolvem Steve Rogers magro, feito encolhendo Chris Evans digitalmente, ou colando a cabeça de Evans em um ator magro que tentava imitar sua linguagem corporal.[22] A cabeça do Caveira Vermelha foi feita primariamente por maquiagem, com poucos retoques digitais para, por exemplo, remover o nariz de Hugo Weaving.[23] O design de roupas, equipamentos e veículos tentava fazer algo que realmente pudesse existir nos anos 40, com direito a basear veículos da Hidra em projetos nazistas abandonados e o carro do Caveira Vermelha em modelos da época da Mercedes-Benz.[24]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

No fim de semana de estreia, o filme foi o líder de bilheterias nos Estados Unidos e no Canadá, arrecadando US$165,8 milhões em ingressos vendidos.[25] Faturou um total de $193,915,269 milhões na América do norte e $370,569,774 milhões no mundo todo. No Brasil, teve 4.840.913 espectadores e faturou R$63.208.442,[26] e em Portugal conseguiu €5.095.153 e 588.655 espectadores.[27]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Captain America: The First Avenger teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Com um índice de 79%, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Com muita ação polposa, uma vibe agradavelmente retrô e um punhado de ótimas atuações, o Capitão América é solidamente um antiquado entretenimento blockbuster”.[28]

Continuação[editar | editar código-fonte]

A continuação do filme, Captain America: The Winter Soldier, que chegou aos cinemas em 4 de Abril de 2014. Chris Evans e os roteiristas Stephen McFeely e Christopher Markus voltam, enquanto a direção ficou com os irmãos Anthony e Joe Russo (da série televisiva Community).[29]

Desde a divulgação de Vingadores 2, três integrantes do grupo de super-heróis não foram divulgados que iriam fazer filmes solo: Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro. Entretanto, isto não significou que eles ficariam fora dos novos filmes, podendo surgir em participações especiais. Exatamente o que aconteceu com a Viúva Negra, presente emThe Winter Soldier[30]

Referências

  1. «Should We Now Call Him 'Captain England'?» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 22-07-2011. 
  2. «Captain America: The First Avenger (2011)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 21 de novembro de 2013. 
  3. «Após derrotar estrelas, Chris Evans será Capitão América no cinema». Folha Online. 22 de março de 2010. Consultado em 23-03-2010. 
  4. «Revelada a sinopse do filme do Capitão América!». Cine News. Consultado em 4 de abril de 2015. 
  5. Fleming, Michael (1997-04-14). «A Mania For Marvel». Variety [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2008-03-02. 
  6. Fleming, Michael (2000-05-16). «Artisan deal a real Marvel». Variety [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2008-03-02. 
  7. Amdur, Meredith (2003-10-09). «Marvel sees big stock gains». Variety [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2008-03-02. 
  8. Archive of Fritz, Ben, and Dana Harris (2005-04-27). «Paramount pacts for Marvel pix». Variety [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2008-03-02. 
  9. Douglas, Edward (2006-07-26). «Exclusive: Jon Favreau on Iron Man» Superhero Hype! [S.l.] Arquivado desde o original em 2008-02-15. Consultado em 2008-03-02. 
  10. a b Kit, Borys (2008-11-09). «'Captain America' recruits director». The Hollywood Reporter [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2008-11-10. 
  11. McNary, Dave (2008-01-24). «Lionsgate signs as WGA talks go on». Variety [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-05. Consultado em 2008-03-02. 
  12. Edward Douglas (2008-05-05). «Marvel Studios Sets Four More Release Dates!» Superhero Hype! [S.l.] Arquivado desde o original em 2011-07-05. Consultado em 2008-05-05. 
  13. Kit, Borys, and Jay A. Fernandez (2008-11-18). «'Captain America' enlists two scribes». The Hollywood Reporter [S.l.: s.n.] Arquivado desde o original em 2011-07-05. Consultado em 2008-11-19. . (First paragraph; subscription required for full story.)
  14. «Captain America 'to film in June' as we get closer to casting news». Coventry Telegraph. 2010-04-28. Consultado em 2010-09-27. 
  15. a b Silas Lesnick. «Captain America Shooting in Los Angeles». Superhero Hype!. Arquivado desde o original em 2011-07-05. 
  16. «Summer in the City». Film London. 2010-07-07. Arquivado desde o original em 2011-07-05. Consultado em 2010-07-09. 
  17. «Caerwent is scene for Captain America movie». South Wales Argus. 2011-07-28. Arquivado desde o original em 2011-07-29. Consultado em 2011-07-28. 
  18. Collinson, Dawn (2010-09-16). «Captain America Filming to Get Underway on Liverpool Docklands». Liverpool Daily Post. Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2010-09-27. 
  19. "Captain America Scene Filmed in New York on Saturday". Superhero Hype! (April 24, 2011). Retrieved May 2, 2011. Archived julho 5, 2011 at WebCite
  20. Boucher, Geoff (2010-07-14). «It's official: 'Thor' and 'Captain America' will be 3-D films». Los Angeles Times. Arquivado desde o original em 2011-07-22. Consultado em 2010-07-14. 
  21. Hogg, Trevor (2011-07-27). «Raising the Shield: The Making of Captain America: The First Avenger». CGSociety.org (Society of Digital Artists). Arquivado desde o original em 2011-07-29. Consultado em 2011-07-28. 
  22. A Transformação (Featurette). Blu-Ray de Captain America: The First Avenger: Paramount Home Entertainment. 
  23. Por Trás do Caveira Vermelha (Featurette). Blu-Ray de Captain America: The First Avenger: Paramount Home Entertainment. 
  24. Tecnologia Modernizada (Featurette). Blu-Ray de Captain America: The First Avenger: Paramount Home Entertainment. 
  25. «"Capitão América" bate "Harry Potter" nas bilheterias do final de semana». UOL Cinema. 24/07/2011. 
  26. «Ancine» (PDF). Oca. Consultado em 4 de abril de 2015. 
  27. «RANKING DOS FILMES MAIS VISTOS: 01-01-2011/29-12-2011» (PDF). ICA. Consultado em 28-12-2010. 
  28. «Captain America: The First Avenger» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 17 de abril de 2014. 
  29. «Captain America». Omelete. Consultado em 4 de abril de 2015. 
  30. «Viúva Negra fará participação especial em Capitão América 2». Adoro Cinema. Consultado em 4 de abril de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Capitão América: O Primeiro Vingador