Produção de Avengers: Infinity War e Avengers: Endgame

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Avengers: Infinity War e
Avengers: Endgame
Logotipos de Avengers: Infinity War (acima) e Avengers: Endgame (abaixo)
No Brasil Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato
Em Portugal Vingadores: Guerra do Infinito e Vingadores: Endgame
Estados Unidos
cor •  
Direção Anthony Russo
Joe Russo
Produção Kevin Feige
Roteiro Christopher Markus
Stephen McFeely
Baseado em Vingadores
de Stan Lee
e Jack Kirby
Música Alan Silvestri
Cinematografia Trent Opaloch
Edição Jeffrey Ford
Matthew Schmidt
Companhia(s) produtora(s) Marvel Studios
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento 27 de abril de 2018 (Avengers: Infinity War)
26 de abril de 2019 (Avengers: Endgame)
Idioma inglês
Orçamento US$ 681–800 milhões[a]

Avengers: Infinity War[b] e Avengers: Endgame[c] são filmes de super-heróis estadunidenses baseados na equipe Vingadores da Marvel Comics, produzidos pela Marvel Studios e distribuídos pela Walt Disney Studios Motion Pictures. Eles são as sequências de The Avengers (2012) e Avengers: Age of Ultron (2015) e servem como os 19º e 22º filmes do Universo Cinematográfico Marvel (UCM), respectivamente. Ambos os filmes foram dirigidos por Anthony e Joe Russo a partir de roteiros da dupla de escritores Christopher Markus e Stephen McFeely, e apresentam um ensemble cast composto por muitos atores anteriores do UCM.

O desenvolvimento dos filmes começou nas primeiras produções da Marvel Studios com a introdução das Joias do Infinito e da Manopla do Infinito como dispositivos de enredo. A composição do elenco começou em meados de 2013 com Robert Downey Jr. assinando para reprisar seu papel como Tony Stark / Homem de Ferro. Os filmes foram anunciados oficialmente em outubro de 2014 sob os títulos Avengers: Infinity War – Part 1 e Part 2. Os irmãos Russo, e Markus e McFeely se juntaram ao projeto no início de 2015. Em julho de 2016, a Marvel revelou que os filmes estavam sendo renomeados: a primeira parte ficou conhecida apenas como Avengers: Infinity War, enquanto o título da segunda parte foi revelado como Avengers: Endgame em dezembro de 2018. Os filmes foram renomeados porque pretendiam contar duas histórias diferentes. Eles foram projetados como uma conclusão para a história contada em todos os filmes do UCM até aquele ponto.

Ambos os filmes foram filmados conjuntamente no Pinewood Atlanta Studios no Condado de Fayette, Geórgia. A produção de Infinity War começou em 23 de janeiro e foi concluída em 14 de julho de 2017, com filmagens adicionais na Escócia, em Downtown Atlanta e na cidade de Nova Iorque. As filmagens de Endgame começaram em 10 de agosto de 2017 e foram concluídas em 11 de janeiro de 2018, com filmagens adicionais nas áreas de Downtown e metro de Atlanta, estado de Nova Iorque, Escócia e Inglaterra. São os primeiros filmes de Hollywood a serem rodados inteiramente em IMAX digital, usando uma nova câmera desenvolvida ao lado da ARRI. A Industrial Light & Magic, Framestore, Method Studios, Weta Digital, DNEG, Cinesite, Digital Domain, Rise, Lola VFX, Perception, Cantina Creative, Capital T, Technicolor VFX e Territory Studio foram as empresas de efeitos visuais que trabalharam nos filmes.

Avengers: Infinity War foi lançado nos Estados Unidos em 27 de abril de 2018, e Avengers: Endgame foi lançado em 26 de abril de 2019, ambos fazendo parte da Fase Três do UCM.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Desde seus primeiros filmes, a Marvel Studios estava se preparando para uma adaptação da história em quadrinhos The Infinity Gauntlet (1991) de Jim Starlin, ao apresentar as Joias do Infinito como MacGuffins:[9] a Joia do Espaço como o Tesseract em Captain America: The First Avenger (2011); a Joia da Mente dentro do Cetro de Loki em The Avengers (2012); a Joia da Realidade como o Éter em Thor: The Dark World (2013); a Joia do Poder dentro do Orbe em Guardians of the Galaxy (2014); e a Joia do Tempo dentro do Olho de Agamotto em Doctor Strange (2016).[10] De acordo com James Gunn, escritor e diretor dos filmes dos Guardians of the Galaxy, a Marvel decidiu que o Éter e os MacGuffins anteriores seriam usados ​​como Joias do Infinito nos filmes durante a produção de The Dark World (os MacGuffins e as Joias do Infinito são objetos separados nas histórias em quadrinhos). Antes que essa decisão fosse tomada, a Joia do Poder foi apresentada como vermelha no primeiro filme dos Guardians e teve que ser alterada para roxa na pós-produção para dar a cada uma das Joias do Infinito sua cor própria, já que o Éter também era vermelho.[11]

Thanos, um vilão dos quadrinhos que almeja as Joias do Infinito, foi apresentado ao Universo Cinematográfico Marvel em uma breve aparição no final do primeiro filme dos Avengers. Muitos fãs posteriormente esperavam que Thanos fosse o antagonista da sequência, Avengers: Age of Ultron (2015).[12] No entanto, Joss Whedon, que escreveu e dirigiu os dois primeiros filmes dos Avengers, explicou que o personagem não seria o principal antagonista até um filme posterior porque ele é "tão poderoso, ele não é alguém que você pode simplesmente tentar dar um soco. Como nos quadrinhos, você quer que ele avance pelo universo e guarde o grande final para o grande final."[13] Thanos aparece no final de Age of Ultron em outra breve aparição, desta vez com a Manopla do Infinito, uma luva projetada para abrigar as joias.[14] Uma Manopla do Infinito diferente foi mostrada anteriormente no cofre em Asgard em Thor (2011),[15] mas após a cena de Age of Ultron, esta primeira manopla foi revelada como sendo uma farsa em Thor: Ragnarok (2017).[15] O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, explicou que a primeira manopla foi incluída como um pequeno easter egg em Thor antes de uma adaptação de The Infinity Gauntlet estar em desenvolvimento ativo, e uma vez que a Marvel começou a planejar esse enredo, eles perceberam que não faria sentido os Asgardianos terem a manopla. A explicação interna da Marvel foi que a primeira luva era falsa, e Ragnarok foi capaz de resolver isso na tela.[16] A manopla de Age of Ultron também é considerada falsa, com os escritores Christopher Markus e Stephen McFeely dizendo que era uma "manopla prática da moda".[17]

Anúncio[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2014, Feige afirmou que havia "algumas noções" sobre as quais a Marvel gostaria de levar um terceiro filme dos Vingadores e que o estúdio pretendia um tempo de três anos entre o lançamento de Avengers: Age of Ultron em 2015 e uma sequência.[18] Em outubro de 2014, a Marvel anunciou uma sequência de duas partes de Age of Ultron, intitulada Avengers: Infinity War. Part 1 foi programada para ser lançada em 4 de maio de 2018, e Part 2 foi programada para 3 de maio de 2019.[19] O plano da Marvel era filmar as duas partes de Infinity War uma após a outra.[20] Em janeiro de 2015, Whedon disse que era "muito duvidoso" se ele estaria envolvido com os dois filmes.[21] A Marvel eventualmente o abordou sobre como escrevê-los, e Whedon não descartou contribuir para os roteiros de alguma forma, mas ele se recusou a assinar como o escritor das sequências.[22] Ele citou a escala crescente da série como o motivo pelo qual optou por não retornar, explicando que cada um de seus filmes tinha se tornado algo "cada vez mais enorme... [e] só vai ficar maior com Infinity War. Não vou ser capaz de dar o que é preciso."[23]

Anthony e Joe Russo chegaram a um acordo em abril de 2015 para dirigirem ambas as partes de Infinity War, após dirigirem Captain America: The Winter Soldier (2014) e Captain America: Civil War (2016).[24][25] Um mês depois, os escritores Christopher Markus e Stephen McFeely assinaram contrato para também retornarem dos filmes do Captain America, escrevendo os roteiros de ambas as partes de Infinity War.[26] McFeely mais tarde lembrou que a dupla tinha começado a negociar para escrever os dois filmes sem nunca terem sidos realmente solicitados a fazê-lo por Feige ou a Marvel.[27]:1:20–1:28 Anthony Russo descreveu as duas sequências dos Avengers como "o culminar de tudo o que aconteceu no UCM" desde que Iron Man foi lançado em 2008, trazendo "um fim para certas coisas, e de algumas maneiras ... o começo de certas coisas".[28] Em abril de 2016, Jon Favreau confirmou que ele serviria mais uma vez como produtor executivo nos filmes, tendo feito isso nos filmes anteriores dos Avengers após dirigir os dois primeiros filmes de Iron Man.[29] Gunn também atuou como produtor executivo nos dois filmes de Infinity War, trabalhando com os Russo, Marvel e Feige "para garantir que qualquer um dos personagens [de Guardians of the Galaxy] com os quais estou envolvido sejam bem cuidados [em Infinity War]".[30][31]

Em março de 2018, a Disney mudou o lançamento do primeiro filme nos Estados Unidos para 27 de abril de 2018, o que significava que seria lançado no país no mesmo final de semana de vários mercados internacionais.[32][33] Em dezembro daquele ano, o lançamento do segundo filme foi alterado para 26 de abril de 2019.[34]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Depois de anunciar os títulos dos filmes como Avengers: Infinity War – Part 1 e Avengers: Infinity War – Part 2, Feige explicou que estes foram escolhidos por causa dos elementos compartilhados entre os filmes. No entanto, ele sentiu que seriam "dois filmes distintos", e não uma história dividida em dois filmes.[35] Anthony Russo reiterou isso, dizendo que os dois filmes eram "muito, muito diferentes um do outro. Não é um cenário da parte um e da parte dois, necessariamente. São apenas duas expressões diferentes. Acho que cria um equívoco de que os estamos filmando ao mesmo tempo."[36] Como tal, no início de maio de 2016, os Russo revelaram que mudariam o título dos dois filmes para remover ainda mais esse equívoco.[37]

Em julho de 2016, a Marvel anunciou que Part 1 seria simplesmente conhecido como Avengers: Infinity War, enquanto que Part 2 seria referido como Untitled Avengers film até que um novo título fosse escolhido.[38] Anthony Russo afirmou que o título do segundo filme não seria revelado "por algum tempo",[39] com Feige e os irmãos Russo indicando que o título estava sendo retido, já que revelaria detalhes do enredo de Infinity War e sua sequência.[40][41] Em abril de 2018, Feige afirmou que o título do segundo filme havia sido retido por muito tempo porque a Marvel queria se concentrar primeiro em Infinity War, já que o anúncio dos dois filmes havia desviado a atenção de Age of Ultron, que ainda não havia sido lançado naquela hora. Feige agora sentia que o tiro saiu pela culatra devido à discussão sobre o título ficar "totalmente fora de controle" e gerar altas expectativas que o título real não seria capaz de corresponder.[42] Em dezembro daquele ano, com o lançamento do primeiro trailer do segundo filme, o título foi revelado como Avengers: Endgame.[34]

Escrita[editar | editar código-fonte]

Processo[editar | editar código-fonte]

Os escritores Christopher Markus e Stephen McFeely na San Diego Comic-Con 2019.

Depois de serem contratados para escrever os filmes, Markus e McFeely foram orientados por Feige e pela Marvel a fazerem dois filmes separados em vez de uma história de duas partes.[27]:1:03–1:19 Eles também foram convidados a usarem Thanos e as Joias do Infinito, que sugeriram a Markus que os Guardiões da Galáxia provavelmente deveriam ser incluídos nos filmes. Eles tinham permissão para usar qualquer personagem de todo o UCM, e podiam matar personagens se quisessem.[27]:1:28–2:00

Durante as filmagens de Civil War em 2015, Markus e McFeely começaram a ler histórias em quadrinhos e a escrever ideias sobre o que poderia acontecer nos filmes. Eles acabaram criando 60 páginas de ideias não relacionadas que a Marvel analisou e destacou ou sinalizou como impossível.[36] Nos últimos quatro meses do ano, a dupla passou a maior parte do tempo em uma sala de conferências com o produtor executivo Trinh Tran, assim como Feige e os irmãos Russo, sempre que estavam livres. A Marvel deu a eles cartões de beisebol de todos os personagens do UCM até aquele momento, e cada um notou se o respectivo ator estava disponível para os filmes.[27]:2:19–3:09 Os escritores começaram a escolher agrupamentos potenciais de personagens, e os deram à Marvel junto com suas páginas de ideias. McFeely se referiu a esse estágio do processo como pesquisa e desenvolvimento, com a dupla tentando descobrir quais elementos a Marvel e os Russo queriam incluir nos filmes.[27]:3:09–3:33 Enquanto eles apresentavam as ideias para momentos ou cenas, como um momento em que Thanos usa todas as Joias do Infinito, elas foram escritas em cartões e colocadas em uma linha do tempo para permitir que os escritores trabalhassem nessas ideias.[27]:3:40–3:59 Uma vez depois de concluído, Markus e McFeely compilaram os cartões em um esboço inicial que incluía momentos, cenas, diálogos e piadas. Eles reescreveram o esboço para ficar mais legível e enviaram para a Marvel para aprovação.[27]:6:10–6:52

Os escritores começaram a trabalhar nos roteiros reais em janeiro de 2016.[43] A cada semana, eles pegavam as cenas do esboço inicial, atribuíam-lhes uma contagem de páginas e pegavam várias delas cada. Eles então começaram a escrever individualmente essas cenas como cenas reais em um roteiro, e combinariam seus trabalhos no final da semana. Isso foi repetido até que eles tivessem um 'Rascunho de Frankenstein' que McFeely descreveu como longo e repetitivo, mas com um pouco de "ouro" nele.[27]:9:38–10:45 Os dois trabalharam juntos para ler e retrabalhar até que tivessem um primeiro rascunho "funcional".[27]:10:46–11:11 Os primeiros rascunhos concluídos para ambos os filmes foram entregues à Marvel em 1º de maio de 2016. Após isso, quando os filmes estavam em pré-produção, a dupla continuou a escrever novos rascunhos dos roteiros.[27]:11:36–11:56 Em julho, eles estavam trabalhando no terceiro rascunho de Infinity War e no segundo de Endgame, com Markus afirmando que a cada dia eles iriam apenas estar trabalhando em um único filme cada, mas eles ainda estavam escrevendo os dois filmes ao mesmo tempo.[44] Em outubro, o roteirista de Thor: Ragnarok, Eric Pearson, foi levado do set de Ragnarok na Austrália para onde os filmes dos Avengers estavam sendo preparados em Atlanta para que ele pudesse ajudar Markus e McFeely, que estavam "tão abarrotados de tempo". Pearson disse que a dupla estava confortável permitindo que ele trabalhasse em um filme enquanto eles se concentravam no outro devido aos seus créditos anteriores de escrita na Marvel, incluindo trabalhar com eles na série de televisão do UCM Agent Carter.[45] Markus e McFeely mais tarde estimaram que haviam escrito pelo menos cinco ou seis rascunhos de cada filme até o final de 2016. Durante aquele ano, eles estavam recebendo notas sobre os rascunhos e também apresentando novas ideias. Markus descreveu esse processo como "filtrar e realmente focar no que esses filmes tratam".[27]:11:36–11:56

Os irmãos Russo e os escritores trabalharam com todos os outros cineastas da Fase Três para manter a continuidade, falando com eles "quase semanalmente".[36] O diretor de Doctor Strange, Scott Derrickson, foi "mantido atualizado" sobre como os filmes dos Avengers usam Strange por meio de seu relacionamento próximo com Feige e Joe Russo. Derrickson discutiu o enredo de ambos os filmes dos Avengers com Joe e deu notas sobre eles, dizendo, "é por isso que isso é ótimo, essa é a maneira de fazer isso..."[46] Gunn queria garantir que os Guardiões fossem "tão engraçados quanto deveriam ser e tão honestos e verdadeiros quanto deveriam ser".[30][31] De acordo com Markus, Gunn "veio com pelo menos um riff histérico" para os Guardiões, e também escolheu a canção "The Rubberband Man" dos The Spinners como a música de abertura dos Guardiões em Infinity War.[47][48] Gunn forneceu informações sobre a escolha feita por Markus e McFeely para o Senhor das Estrelas que tanto Gunn quanto o ator Chris Pratt sentiram que não era fiel ao personagem. A mudança sugerida por Gunn não alterou a história geral, e McFeely sentiu que era um bom exemplo de como trabalhar com outros cineastas do UCM era um "bônus" para esses filmes. Algumas das maiores reescritas do roteiro envolveram Thor, já que Markus e McFeely originalmente pretendiam que ele fosse o "homem hétero" dos Guardiões. Suas cenas tiveram que ser reformuladas depois que Chris Hemsworth explicou a direção mais cômica do personagem em Thor: Ragnarok. O diretor do filme, Taika Waititi, foi chamado para consultar Markus e McFeely sobre o novo tom da personalidade de Thor,[47] enquanto o envolvimento de Pearson ajudou a manter essa continuidade.[45]

Após o início das filmagens de Infinity War em janeiro de 2017,[49] o processo de escrita tornou-se o que Markus descreveu como "particulado", com vários rascunhos de uma única cena sendo escritos ao mesmo tempo entre os escritores e diretores. Membros de todos os departamentos dos filmes também começaram a fornecer mais informações para as revisões do roteiro.[27]:12:59–13:29 No set, os escritores assistiam aos ensaios com os atores todos os dias para que pudessem responder a quaisquer problemas com as cenas imediatamente, e também para fornecer piadas alternativas para os atores dizerem durante as filmagens. Assim que as filmagens começassem, eles voltariam a revisar as cenas dos roteiros que ainda não haviam sido filmadas.[27]:14:19–14:44 Eles também se coordenaram com a equipe de edição em um esforço para fazer qualquer reescrita o mais rápido possível com base nas filmagens que os editores receberiam.[27]:14:44–14:55 Isso foi feito com a esperança de poder refazer as cenas enquanto os atores estavam disponíveis e os sets ainda existiam, quando possível. A última escrita que a dupla fez para Endgame foi para filmagens adicionais que ocorreram em janeiro de 2019.[27]:16:10–16:16

História[editar | editar código-fonte]

O universo Marvel se une para lutar contra a maior ameaça ao mundo e ao universo que você já viu.

—O conceito básico por trás de Avengers: Infinity War, conforme descrito pelo codiretor Joe Russo[50]

Enquanto todos os filmes não-Avengers no UCM foram considerados ambientados para este enredo, Feige disse que Black Panther (2018) seria uma ligação "muito importante" para o enredo,[36][51] assim como Thor: Ragnarok.[52] Os Russo queriam "uma linha de passagem forte" de The Winter Soldier à Civil War e nos dois filmes, dizendo: "Nós vemos [Civil War] como um cenário para Infinity War, já que ele começa nas condições onde todos se encontram."[53] Ele descreveu o conceito dos filmes como "o universo Marvel [se unindo] para lutar contra a maior ameaça ao mundo e ao universo que você já viu", com os irmãos querendo se aproximar dos elementos cósmicos de Infinity War com o mesmo "fervor" que deram aos filmes The Winter Soldier e Civil War. Embora eles fossem incapazes de retratar os filmes com naturalismo devido ao seu conteúdo de ficção científica, eles queriam que seus filmes tivessem um realismo psicológico.[50] Anthony acrescentou que Infinity War trataria dos "temas de fado e destino, e a essência do que significa ser um herói".[54] Feige disse que os filmes explorariam se as visões que os Vingadores tiveram em Age of Ultron eram previsões do futuro ou apenas projeções de seus medos.[55] Anthony descreveu o tom dos filmes como único, dado como eles estavam combinando os tons de todas as franquias individuais do UCM,[56] e era importante para os irmãos que ambos os filmes fossem distintos entre si, com histórias e estruturas diferentes.[57]

Infinity War se passa aproximadamente dois anos após os eventos de Civil War, já que os Russo sempre definem "tudo baseado em quando o último filme foi lançado".[56] Além de The Infinity Gauntlet de Starlin, Markus e McFeely se inspiraram nos quadrinhos Infinity (2013) de Jonathan Hickman.[58] Infinity War foi criado como um filme de assalto dos anos 1990,[59] com os irmãos assistindo a muitos filmes "que tinham aquela energia de assalto", já que Infinity War "possui aquela energia do vilão estando um passo à frente dos heróis",[60] com Thanos "em um golpe de quebrar-e-agarrar" para adquirir todas as Joias do Infinito.[59] Os filmes 2 Days in the Valley (1996) e Out of Sight (1998) serviram de inspiração para os irmãos.[56]

Além do roteiro usado no filme final, dois rascunhos diferentes de Infinity War também foram criados. Um desses rascunhos apresentava Thanos como o narrador do filme, utilizava uma estrutura não linear e também contava histórias para os membros da Ordem Negra. Embora este rascunho não tenha sido usado, escrever a narração de Thanos ajudou a dar a Markus, McFeely e os Russo mais informações sobre o personagem. O outro rascunho fazia com que o filme começasse após Thanos já ter adquirido a Joia do Poder, mas foi descartado porque "parecia que ele já tinha muitas Joia do Infinito logo de início". Seguindo com o rascunho usado no filme final, o enredo foi "simplificado, tornado mais linear e permitiu que mais momentos dos personagens surgissem" conforme o início das filmagens se aproximava, dando aos Russo "um roteiro muito firme" para trabalhar.[61] Ao contrário de Infinity War, Avengers: Endgame apresenta principalmente uma história original que não se inspira em nenhum quadrinho existente. Joe Russo explicou: "Acho que estamos em um território bem novo com Avengers 4. De qualquer forma, acho que é interessante depois de voltar e olhar alguns dos filmes da Marvel e vê-los por uma lente diferente. Mas não posso pensar em qualquer história em quadrinhos em particular que teria valor" para fornecer uma base para a história do filme.[62] Joe Russo também descreveu o segundo filme como "mais uma aventura épica no sentido clássico, com enormes riscos emocionais".[41]

Enquanto Infinity War apresenta uma cena pós-créditos, assim como os filmes anteriores do UCM, os irmãos Russo inicialmente consideraram não incluir uma. Anthony observou que parte da razão para considerar isso "foi porque sabíamos que o final era complicado, um final difícil, e queríamos que esse final fosse muito definitivo. Não queríamos complicá-lo com outras ideias." Ele sentiu que a cena usada, que mostra Nick Fury solicitando a ajuda da Capitã Marvel antes de desaparecer, colocou "um pequeno botão [no final] mas é isso".[63] Sobre o final de Infinity War, com Thanos eliminando metade do universo, Markus comentou: "Se você tivesse parado antes de ele estalar os dedos, ou com quatro joias, isso realmente é apenas um botão de pausa. Isso realmente significa, 'O que ele vai fazer?' 'Seu herói vai parar de ficar pendurado no penhasco?' E queríamos colocar um 'Sim, isso acontece. Lide com isso,' dê um tom no final, ao invés de deixar isso te sacudir."[64]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Os escritores inicialmente não tentaram usar os personagens de uma forma que combinasse com a disponibilidade do ator, ao invés disso, usaram os personagens como eles queriam e então ajustaram mais tarde com base nas restrições de programação. Reconhecendo que há 23 personagens no pôster de Infinity War, McFeely afirmou que houve uma decisão inicial de não ter "cena após cena [com] 23 pessoas em uma sala movendo-se de um ponto de trama para outro", o que significaria apenas que muitos atores e personagens populares não teriam nada a fazer em cada cena. Em vez disso, os escritores queriam dividir os personagens em grupos menores para que cada cena pudesse ser valiosa para todos os personagens presentes e, então, esses grupos poderiam ser combinados conforme exigido pela história.[65]

Para lidar com o número de personagens nos filmes, muitos foram divididos em vários grupos menores no início de Infinity War, que Anthony comparou a "Nashville para super-heróis. É uma narrativa vinheta. É a composição de todos eles em uma única história."[47][66] O agrupamento incluiu: Homem de Ferro, Doutor Estranho, Senhor das Estrelas, Homem-Aranha e, inicialmente, Bruce Banner e Wong;[47][67] Thor e os Guardiões da Galáxia, que em última instância se dividiram ainda mais para apenas Thor, Rocket e Groot; Wanda Maximoff e Visão; Thanos e Gamora; e Capitão América, Viúva Negra, Falcão, Soldado Invernal, Banner e Pantera Negra.[47] Markus disse que muitas discussões sobre pares de personagens eram sobre se deveria buscar e desenvolver relacionamentos pré-existentes ou introduzir novos, com ele sentindo que novos pares tinham o nível emocional de um primeiro encontro, enquanto personagens que estiveram juntos antes e agora estão em uma situação muito mais terrível estão juntos novamente.[68]

O ator Robert Downey Jr. disse que no grupo do Homem de Ferro havia um desejo de "manter um pouco dos Irmãos da Ciência [e o relacionamento Stark/Banner] vivo", apesar de Banner ter sua própria jornada, o que fez expandir o relacionamento positivo entre Stark/Parker.[67] McFeely explicou que o par Strange e Stark veio junto por causa das semelhanças entre os personagens sendo "caras com uma visão, mas também com um ego". Para diferenciar entre os dois, Markus e McFeely contrastaram o arco de história estabelecido de Stark e o impulso para confrontar Thanos com a postura mais relutante de Strange. Eventualmente foi adicionado o Senhor das Estrelas para fornecer uma "cor", uma vez que o personagem também "pensa que é o cara mais inteligente da sala ... só que ele não é".[47] Uma piada de Sherlock Holmes seria feita quando Strange conhecesse Stark, mas foi descartada já que os Russo acharam que era "uma piada muito óbvia" e "uma meta-piada que exige que você seja fã de outros filmes"; Downey retratou Holmes nos filmes Sherlock Holmes (2009) e Sherlock Holmes: A Game of Shadows (2011), enquanto que Benedict Cumberbatch, que interpreta Strange, retratou Holmes na série de televisão Sherlock.[69]

A parceria de Thor com Rocket e Groot criou "um grupo encantador" de acordo com McFeely. Markus acrescentou que Rocket foi considerado para muitos outros pares, mas acabou caindo com Thor porque ele "é tão poderoso que é divertido colocar Rocket ao lado dele. Rocket não parece ter muito para ajudar Thor, mas traz novidades na personalidade do Rocket que você não esperava." O grupo do Capitão América continua após os eventos de Civil War, mostrando que ele, a Viúva Negra e o Falcão estiveram fugindo, em parte por suas diferentes aparências (Rogers com barba e Romanoff com cabelo loiro). Os escritores também não se detiveram no romance entre Romanoff e Banner, conforme estabelecido em Age of Ultron, além de incluir um "olhar carregado entre os dois", pois "não serviu ao enredo de Thanos ... Houve muitas situações que queríamos acompanhar, mas ninguém na vida real estaria tratando dessas coisas com a vinda de Thanos." A relação entre Wanda e Visão estava "crescendo e florescendo" implicitamente desde os eventos de Civil War.[47]

Joe sentiu que o público não ficaria desapontado com o número de personagens nos filmes,[50] dizendo que "mais ou menos 67 personagens" que foram previamente apresentados no UCM foram colocados em um quadro para consideração.[70][71] Em última análise, os personagens foram escolhidos com base nas preferências pessoais da equipe de criação, contanto que as "escolhas pareçam orgânicas para a narrativa e, realmente, você tem que estruturá-los da maneira que eles precisam estar lá",[28] e incluiu alguns personagens que Joe considerou escolhas inesperadas, como alguns que fizeram aparições menores anteriormente no UCM e "estão realmente ganhando corpo" agora.[60] Por causa do número de personagens, McFeely chamou a escrita de Civil War de "um passeio no parque". Ele notou que personagens que ainda não haviam sido escalados também estavam nos roteiros.[53] Joe Russo explicou que eles pretendiam se concentrar em um "punhado" de personagens e construir a história em torno de seus arcos emocionais, com muitos dos outros personagens tendo papéis auxiliares.[72] Ele também disse que o número de personagens em Civil War preparou os irmãos para "lidar com provavelmente o triplo da quantidade de personagens em Infinity War", e que os personagens dados o foco principal mudariam entre os dois filmes.[56][36] Gunn disse que os papéis dos Guardiões da Galáxia nos filmes não seriam a maior parte do filme, mas seriam essenciais devido à sua conexão com Thanos.[73]

Hope van Dyne / Vespa e Carol Danvers / Capitã Marvel aparecem apenas na sequência, a fim de preservar suas estreias em Ant-Man and the Wasp (2018) e Captain Marvel (2019), respectivamente, que foram lançados no período entre Infinity War e Endgame.[74][75] Outros personagens, como Gavião Arqueiro e Homem-Formiga, foram excluídos de Infinity War por "uma escolha de história muito específica". Joe Russo disse que "temos uma história realmente interessante preparada para ambos os personagens, e parte dessa história exigia que eles estivessem sob prisão domiciliar [em Infinity War]."[76] Trazer de volta o Caveira Vermelha sempre fez parte dos planos de Markus e McFeely, quando eles fizeram o Caveira Vermelha desaparecer para um local desconhecido depois de segurar o Tesseract no final de Captain America: The First Avenger, em comparação com alguns dos primeiros rascunhos do filme que o mostravam claramente morrendo, como explodindo-o em pedaços. Devido à história do personagem com as Joias do Infinito, Caveira Vermelha foi selecionado pelos escritores para retornar, pois eles precisavam de alguém para ser a voz da especialidade quando Thanos e Gamora chegassem a Vormir para adquirir a Joia da Alma também devido ao sentimento da necessidade de confirmar sua sobrevivência para surpreender o público ao mesmo tempo em que empurra o enredo.[77] Os irmãos Russo também revelaram que, apesar de não terem aparecido em Infinity War, os eventos do filme mataram Betty Ross e Sif, anteriormente retratados no UCM por Liv Tyler e Jaimie Alexander, respectivamente.[78]

Depois de anunciar os filmes, Feige disse que havia a possibilidade de que personagens das séries do UCM da Marvel Television pudessem aparecer na equipe,[79][80] e atores como Krysten Ritter, que interpreta Jessica Jones na série da Netflix de mesmo nome, manifestaram interesse nisso.[81] Anthony Russo afirmou que isso seria "complicado" devido à natureza serial da narrativa da série de televisão e ao fato de que a Marvel Studios e a Marvel Television possuem supervisão separada.[82] Markus e McFeely falaram sobre a possibilidade de incluir Demolidor ou Luke Cage durante as cenas ambientadas na cidade de Nova Iorque, mas eles sentiram que incluí-los para participações rápidas não iria satisfazer o público.[77] Os irmãos disseram mais tarde que "a mais breve consideração" para incluir personagens de televisão foi feita, mas era "praticamente impossível".[83][84] Joe acrescentou: "Nosso trabalho é focar no mundo dos filmes da Marvel e oferecer um clímax satisfatório."[84]

Markus também falou sobre como ele e McFeely estavam lidando com Thanos, um personagem que o público sabe que é a ameaça dos filmes, mas até esses filmes, tinha poucas cenas e tempo de tela para divulgar sua história e motivações. Ele disse: "Não temos nenhum elemento surpresa [com sua introdução] ... Você pode contar com muitas cenas em que iluminamos muito sobre ele muito cedo [no primeiro filme]",[85] com McFeely acrescentando: "É nossa obrigação dar a ele uma história real, riscos reais, personalidade real e um ponto de vista real".[86] Os escritores evitaram o enredo da história em quadrinhos onde Thanos tenta cortejar a manifestação feminina da Morte, e em vez disso o emparelhou às vezes com Gamora, já que "eles tinham muita história que queríamos explorar" e adicionariam camadas a Thanos que o evitariam se tornar "o vilão grande e torcido de bigode que deseja o poder final apenas para dominar o mundo e sentar-se em um trono".[47] Os Russo sentiram que o tempo necessário para apresentar a Morte seria melhor gasto em Thanos e no já grande elenco do filme, com Anthony Russo expressando sua convicção de que adicionar uma personagem que o público não conhecia e ter que explicar sua história de fundo com Thanos faria com que o público se preocupasse com ela e a achasse interessante, mas isso não ajudou a levar a história adiante.[87] Evitar o enredo da Morte se afastou da provocação que Whedon usou em The Avengers com o personagem, onde Thanos sentiu que, ao desafiar os Vingadores, ele estava cortejando a Morte. Embora a provocação fosse propositalmente ambígua, Whedon sentiu que quando apresentou Thanos não sabia o que fazer com ele e "meio que pendurou [Thanos] para secar". Whedon acrescentou: "Eu amo Thanos. Eu amo sua visão apocalíptica, seu caso de amor com a Morte. Eu amo seu poder. Mas, eu realmente não entendo sobre ele." Whedon gostou da abordagem que os escritores e os irmãos Russo tiveram em Infinity War, dando a Thanos "uma perspectiva real e [fazendo] com que ele se sentisse justo consigo mesmo", uma vez que o enredo da Morte não era "um conceito que necessariamente se traduziria".[88]

Pré-produção[editar | editar código-fonte]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Josh Brolin com uma Manopla do Infinito enquanto promovia ambos os filmes na San Diego Comic-Con 2014.

Em junho de 2013, Robert Downey Jr. assinou contrato para retornar ao seu papel como Tony Stark / Homem de Ferro para um terceiro filme dos Vingadores,[89] e Josh Brolin assinou um contrato multi-filme em maio do ano seguinte, para interpretar Thanos.[90] Em julho de 2014, Feige afirmou que atores de filmes anteriores do UCM estavam sob contrato para retornar para um terceiro filme dos Vingadores,[18] com Jeremy Renner afirmando que, em setembro, ele foi contratado para reprisar seu papel como Clint Barton / Gavião Arqueiro.[91] Após o anúncio de Infinity War e sua sequência, muitos atores estabelecidos do UCM foram confirmados para se juntar a Downey e Brolin, incluindo membros anteriores dos Vingadores como Chris Hemsworth como Thor, Mark Ruffalo como Bruce Banner / Hulk, Chris Evans como Steve Rogers / Capitão América, Scarlett Johansson como Natasha Romanoff / Viúva Negra, Don Cheadle como James "Rhodey" Rhodes / Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff, e Anthony Mackie como Sam Wilson / Falcão.[92] Infinity War também apresenta os Vingadores se unindo aos Guardiões da Galáxia, incluindo Chris Pratt como Peter Quill / Senhor das Estrelas,[92] Pom Klementieff como Mantis,[93] Karen Gillan como Nebulosa,[94] Dave Bautista como Drax, o Destruidor, Zoe Saldana como Gamora, Vin Diesel como a voz de Groot, e Bradley Cooper como a voz de Rocket.[92] Sean Gunn atuou como ator substituto de Rocket no set em ambos os filmes.[95][96][97]

Atores adicionais, vindos de múltiplos filmes do UCM, reprisaram seus papéis em Infinity War, incluindo Benedict Cumberbatch como Stephen Strange de Doctor Strange, com Benedict Wong como Wong;[98] Tom Holland como Peter Parker / Homem-Aranha de Spider-Man: Homecoming (2017), com Jacob Batalon como Ned,[99] Isabella Amara como Sally,[100] Tiffany Espensen como Cindy,[101] e Ethan Dizon como Tiny;[102] e Chadwick Boseman como T'Challa / Pantera Negra de Black Panther,[92] com Danai Gurira como Okoye, Letitia Wright como Shuri,[92] Winston Duke como M'Baku, e Florence Kasumba como Ayo.[103] Sebastian Stan também aparece como Bucky Barnes / Soldado Invernal dos filmes do Capitão América,[104] junto com Tom Hiddleston como Loki, e Idris Elba como Heimdall dos filmes de Thor e Vingadores;[92][105] a atriz coadjuvante de Iron Man, Gwyneth Paltrow, volta a interpretar Pepper Potts;[106] Benicio del Toro como Taneleer Tivan / O Colecionador de Guardians of the Galaxy;[107] William Hurt como Thaddeus Ross, que apareceu pela primeira vez em The Incredible Hulk;[108] e Kerry Condon como a voz da inteligência artificial (IA) do Homem de Ferro, SEXTA-FEIRA.[109] Samuel L. Jackson e Cobie Smulders fazem participações especiais não creditadas na cena pós-créditos de Infinity War como Nick Fury e Maria Hill, que eles respectivamente retrataram em vários filmes anteriores.[110] Jon Favreau iria reprisar seu papel como Harold "Happy" Hogan, enquanto que o codiretor Joe Russo fez uma aparição como um fotógrafo paparazzi, mas esta cena não fez parte do corte do filme nos cinemas.[111]

No início de janeiro de 2017, Peter Dinklage estava em negociações para aparecer nos filmes,[112] e acabou sendo escalado para o papel de Eitri.[113] Na D23 Expo 2017, a Marvel anunciou a inserção dos "Filhos de Thanos", os capangas de Thanos no filme. Conhecidos coletivamente nos quadrinhos como a Ordem Negra,[114][115] os atores que interpretam os personagens logo foram revelados como Tom Vaughan-Lawlor como Fauce de Ébano,[116][117] Terry Notary como Cull Obsidian, Carrie Coon como Próxima Meia-Noite,[118] e Michael James Shaw como Corvus Glaive.[119] Próxima Meia-Noite foi retratada no set pela dublê Monique Ganderton, enquanto que Coon gravou suas vozes e realizou capturas de movimento para suas expressões faciais durante a pós-produção, devido a sua gravidez na época.[120] Joe Russo explicou que a Ordem Negra foi incluída no filme para que houvesse personagens que os heróis "tivessem que passar para chegar em" Thanos, em vez de desafiá-lo "a cada passo do caminho". Ele acrescentou que a Supergigante, uma integrante da versão em quadrinhos da Ordem Negra, não foi incluída porque "a consolidação parecia uma coisa inteligente ... eles estavam começando a se sobrepor". A Ordem Negra no filme alterou os poderes que os irmãos Russo "sentiram que estavam a serviço de nossa narrativa".[121] Emma Fuhrmann foi escalada como uma Cassie Lang mais velha em Endgame, substituindo a atriz Abby Ryder Fortson de Ant-Man (2015) e Ant-Man and the Wasp. Fuhrmann fez o teste para o papel em junho de 2017, embora ela inicialmente acreditasse que estava fazendo um teste para interpretar uma Viúva Negra mais jovem, já que o filme ainda não tinha título.[122] Ross Marquand dá voz ao Caveira Vermelha, o "Guardião da Joia" que guarda a Joia da Alma.[113][123][124] Marquand substitui Hugo Weaving, que expressou relutância em reprisar o personagem de The First Avenger;[113][123] Weaving foi abordado para reprisar o papel,[61] já que ele havia assinado originalmente para três filmes. No entanto, a Marvel adiou os contratos que eles concordaram no início e ofereceu a ele menos dinheiro do que ele recebeu por The First Avenger sob o pretexto de que seria apenas um simples trabalho de voz. Consequentemente, Weaving desistiu de reprisar o papel quando ele e seu agente acharam impossível negociar com o estúdio.[125] Marquand, que é conhecido por suas imitações de celebridades, disse que a Marvel estava almejando "chegar o mais próximo do papel icônico que Hugo Weaving retratou há sete anos e prestar homenagem a ele, ao mesmo tempo em que lhe dava um novo sabor", e depois que Marquand tentou "fazer uma correspondência de voz direta com a performance de Hugo", os irmãos Russo observaram que o personagem "soaria um pouco diferente" da última vez que foi visto, recomendando que Marquand adicionasse "esse tipo de qualidade etérea quase fantasmagórica à sua voz". Tomando essa direção, Marquand levou cerca de dez dias para aperfeiçoar a voz, na qual ele sentiu que fundiu a "performance icônica de Weaving em The Matrix (1999) com o sotaque alemão que ele" usou para o Caveira Vermelha.[126] O Caveira Vermelha foi criado através de CGI e retratado com dublês no set.[124]

Atores que retornaram para Endgame incluem: Downey, Hemsworth, Ruffalo, Evans, Johansson,[127] Cumberbatch,[128] Cheadle,[129] Holland,[130] Boseman,[131] Olsen,[132] Mackie,[133] Stan,[134] Hiddleston,[135] Wong,[136] Klementieff,[137] Gillan,[127] Bautista,[138] Saldana,[139] Cooper,[140] Paltrow,[141] Brolin,[142] Pratt[132] e Wright.[143] Eles se juntaram a Jeremy Renner como Clint Barton,[127] Evangeline Lilly como Hope van Dyne / Vespa,[74] Favreau como "Happy" Hogan,[144] Paul Rudd como Scott Lang / Homem-Formiga,[127] Brie Larson como Carol Danvers / Capitã Marvel,[145] Michelle Pfeiffer como Janet van Dyne, Michael Douglas como Hank Pym,[146][147][148] e Frank Grillo como Brock Rumlow / Ossos Cruzados.[149] Grillo inicialmente recusou a oferta para retornar, já que ele ficou insatisfeito com a forma como seu personagem foi tratado no UCM, e finalmente concordou em retornar por insistência de seu filho.[150] Vaughan-Lawlor, Notary, Ganderton e Shaw reprisaram seus papéis como os "Filhos de Thanos" de Infinity War, respectivamente;[151] Coon não conseguiu reprisar seu papel como Próxima Meia-Noite devido a um conflito de agenda, então apenas Ganderton desempenhou o papel e recebeu uma parte sem fala, sem close-ups.[152] Ty Simpkins reprisou seu papel como Harley Keener de Iron Man 3 (2013); Sympkins foi chamado por seu empresário, que lhe disse que a Marvel Studios estava pensando em trazê-lo de volta, o que a Marvel confirmou a ele em uma ligação posterior, embora Simpkins tenha optado por não contar à sua família a princípio, pois não tinha certeza de que apareceria no filme.[153] Em fevereiro de 2016, Stellan Skarsgård, que interpreta Erik Selvig no UCM, disse acreditar que ele apareceria em um dos filmes, já que ele tinha mais um filme em seu contrato, e não apareceria em Thor: Ragnarok.[154] Em outubro de 2017, Hiroyuki Sanada havia sido escalado como Akihiko para Endgame,[155] e um ano depois, foi divulgado que Katherine Langford havia sido escalada para Endgame em um papel não revelado.[156] Langford interpretaria uma versão mais velha de Morgan Stark, que seria apresentada em uma visão após o estalo de Tony, mas os irmãos Russo cortaram sua cena porque acharam que seria muito confusa.[157] Reginald VelJohnson foi escalado como chefe dos bombeiros para uma cena de Endgame que levou uma semana para ser filmada em Atlanta, depois que os irmãos Russos contataram seu agente por serem fãs de seu trabalho; a cena de VelJohnson não foi mantida no corte original do filme nos cinemas, mas foi incluída mais tarde quando o filme foi relançado nos cinemas com conteúdo bônus.[158]

Os irmãos Russo esperavam que outro ator de sua série de televisão Community fizesse uma aparição, depois que Danny Pudi e Jim Rash apareceram em The Winter Soldier e Civil War, respectivamente.[159] David Cross foi convidado para fazer uma aparição como Tobias Fünke em Infinity War, seu personagem do seriado Arrested Development, no qual os irmãos Russo haviam trabalhado anteriormente; isso foi impedido por um conflito de agenda, mas Fünke ainda aparece no filme como um item da coleção do Colecionador, interpretado por um figurante não creditado.[160] Em última análise, Yvette Nicole Brown e Ken Jeong, que interpretaram Shirley Bennett e Ben Chang em Community, aparecem em Endgame como uma agente da Camp Lehigh e um guarda de segurança, respectivamente.[161] Jeong também estava em um ponto dando voz a Howard, o Pato, substituindo seu ator de Guardians of the Galaxy, Seth Green, em Infinity War antes que os Russo decidissem que sua inclusão não se encaixava no filme.[162] Green não tinha conhecimento da aparição de Howard em Endgame até ver o filme.[163] O cocriador dos Vingadores, Stan Lee, faz aparições em ambos os filmes.[113][164] Starlin indicou que estava interessado em fazer uma participação especial nos filmes,[165] aparecendo em Endgame.[166]

Design[editar | editar código-fonte]

O desenhista de produção Charles Wood trabalhou anteriormente em Thor: The Dark World, Guardians of the Galaxy, Age of Ultron e Doctor Strange,[167] mas achou que o aumento de escala em Infinity War e Endgame foi um desafio particular.[167][168] Ele sentiu que revisitar os sets de Doctor Strange em Infinity War foi algo que particularmente o ajudou por conta de sua experiência no filme original,[167] permitindo que houvesse continuidade entre os dois filmes.[168] Para a nação de Wakanda de Black Panther, esse filme estava sendo produzido em Atlanta ao mesmo tempo que Infinity War, então Wood e sua equipe trabalharam com a equipe de produção de Black Panther para garantir uma apresentação unificada do país.[169][167]

Em janeiro de 2017, Wood afirmou que os dois filmes apresentariam "muitos, muitos, muitos novos mundos" fora da Terra e outros previamente estabelecidos em filmes anteriores.[170] Ao projetar o planeta natal de Thanos, Titã, Wood intencionalmente queria que fosse o mais diferente possível de Wakanda, para que o público não ficasse confuso quando Infinity War cortasse as cenas entre os dois locais. O processo de design de Titã começou com uma projeção que remetia a juventude de Thanos, com estruturas inspiradas em moinhos de vento formando as formas básicas dos edifícios do planeta. A equipe então projetou a versão pós-apocalíptica de Titã que é vista no filme. Uma ideia inicial era filmar essas cenas em locações no Deserto de Atacama, no Chile, e embora essa ideia tenha sido descartada, a aparência do planeta ainda era inspirada nesse local. A equipe de design de produção também se inspirou em icebergs na Antártida enquanto tentava retratar as estruturas em Titã desmoronando em baixa gravidade.[171] As dunas de areia no Deserto de Atacama também foram usadas como inspiração para o planeta Vormir, embora o foco do design desse planeta fosse fazer com que as nuvens parecessem artificiais a fim de dar ao céu uma qualidade de sonho.[172][173] A localização de Nidavellir foi mais inspirada nas histórias em quadrinhos.[172]

A figurinista Judianna Makovsky se concentrou em fazer figurinos que se encaixassem no estilo realista dos irmãos Russo.[174] Para as roupas civis usadas no início de Endgame, Makovsky queria ajustar a paleta de cores para ser menos brilhante do que os filmes anteriores a fim de não se afastar dos personagens e do enredo. As roupas usadas por um Thor deprimido deveriam ainda evocar seu traje tradicional, como um roupão de banho no mesmo vermelho de sua capa. Para os personagens digitais dos filmes, Makovsky criou roupas para pequenas maquetes dos personagens que a equipe de efeitos visuais poderia então replicar.[174][175] Os trajes de viagem no tempo em Endgame foram projetados pelo chefe de desenvolvimento visual da Marvel, Ryan Meinerding, para ser uma mistura da tecnologia do Homem-Formiga, do Homem de Ferro e dos Guardiões da Galáxia. Por causa de quão ocupada a equipe de figurinos estava durante a produção, os trajes de viagem no tempo nunca foram feitos para o filme. Em vez disso, depois que o design foi finalizado, os trajes foram criados digitalmente. Wood projetou os dispositivos de viagem no tempo usados ​​nos pulsos dos heróis.[176] A empresa Perception ajudou a equipe de produção a visualizar seu conceito de viagem no tempo no filme, concentrando-se "na mecânica de como poderia funcionar, como seria e como você explicaria". A equipe da Perception também explorou "ideias em torno de considerações científicas, conceitos baseados em tecnologia e potenciais influências narrativas".[177]

Originalmente, três trajes do Máquina de Combate separados apareceriam em Endgame: o Mark III reparado de Captain America: Civil War, o Mark IV usado em Morag antes de se dissolver em água ácida em uma sequência subaquática, e o Mark V, apelidado de "armadura cósmica do Máquina de Combate", para uso espacial. Em última análise, a armadura Mark III e a sequência subaquática foram cortadas, e Rhodes usa a Mark VI em Morag e durante o ataque ao QG dos Vingadores, e o traje Mark VII "Patriota de Ferro" para a batalha final.[178]

Planos de filmagens[editar | editar código-fonte]

Os filmes foram originalmente programados para serem filmados simultaneamente, com os irmãos Russo sugerindo que em "alguns dias estaremos filmando o primeiro filme e alguns dias estaremos filmando o segundo filme. Apenas pulando para frente e para trás."[43] Anthony Russo opinou que fazia mais sentido filmar os filmes simultaneamente, por razões financeiras e logísticas, considerando o grande número de membros do elenco, mesmo que cada parte seja seu próprio filme distinto.[179] No final de abril de 2015, Evans revelou que as filmagens estavam programadas para começar no final de 2016 e durar nove meses, com duração até agosto ou setembro de 2017.[180][25] Em janeiro de 2016, os irmãos Russo afirmaram que as filmagens ocorreriam em Atlanta, na Geórgia, começando em novembro de 2016 e durando até junho de 2017.[43] Em outubro, Feige afirmou que as filmagens começariam em janeiro de 2017.[181]

Renner, Olsen e Bautista notaram que os atores que aparecem nos filmes não receberam roteiros antes do início das filmagens, com Bautista afirmando especificamente em 22 de janeiro de 2017, que ele não havia recebido um roteiro, apesar de iniciar suas filmagens em 23 de janeiro.[182][183] Nenhum ator de Infinity War tinha o roteiro completo, embora alguns que estavam no filme tivessem acesso a mais cenas do que outros. Além disso, cenas falsas e editadas foram usadas para ajudar a proteger o sigilo em torno do filme.[61] Em abril de 2017, Feige revelou que as sequências não estavam mais sendo filmadas simultaneamente como planejado originalmente, mas sim consecutivamente, e indicou que as filmagens para a sequência de Infinity War começariam em agosto de 2017. Ele explicou: "Estamos fazendo um após o outro. Tornou-se muito complicado cruzá-los assim, e nos encontramos — novamente, em algo que pagaria o preço. Queríamos poder focar e gravar um filme e depois focar e gravar outro filme."[184] Como esta decisão foi tomada alguns meses antes do início das filmagens, alguns dos trabalhos de pré-produção foram afetados negativamente.[61] Algumas cenas de ambos os filmes acabaram sendo filmadas no mesmo dia, principalmente para acomodar a disponibilidade do ator.[185]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

Um cartão com o título Mary Lou em um JCB Loadall no set de Infinity War em Edimburgo, março de 2017.
Equipamentos de iluminação no set de Infinity War em Edimburgo, abril de 2017.

As filmagens de Infinity War começaram em 23 de janeiro de 2017,[49] no Pinewood Atlanta Studios no Condado de Fayette, Geórgia.[181] O título de produção Mary Lou foi usado como referência à ginasta Mary Lou Retton, porque a produção queria fazer uma "aterrissagem" com os dois filmes como um final para o UCM.[186][27]:19:19–19:24 O coproprietário do Pinewood Atlanta, Dan T. Cathy, descreveu os filmes como "a maior produção cinematográfica de todos os tempos, com um orçamento [combinado] de 1 bilhão de dólares",[187] que Feige afirmou ser falso;[188] ​​o primeiro filme teve um orçamento estimado de 325–400 milhões de dólares,[1][2] ainda tornando-o um dos filmes mais caros já feitos.[189] Evans e Hemsworth receberam um pagamento de 15 milhões de dólares cada para ambos os filmes.[190]

Filmagens adicionais ocorreram na Escócia, inclusive em Edimburgo, Glasgow e nas Terras Altas,[191] com o trabalho de estúdio ocorrendo na Wardpark Studios em Cumbernauld.[192][193] As filmagens na Escócia começaram em 28 de fevereiro de 2017.[191] De 18 de março a 21 de abril de 2017, as filmagens ocorreram na Cidade Velha de Edimburgo e nos arredores de Royal Mile, incluindo High Street, Parliament Square e Cockburn Street, e em Roxburgh Close e Old Fishmarket Close,[194] bem como na Estação Waverley.[195] As filmagens também ocorreram na Catedral de Durham em Durham, Inglaterra, no início de maio de 2017,[196] e em St Abbs.[197] Essas cenas foram filmadas para Endgame, com a Catedral de Durham retratando Asgard de 2013,[198] e St Abbs se tornado a cidade de Nova Asgard na Noruega.[199] As filmagens também ocorreram na Catedral de Santo Egídio e no Castelo de Inverness.[197] Outras cenas filmadas para Endgame em 2017 foram a de Camp Lehigh de 1970,[200] e o Loki de 2012 escapando com o Tesseract da Torre Stark.[201] No final de junho de 2017, as filmagens ocorreram em Downtown Atlanta,[202] bem como no Central Park de Atlanta no início de julho,[203] antes de mudarem para Queens, Nova Iorque, no meio do mês.[204] Para a cena final de Infinity War, os cineastas fizeram uma parceria com a Indochina Productions, um estúdio com sede na Tailândia, a fim de adquirir imagens do terraceamento Banaue Rice Terraces em Ifugao, Filipinas.[205] As filmagens de Infinity War foram concluídas em 14 de julho de 2017.[206]

As filmagens de Endgame começaram em 10 de agosto de 2017,[207] também no Pinewood Atlanta Studios,[208] sob o título de produção de Mary Lou 2;[209] o segundo filme teve um orçamento estimado de 356–400 milhões de dólares.[3][4] Em agosto, as filmagens ocorreram na área de The Gulch em Downtown Atlanta, perto da estação Five Points MARTA, bem como no Parque Piedmont.[210] Outros locais de filmagens na área de Atlanta incluíram uma cabana à beira do lago em Fairburn, Geórgia, que é onde a família Stark reside no filme,[211] bem como vários locais que foram usados ​​para retratar o Complexo dos Vingadores: o Porsche Experience Center em Atlanta,[212] e uma sala de conferências vazia em um Sheraton Hotel semi-abandonado perto do Aeroporto de Atlanta.[213] A produção de Endgame terminou em 11 de janeiro de 2018.[214]

Cinematografia[editar | editar código-fonte]

Trent Opaloch atuou como diretor de fotografia para os dois filmes.[43] Antes das filmagens, os irmãos Russo anunciaram que ambos os filmes seriam filmados com câmeras Arri Alexa IMAX, marcando a primeira vez que um longa-metragem de Hollywood seria filmado inteiramente com câmeras digitais IMAX. A filmagem foi processada digitalmente por IMAX e lançada em uma proporção de 1.90:1 exclusivamente em cinemas IMAX.[215][216] Joe Russo disse que, como muitos dos personagens são altos, a "proporção IMAX funciona para esses tipos de personagens, e as paisagens são impressionantes. Há algumas paisagens realmente exóticas no filme, e poder colocá-las em uma tela IMAX, é uma ferramenta incrível para se ter como cineasta, para poder explorar essa escala de proporção."[56] Opaloch observou que a produção usaria 12 das câmeras Arri Alexa IMAX, e que Arri estava trabalhando em lentes com distâncias focais da câmera. Eles esperavam que estivessem disponíveis no início das filmagens, já que a produção "precisaria de todos os acessórios e lentes", já que era "um projeto gigante".[217]

Infinity War foi filmado principalmente com uma configuração de câmera única, em oposição à configuração de três câmeras usada pelos irmãos Russo nos filmes do Capitão América. Os Russo seguiram essa abordagem para fazer com que Infinity War "parecesse maior" sobre "o visual vérité" que os filmes do Capitão América tinham com três câmeras.[61] Opaloch descreveu seu estilo visual como mais focado nas necessidades de cada cena, em vez de um visual geral para os filmes. Para as cenas de Endgame que estavam recriando momentos de filmes anteriores, Opaloch começou tentando replicar o trabalho dos diretores de fotografia desses filmes, mas depois direcionou-se para onde as novas cenas exigiam recriação.[218] Aproximadamente 890 horas de filmagem foram realizadas entre os dois filmes.[219]

Pós-produção[editar | editar código-fonte]

A pós-produção de Endgame começou a sério após o lançamento de Infinity War,[220] com Feige explicando que o segundo filme teria um tempo de pós-produção um pouco mais longo do que alguns dos outros filmes da Marvel.[221] Joe Russo sentiu que Endgame era o "melhor trabalho para a Marvel" dele e de seu irmão, e também, porque a maior parte do filme foi feita antes do lançamento de Infinity War e o público foi capaz de responder a isso, a sequência foi "realmente puro... sem nenhum tipo de ruído externo entrando" na história.[220]

Edição[editar | editar código-fonte]

Foi um estado constante de pré-produção, produção e pós-produção ao mesmo tempo por quase um ano [em 2017] direto. E então, quando terminamos aquele ano de insanidade, entramos em um período de pós-produção absolutamente infernal, quase impossível, que durou de janeiro a abril, quando entregamos Infinity War, e esse foi um dos períodos mais intensos de filmagem que eu já experienciei.

—O coeditor Jeffrey Ford ao completar ambos os filmes[222]

Jeffrey Ford e Matthew Schmidt serviram como editores de Infinity War e Endgame. O processo de Ford era assistir através de dailies enquanto eles chegavam do set na ordem em que foram filmados, para ver a progressão das performances dos atores. Ele montava um corte inicial da filmagem no dia em que foi filmado e depois retornava a esse corte pelo menos várias horas depois, se não no dia seguinte. Ford então compartilhava seus cortes com os irmãos Russo no set e, quando possível, sentava-se com os diretores quando não estavam ocupados filmando para passar pelas filmagens até aquele momento. Devido aos muitos efeitos visuais necessários para os filmes, Ford trabalhou com Gerardo Ramirez da empresa The Third Floor para incluir sequências pré-renderizadas nos primeiros cortes, bem como pós-renderização adicionando efeitos básicos como fundos aos dailies. Ford também trabalhou com Shannon Mills da Skywalker Sound para adicionar um som inicial aos seus cortes brutos.[219]

Ford afirmou que havia "um corte bastante sólido" de Infinity War em outubro de 2017, mas o filme estava sendo constantemente editado e reestruturado até muito tarde no processo "até que meio que [tudo se] encaixou". Ford explicou que a reestruturação foi focada em ajustar o ritmo do filme onde ocorrem as transferências entre os personagens e a trama.[219] Isso foi importante para que o ritmo do filme fosse acertado, já que as primeiras versões da obra eram mais curtas em relação as duas horas e meia de duração de sua versão final, mas pareciam mais lentas quando mostradas em exibições de teste.[223] Durante as filmagens, ambos os editores trabalharam na compilação do material de ambos os filmes à medida que foi dado a eles. Por volta de dezembro de 2017, Ford começou a trabalhar exclusivamente na edição de Infinity War, enquanto que Schmidt continuou compilando as filmagens de Endgame. De seu trabalho em Infinity War, Ford estava mais orgulhoso de como ele moldou as performances dos atores. Ford observou que os filmes dos Avengers são em grande parte dirigidos aos personagens, com as sequências de ação envolvendo uma grande quantidade de momentos dos personagens. Ele teve que trabalhar com várias performances de captura de movimento com o filme, mas Ford foi capaz de cortar essas atuações exatamente como faria em uma performance tradicional porque os atores de captura de movimento estavam no set com os outros atores, e a equipe de efeitos visuais garantiu que todos os atores tinha as linhas de olho corretas para combinar com os personagens que seriam adicionados digitalmente.[219]

Uma vez que Infinity War estava a ponto de ser lançado, Ford e Schmidt começaram a "trabalhar a sério" em Endgame,[219] com a edição começando algumas semanas antes do lançamento de Ant-Man and the Wasp em julho de 2018.[221] Tia Nolan, Peter S. Elliot e Craig Tanner serviram como editores convidados em Endgame para ajudar Ford e Schmidt a completar o filme a tempo.[224] No início de novembro de 2018, os irmãos Russo disseram que estavam "na metade" da edição do filme.[225] Ford descreveu Endgame como "menos dirigido editorialmente" do que os filmes anteriores da Marvel em que ele trabalhou, incluindo Infinity War, com o estilo mise-en-scène da sequência impulsionado mais pelo bloqueio dos atores e da câmera no set do que pela direção dos editores. Diversas tomadas do filme tiveram que ser emendadas pelos editores e pela equipe de efeitos visuais de diferentes peças filmadas em momentos diferentes durante a produção, incluindo uma cena de ação com Gavião Arqueiro em Tóquio que é mostrada como uma única tomada longa, mas na verdade foi filmada em três ou quatro seções diferentes em uma rua em Atlanta. Como Silvestri não conseguiu trabalhar na trilha sonora de Endgame até muito tempo após o início da edição do filme devido a outros compromissos, Ford e sua equipe usaram músicas das trilhas anteriores de Silvestri (incluindo de filmes anteriores dos Avengers) como parte de uma trilha temporária.[224] Em março de 2019, os irmãos Russo confirmaram que a edição de Endgame estava concluída.[226]

Filmagens adicionais[editar | editar código-fonte]

Joe Russo afirmou, em julho de 2017, que havia algumas cenas inacabadas para Infinity War que seriam filmadas "nos próximos meses".[227] Em março de 2018, a Marvel abordou a Hudson Valley Film Commission sobre encontrar um local para filmar um campo de batalha para Endgame no norte do estado de Nova Iorque. A comissão sugeriu oito propriedades diferentes, e a Marvel escolheu a Staatsburgh State Historic Site no Condado de Dutchess. A propriedade foi filmada durante vários dias em junho de 2018, para obter imagens para a equipe de efeitos visuais. A Black Creek Preserve, no Condado de Ulster, também foi filmada.[228][229] Filmagens para aplicação de efeitos visuais para Endgame também foram realizadas em Tóquio e no Brasil, com este último servindo para retratar um planeta alienígena.[224]

Os irmãos Russo revelaram em 7 de setembro de 2018 que as filmagens adicionais principais de Endgame haviam começado, com o elenco retornando ao set de Atlanta.[230][224] Isso foi concluído em 12 de outubro.[231] Devido à quantidade de filmagem necessária para essas refilmagens, a produção se dividiu em quatro unidades, com os irmãos Russo fazendo uma cada e as outras duas sendo supervisionadas pelo supervisor de efeitos visuais Dan Deleeuw e Ford, respectivamente.[224] Ruffalo indicou que além do material de refilmagem, a filmagem adicional seria usada para finalizar o filme, uma vez que não havia sido totalmente concluída no início do ano.[232] Markus e McFeely descreveram a filmagem adicional como, principalmente, por adicionar coisas que eles não sabiam que precisavam, bem como algumas coisas que eles sabiam que precisavam, mas não conseguiram filmar até então.[27]:16:16–16:31 Ford explicou que essas refilmagens cobriram muitas partes de Endgame, incluindo a conclusão da sequência de batalha final. Uma mudança importante foi ajustar a apresentação das duas versões de Nebulosa no filme, pois era fácil distinguir as duas no roteiro por seus rótulos de "Nebulosa Boa" e "Nebulosa Má", mas na tela era menos claro distinguir quem era quem.[224] Outra grande mudança feita através das refilmagens foi alterar a cena em que a Viúva Negra morre: originalmente a cena apresentava Viúva Negra e Gavião Arqueiro lutando contra Thanos e seus capangas, mas na pós-produção os antagonistas foram removidos da cena.[233] Um ano depois de filmar suas cenas, Tilda Swinton foi trazida de volta para as refilmagens. Alguns pontos-chave da trama de viagem no tempo mudaram, levando à inclusão da cena em que a Anciã mostra a Hulk uma linha do tempo visual para explicar a ele as consequências se sua missão falhasse.[234]

Algumas refilmagens finais de Endgame ocorreram em janeiro de 2019,[235] incluindo em seu clímax, onde Tony Stark usa as Joias do Infinito.[236] Originalmente, não havia nenhum diálogo nesta cena tanto para Thanos quanto para Stark, mas a linha "Eu sou inevitável" foi adicionada a Thanos para completar o arco desse personagem no filme, que é sobre seu senso de destino.[237] Durante a edição, os diretores decidiram que estava fora do personagem Stark não dizer algo de volta, então Ford sugeriu a linha "Eu sou o Homem de Ferro", como uma referência ao primeiro filme do Iron Man.[238] Adicionar essa linha foi um motivo significativo para as refilmagens de janeiro de 2019,[239] que ocorreram no Raleigh Studios, Califórnia, onde Downey fez o primeiro teste de tela para o Homem de Ferro.[238] A princípio, Downey não queria voltar apenas para filmar a fala "Eu sou o Homem de Ferro", mas Feige e os Russo o convenceram de que a fala era necessária para a história do filme depois que os Russo perceberam durante a edição que isso aperfeiçoaria a narrativa.[240]

Efeitos visuais[editar | editar código-fonte]

Teste de imagens de Brolin usando o software de captura facial Masquerade, de propriedade da Digital Domain.[241]

Os efeitos visuais para Infinity War foram criados pela Industrial Light & Magic (ILM),[242] Framestore,[243] Method Studios,[244] Weta Digital, DNEG, Cinesite, Digital Domain, Rise, Lola VFX e Perception.[245] A sequência onde mostra o título do filme, foi criada pela Perception.[177] As sequências do filme para os fornecedores de efeitos visuais foram dadas a eles a partir de fevereiro de 2017.[219] A Digital Domain trabalhou na criação de Thanos para o filme, produzindo mais de 400 tomadas de efeitos visuais.[241] A empresa criou um novo aplicativo de captura facial chamado Masquerade, baseado no conceito de aprendizado de máquina por meio de algoritmos de computador, especificamente para o filme, começando a trabalhar no sistema três a quatro meses antes das filmagens começarem a desenvolvê-lo e testá-lo. Eles apresentaram seus resultados para Brolin, os irmãos Russos e executivos da Marvel antes das filmagens para demonstrar as sutilezas que Brolin seria capaz de trazer ao personagem, o que ajudou o ator a como poderia interpretá-lo.[241] Antes do início das filmagens, as expressões faciais de Brolin foram capturadas com o sistema Medusa da ILM, que junto com seus dados de captura de movimento do set, foram enviados ao Masquerade para "criar uma versão de alta resolução do que Brolin fez no set" para que os animadores pudessem aplicar isso ao CGI do personagem.[246] Kelly Port, supervisora ​​de efeitos visuais da Digital Domain, observou que o design de Thanos levou em consideração as versões que apareceram em filmes anteriores, mas foram ajustadas mais para as características de Brolin, o que também ajudou a combinar sua performance com o personagem digital.[247] A Weta Digital trabalhou na batalha em Titã, onde também criou uma versão separada de Thanos para suas necessidades,[241] aplicando os dados de captura de performance às ferramentas que a Weta desenvolveu para seu trabalho na franquia Planet of the Apes, de 2010.[246] A Weta trabalhou em 200 tomadas dele, junto com suas outras 250 tomadas de efeitos, que incluíam o cenário de Titã e os outros personagens na luta.[241] A Digital Domain também criou o Caveira Vermelha e foi auxiliada pelo material de referência de Captain America: The First Avenger para criar o CGI do personagem. Port observou que havia "um amplo espectro de designs em termos de como ele seria", com algumas opções, incluindo Hugo Weaving reprisando o papel com maquiagem, se ele retornasse, e uma versão "onde o Tesseract fez coisas muito ruins com sua aparência, então ele era muito mais esquelético." O design final do personagem estava entre as duas versões, que "mostrou que o Tesseract o afetou e o escolheu de alguma forma para ser" o guardião da Joia da Alma.[124]

A Framestore criou 253 tomadas para o filme para a sequência da batalha de Nova Iorque no primeiro ato do filme. Patric Roos, supervisor de efeitos visuais da Framestore, chamou suas fotos de "mistura de fotos completas de CG, FX, extensões de set, feitiços mágicos e muito trabalho de personagem". Uma parte da sequência de luta foi filmada em Atlanta, antes de se mudar para um Washington Square Park totalmente feito em CGI. A Capture Lab da Framestore passou um mês em Manhattan e Nova Jersey tirando fotos de referências, LIDAR e panoramas gigapixel para capturar os ambientes que tiveram que ser recriados digitalmente, capturando mais de 250 000 fotos e 15 terabytes de dados. Por seu trabalho nos membros da Ordem Negra, a Framestore passou quase um ano desenvolvendo seus modelos, trabalhando com a equipe de desenvolvimento visual da Marvel Studios para criar vinhetas de animação para explorar as personalidades e traços de personagem de cada membro. A Framestore também criou o traje Aranha de Ferro do Homem-Aranha, e a nova armadura do Homem de Ferro, a Mark 50 (Mark L), que é composta de nanobots que se movem ao redor de seu corpo para formar um traje, sendo desenvolvida ao lado da Marvel por cerca de dois anos.[243] Os modelos e texturas do traje do Aranha de Ferro foram compartilhados com o fornecedor de efeitos visuais Trixer, para que eles os implementassem em Spider-Man: Homecoming, onde foi visto pela primeira vez.[248] A Framestore também trabalhou no Q-Ship da Ordem Negra e na "magia sobrenatural" do Doutor Estranho, que foi atualizada desde sua primeira aparição em Doctor Strange.[243] O trabalho da Cinesite no interior do Q-Ship, quando Fauce de Ébano interroga Strange, consistiu em 215 filmagens. A empresa também trabalhou na pequena luta entre Homem de Ferro, Homem-Aranha, Strange e os Guardiões na nave, que exigia animação completa de personagens, efeitos de detonadores e teias, adagas em CGI, máscara do Senhor das Estrelas, antenas de Mantis e danos ao Q-Ship.[249] A sequência pós-créditos, a cena de abertura no Central Park, a cena em que Pantera Negra apresenta Bucky Barnes com seu novo braço, cenas internas do Quinjet e uma cena de estabelecimento do planeta Vormir, foram criadas pela Rise, que totalizou 26 filmagens. Para a sequência pós-créditos, Oliver Schulz, supervisor de efeitos visuais da Rise, observou que a empresa havia feito um efeito de desvanecimento semelhante para um projeto comercial anterior, então esses assets foram usados ​​como linha de base. A empresa também recebeu assets digitais de Cobie Smulders e Samuel L. Jackson de The Winter Soldier para uso na cena. Schulz observou que parte da dificuldade da sequência foi porque "em um ponto posterior do processo, foi tomada a decisão de não avançar com a parte filmada de Nick Fury — em vez disso, faríamos uma tomada de câmera e mudaríamos para uma tomada de CG completa. Isso incluiu um braço de CG completo sendo desintegrado em close-up junto com um ambiente de CG completo. Além disso, também havia um chão em close-up em CG e o pager totalmente em CG — que revela o logotipo iluminado da Capitã Marvel no final."[250]

Os efeitos visuais para Endgame foram criados pela ILM, Weta Digital, DNEG, Framestore, Cinesite, Digital Domain, Rise, Lola VFX, Cantina Creative, Capital T, Technicolor VFX e Territory Studio.[251] O filme possui mais de 3 000 tomadas de efeitos visuais.[225] A Perception trabalhou nos créditos finais principais, optando por criar "algo que parecesse pessoal [e] sentimental", que também lembrasse o espectador dos "últimos dez anos" do UCM, bem como "uma carta de amor aos fãs". Os créditos foram divididos em três seções – a equipe, o elenco e, em seguida, o "hero 6", que apresentava os seis Vingadores originais do primeiro filme – e apresentava mais de 60 cartões de título exclusivos. Ao contrário da ordem de crédito tradicional, a Marvel Studios queria que os créditos fossem construídos com os Vingadores originais, o que significava colocar os principais atores no final da sequência em vez do início. A Perception usou raios de luz abstratos que se tornavam mais distintos à medida que a sequência avançava. Para os créditos do elenco, foram usadas imagens de filmes anteriores para cada ator, "especificamente selecionados não apenas pela maneira como interagia com a luz, mas também por seu poder icônico". Finalmente, a seção dos heróis apresentava uma imagem do ator em primeiro plano com imagens de seu personagem ao fundo, bem como a assinatura do ator. A apresentação das assinaturas foi uma ideia de Feige para criar "uma conexão mais pessoal e íntima". A Perception, mais uma vez, criou a sequência onde mostra o título do filme.[177]

Assim como nos filmes anteriores do UCM, a Lola trabalhou nas sequências de rejuvenescimento; Endgame apresenta 200 tomadas de envelhecimento e rejuvenescimento.[252] Downey, Evans, Ruffalo, Hemsworth, Johansson e Renner foram rejuvenescidos para suas aparições de 2012 para cenas recriadas de The Avengers (2012).[253] Michael Douglas, John Slattery e Stan Lee também foram rejuvenescidos para as cenas em Nova Jersey de 1970;[254][255] a aparição de Douglas em The Streets of San Francisco (1972–1977) serviu como base para sua figuração em Endgame.[256] A Lola também envelheceu Evans para a cena final, onde ele é retratado como um homem idoso, usando um pouco de maquiagem e um dublê como referência.[253] Anthony Mackie recordou que, para a cena climática com o Steve Rogers idoso, os cineastas inicialmente "queriam escalar um cara velho para interpretar Chris Evans. Então eles trouxeram, tipo, três atores. Eles são... tipo, nenhum desses [é] como Chris vai ficar quando for velho... Ele vai ter 95 anos e ainda vai estar bonito, sabe? Então eles trouxeram uma equipe de maquiagem e próteses e transformaram [Evans] em um homem velho."[257] Grande parte da aparência de Evans também foi em CGI, com o supervisor de efeitos visuais Dan Deleeuw explicando que a cena foi filmada com Evans e "um dublê mais velho. Você possui [o jogo duplo], com a cena apresentando Chris executando-a da mesma maneira. E assim, quando você tem a performance de Chris e meio que uma referência para a figura mais velha, você pode basicamente os juntar [e] pegar a textura da pele mais velha e aplicá-la a Chris Evans com alguma combinação de CG e pintura misturada".[253]

Uma das últimas adições de efeitos visuais ao filme foi uma rápida aparição de Howard, o Pato, durante a sequência da Batalha da Terra; o personagem não deveria aparecer na versão final do filme, mas Joe Russo pediu para incluí-lo enquanto verificava os efeitos do portal. A equipe de efeitos visuais foi capaz de incluir Howard apesar de possuir apenas três dias para terminar todas as tomadas de efeitos visuais.[258] Também houve discussões para inserir digitalmente Cassie Lang na sequência do funeral como convidada, porque ela não foi incluída na versão original filmada, mas os cineastas desistiram depois de perceber que as pessoas estavam consumando a perda de Tony Stark e que sua inclusão não era necessária.[259]

Música[editar | editar código-fonte]

Alan Silvestri, que compôs a trilha sonora de The Avengers, foi revelado, em junho de 2016, que estava voltando para compor Infinity War e Endgame.[260] Silvestri começou a gravar sua trilha para Infinity War em janeiro de 2018,[261] e terminou no final de março.[262] No início de novembro de 2018, os irmãos Russo começaram a trabalhar com Silvestri na trilha sonora de Endgame,[225] onde foi concluída no final de março de 2019.[263] As trilhas sonoras de ambos os filmes foram gravadas no Abbey Road Studios em Londres com a Orquestra Sinfônica de Londres.[264]

Notas

  1. Orçamento combinado de Infinity War (US$ 325–400 milhões)[1][2] e Endgame (US$ 356-400 milhões).[3][4]
  2. Título no Brasil: Vingadores: Guerra Infinita;[5] título em Portugal: Vingadores: Guerra do Infinito.[6]
  3. Título no Brasil: Vingadores: Ultimato;[7] título em Portugal: Vingadores: Endgame.[8]

Referências

  1. a b D'Alessandro, Anthony (8 de abril de 2019). «'Avengers: Infinity War' Is King Of Marvel Universe (For Now) – No. 1 In 2018 Most Valuable Blockbuster Tournament». Deadline Hollywood. Consultado em 5 de março de 2021 
  2. a b Rubin, Rebecca (30 de abril de 2018). «'Avengers: Infinity War' Officially Lands Biggest Box Office Opening of All Time». Variety. Consultado em 14 de maio de 2018 
  3. a b D'Alessandro, Anthony (27 de abril de 2019). «'Avengers: Endgame' To Near Rare Breakeven Point With $1.1B Global Opening». Deadline Hollywood. Consultado em 21 de abril de 2021 
  4. a b Afinidad-Bernardo, Deni Rose M. (3 de maio de 2019). «Production outfit confirms: 'Avengers: Endgame' also partly shot in Philippines». The Philippine Star. Consultado em 21 de abril de 2021 
  5. «Vingadores: Guerra Infinita». AdoroCinema. 3 de abril de 2018. Consultado em 3 de abril de 2018 
  6. «Vingadores: Guerra do Infinito (2018)». filmSPOT. Consultado em 3 de abril de 2018 
  7. «Vingadores: Ultimato - Lançado primeiro trailer oficial do novo filme!». Legião dos Heróis. 7 de dezembro de 2018. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  8. Viegas, Nuno. «"Vingadores: Endgame" teve a melhor estreia de sempre em Portugal, e a mais lucrativa do mundo». Observador. Consultado em 20 de julho de 2020 
  9. Mithaiwala, Mansoor (11 de novembro de 2017). «Kevin Feige Explains Thor 3 Infinity Gauntlet Retcon». Screen Rant. Consultado em 30 de março de 2018 
  10. Breznican, Anthony (5 de novembro de 2016). «Doctor Strange revelations: Secrets and Easter eggs from the new Marvel movie». Entertainment Weekly. Consultado em 5 de novembro de 2016 
  11. @jamesgunn (8 de abril de 2020). «I forgot about this. It's true (but not that late in post). I think it's because halfway through Marvel decided the thing in Thor Dark World was a power Stone (as well as the other things that became power stones). But I like the purple way more!! #QuarantineWatchParty #gotg» (Tweet). Consultado em 9 de abril de 2020 – via Twitter 
  12. Nicholson, Matt (5 de agosto de 2013). «Joss Whedon on Thanos in Avengers 2». IGN. Consultado em 5 de agosto de 2013 
  13. «Exclusive: Joss Whedon on R.D.J. and saving Thanos for "the Big Finale". Avengers 3? (Video Interview)». Desde Hollywood. 29 de abril de 2013. Consultado em 26 de março de 2015 
  14. Eisenberg, Eric (1 de maio de 2015). «The Big Secret Behind The Infinity Gauntlet, According To Marvel's Kevin Feige». CinemaBlend. Consultado em 1 de maio de 2015 
  15. a b Adams, Tim (3 de novembro de 2017). «How Thor: Ragnarok Solves That Problem With Thanos' Gauntlet». Comic Book Resources. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  16. Sciretta, Peter (6 de novembro de 2017). «Kevin Feige Answers Your Lingering 'Thor: Ragnarok' Spoiler Questions». /Film. Consultado em 9 de abril de 2020 
  17. Dominguez, Noah (26 de abril de 2020). «Avengers: Infinity War Writers Explain the MCU's Fake Infinity Gauntlets». Comic Book Resources. Consultado em 17 de maio de 2020 
  18. a b Perry, Spencer (26 de julho de 2014). «Comic-Con Interview: Kevin Feige Talks The Future of the Marvel Cinematic Universe». Superhero Hype!. Consultado em 27 de julho de 2014 
  19. Watts, Steve (29 de outubro de 2014). «Avengers: Infinity War Announced as 2-Part Film». IGN. Consultado em 7 de abril de 2021 
  20. Fleming, Mike Jr. (14 de novembro de 2014). «Daniel Bruhl To Play Villain In 'Captain America: Civil War'». Deadline Hollywood. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  21. Lussier, Germain (26 de janeiro de 2015). «Joss Whedon Talks 'Avengers: Infinity War' Plus New Stills From 'Age of Ultron'». /Film. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  22. Buchanan, Kyle (13 de abril de 2015). «How Avengers: Age of Ultron Nearly Killed Joss Whedon». Vulture. Consultado em 7 de junho de 2019 
  23. Breznican, Anthony (10 de abril de 2015). «Avengers: Age of Ultron: EW preview». Entertainment Weekly. Consultado em 10 de abril de 2015 
  24. Ward, Rachel (7 de abril de 2015). «Russo Brothers set to direct Avengers Infinity War». The Daily Telegraph. Consultado em 7 de abril de 2021 
  25. a b Kit, Borys; Siegemund-Broka, Austin (23 de março de 2015). «Russo Brothers to Direct 'Avengers: Infinity War' Parts 1 and 2». The Hollywood Reporter. Consultado em 23 de março de 2015 
  26. McNary, Dave (7 de maio de 2015). «'Avengers: Infinity War' Movies Land 'Captain America' Writers». Variety. Consultado em 7 de abril de 2021 
  27. a b c d e f g h i j k l m n o p q How To Write A Marvel Movie Explained by Marvel Writers. Vanity Fair. 4 de setembro de 2019. Consultado em 2 de janeiro de 2020 – via YouTube 
  28. a b Dornbush, Jonathon (19 de agosto de 2016). «Avengers: Infinity War And Sequel Will Mark A New Beginning For MCU». IGN. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  29. Russell, Scarlett (10 de abril de 2016). «The Jungle Book director Jon Favreau IS going back to Marvel». Digital Spy. Consultado em 18 de abril de 2016 
  30. a b Harp, Justin (21 de dezembro de 2016). «Guardians of the Galaxy Vol. 2 director James Gunn reveals he's involved with Avengers: Infinity War». Digital Spy. Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  31. a b Mueller, Matthew (5 de fevereiro de 2017). «James Gunn on Making Guardians Work With Avengers: Infinity War». Comicbook.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2017 
  32. Breznican, Anthony (1 de março de 2018). «Avengers: Infinity War release date moves up a week». Entertainment Weekly. Consultado em 1 de março de 2018 
  33. McClintock, Pamela (1 de março de 2018). «'Avengers: Infinity War' Release Date Moves Up One Week to April». The Hollywood Reporter. Consultado em 1 de março de 2018 
  34. a b Truitt, Brian (7 de dezembro de 2018). «It's finally here! Watch the first trailer for Marvel's newly titled 'Avengers: Endgame'». USA Today. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  35. Zalben, Alex; Horowitz, Josh (12 de abril de 2015). «Marvel's Movie Future: Here's Everything You Need To Know Through... Phase 4?». MTV. Consultado em 12 de abril de 2015 
  36. a b c d e Lussier, Germain (11 de abril de 2016). «Avengers: Infinity War Parts 1 and 2 Will Be Very Different Movies». io9. Consultado em 12 de abril de 2016 
  37. Ryan, Mike (4 de maio de 2016). «Russo Brothers Confirm: 'Avengers: Infinity War 1 And 2' Will Be Retitled». Uproxx. Consultado em 4 de maio de 2016 
  38. McNary, Dave (29 de julho de 2016). «Marvel's 'Avengers: Infinity War' Will be One Movie, Not Two». Variety. Consultado em 27 de outubro de 2018 
  39. Eisenberg, Eric (19 de agosto de 2016). «Why Avengers 4 Isn't Going To Be Called Infinity War Part 2 Anymore». CinemaBlend. Consultado em 19 de agosto de 2016 
  40. Eisenberg, Eric (23 de abril de 2017). «Why Avengers 4 Doesn't Have A Title Yet, According To Kevin Feige». CinemaBlend. Consultado em 24 de abril de 2017 
  41. a b Sandwell, Ian (21 de março de 2018). «Here's why we won't get Avengers 4's title until after Infinity War». Digital Spy. Consultado em 21 de março de 2018 
  42. Osborn, Alex (23 de abril de 2018). «Marvel Studios' Kevin Feige on Why the Decision to Withhold Avengers 4 Title 'Backfired'». IGN. Consultado em 1 de janeiro de 2020 
  43. a b c d Cabin, Chris (14 de janeiro de 2016). «'Captain America: Civil War' Directors on Landing Spider-Man, 'Infinity War' Shooting Schedule». Collider. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  44. Giroux, Jack (1 de agosto de 2016). «'Avengers: Infinity War' Update: Christopher Markus and Stephen McFeely on How Far Along the Scripts Are». /Film. Consultado em 3 de agosto de 2016 
  45. a b Couch, Aaron (5 de novembro de 2017). «'Thor: Ragnarok' Writer on Its Bold Final Moments». The Hollywood Reporter. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  46. Deckelmeier, Joe (4 de novembro de 2016). «Scott Derrickson Discusses Doctor Strange's Comic Book Influences». Screen Rant. Consultado em 5 de novembro de 2016 
  47. a b c d e f g h Buchanan, Kyle (30 de abril de 2018). «Avengers: Infinity War: How They Decided to Split Up the Characters». Vulture. Consultado em 1 de maio de 2018 
  48. Grebey, James (27 de abril de 2018). «What Song Were the Guardians of the Galaxy Listening To in 'Infinity War'». Inverse. Consultado em 28 de abril de 2018 
  49. a b Schmidt, Joseph (22 de janeiro de 2017). «Avengers: Infinity War And Sequel Set To Begin Filming Monday». Comicbook.com. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  50. a b c Davis, Brandon (9 de janeiro de 2016). «Exclusive! Russo Brothers Say Avengers: Infinity War Concept Is That Marvel Universe Unites». ComicBook.com. Consultado em 9 de janeiro de 2016 
  51. Stack, Tim (9 de março de 2017). «Thor: Ragnarok: Why does Thor have short hair? Where's his hammer? The plot revealed!». Entertainment Weekly. Consultado em 9 de março de 2017 
  52. a b Wilding, Josh (22 de fevereiro de 2016). «Captain America: Civil War—8 Major Reveals From The New Images: 8. It Sets The Stage For Avengers: Infinity War». What Culture. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  53. Lang, Brent (19 de julho de 2017). «Marvel's Russo Brothers on Political Messages and if They'd Direct a 'Star Wars' Film». Variety. Consultado em 19 de julho de 2017 
  54. Gerding, Stephen (30 de setembro de 2015). «Feige & Latcham Say "Infinity War" Leads to the End of the Avengers—As We Know Them». Comic Book Resources. Consultado em 30 de setembro de 2015 
  55. a b c d e Keene, Allison (15 de março de 2018). «'Avengers: Infinity War:' The Russo Brothers on Action, Tone, and Movies That Influenced the MCU Sequel». Collider. Consultado em 15 de março de 2018 
  56. Davis, Brandon (25 de julho de 2017). «Captain Marvel Is Not in Avengers: Infinity War». Comicbook.com. Consultado em 25 de julho de 2017 
  57. Outlaw, Kofi (16 de março de 2018). «Russo Brothers Reveal Marvel Comic Influences on 'Avengers: Infinity War'». Comicbook.com. Consultado em 31 de março de 2018 
  58. a b Breznican, Anthony (8 de março de 2018). «Behind the scenes of Avengers: Infinity War as new heroes unite—and others will end—page 2». Entertainment Weekly. Consultado em 8 de março de 2018. Arquivado do original em 9 de março de 2018 
  59. a b Carson, Erin (1 de novembro de 2017). «If Thor: Ragnarok is a Marvel comedy, Infinity War is a heist film». CNET. Consultado em 1 de novembro de 2017 
  60. a b c d e Evangelista, Chris (29 de novembro de 2018). «Everything We Learned From The Russo Brothers About 'Infinity War', 'Avengers 4' and 'Star Wars'». /Film. Consultado em 29 de novembro de 2018 
  61. Davis, Brandon (7 de maio de 2018). «Russo Brothers Reveal Closest 'Avengers 4' Title Guess». Comicbook.com. Consultado em 3 de setembro de 2018 
  62. Ross, Dalton (4 de maio de 2018). «Avengers: Infinity War directors reveal scene that didn't make the final cut». Entertainment Weekly. Consultado em 14 de maio de 2018 
  63. Couch, Aaron (30 de abril de 2018). «How 'Avengers: Infinity War' Writers Crafted Its Ambitious Ending». The Hollywood Reporter. Consultado em 1 de maio de 2018 
  64. Singer, Matt (25 de abril de 2018). «We Asked the Writers of 'Avengers: Infinity War' About the Biggest Marvel Plot Hole». ScreenCrush. Consultado em 6 de abril de 2020 
  65. Davis, Brandon (11 de abril de 2016). «Avengers: Infinity War To Be Multi-Perspective Film According To Russo Brothers». Comicbook.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  66. a b Breznican, Anthony (8 de março de 2018). «Behold Iron Man's new armor in Avengers: Infinity War—Robert Downey Jr. says he'll need it». Entertainment Weekly. Consultado em 8 de março de 2018 
  67. Couch, Aaron (27 de abril de 2018). «'Avengers' Writers Tweaked 'Infinity War' for James Gunn». The Hollywood Reporter. Consultado em 1 de maio de 2018 
  68. Parker, Ryan (1 de agosto de 2018). «Russo Brothers Almost Included a Sherlock Joke in 'Avengers: Infinity War'». The Hollywood Reporter. Consultado em 14 de agosto de 2018 
  69. Osborn, Alex (11 de janeiro de 2016). «Avengers: Infinity War Will Unite Marvel Universe». IGN. Consultado em 11 de janeiro de 2016 
  70. Bradley, Bill (20 de abril de 2016). «No, 'Avengers: Infinity War' Probably Won't Feature 67 Characters». The Huffington Post. Consultado em 21 de abril de 2016 
  71. Cooley, Patrick (27 de fevereiro de 2016). «'Captain America: Civil War' to be darker, more violent than previous entries, Russo brothers say». Cleveland Plain Dealer. Consultado em 28 de fevereiro de 2016 
  72. Tharpe, Frazier (15 de março de 2017). «'Guardians of the Galaxy' Director James Gunn Teases The Guardians' 'Integral Part' In 'Infinity War'». Complex. Consultado em 15 de março de 2017 
  73. a b Avila, Mike (9 de outubro de 2016). «Watch: Evangeline Lilly on introducing the Wasp, when she'll join The Avengers». Blastr. Consultado em 9 de outubro de 2016. Arquivado do original em 5 de novembro de 2016 
  74. O'Connell, Sean (11 de abril de 2016). «When We'll See Captain Marvel on Screen for the First Time». CinemaBlend. Consultado em 17 de abril de 2016 
  75. Evans, Nick (7 de maio de 2018). «Why Hawkeye And Ant-Man Aren't In Infinity War, According To The Russo Brothers». CinemaBlend. Consultado em 10 de maio de 2018 
  76. a b Infinity War Spoilers: Screenwriters Go In-Depth on Making of Film. Collider. Collider Extras. 22 de maio de 2018. Consultado em 22 de janeiro de 2021 – via YouTube 
  77. Bradley, Bill (12 de maio de 2018). «'Avengers: Infinity War' Directors Reveal Who Died And Survived Off Screen». HuffPost. Consultado em 14 de maio de 2018 
  78. Sciretta, Peter (28 de outubro de 2014). «Watch: All Of Your Marvel Phase 3 Questions Answered By Marvel Head Kevin Feige». /Film. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  79. «Mark Ruffalo Promises Epic Arc For Hulk Across Thor 3 and Infinity War». Yahoo!. 25 de janeiro de 2016. Consultado em 28 de janeiro de 2016 
  80. Davis, Brandon (23 de fevereiro de 2016). «Krysten Ritter Says It Would Be Awesome For Jessica Jones To Join Avengers: Infinity War». Comicbook.com. Consultado em 8 de março de 2016 
  81. Hall, Jacob (7 de dezembro de 2015). «'Avengers: Infinity War' Probably, Maybe, Most Likely Won't Feature Any of Netflix's Defenders». /Film. Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  82. Tapley, Kristopher (3 de maio de 2018). «'Avengers: Infinity War' Directors Hope to Tap Fox Properties Like X-Men». Variety. Consultado em 14 de maio de 2018 
  83. a b Martinez, Phillip (21 de março de 2018). «Don't Expect The Defenders To Show Up In 'Avengers: Infinity War'». Newsweek. Consultado em 26 de março de 2018 
  84. Sampson, Mike (12 de abril de 2016). «'Avengers: Infinity War' Writers Tease Thanos' Big Introduction». Screen Crush. Consultado em 12 de abril de 2016 
  85. McKittrick, Christopher (12 de maio de 2016). «'The biggest superhero brawl in blockbuster history.' Captain America: Civil War». Creative Screenwriting. Consultado em 12 de maio de 2016 
  86. Buchanan, Kyle (27 de abril de 2018). «'Avengers: Infinity War' changes up the bizarre reason Thanos wants the Infinity stones in the comics — here's why». Vulture. Consultado em 23 de janeiro de 2021 
  87. Yehl, Joshua (21 de julho de 2018). «Joss Whedon Pleased With How Avengers: Infinity War Diverted From His Thanos Setup – Comic-Con 2018». IGN. Consultado em 26 de julho de 2018. Cópia arquivada em 22 de julho de 2018 
  88. Finke, Nikki (20 de junho de 2013). «Robert Downey Jr Signs For Two More 'Avengers'». Deadline Hollywood. Consultado em 7 de abril de 2021 
  89. Sneider, Jeff (30 de maio de 2014). «Josh Brolin Joins Marvel's 'Avengers' Sequels as Villain Thanos». The Wrap. Consultado em 30 de maio de 2014 
  90. Stern, Marlow (29 de setembro de 2014). «Jeremy Renner Opens Up About Marriage, His Problems with the Media, and the Future of Hawk-Eye». The Daily Beast. Consultado em 24 de junho de 2015 
  91. a b c d e f Whitbrook, James (16 de março de 2018). «Everything We Learned About the Avengers' Fight Against Thanos in the Latest Infinity War Trailer». io9. Consultado em 16 de março de 2018 
  92. Romano, Nick (28 de janeiro de 2017). «Avengers: Infinity War adds Mantis from Guardians of the Galaxy 2». Entertainment Weekly. Consultado em 28 de janeiro de 2017 
  93. McLean, Pauline (17 de janeiro de 2017). «Karen Gillan on Tupperware Party, Inverness and Avengers». BBC News. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  94. Lesnick, Sean (24 de janeiro de 2017). «Sean Gunn Shares from the Avengers: Infinity War Set». ComingSoon.net. Consultado em 24 de janeiro de 2017 
  95. @jamesgunn (11 de fevereiro de 2017). «He's not a stand-in. He's motion reference. We use Sean's acting and expressions for Rocket. And yes he's doing that.» (Tweet). Consultado em 12 de fevereiro de 2017 – via Twitter 
  96. Tramel, Jimmie (23 de setembro de 2018). «Tulsa-bound actor Sean Gunn knows Marvel-ous details, but can't share yet». Tulsa World. Consultado em 25 de setembro de 2018 
  97. Mueller, Matthew (21 de outubro de 2016). «Benedict Wong Confirmed For Avengers Infinity War». ComicBook.com. Consultado em 22 de outubro de 2016 
  98. Francisco, Eric (9 de outubro de 2017). «'Spider-Man: Homecoming' Star Wants Ned to Become a Villain». Inverse. Consultado em 9 de outubro de 2017 
  99. Morales, Wilson (19 de março de 2017). «Isabella Amara Talks About Her Casting in Spider-Man: Homecoming & Confirms Avengers: Infinity War Appearance». Black Film. Consultado em 7 de julho de 2017 
  100. «Liberty University Graduate Earns Credit on Marvel's Latest 'Avengers' Film». Markets Insider. 27 de abril de 2018. Consultado em 28 de abril de 2018 
  101. @Ethan_Dizon (29 de novembro de 2017). «It has begun... So happy to be a part of #AvengersInfinityWar as @SpiderManMovie's friend, Tiny. Watch the new trailer today! Thank you @MarvelStudios for the incredible opportunity. #chess #SpiderManHomecoming #MarvelStudios» (Tweet). Consultado em 28 de abril de 2018 – via Twitter 
  102. Pritchard, Tom (29 de novembro de 2017). «Avengers: Infinity War Breakdown: Everything We Spotted in the First Trailer». Gizmodo UK. Consultado em 30 de novembro de 2017. Arquivado do original em 6 de agosto de 2018 
  103. Kit, Borys (9 de agosto de 2016). «'Captain America' Actor Sebastian Stan to Star in Thriller 'We Have Always Lived in the Castle' (Exclusive)». The Hollywood Reporter. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  104. Lussier, Germain (16 de março de 2018). «Peter Dinklage Is Definitely in Avengers: Infinity War, But Who's He Playing?». io9. Consultado em 16 de março de 2018 
  105. Ridgely, Charlie (26 de janeiro de 2018). «Avengers: Infinity War': Gwyneth Paltrow Lets Some Pepper Potts Spoilers Slip». Comicbook.com. Consultado em 26 de janeiro de 2018 
  106. Sciretta, Peter (7 de fevereiro de 2017). «The Collector Confirmed For 'Avengers: Infinity War'». /Film. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  107. Fullerton, Huw (30 de abril de 2018). «The biggest cameos and surprise appearances in Avengers: Infinity War». Radio Times. Consultado em 1 de maio de 2018 
  108. Beresford, Jack (24 de abril de 2018). «8 incredible Irish connections to Avengers: Infinity War». The Irish Post. Consultado em 28 de abril de 2018 
  109. Robinson, Joanna (26 de abril de 2018). «Avengers: Infinity War: That End Credits Scene, Explained». Vanity Fair. Consultado em 28 de abril de 2018 
  110. Ross, Dalton (2 de agosto de 2018). «The Russo brothers explain cutting Jon Favreau out of Avengers: Infinity War». Entertainment Weekly. Consultado em 14 de agosto de 2018. Arquivado do original em 26 de fevereiro de 2021 
  111. Kroll, Justin (11 de janeiro de 2017). «Peter Dinklage Eyed for a Key Role in 'Avengers: Infinity War' (EXCLUSIVE)». Variety. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  112. a b c d Robinson, Joana (27 de abril de 2018). «Avengers: Infinity War—A Guide to all the Cameos and Surprising Bit Parts». Vanity Fair. Consultado em 28 de abril de 2018 
  113. Hall, Jacob (15 de julho de 2017). «The Minions of Thanos in 'Avengers: Infinity War' Have Been Revealed [D23 Expo 2017]». /Film. Consultado em 15 de julho de 2017 
  114. Thompson, Luke Y. (15 de julho de 2017). «Avengers: Infinity War's Children of Thanos (Black Order) Were Just Unveiled at D23». Nerdist Industries. Consultado em 19 de abril de 2018. Arquivado do original em 16 de julho de 2017 
  115. Arnold, Berry (21 de agosto de 2017). «Tom Vaughan-Lawlor confirms role in Avengers: Infinity War». DublinLive. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  116. Pante, Corey (2 de março de 2018). «This 'Infinity War' Villain Is So Much More Than Thanos' Henchman». Inverse. Consultado em 6 de março de 2018 
  117. Fullerton, Huwav (16 de abril de 2018). «Fargo's Carrie Coon to play crucial Avengers: Infinity War villain». Radio Times. Consultado em 2 de julho de 2018. Arquivado do original em 16 de abril de 2018 
  118. Esienberg, Eric (22 de abril de 2018). «We Know Who Is Playing Corvus Glaive In Avengers: Infinity War». CinemaBlend. Consultado em 22 de abril de 2018 
  119. Burgos, Danielle (27 de abril de 2018). «You Probably Didn't Notice This 'Infinity War' Villain Was Played By An Emmy-Winning Actor». Bustle. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  120. Busch, Jenna (22 de julho de 2017). «Infinity War Director Joe Russo Talks The Black Order at Comic-Con». ComingSoon.net. Consultado em 23 de julho de 2017 
  121. Barnhardt, Adam (12 de julho de 2019). «Avengers: Endgame's Emma Fuhrmann on Cassie Lang's Future, Potential Superhero Team-ups, and More». ComicBook.com. Consultado em 13 de julho de 2021 
  122. a b Breznican, Anthony (28 de abril de 2018). «Avengers: Infinity War spoiler talk: Let's explore the surprise keeper of the Soul Stone». Entertainment Weekly. Consultado em 28 de abril de 2018. Arquivado do original em 29 de abril de 2018 
  123. a b c Schedeen, Jesse; Vejvoda, Jim (21 de dezembro de 2018). «How Avengers: Infinity War Recreated Red Skull Without Hugo Weaving». IGN. Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  124. «Hugo Weaving explains why he wasn't in 'Avengers: Endgame' and won't be appearing in the new 'Matrix'». Time Out. 20 de janeiro de 2020. Consultado em 26 de janeiro de 2020 
  125. Ross, Dalton (1 de maio de 2018). «Ross Marquand discusses his surprise Avengers: Infinity War cameo». Entertainment Weekly. Consultado em 10 de maio de 2018 
  126. a b c d Newby, Richard (7 de dezembro de 2018). «The Tragic Symmetry of 'Avengers: Endgame'». The Hollywood Reporter. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  127. Collis, Clark (13 de outubro de 2016). «Doctor Strange will play a 'very, very important' role in the MCU, Marvel Studios president says». Entertainment Weekly. Consultado em 14 de outubro de 2016 
  128. Damore, Meagan (21 de setembro de 2017). «Paltrow Confirms Avengers 4 Role for Cheadle's War Machine». Comic Book Resources. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  129. Kit, Borys; Couch, Aaron (18 de abril de 2017). «Marvel's Kevin Feige on Why the Studio Won't Make R-Rated Movies, 'Guardians 2' and Joss Whedon's DC Move». The Hollywood Reporter. Consultado em 18 de abril de 2017 
  130. Perry, Spencer (26 de outubro de 2017). «More Avengers 4 Set Photos Featuring Hulk, Black Panther, and More». ComingSoon.net. Consultado em 26 de março de 2018 
  131. a b Lincoln, Ross A. (29 de julho de 2016). «Marvel's 'Avengers 3' Gets Official Title With Temp Name Hung On 'Avengers 4'». Deadline Hollywood. Consultado em 30 de julho de 2016 
  132. Palmer, Frank (20 de março de 2017). «Exclusive: Anthony Mackie Says FALCON Won't Die». Screen Geek. Consultado em 21 de março de 2017 
  133. Ellwood, Gregory (11 de setembro de 2017). «Sebastian Stan Says Marvel Studios Training Put To Good Use On 'I, Tonya' [Interview]». The Playlist. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  134. Babbage, Rachel (1 de novembro de 2014). «Loki to appear in Thor: Ragnarok and both parts of Avengers: Infinity War». Digital Spy. Consultado em 2 de novembro de 2014. Arquivado do original em 1 de novembro de 2014 
  135. Mueller, Matthew (21 de setembro de 2018). «Benedict Wong Teases 'Avengers 4' Spoilers Cleaning». Comicbook.com. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  136. Sandwell, Ian (29 de setembro de 2017). «Another Guardians of the Galaxy star confirms they'll be coming back for Avengers 4». Digital Spy. Consultado em 30 de setembro de 2017 
  137. @DaveBautista (17 de julho de 2017). «I'll be in China. Bummer! 😔Doing a film with Woo Ping. 😃I'll also miss the premier. 😢Cuz I'll be on @Avengers 4! 😃#goodproblems» (Tweet). Consultado em 25 de julho de 2017 – via Twitter 
  138. Deen, Sarah (24 de abril de 2017). «Has Guardians of the Galaxy star Zoe Saldana revealed the name of Avengers 4?». Metro. Consultado em 24 de abril de 2017 
  139. Evans, Mel (7 de outubro de 2018). «Bradley Cooper asked Avengers 4's Russo Brothers if they altered Rocket's voice for Infinity War». Metro. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  140. Damore, Meagan (22 de agosto de 2017). «Avengers 4 Set Photos Capture Iron Man Character's Return». Comic Book Resources. Consultado em 22 de agosto de 2017 
  141. Dolloff, Matt (30 de julho de 2017). «Josh Brolin Announces Return For Avengers 4 Filming». Screen Rant. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  142. Fleming, Mike Jr. (8 de novembro de 2018). «Hot Package: John Boyega, Letitia Wright To Star In Mike Cahill-Directed Sci-Fi 'Hold Back The Stars'». Deadline Hollywood. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  143. Barnhardt, Adam (23 de abril de 2018). «Jon Favreau Reveals If He's in 'Avengers: Infinity War' or 'Avengers 4'». Comicbook.com. Consultado em 28 de abril de 2018 
  144. Robinson, Joanna (28 de novembro de 2017). «What RoboCop Has to Do with the Future of the Marvel Cinematic Universe». Vanity Fair. Consultado em 28 de novembro de 2017 
  145. «'Avengers: Infinity War' actor Sebastian Stan said filming was like 'riding a psychotic horse through a burning stable'». Toronto Sun. 30 de novembro de 2017. Consultado em 16 de dezembro de 2017 
  146. Radish, Christina (9 de dezembro de 2017). «Sebastian Stan on 'I, Tonya', Working with Margot Robbie, and 'Avengers 4′». Collider. Consultado em 16 de dezembro de 2017 
  147. Loughrey, Clarisse (17 de abril de 2018). «Avengers Infinity War: Sebastian Stan reveals scene with Samuel L. Jackson, Michael Douglas and Michelle Pfeiffer». The Independent. Consultado em 23 de abril de 2018 
  148. McMillan, Graeme (25 de outubro de 2018). «'Avengers 4' Will Feature Flashbacks, Says Actor Frank Grillo». The Hollywood Reporter. Consultado em 25 de outubro de 2018 
  149. Dominguez, Noah (7 de março de 2021). «Frank Grillo's Son Convinced Him to Return for Avengers: Endgame». Comic Book Resources. Consultado em 8 de março de 2021 
  150. Hood, Cooper (27 de abril de 2019). «Every Character in Avengers: Endgame». Screen Rant. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  151. Yang, Rachel (9 de agosto de 2020). «Carrie Coon was supposed to be in Avengers: Endgame despite her character's death in Infinity War». Entertainment Weekly. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  152. Wood, Matt (1 de junho de 2019). «Iron Man 3 Star Reveals What Harley Was Thinking In Avengers: Endgame Funeral Scene». CinemaBlend. Consultado em 3 de agosto de 2021 
  153. Leane, Rob (25 de fevereiro de 2016). «Stellan Skarsgård is in Avengers: Infinity War, but not Thor 3». Den of Geek. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 30 de maio de 2016 
  154. Petski, Denise (15 de setembro de 2017). «'Westworld': Hiroyuki Sanada Set To Recur in Season 2 of HBO Series». Deadline Hollywood. Consultado em 15 de setembro de 2017 
  155. Gonzalez, Umberto (26 de outubro de 2018). «'13 Reasons Why' Star Katherine Langford Joins 'Avengers 4' (Exclusive)». TheWrap. Consultado em 26 de outubro de 2018 
  156. Bui, Hoai-Tran (6 de maio de 2019). «Katherine Langford's Cut 'Avengers: Endgame' Role Revealed». /Film. Consultado em 6 de maio de 2019 
  157. Aguilar, Matthew (25 de julho de 2019). «Reginald VelJohnson Reacts to His Avengers: Endgame Scene Being Cut and then Added Back In». ComicBook.com. Consultado em 9 de outubro de 2021 
  158. Eisenberg, Eric (21 de agosto de 2016). «The Running Joke Avengers: Infinity War Will Definitely Continue, According To The Directors». CinemaBlend. Consultado em 22 de agosto de 2016 
  159. Parker, Ryan (30 de abril de 2018). «The Russo Brothers Tried to Get David Cross for That 'Avengers: Infinity War' Easter Egg». The Hollywood Reporter. Consultado em 1 de maio de 2018 
  160. Allen, Ben (25 de abril de 2019). «All of the cameos in Avengers: Endgame». Radio Times. Consultado em 14 de abril de 2021 
  161. Mithaiwala, Mansoor (13 de agosto de 2018). «Infinity War Script Originally Included a Howard the Duck Cameo». Screen Rant. Consultado em 14 de abril de 2021 
  162. Davis, Brandon (21 de setembro de 2021). «What If Seth Green Talked Howard the Duck's Marvel Past And Future...? (Exclusive Interview)». ComicBook.com. Consultado em 21 de setembro de 2021 
  163. Fitch, Adam (11 de setembro de 2017). «Stan Lee Has Already Filmed Cameos for Black Panther Avengers 4, & More». Comic Book Resources. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  164. Barnhardt, Adam (13 de fevereiro de 2017). «'Avengers: Infinity War' Directors Respond To Thanos Creator's Cameo Plea». Comicbook.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  165. Breznican, Anthony (27 de abril de 2019). «Avengers: Endgame explained: Cameos from Thanos creator, 'Community' stars, and more». Entertainment Weekly. Consultado em 27 de abril de 2019 
  166. a b c d Leadbeater, Alex (16 de agosto de 2018). «Avengers: Infinity War Interview - Production Designer Charles Wood». Screen Rant. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  167. a b Voigt, David (15 de agosto de 2018). «A Few Minutes with Production Designer Charles Wood Talking About 'Avengers: Infinity War'». In The Seats. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  168. Lussier, Germain (2 de fevereiro de 2018). «How the Teams Behind Black Panther and Infinity War Worked Together to Create a Unified Wakanda». io9. Consultado em 2 de fevereiro de 2018 
  169. Siegel, Lucas (17 de janeiro de 2017). «Exclusive: Avengers: Infinity War Production Designer Teases Many, Many New Worlds». Comicbook.com. Consultado em 17 de janeiro de 2017 
  170. Grebey, James (7 de agosto de 2018). «'Infinity War' Production Designer Reveals the Secrets of Titan's Creation». Inverse. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  171. a b Barnhardt, Adam (16 de agosto de 2019). «Avengers: Endgame Production Designer Charles Wood on Creating Larger than Life Set Pieces, Alien Planets, and More». ComicBook.com. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  172. Idelson, Karen. «Conjuring a Galaxy of Locations». Variety. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  173. a b Gullickson, Brad (13 de agosto de 2019). «Talking the Fabric of Pain with the Costume Designer of 'Avengers: Endgame'». Film School Rejects. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  174. Edelbaum, Susannah (28 de outubro de 2019). «Costume Designer Judianna Makovsky on Ending Avengers: Endgame on a Muted Note». Motion Pictures. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  175. Haasch, Palmer (5 de agosto de 2019). «Avengers: Endgame's time travel suits, and MCU canon, challenged the design team». Polygon. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  176. a b c «The Avengers Endgame Main & End Title Design». Perception. Maio de 2020. Consultado em 13 de setembro de 2020 
  177. Hood, Cooper (5 de dezembro de 2019). «War Machine Originally Had Another Suit In Avengers: Endgame». Screen Rant. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  178. Pape, Stefan (27 de abril de 2016). «Exclusive Interview: The Russo Brothers address the possibility of a new Captain America after Avengers: Infinity War». HeyUGuys. Consultado em 28 de abril de 2016 
  179. Goldberg, Matt (27 de abril de 2015). «AVENGERS: INFINITY WAR to Start Shooting in Late 2016; Will Film for 9 Months». Collider. Consultado em 27 de abril de 2015 
  180. a b Lesnick, Silas (11 de outubro de 2016). «Doctor Strange IMAX Preview Teases a Marvel Cinematic Multiverse». ComingSoon.net. Consultado em 11 de outubro de 2016 
  181. @Variety (22 de janeiro de 2017). «'Avengers: Infinity War' production begins Monday but @Renner4Real [Jeremy Renner] and Elizabeth Olsen don't have a script yet» (Tweet). Consultado em 22 de janeiro de 2017 – via Twitter 
  182. @DaveBautista (22 de janeiro de 2017). «Welp!!! That makes 3 of us! And I start filming tomorrow! 😱 #MarvelShroudofSecrecy 😖» (Tweet). Consultado em 22 de janeiro de 2017 – via Twitter 
  183. Chitwood, Adam (21 de abril de 2017). «'Avengers: Infinity War' and 'Avengers 4' Are Being Shot Separately, Says Kevin Feige». Collider. Consultado em 21 de abril de 2017 
  184. Salan, Taylor (29 de novembro de 2018). «Everything We Learned About Avengers: Infinity War From the Russo Brothers' Q&A». SuperHero Hype. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  185. Lovett, Jamie (26 de outubro de 2016). «Avengers: Infinity War Working Title Revealed». ComicBook.com. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  186. Hensley, Ellie (1 de março de 2017). «Dan Cathy: Pinewood Atlanta Studios hosting 'largest film production ever'». Atlanta Business Chronicle. Consultado em 1 de março de 2017 
  187. Pierrette, Maximilien; Sardet, Yoann (13 de junho de 2017). «Avengers 3 : 68 super-héros ? Budget record ? Kevin Feige fait le point» (em francês). Allocine. Consultado em 15 de junho de 2017 
  188. «Avengers: Infinity War is the second most expensive film ever made». The Daily Telegraph. 20 de abril de 2018. Consultado em 23 de abril de 2018 
  189. Siegel, Tatiana; Kit, Borys (11 de outubro de 2018). «Scarlett Johansson Lands $15 Million Payday for Black Widow Movie». The Hollywood Reporter. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  190. a b Donohoe, Graeme (8 de janeiro de 2017). «New £400m Marvel blockbuster Avengers: Infinity War to be shot in Glasgow and Edinburgh». Daily Record. Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  191. Beers, Roy (26 de fevereiro de 2017). «Marvel-lous new film hit for Cumbernauld». Cumbernauld News. Consultado em 27 de março de 2017 
  192. Love, Nicola (25 de março de 2017). «Avengers in Edinburgh: Why Scotland isn't just filming location for Marvel blockbuster—it's a plot point». Daily Record. Consultado em 27 de março de 2017 
  193. Pringle, Fiona (15 de março de 2017). «Filming schedule for new Avengers film revealed». Edinburgh Evening News. Consultado em 15 de março de 2017 
  194. Pringle, Fiona (21 de março de 2017). «Revealed: Avengers set up filming at Waverley Station». Edinburgh Evening News. Consultado em 21 de março de 2017 
  195. Connor, Rachel (29 de abril de 2017). «Durham Cathedral transformed for filming of Marvel's Avenger: Infinity War». The Northern Echo. Consultado em 29 de abril de 2017 
  196. a b Love, Nicola (3 de maio de 2017). «Avengers A-listers sneak into Scotland unnoticed as Marvel blockbuster descends on sleepy Borders village». Daily Record. Consultado em 4 de maio de 2017 
  197. Lussier, Germain (12 de agosto de 2019). «All of the Coolest Trivia Revealed on the Avengers: Endgame Blu-ray». Gizmodo. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  198. «St Abbs 'twinned' with Avengers village». BBC. 6 de maio de 2019. Consultado em 21 de junho de 2019 
  199. Jirak, Jamie (14 de abril de 2021). «Avengers: Endgame's Yvette Nicole Brown Didn't Realize She Was in the Movie Until She Saw It». ComicBook.com. Consultado em 14 de abril de 2021 
  200. Agard, Chancellor (20 de maio de 2021). «Loki takes over: Tom Hiddleston on his new TV series and a decade in the MCU». Entertainment Weekly. Consultado em 21 de maio de 2021 
  201. Marston, George (26 de junho de 2017). «Avengers: Infinity War Returns to NYC ... Sort Of». Newsarama. Consultado em 27 de junho de 2017. Arquivado do original em 26 de junho de 2017 
  202. Murphy, Charles (9 de julho de 2017). «More 'Avengers: Infinity War' Set Pics Show Doctor Strange and Scott Lang Coming Together». MCU Exchange. Consultado em 10 de julho de 2017. Arquivado do original em 29 de abril de 2017 – via Just Jared 
  203. Dumaraog, Ana (9 de julho de 2017). «Avengers: Infinity War Is Filming In Queens Next Week». Screen Rant. Consultado em 9 de julho de 2017 
  204. «Yes, that 'Avengers: Infinity War' Scene is in PH». ABS-CBN Corporation News. 26 de abril de 2018. Consultado em 26 de abril de 2018. Arquivado do original em 26 de abril de 2018 
  205. Romano, Nick (14 de julho de 2017). «Avengers: Infinity War has wrapped filming». Entertainment Weekly. Consultado em 14 de julho de 2017 
  206. Perry, Spencer (10 de agosto de 2017). «Avengers 4 Filming Has Begun!». ComingSoon.net. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  207. Melrose, Kevin (14 de julho de 2017). «Avengers: Infinity War Appears to Have Wrapped Filming». Comic Book Resources. Consultado em 14 de julho de 2017 
  208. Marc, Christopher (14 de junho de 2017). «'Avengers 4' aka 'Mary Lou 2' Shoots July–December in Atlanta». Omega Underground. Consultado em 14 de junho de 2017. Arquivado do original em 19 de junho de 2017 
  209. Walljasper, Matt (24 de agosto de 2017). «What's filming in Atlanta now? Avengers: Infinity War, Ant-Man and the Wasp, Valor, Uncle Drew, plus the Marvel film that got away». Atlanta. Consultado em 26 de agosto de 2017 
  210. Gulino, Elizabeth (11 de junho de 2019). «Tony Stark's Lakeside Cabin From Avengers: Endgame is Available to Rent on Airbnb». House Beautiful. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  211. Romano, Evan (11 de novembro de 2019). «A Reddit User Noticed That Watchmen and Avengers:Endgame Were Filmed in the Same Place». Men's Health. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  212. Ridgely, Charlie (6 de agosto de 2019). «Avengers Compound Scenes in Endgame Were Actually Filmed in the Most Unlikely Places». ComicBook.com. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  213. Trumbore, Dave (11 de janeiro de 2018). «'Avengers 4' Wraps Filming as the Russo Brothers Move into Post-Production». Collider. Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  214. Vlessing, Etan (7 de maio de 2015). «Marvel's 'Avengers: Infinity War' to be Shot Entirely With Imax/Arri 2D Camera». The Hollywood Reporter. Consultado em 7 de maio de 2015 
  215. «Marvel's Two-Part Avengers: Infinity War To Be Filmed Entirely Using The Brand-New IMAX/ARRI Digital Camera». 7 de maio de 2015. Consultado em 4 de abril de 2018 
  216. Giardina, Carolyn (6 de maio de 2016). «How the 'Captain America: Civil War' Airport Battle Was Filmed and Why It's a Prelude to 'Avengers: Infinity War'». The Hollywood Reporter. Consultado em 15 de maio de 2016 
  217. Chitwood, Adam (21 de novembro de 2019). «'Avengers: Endgame' DP Trent Opaloch on the Challenge of Crafting That Final Battle». Collider. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  218. a b c d e f Hullfish, Steve (29 de abril de 2018). «Art of the Cut with Avengers – Infinity War editor, Jeffrey Ford, ACE». Pro Video Coalition. Consultado em 22 de dezembro de 2018 
  219. a b Patten, Dominic (21 de julho de 2018). «'Deadly Class' EP Joe Russo On Syfy Adaptation & Next 'Avengers' Movie – Comic-Con». Deadline Hollywood. Consultado em 24 de julho de 2018 
  220. a b Fischer, Russ (8 de julho de 2018). «Kevin Feige Still Won't Tell Us All Marvel's Future Plans». Birth. Movies. Death. Consultado em 10 de julho de 2018 
  221. Sharf, Zack (13 de maio de 2019). «'Avengers' Editors Cut 'Infinity War' and 'Endgame' From 900 Hours of Footage: 'Absolutely Hellish'». IndieWire. Consultado em 15 de maio de 2019 
  222. Loftus, Marc (1 de abril de 2018). «Editing: Avengers: Infinity War». Post Magazine. Consultado em 3 de janeiro de 2020. Arquivado do original em 20 de maio de 2018 
  223. a b c d e f Hullfish, Steve (9 de maio de 2019). «Art of the Cut with Jeffrey Ford, ACE, of "Avengers: Endgame"». Pro Video Coalition. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  224. a b c McMillan, Graeme (8 de novembro de 2018). «'Avengers 4' Runtime Is Currently 3 Hours». The Hollywood Reporter. Consultado em 28 de novembro de 2018 
  225. Williams, Taylor (8 de março de 2019). «Avengers: Endgame Final Film Edit Locked, Directors Confirm». Comic Book Resources. Consultado em 9 de março de 2019 
  226. ColliderVideos (24 de julho de 2017). Avengers: Infinity War Will Be the Longest MCU Movie Yet, Says Director Joe Russo. YouTube. Em cena em 0:28. Consultado em 24 de julho de 2017 
  227. Boris (30 de abril de 2019). «'Avengers: Endgame' Scenes Were Secretly Filmed in Dutchess». Hudson Valley Post. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  228. Barry, John W. (17 de dezembro de 2018). «'Avengers: Endgame' films along Hudson River in Dutchess». Poughkeepsie Journal. Consultado em 18 de dezembro de 2018 
  229. Dumaraog, Ana (7 de setembro de 2018). «Avengers 4 Reshoots Officially Begin As Directors Post Set Photo». Screen Rant. Consultado em 8 de setembro de 2018 
  230. Hood, Cooper (12 de outubro de 2018). «Avengers 4 Reshoots: Russo Brothers Announce Filming Has Wrapped». Screen Rant. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  231. McMillian, Graeme (7 de setembro de 2018). «Mark Ruffalo Suggests 'Avengers 4' Is Still "In Flux"». The Hollywood Reporter. Consultado em 8 de setembro de 2018 
  232. Sharf, Zack (14 de maio de 2019). «'Avengers: Endgame' Removed Black Widow and Thanos' Battle on Vormir Before That Twist». IndieWire. Consultado em 15 de maio de 2019 
  233. Erbland, Kate (8 de maio de 2019). «Tilda Swinton Had to Reshoot Her 'Avengers: Endgame' Scene Because of Key Plot Changes». IndieWire. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  234. Dominguez, Noah (16 de janeiro de 2019). «Avengers: Endgame Reshoots Bring Back Two Guardians of the Galaxy». Comic Book Resources. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  235. The Russo Brothers Break Down the Biggest Marvel Moments. GQ (YouTube). 7 de maio de 2019. Em cena em 2:59. Consultado em 15 de maio de 2019 
  236. Mancuso, Vinnie (25 de outubro de 2019). «'Avengers: Endgame' Editor on the Alternate Versions of Tony Stark's Final Moments». Collider. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  237. a b Anderton, Ethan (1 de maio de 2019). «Robert Downey Jr.'s Finest Moment in 'Avengers: Endgame' Was a Last Minute Addition». /Film. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  238. Fleming, Mike Jr. (30 de agosto de 2018). «Busy AGBO Sets India Kidnap Drama 'Dhaka' At Netflix: Chris Hemsworth Stars & Sam Hargrave Helms Joe Russo Script». Deadline Hollywood. Consultado em 3 de setembro de 2018 
  239. Bennett, Tara; Terry, Paul (2021). The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe. [S.l.]: Abrams Books. ISBN 978-1419732447 
  240. a b c d e Seymour, Mike (7 de maio de 2018). «Making Thanos Face the Avengers». FX Guide. Consultado em 7 de maio de 2018 
  241. Lynch, Russel (26 de maio de 2017). «Star Wars special effects firm Industrial Light & Magic expands with move to Holborn». London Evening Standard. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  242. a b c «Avengers: Infinity War». Framestore. 2 de janeiro de 2018. Consultado em 14 de maio de 2018 
  243. Caranicas, Peter (6 de fevereiro de 2018). «'Black Panther' and 'Jumanji: Welcome to the Jungle' Visual Effects Houses Method and Iloura Join Forces». Variety. Consultado em 7 de fevereiro de 2018 
  244. Frei, Vincent (16 de março de 2018). «Avengers: Infinity War». Art of VFX. Consultado em 24 de março de 2018 
  245. a b Giardina, Carolyn (25 de janeiro de 2019). «How 'Avengers: Infinity War' VFX Teams Brought Josh Brolin's Thanos to Life». The Hollywood Reporter. Consultado em 11 de fevereiro de 2019 
  246. Bishop, Bryan (10 de maio de 2018). «How Avengers: Infinity War turned Josh Brolin into an eight-foot purple madman». The Verge. Consultado em 14 de maio de 2018 
  247. Frei, Vincent (25 de julho de 2017). «Spider-Man—Homecoming: Dominik Zimmerle—VFX Supervisor—Trixter». Art of VFX. Consultado em 29 de julho de 2017 
  248. «Avengers: Infinity War». Cinesite. Consultado em 14 de maio de 2018 
  249. Frei, Vincent (15 de maio de 2018). «Avengers—Infinity War: Oliver Schulz—VFX Supervisor—Rise». Art of VFX. Consultado em 20 de maio de 2018 
  250. Frei, Vincent (7 de dezembro de 2018). «Avengers: Endgame». Art of VFX. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  251. Giardina, Carloyn (29 de julho de 2019). «'Avengers: Endgame' Contains 200 Aging and De-Aging VFX Shots». The Hollywood Reporter. Consultado em 30 de julho de 2019 
  252. a b c Sonak, Divij (19 de maio de 2019). «Avengers: Endgame VFX Supervisor Talks Aging & De-Aging Effects». Appocalypse.com. Consultado em 30 de julho de 2019 
  253. Breznican, Anthony (26 de abril de 2019). «Avengers: Endgame explained: Stan Lee's final cameo». Entertainment Weekly. Consultado em 26 de abril de 2019 
  254. Jones, Nate (30 de abril de 2019). «Who Is in Avengers: Endgame the Least?». New York. Consultado em 30 de julho de 2019 
  255. «'Avengers: Endgame' VFX Supervisor Reveals Secrets to Aging, De-Aging Characters in 'Behind the Screen' Podcast». The Hollywood Reporter. 18 de maio de 2019. Consultado em 19 de maio de 2019 
  256. Anthony Mackie em Jess Cagle (12 de janeiro de 2021). Anthony Mackie on Captain America Future. Sirius XM. Em cena em 01:09. Consultado em 13 de janeiro de 2021 – via YouTube  Alt URL
  257. Wilding, Josh (7 de maio de 2019). «AVENGERS: ENDGAME Directors On Deleted Scenes, Quicksilver Rumors, Why Bucky Isn't Captain America, More». ComicBookMovie.com. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  258. White, Hewitt and Travis, James, Chris and Ben (9 de agosto de 2019). «Avengers Endgame: 13 Things We Learned From Kevin Feige In Exclusive Live Spoiler Q&A». Empire. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  259. Burlingame, Russ (6 de junho de 2016). «Avengers Composer Alan Silvestri To Return For Infinity War». Comicbook.com. Consultado em 6 de junho de 2016 
  260. Burlingame, Jon (11 de maio de 2017). «Alan Silvestri Receives Icon Honor at BMI Film, TV and Visual Awards». Variety. Consultado em 13 de maio de 2017 
  261. Burton, Byron (2 de abril de 2018). «'Ready Player One' Composer Alan Silvestri on Its Touching Final Moments». The Hollywood Reporter. Consultado em 4 de abril de 2018 
  262. @Russo_Brothers (23 de março de 2019). «One of the greatest highlights of our career was getting to work with Alan Silvestri. The Endgame score is complete» (Tweet). Consultado em 27 de abril de 2019 – via Twitter 
  263. Abbey Road Studios (26 de abril de 2019). «Alan Silvestri's Culminating Score for Avengers: Endgame». Facebook. Consultado em 27 de abril de 2019