Chisum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chisum
Chisum, o Senhor do Oeste[1], ou
Chisum - Senhor do Oeste[2]
 (PT)
Chisum[3], ou
Chisum, uma Lenda Americana[4]
 (BR)
 Estados Unidos
1970 •  cor •  111 min 
Direção Andrew V. McLaglen
Produção Andrew J. Fenady
Michael Wayne
Elenco John Wayne
Forrest Tucker
Christopher George
Ben Johnson
Glenn Corbett
Gênero bangue-bangue
Distribuição Warner Bros.
Idioma língua inglesa
Página no IMDb (em inglês)

Chisum é um filme norte-americano de 1970, do gênero faroeste, dirigido por Andrew V. McLaglen e estrelado por John Wayne e Forrest Tucker.

A produção[editar | editar código-fonte]

John Simpson Chisum (1824-1884), o famoso barão do gado em cuja vida o filme é baseado.

Um dos raros filmes de John Wayne a ter fatos históricos como pano de fundo,[5] Chisum é livremente baseado na vida do rico fazendeiro John Simpson Chisum, o homem mais poderoso do Novo México na época do Velho Oeste.[6]

No tempo em que foi feito, era comum cineastas manipularem a "verdadeira" história do Oeste como forma de acusar a sociedade norteamericana. Chisum, entretanto, usa um personagem real para criar uma nova lenda dentro da velha tradição.[7] Não é à toa que, um ano após The Wild Bunch revolucionar o faroeste, o filme tenha sido realizado à maneira antiga, como Hollywood continuaria a fazer ainda durante algum tempo.[6]

O nome de Chisum está intimamente ligado à Guerra do Condado de Lincoln (1878) e, consequentemente, a Billy the Kid que nela tomou parte. Ao contrário do que mostra o filme, no entanto, o Chisum real não era nenhum santo - ele era, isto sim, um impiedoso acumulador de terras.[7] O roteiro mostra-o sem emoções, como se fosse uma estátua, um monumento ao individualismo norteamericano, um homem que cavou um império em meio à selvageria generalizada e que o governou sob o lema da Justiça para todos.[7]

Não é por acaso que Chisum era apreciado por Richard Nixon, que chegou a citá-lo em um famoso discurso, onde enaltece a maneira com que a produção trata a Lei.[7] A crítica, porém, prefere destacar o trabalho do diretor de fotografia William H. Clothier.[5][8]

Grande sucesso de público, o filme rendeu seis milhões de dólares.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

John Chisum, um dos fundadores da cidade de Lincoln, está preocupado com Lawrence Murphy, que tem adquirido todas as terras do condado de forma fraudulenta. Quando finalmente pede ajuda da Lei, Chisum percebe que Murphy também já a tem em suas mãos. Só resta a ele e a seu amigo Henry Tunstall declararem guerra ao celerado para repor o trem nos trilhos. Para isso, são contratados dois pistoleiros—Pat Garrett e Billy the Kid.

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Golden Laurel Melhor Ator
John Wayne
Vencedor

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
John Wayne John Chisum
Forrest Tucker Lawrence Murphy
Christopher George Dan Nodeen
Ben Johnson James Pepper
Glenn Corbett Pat Garrett
Andrew Prine Alex McSween
Bruce Cabot Xerife Brady
Patric Knowles Henry Tunstall
Richard Jaeckel Jess Evans
Lynda Day Sue McSween
Geoffrey Deuel Billy the Kid
Pamela McMyler Sallie Chisum
John Agar Amos Patton
Lloyd Battista Neemo
Robert Donner Bradley Morton
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Chisum, o Senhor do Oeste (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. Chisum - Senhor do Oeste no DVDPT (Portugal)
  3. Chisum (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  4. Chisum, uma Lenda Americana no CinePlayers (Brasil)
  5. a b MALTIN, Leonard, 2011 Movie Guide, Nova Iorque: New American Library, 2010 (em inglês)
  6. a b WILLIAMS, Karl. «Chisum». AllMovie. Consultado em 03 de junho de 2013.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. a b c d HYAMS, Jay, The Life and Times of the Western Movie, Nova Iorque: Gallery Books, 1983 (em inglês)
  8. HARDY, Phil, The Encyclopedia of Western Movies, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.