Jean-Jacques Annaud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean-Jacques Annaud
Nascimento 1 de outubro de 1943 (77 anos)
Draveil, França
Nacionalidade França Francês
Ocupação Realizador
Período de atividade 1965–presente
Carreira musical
Período musical cineasta
Página oficial
http://jjannaud.com/en/

Jean-Jacques Annaud (Draveil, 1 de outubro de 1943) é um cineasta francês. É diretor dos célebres filmes, A Guerra do Fogo, O Nome da Rosa, Sete anos no Tibete e O amante.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Pierre Annaud e Madeleine Annaud, em 1964, ele se formou no Institut des Hautes Études Cinématographiques (IDHEC) em Paris. Iniciou sua carreira profissional como publicitário, em 1962 estudou na escola Vaugirard e no IDHEC em Paris, como afirmado, fez curtas-metragens publicitários, cerca de quatrocentas produções deste ramo entre os anos de 1966 e 1976.

Seu primeiro longa-metragem foi em 1976, "Preto e branco em cores", filme sobre o colonialismo que ganhou Oscar de melhor filme estrangeiro. Mais tarde, fez grandes filmes que o tornaram famoso em todo o mundo: Em busca de fogo (1981), O Nome da Rosa (1986), esse último baseado no romance de Umberto Eco e O amante (1991), inspirado em uma história de Marguerite Duras.[1] Apesar de ter sua entrada proibida na China devido às filmagens de Sete Anos no Tibete foi convidado para dirigir uma adaptação de uma novela chinesa e teve a sua entrada liberada na China para a produção do seu longa-metragem Totem Lobo (Wolf Totem), com lançamento previsto para o ano de 2015.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1976 Preto e branco em cores
1979 Hothead
1981 A Guerra do Fogo
1986 O Nome da Rosa
1988 O Urso
1992 O Amante
1995 Asas de coragem
1997 Sete Anos no Tibete
2001 Inimigos dos portões
2004 Dois irmãos
2007 Sua Majestade Menor
2011 Ouro Preto
2015 Totem dos Lobos

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Filme Resultado
1977 Óscar de Melhor Filme Estrangeiro Preto e branco em cores Venceu

Prêmio César[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Filme Resultado
1982 Melhor Filme A Guerra do Fogo Venceu
1982 Melhor Diretor A Guerra do Fogo Venceu
1987 Melhor Filme Estrangeiro O Nome da Rosa Venceu
1988 Melhor Filme O Urso Indicado
1988 Melhor Diretor O Urso Venceu
1992 ??? O Amante Indicado

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Biografía de Jean-Jacques Annaud. Quién es, vida, historia, bio resumida». www.buscabiografias.com. Consultado em 28 de junho de 2020