Domhnall Gleeson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Domhnall Gleeson
Domhnall Gleeson
Nome completo Domhnall Gleeson
Outros nomes Donal Gleeson
Nascimento 12 de maio de 1983 (34 anos)
Dublin, Irlanda
Nacionalidade irlandês
Ocupação Ator
Realizador
Argumentista
Atividade 2004–presente
IMDb: (inglês)

Domhnall Gleeson (Dublin, 12 de Maio de 1983) é um ator, realizador, argumentista e dramaturgo irlandês, filho do também ator Brendan Gleeson.[1] É conhecido por ter interpretado Gui Weasley nos dois últimos filmes da série Harry Potter, Tim Lake no filme About Time, dirigido por Richard Curtis, Caleb em Ex Machina e General Hux em Star Wars: The Force Awakens.

Primeiros anos e educação[editar | editar código-fonte]

Domhnall Gleeson nasceu em Dublin, na Irlanda e é o filho mais velho do ator Brendan Gleeson e da sua esposa Mary Gleeson.[2] Tem três irmãos mais novos: Fergus, Brian (que também é ator) e Rúairí[3]

Domhnall frequentou a Malahide Community School e, mais tarde, concluiu um bacharelato de artes em Artes Mediáticas no Dublin Institute of Technology.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Domhnall começou a carreira a escrever e a encenar peças de teatro e a realizar curtas-metragens na Irlanda.[4]

O seu primeiro trabalho como ator foi na curta-metragem Six Shooter que foi nomeada para um Óscar.[5] Nos anos seguintes participou em várias produções irlandesas que incluem as curtas-metragens Stars (2005) e Corduroy (2009), os filmes Boy Eats Girl (2005), Perrier's Bounty (2009) e Sensation (2010) e as séries The Last Furlong e Your Bad Self (uma série de sketches de comédia).[6]

Domhnall participou em várias produções teatrais em Dublin e, em 2006 estreou-se na Broadway em Nova Iorque com a peça The Lieutenant of Inishmore que lhe valeu uma nomeação para os prémios Tony na categoria de Melhor Ator Secundário.[7]

Em 2009 Domhnall foi escolhido para interpretar o papel de Gui Weasley nas duas partes de Harry Potter and the Deathly Hallows. O seu pai já participava nos filmes da saga Harry Potter desde 2005 no papel Alastor Moody e Domhnall já tinha admitido antes de aceitar o papel que não queria que esse facto levasse o público a assumir que ele tinha sido escolhido devido à ligação familiar. Numa entrevista em 2006, Domhnall afirmou mesmo que o facto de o pai ser ator fê-lo hesitar em seguir a mesma área: "Estive sempre muito seguro de que não queria seguir a área da representação por causa do meu pai. Pensava que sempre que conseguisse um papel alguém ia dizer que era por causa dele".[7]

A partir de 2010, a carreira de Domhnall ganhou um novo fôlego. Nesse ano estreou Harry Potter and the Deathly Hallows e o ator participou ainda em filmes como Never Let Me Go onde contracenou com Keira Knightley, Carey Mulligan e Andrew Garfield e True Grit dos irmãos Cohen com Jeff Bridges e Matt Damon.

Em 2011 venceu o Irish Film and Television Award (IFTA) de Melhor Ator pelo seu desempenho em When Harvey Met Bob, onde interpreta o papel de Bob Geldof.[8] Ainda na mesma cerimónia recebeu o prémio de "Estrela em Ascensão".[8] Uma vez que não pôde estar presente, o seu pai, Brendan Gleeson, aceitou ambos os prémios no seu lugar.[9]

Em 2012 teve um dos papéis principais, o de Konstantin Levin, no filme Anna Karenina de Joe Wright, protagonizado por Keira Knightley e Aaron Taylor-Johnson. O papel valeu-lhe uma nomeação para o Prémio Revelação dos Empire Awards, o IFTA de Melhor Ator Secundário e o Prémio Revelação no Festival Internacional de Cinema de Hamptons.[8] Teve também um papel secundário em Shadow Dancer, um filme co-produzido pelo Reino Unido e pela Irlanda que segue a história de uma ativista do IRA que se torna informadora do MI-5 para salvaguardar o apoio financeiro do filho. Este papel valeu-lhe uma nomeação para os British Independent Film Awards (BIFA).[8]

Domhnall com o pai, Brendan Gleeson, na estreia do filme Brooklyn em 2015.

No ano seguinte protagonizou o último filme realizado por Richard Curtis, About Time. Domhnall faz o papel de Tim, um jovem que descobre que consegue viajar no tempo e usa essa habilidade para conquistar a mulher dos seus sonhos, interpretada por Rachel McAdams.[10] O seu desempenho valeu-lhe a sua quarta nomeação para os IFTA.[8]

Em 2014 foi um dos protagonistas de Frank, um filme independente que segue a história de um músico (Domhnall) que tem uma experiência surreal ao juntar-se a uma banda liderada por um vocalista excêntrico que nunca tira a sua máscara (Michael Fassbender). Este papel valeu-lhe o seu terceiro prémio IFTA.[8] No mesmo ano participou em Unbroken, um filme que conta a história verídica de um atleta olímpico que, após a queda de um avião militar durante a Segunda Guerra Mundial, passa 47 dias numa jangada e é enviado para um campo de prisioneiros japonês. O filme foi realizado por Angelina Jolie. Fez ainda parte do elenco de Calvary, um filme irlandês protagonizado pelo seu pai.

2015 foi um dos anos de maior sucesso para o ator, tendo participado em alguns filmes de relevo. No primeiro, Ex Machina, interpreta o papel de Caleb, um jovem programador escolhido para participar numa experiência inovadora: administrar o Teste de Turing a um robot com inteligência artificial. O filme, que também conta com Oscar Isaac e Alicia Vikander no elenco, foi muito bem recebido pela crítica e considerado um dos melhores filmes da primeira metade de 2015 por várias publicações.[11][12][13][14][15]

Participou também em Brooklyn, a adaptação ao cinema do romance homónimo de Colm Tóibín e com argumento de Nick Hornby. No filme, protagonizado por Saoirse Ronan, Domhnall interpreta o papel de Jim Farrell, um irlandês dono de um pub por quem a protagonista se apaixona. O filme recebeu críticas bastante positivas[16] e o ator foi nomeado para um British Independent Film Award na categoria de Melhor Ator Secundário pelo seu papel.[8]

Domhnall interpreta o papel de um dos principais vilões, General Hux, em Star Wars: The Force Awakens.[17] O filme, realizado por J.J. Abrams, foi um dos mais aguardados do ano e estreou a 18 de dezembro de 2015.

Ainda em 2015 participa em The Revenant. Realizado por Alejandro González Iñárritu e protagonizado por Leonardo DiCaprio e Tom Hardy, o filme baseia-se em factos reais e segue a viagem do explorador Hugh Glass por territórios inóspitos para se vingar dos homens que o abandonaram para morrer depois de este ser atacado por um urso. Nesse ano, Domhnall igualou o recorde de Benedict Cumberbatch ao participar num total de quatro filmes que receberam nomeações para a mesma edição dos Óscares.[18]

Em 2017 participa na comédia romântica Crash Pad;[19] na comédia de ação, American Made, onde contracena com Tom Cruise;[20] Mother!, um thriller psicológico de Darren Aronofsky protagonizado por Jennifer Lawrence e A Futile and Stupid Gesture, um filme biográfico baseado no livro homónimo de Josh Karp. Retoma ainda o seu papel de General Hux em Star Wars: The Last Jedi e protagoniza o filme biográfico Goodbye Christopher Robin, onde interpreta o papel de A.A. Milne, o autor dos livros de Winnie the Pooh.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2004 Six Shooter Cashier Curta-metragem
2005 Stars Brian (voz) Curta-metragem
Boy Eats Girl Bernard
2006 Studs Trampis Nomeação - Prémio Revelação IFTA
2009 A Dog Year Anthony Armstrong
What Will Survive of Us Curta-metragem. Realizador e argumentista
Perrier's Bounty Clifford
Corduroy Mahon Curta-metragem
2010 Sensation Donal
Noreen Curta-metragem. Realizador e argumentista
Never Let Me Go Rodney
True Grit Moon (The Kid)
When Harvey Met Bob Bob Geldof Telefilme

IFTA de Melhor Ator Principal em Televisão

Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 1 Gui Weasley
2011 Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2
2012 Dredd Clan Techie
Anna Karenina Konstantin Levin Prémio Revelação - Hamptons International Film Festival

IFTA de Melhor Ator Secundário em Cinema

Nomeação - Empire Awards: Prémio Revelação Masculina

Shadow Dancer Connor Nomeação - BIFA de Melhor Ator Secundário
2013 About Time Tim Lake Nomeação - IFTA de Melhor Ator Principal em Cinema
2014 Harry Potter and the Escape from Gringotts Bill Weasley Filme apresentado no parque de diversões
Frank Jon IFTA de Melhor Ator Secundário em Cinema
Calvary Freddie Joyce
Unbroken Russell Allen Phillips
2015 Ex Machina Caleb
Brooklyn Jim Nomeação - BIFA de Melhor Ator Secundário
Star Wars: The Force Awakens General Hux
The Revenant Andrew Henry
2016 The Tale of Thomas Burberry Thomas Burberry Curta-metragem comercial para a marca Burberry
2017 American Made Monty Schafer
Mother!
Goodbye Christopher Robin A.A. Milne
A Futile and Stupid Gesture Henry Beard
Crash Pad Stensland
Star Wars: The Last Jedi General Hux
2018 The Tale of Peter Rabbit Mr. McGregor

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2005 The Last Furlong Sean Flanagan 3 episódios
2010 Your Bad Self Várias personagens 6 episódios; Também foi argumentista
2013 Black Mirror Ash Episódio "Be Right Back"
2016 Earth's Greatest Species Narrador 3 episódios
2017 Catastrophe Dan 2 episódios

Referências

  1. Gilbey, Ryan. «Domhnall Gleeson: 'Handsome is not really where I'm at'». the Guardian. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  2. Gleeson, B. (1989). Breaking Up. [S.l.: s.n.] ISBN 9781872313009 
  3. a b «Domhnall Gleeson to star in RTE Christmas Special». Herald.ie. Consultado em 13 de abril de 2015 .
  4. «Domhnall Gleeson to star in RTE Christmas Special - Herald.ie». Herald.ie. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  5. «The last laugh». The Irish Times (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  6. «Domhnall Gleeson». IMDb. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  7. a b «Tony Nominee Domhnall Gleeson to Appear in Final Harry Potter Films». Broadway.com. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  8. a b c d e f g «Domhnall Gleeson». IMDb. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  9. «Winners of the 8th Annual Irish Film & Television Awards 2011 | IFTA | Irish Film & Television Academy | Irish Film & Television Awards». www.ifta.ie. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  10. «About Time - Final rom com from Richard Curtis is every bit as». The Independent (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  11. «'Ex Machina' - 7 Best Movies of 2015 So Far». Rolling Stone. plus.google.com/+rollingstone. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  12. «This Film May Just Be The Best Of 2015». www.cinemablend.com. 14 de março de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  13. film, Guardian. «The best films of 2015 so far – UK». the Guardian. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  14. «The best films of 2015 (so far): A halftime report in superlatives». www.avclub.com. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  15. «The Best Films of 2015 (So Far)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  16. «Brooklyn». www.rottentomatoes.com. 4 de novembro de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  17. «Who Domhnall Gleeson Is Actually Playing In Star Wars Episode 7». www.cinemablend.com. 10 de julho de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  18. «Domhnall Gleeson». IMDb. Consultado em 6 de junho de 2017 
  19. «Domhnall Gleeson, Thomas Haden Church, Christina Applegate Starring in Rom-Com 'Crash Pad' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  20. «Domhnall Gleeson Joins Tom Cruise in Doug Liman's 'Mena' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]