Pearl Harbor (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pearl Harbor
Pearl Harbor[1] (BRA)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2001 •  cor •  183 min 
Direção Michael Bay
Produção Michael Bay
Jerry Bruckheimer
Roteiro Randall Wallace
Elenco Ben Affleck
Josh Hartnett
Kate Beckinsale
Cuba Gooding, Jr.
Jon Voight
Alec Baldwin
Jennifer Garner
Gênero drama romântico
filme de guerra
Música Hans Zimmer
Cinematografia John Schwartzman
Companhia(s) produtora(s) Touchstone Pictures
Jerry Bruckheimer Films
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 21 de maio de 2001 (Pearl Harbor, Havaí)
Estados Unidos 25 de maio de 2001
Brasil 1 de junho de 2001[1]
Idioma língua inglesa
língua japonesa
língua francesa
Orçamento US$ 140 milhões[2]
Receita US$ 449.220.945[3]

Pearl Harbor é um filme de drama e guerra biográfico americano de 2001, produzido por Jerry Bruckheimer, dirigido por Michael Bay e distribuído pela Touchstone e Buena Vista. Conta o que aconteceu em Pearl Harbor no dia 7 de dezembro de 1941, um ato que chocou o mundo e afetou milhares de pessoas, colocando definitivamente os Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

Foi lançado no Memorial Day de 2001, feriado norte-americano para lembrar aqueles que morreram em serviço militar por seu país.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A trama é baseada na vida de dois ousados pilotos do Tennessee que se conheciam desde a infância, Rafe McCawley e Danny Walker, eles vão brincar com o avião do pai do Rafe sem serem instruídos e depois aparece o sr.walker e bate no Danny e pega-o a força e rafe furioso, Bate com o Tronco na cabeça do pai do Danny e depois o Sr. Walker Vai tentar acabar com Rafe e Danny controla-o e Diz (Papai não), e depois o Rafe Insulta o Pai do Danny e o Pai Do Danny Respondeu a Rafe que ele combateu os Alemães na França e depois ele retira-se e Danny agradece a Rafe e Vai atrás do Pai Dele.

Ambos se alistam na marinha e treinam como pilotos de caça, e conhecem a bonita e dedicada enfermeira Evelyn (Kate Beckinsale). Rafe e Evelyn iniciam um romance.

Com a guerra na Europa, Rafe se voluntaria para lutar juntamente com a Royal Air Force na Batalha da Inglaterra para defender o Reino Unido da Luftwaffe, insistindo para que seu amigo Danny ficasse nos Estados Unidos, cuidando de sua amada Evelyn.

Tanto Evelyn como Danny são transferidos para o Havaí, um lugar distante da guerra, com aparência paradisíaca. Evelyn recebe a notícia de que o avião de Rafe foi abatido, e por não haver mais notícias, ele foi considerado morto em combate.

Após algum tempo, Evelyn e Danny inciam um romance, e surpreendentemente Rafe reaparece. Ele sobrevivera à queda, sendo resgatado por um barco francês e não pode enviar notícias.

Rafe e Danny brigam em um bar, e acordam no dia seguinte com o início do ataque a Pearl Harbor. Com muita dificuldade, conseguem subir em seus aviões, e abatem sete aviões japoneses.

Os três voltam para os Estados Unidos, e tanto Rafe como Danny são convocados para um treino secreto, no que seria o Ataque Doolittle.

Antes de partirem para o ataque secreto, Evelyn confidencia à Rafe que está grávida de Danny. Com dificuldades, a incursão completa seus objetivos, e os aviões têm um pouso forçado na China ocupada, com falta de combustível e sem pista de aterrisagem. Danny é preso e morto pelas tropas japonesas, e apenas Rafe volta com vida. Evelyn e Rafe casam, e dão o nome de Danny para o filho que ela estava esperando.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

Apesar de um sucesso de bilheteria, o filme recebeu majoritariamente críticas negativas dos analistas. Atualmente tem um índice de aprovação de 25% no site Rotten Tomatoes, fazendo deste o quarto filme mais mal avaliado de Michael Bay, junto com Transformers: Age of Extinction, Transformers: Revenge of the Fallen e Bad Boys II.[4] O filme recebeu elogios no aspecto técnico, como os efeitos especiais, mas foi criticado pelo roteiro, direção e atuação. Veteranos de guerra dos Estados Unidos e historiadores também criticaram duramente o filme.[carece de fontes?]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

  • Três indicações ao MTV Movie Awards: Melhor ator (Josh Hartnett), Melhor atriz (Kate Beckinsale) e Melhor seqüência de ação.
  • Duas indicações ao Globo de Ouro: Melhor trilha sonora e Melhor canção original (There you'll be, por Faith Hill).
  • Quatro indicações ao Oscar: Melhor edição de som, Melhores efeitos especiais, Melhor mixagem de som e Melhor canção Original (There You'll Be). Recebeu prêmio pela melhor edição de som.
  • Seis indicações ao Golden Raspberry Award: Pior Ator (Ben Affleck), Pior Casal (Josh Hartnett e Kate Beckinsale), Pior Roteiro (Randall Wallace), Pior Filme, Pior Diretor (Michael Bay) e Pior Remake ou Continuação.
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b Lacombe, Milly (1 de junho de 2001). «"Pearl Harbor" estreia e mostra a história segundo Hollywood». São Paulo: Folha de S.Paulo, caderno Ilustrada. Consultado em 16 de fevereiro de 2018 
  2. «'Pearl Harbor' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 21 de outubro de 2017 
  3. «'Pearl Harbor' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 21 de outubro de 2017 
  4. «"Pearl Harbor (2001)."»  Rotten Tomatoes. 23 de março de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.