Lista de atores indicados ao Oscar por atuações em língua não-inglesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sophia Loren e Marcello Mastroianni receberam diversas indicações ao Oscar por atuações em italiano. Na imagem, os dois contracenam em Matrimonio all'italiana.

Esta é uma lista de atores indicados ao Oscar por atuações em língua não-inglesa. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas concede os prêmios Oscars de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Atriz Coadjuvante aos considerados melhores de cada ano, contudo, é extremamente raro um intérprete ser indicado a qualquer Oscar de atuação por um papel realizado em uma língua diferente do inglês.

Ao todo, 27 atores (somando-se 33 indicações) disputaram o Oscar por atuações em língua não-inglesa e apenas seis deles venceram o prêmio. Das 33 interpretações indicadas, 11 foram em francês, 9 em italiano, 4 em sueco e espanhol e uma em português, dacota, tcheco, língua de sinais americana e língua de sinais japonesa.[1][2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Diversas atrizes francófonas já foram indicadas ao Oscar. Isabelle Adjani concorreu duas vezes.

Durante as três primeiras décadas da premiação, nenhum ator teve seu trabalho reconhecido por uma atuação que não fosse em língua inglesa. Em 1962, Sophia Loren conquistou a estatueta de Melhor Atriz por La ciociara, falado em italiano, tendo sido a primeira vez que um Oscar foi entregue para uma performance em língua não-inglesa. Três anos depois, Sophia Loren voltou a disputar o Oscar de Melhor Atriz por Divorzio all'italiana – o segundo dos doze filmes em que Loren atuou ao lado de Marcello Mastroianni.[3] Mastroianni é o recordista de indicações ao Oscar por interpretações em italiano; ele já foi indicado três vezes como Melhor Ator pelos filmes Divórcio à Italiana (em 1963), Una giornata particolare (em 1978) e Oci ciornie (em 1988), mas em todas as ocasiões ele perdeu para os atores anglófonos.

Em 1967, pela primeira vez na história da premiação, duas intérpretes disputaram a estatueta de Melhor Atriz por atuações em língua não-inglesa: Anouk Aimée por Un homme et une femme, atuando em francês e Ida Kaminska por Obchod na Korze, atuando em tcheco, mas nenhuma das duas ganhou. A norueguesa nascida no Japão, Liv Ullmann já recebeu duas indicações a Melhor Atriz por interpretações em sueco; a primeira por Utvandrarna (em 1973) e a segunda por Ansikte mot ansikte (em 1977). No Oscar de 1975, o ator Robert de Niro, acostumado a interpretar papéis em inglês, levou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua atuação em italiano em The Godfather Part II. Nesta mesma cerimônia, Valentina Cortese concorreu como Melhor Atriz Coadjuvante pela atuação em francês no filme La Nuit américaine. Em 1976, Isabelle Adjani foi indicada a Melhor Atriz pelo papel que desempenhou em sua língua nativa, o francês, em L'Histoire d'Adèle H. e voltou a concorrer na mesma categoria, em 1989, por Camille Claudel. No Oscar de 1977, Marie-Christine Barrault concorreu como Melhor Atriz por Cousin, Cousine, atuando em francês e Giancarlo Giannini como Melhor Ator por Pasqualino Settebellezze, atuando em italiano. Em 1979, Ingrid Bergman foi indicada a Melhor Atriz por sua interpretação em sueco no drama Höstsonaten. Em 1987, Marlee Matlin foi premiada como Melhor Atriz pela performance na língua de sinais americana em Children of a Lesser God, tornando-se a primeira atriz deficiente auditiva a vencer um Oscar.[4] Em 1989, outra interpretação em sueco foi indicada, dessa vez como Melhor Ator para Max von Sydow em Pelle Erobreren.[1][2]

Fernanda Montenegro, única atriz lusófona a disputar um Oscar.

Em 1991, Gerard Depardieu foi indicado como Melhor Ator por Cyrano de Bergerac, atuando em francês e Graham Greene como Melhor Ator Coadjuvante por Dances with Wolves, atuando na língua dacota. Em 1993, Catherine Deneuve concorreu como Melhor Atriz por Indochine, atuando em francês. Em 1996, Massimo Troisi disputou a estatueta de Melhor Ator por Il postino, atuando na língua italiana. No Oscar de 1999, Roberto Benigni conquistou o prêmio de Melhor Ator por sua interpretação em italiano na comédia dramática La vita è bella e Fernanda Montenegro concorreu como Melhor Atriz pelo drama Central do Brasil, atuando em português.[1][2]

Nas décadas de 2000 e 2010, as atuações em língua espanhola amealhou três indicações e uma vitória: Benicio del Toro ganhou como Melhor Ator Coadjuvante por Traffic (em 2001), Catalina Sandino Moreno recebeu a indicação de Melhor Atriz por María, llena eres de gracia (em 2005), Penélope Cruz foi indicada como Melhor Atriz por Volver (em 2007) e seu marido, Javier Bardem disputou como Melhor Ator por Biutiful (em 2011). Apesar de não possuir qualquer deficiência auditiva ou de fala, a atriz Rinko Kikuchi teve que aprender a língua de sinais japonesa para interpretar a jovem Chieko em Babel, o que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, em 2007. Nas duas últimas décadas as atuações em francês triunfaram na categoria de Melhor Atriz: Marion Cotillard ganhou pela interpretação da lendária cantora Edith Piaf em La môme (em 2008) e concorreu novamente pelo filme belga Deux Jours, Une Nuit (em 2015), Emmanuelle Riva concorreu, aos 86 anos de idade,[5] pelo romance Amour (em 2013)[2] e Isabelle Huppert pelo drama Elle (em 2017).[1]

Indicados[editar | editar código-fonte]

Ano Ator/Atriz Categoria Filme
(Título original)
Língua
(da atuação)
Resultado Ref.
1962 Itália Sophia Loren Melhor Atriz La ciociara Italiano Venceu [1][2]
1963 Itália Marcello Mastroianni Melhor Ator Divorzio all'italiana Italiano Indicado [1][2]
1965 Itália Sophia Loren Melhor Atriz Matrimonio all'italiana Italiano Indicado [1][2]
1967 França Anouk Aimée Melhor Atriz Un homme et une femme Francês Indicado [1][2]
Polónia Ida Kaminska Melhor Atriz Obchod na Korze Tcheco Indicado [1][2]
1973 Noruega Liv Ullmann Melhor Atriz Utvandrarna Sueco Indicado [1][2]
1975 Estados Unidos Robert De Niro Melhor Ator Coadjuvante The Godfather Part II Italiano Venceu [1][2]
Itália Valentina Cortese Melhor Atriz Coadjuvante La Nuit Américaine Francês Indicado [1][2]
1976 França Isabelle Adjani Melhor Atriz L'histoire d'Adèle H. Francês Indicado [1][2]
1977 França Marie-Christine Barrault Melhor Atriz Cousin, Cousine Francês Indicado [1][2]
Noruega Liv Ullmann Melhor Atriz Ansikte mot ansikte Sueco Indicado [1][2]
Itália Giancarlo Giannini Melhor Ator Pasqualino Settebellezze Italiano Indicado [1][2]
1978 Itália Marcello Mastroianni Melhor Ator Una giornata particolare Italiano Indicado [1][2]
1979 Suécia Ingrid Bergman Melhor Atriz Höstsonaten Sueco Indicado [1][2]
1987 Estados Unidos Marlee Matlin Melhor Atriz Children of a Lesser God Língua de Sinais Americana Venceu [1][2]
1988 Itália Marcello Mastroianni Melhor Ator Oci ciornie Italiano Indicado [1][2]
1989 Suécia Max von Sydow Melhor Ator Pelle erobreren Sueco Indicado [1][2]
1990 França Isabelle Adjani Melhor Atriz Camille Claudel Francês Indicado [1][2]
1991 Canadá Graham Greene Melhor Ator Coadjuvante Dances with Wolves Dacota Indicado [1][2]
França Gérard Depardieu Melhor Ator Cyrano de Bergerac Francês Indicado [1][2]
1993 França Catherine Deneuve Melhor Atriz Indochine Francês Indicado [1][2]
1996 Itália Massimo Troisi Melhor Ator Il postino Italiano Indicado [1][2]
1999 Itália Roberto Benigni Melhor Ator La vita è bella Italiano Venceu [1][2]
Brasil Fernanda Montenegro Melhor Atriz Central do Brasil Português Indicado [1][2]
2001 Porto Rico Benicio del Toro Melhor Ator Coadjuvante Traffic Espanhol Venceu [1][2]
2005 Colômbia Catalina Sandino Moreno Melhor Atriz María, llena eres de gracia Espanhol Indicado [1][2]
2007 Espanha Penélope Cruz Melhor Atriz Volver Espanhol Indicado [1][2]
Japão Rinko Kikuchi Melhor Atriz Coadjuvante Babel Língua de Sinais Japonesa Indicado [1][2]
2008 França Marion Cotillard Melhor Atriz La môme Francês Venceu [1][2]
2011 Espanha Javier Bardem Melhor Ator Biutiful Espanhol Indicado [1][2]
2013 França Emmanuelle Riva Melhor Atriz Amour Francês Indicado [1][2]
2015 França Marion Cotillard Melhor Atriz Deux jours, une nuit Francês Indicado [1][2]
2017 França Isabelle Huppert Melhor Atriz Elle Francês Indicado [1]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak «Persons nominated for foreign language (non-english) performances» (PDF) (em inglês). Academy of Motion Picture Arts and Sciences. Consultado em 27 de março de 2017. 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj Oswald, Anjelica (21 de janeiro de 2015). «Acting Oscar Nominations for Foreign-Language Performances» (em inglês). ScottFeinberg.com. Consultado em 27 de março de 2017. 
  3. Araújo, Inácio (20 de setembro de 2014). «Sophia Loren chega aos 80 anos como mito maior do que Marilyn e Bardot». UOL. Consultado em 27 de março de 2017. 
  4. «Conheça os 50 fatos mais incríveis do Oscar». MSN. 22 de fevereiro de 2016. Consultado em 27 de março de 2017. 
  5. «Indicada a melhor atriz, Emmanuelle Riva, de 'Amor', só pensa no descanso pós-Oscar.». O Globo. 11 de fevereiro de 2013. Consultado em 27 de março de 2017.