The Mask of Zorro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Mask of Zorro
Cartaz promocional
No Brasil A Máscara do Zorro
 Estados Unidos
1998 •  cor •  127 min 
Direção Martin Campbell
Produção Doug Claybourne
David Foster
Roteiro John Eskow
Ted Elliott
Terry Rossio
Baseado em Zorro de Johnston McCulley
Elenco Antonio Banderas
Anthony Hopkins
Catherine Zeta-Jones
Stuart Wilson
Género aventura
Música James Horner
Edição Thom Noble
Distribuição TriStar Pictures
Amblin Entertainment
Lançamento Estados Unidos 17 de julho de 1998[1]
Brasil 9 de outubro de 1998[2]
Idioma inglês
Orçamento US$ 96 milhões
Receita US$ 250.288.523
Cronologia
A Lenda do Zorro

The Mask of Zorro (bra: A Máscara do Zorro[3]) é um filme de longa-metragem dirigido pelo conhecido cineasta neozelandês Martin Campbell, e foi lançado em 1998. O filme foi distribuído pela TriStar Pictures e Amblin Entertainment e possui como protagonistas Antonio Banderas, Anthony Hopkins e Catherine Zeta-Jones.

Hopkins retrata no filme Don Diego de la Vega, o Zorro original. A princípio, o ator recusou o papel do "mascarado" devido a problemas nas costas. Uma operação a laser pôs fim à dor, e lhe permitiu interpretar o então papel de Zorro.

Este épico filme foi filmado no México, em Orlando e na Flórida, e foi um grande sucesso de bilheterias. O filme A Lenda do Zorro foi uma continuação do filme original, A Máscara do Zorro, e também teve como protagonistas Banderas e Zeta-Jones; porém, este longa-metragem foi considerada inferior ao primeiro.

A Máscara do Zorro foi indicado ao Oscar na categoria de melhor edição de som e melhor mixagem de som. A história é de Ted Elliott, Terry Rossio e Randall Johnson e o roteiro de John Eskow, Ted Elliott e Terry Rossio. Os produtores executivos são Steven Spielberg, Walter F. Parkes e Laurie MacDonald. John Gertz é o co-produtor.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em meados do século XIX, o ousado justiceiro mascarado conhecido como Zorro lutava pelo povo da Califórnia (que na época era propriedade do México) contra a corrupção e tirania do governador espanhol, Don Rafael Montero. Durante a véspera da Independência Mexicana (1821), Montero descobre a verdadeira identidade do mascarado (que na verdade, chama-se Diego de la Vega), prendendo-o, matando sua esposa e sequestrando sua filha bebê chamada Elena, que é levada por Montero à Espanha onde é criada como sua própria filha.

Vinte anos depois (1841), Montero retorna ao México com Elena, agora uma bela moça, mas que não se lembra do ocorrido. Ao ouvir a notícia, Diego foge da prisão a fim de vingar-se de Montero e revelar à Elena sobre sua verdadeira paternidade. É quando ele conhece Alejandro Murrieta, um ladrão disposto a vingar a morte de seu irmão, Joaquin Murrieta, que havia sido decapitado pelo cruel Capitão Harrison Love ("braço direito" de Montero). Alejandro é treinado por Diego de la Vega, surgindo novamente um herói disposto a se vingar e enfrentar os corruptos e tiranos, oculto sob a máscara do Zorro.

Zorro despede-se[editar | editar código-fonte]

Esta é considerada, uma das cenas mais famosas e belas do filme; ainda no início do filme, Zorro (Anthony Hopkins) corta um "Z" no pescoço do tirano Don Rafael Montero e logo após chama seu cavalo, Tornado, através de um assovio e sobre ele parte. No alto de uma sacada, Zorro faz com que Tornado empine, e levanta sua espada contra o sol, formando a clássica cena.

Elena é despida[editar | editar código-fonte]

Outra cena do filme que foi considerado famosa, foi durante o momento em que Zorro (Antonio Banderas) parte para uma "sensual luta" com Elena (Catherine Zeta-Jones). Com a lâmina de sua espada, Zorro rasga o vestido da bela moça, deixando-a despida. Seus seios são tapadas por seus cabelos, mas logo após, a moça cobre com o chapéu do mascarado. Para obter o efeito do vestido de Elena, que se rasga em pedaços pela espada de Zorro, foi adicionado um barbante ao traje. Esta cena foi considerada uma das mais eróticas da década de 1990.[4]

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Rafael Montero: É retratado como um tirano governador espanhol na Califórnia, arqui-inimigo do justiceiro mascarado, Zorro. Durante muito tempo, governou o estado da Califórnia com sua tirania, crueldade e corrupção. Seu arqui-inimigo, o justiceiro mascarado conhecido como Zorro aparecia sempre para impedir os seus planos; depois de algum tempo, Montero descobre a identidade de seu inimigo, deixando-o sem esposa, levando sua filha para Espanha e prendendo-o. Vinte anos mais tarde, Montero regressa à Califórnia mas é surpreendido novamente pelo Zorro (agora, vivido por Alejandro Murrieta).
  • Capitão Harrison Love É retratado como um jovem militar frio e cruel que havia matado Joaquín Murietta, irmão de Alejandro Murrieta (mais tarde, tornando-se o novo Zorro). É baseado em Harry Love, Texas Ranger, que na vida real teria caçado e matado Joaquín Murietta, considerado um bandoleiro perigoso.[5]

Referências históricas[editar | editar código-fonte]

Joaquin Murrieta
Harry Love

A Máscara do Zorro foi originada a partir do livro A Maldição de Capistrano. Tal como o livro, o filme possui vários fatos e personagens históricos em sua narrativa. O personagem conhecido como Alejandro Murrieta, é um irmão fictício de Joaquín Murietta, que na realidade, foi um bandido mexicano morto em 1853 por um California Ranger chamado "Harry Love" que foi retratado no filme como "Capitão Harrison Love". Porém, no filme, Joaquin morre no ano de 1841 e não em 1853 como na realidade. O braço direito de Murrieta, Jack Três-Dedos também foi morto por Love, na vida real, Jack era um mexicano chamado Manuel Garcia e não um anglo-americano, o Love da vida real também preservou a cabeça de Joaquín e a mão de Jack em grandes potes de vidro cheios de álcool.[6]

Durante uma festa, Alejandro (disfarçado de nobre) diz à Rafael Montero que veio para a Califórnia via Paris, Lisboa e São Francisco, embora que em 1841, São Francisco era conhecido como Yerba Buena; a mudança ocorreria apenas em janeiro de 1847.[nota 1]

Em diversas cenas do filme, Don Rafael Montero fala sobre Antonio López de Santa Anna, que na realidade, foi um general e presidente mexicano; este, apareceria no final do filme onde seria interpretado por Joaquim de Almeida, mas a cena em que aparece foi excluída por ser "muito grandiosa".

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

A Máscara do Zorro (The Mask of Zorro) obteve várias indicações ao Óscar, MTV Movie Awards e Golden Globe Awards.

No Golden Globe, Antonio Banderas foi indicado como melhor ator em comédia ou musical de 1999, e o filme foi indicado como melhor filme de comédia ou musical.

No MTV Movie Awards, Antonio Banderas e Catherine Zeta-Jones foram indicados na categoria de melhor luta; Zeta-Jones foi também indicada como melhor revelação feminina.

No Oscar, A Máscara do Zorro foi indicada na categoria de melhor edição de som e melhor mixagem de som.

Notas

  1. A Guerra Mexicano-Americana, que iniciou-se a 9 de Maio de 1846, entre o México e os Estados Unidos, causou a anexação da parte superior da região mexicana de Califórnia (que depois iria tornar-se o atual Estado americano de Califórnia. A 9 de Julho, forças navais americanas capturaram a cidade de Yerba Buena, e renomearam-na de São Francisco a 30 de Janeiro de 1847 (ver: São Francisco (Califórnia)).

Referências

  1. «FILM REVIEW; What? A Sign of the 'Z'? The Cunning Fox Is Back». The New York Times. 17 de julho de 1998. Consultado em 17 de fevereiro de 2018 
  2. «A marca do Zorro». Folha de S.Paulo. 9 de outubro de 1998. Consultado em 17 de fevereiro de 2018 
  3. «A Máscara do Zorro». AdoroCinema. Consultado em 30 de julho de 2021 
  4. Sexual or Erotic Films - A cena em que Elena (Catherine Zeta-Jones) é despida por Zorro, foi conhecida como uma das mais eróticas da década de 1990. (em inglês)
  5. Natale A. Zappia. The Interior World: Trading and Raiding in Native California, 1700--1863, ProQuest, 2008 ISBN 9780549655114
  6. Jay Robert Nash (1989). Encyclopedia of Western Lawmen & Outlaws. [S.l.]: Rowman & Littlefield. p. 133, 134, 238. ISBN 9781590775301 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.