Zorro, la espada y la rosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zorro, la espada y la rosa
Zorro: A Espada e a Rosa (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Humberto "Kiko" Olivieri
Baseado em Zorro: Começa a Lenda de Isabel Allende
País de origem  Colômbia
 Estados Unidos
Idioma original Espanhol
Produção
Elenco Christian Meier
Marlene Favela
Andrea López
Arturo Peniche
Harry Geithner
ver mais
Tema de abertura "Amor Gitano" (Beyoncé e Alejandro Fernández)
Exibição
Emissora de televisão original Estados Unidos Telemundo
Colômbia
Transmissão original Colômbia 12 de fevereiro de 2007-23 de julho de 2007
Brasil 28 de maio de 2007-8 de outubro de 2007
N.º de episódios Colômbia 112
Brasil 96 (Rede Record)
Brasil 15 (Rede NGT)

Zorro, la espada y la rosa (no Brasil: Zorro: A Espada e a Rosa) foi uma telenovela colombiana baseada no personagem Zorro de Johnston McCulley, produzida pema RTI Colombia e Sony Pictures Entertainment, para a Telemundo e Caracol TV e exibida em 2007.

O melodrama segue vagamente o romance Zorro: Começa a Lenda da escritora chilena Isabel Allende, mas também usa os personagens principais da série da Disney da década de 1950. Ele mostra uma fantástica versão de Los Angeles, cheia de romance, intriga real, e feitiçaria epoligamia. A cidade é preenchida com os ciganos, os escravos, os clérigos, canibais, conspiradores, índios rebeldes e guerreiros da Amazônia, junto com colonos espanhóis, soldados, piratas e camponeses mestiços.

Foi protagonizada por Christian Meier e Marlene Favela e antagonizada por Harry Geithner, Andrea López, Héctor Suárez Gomis e Arturo Peniche

Foi exibida no Brasil pela Rede Record de 28 de maio a 8 de outubro de 2007, às 17h, substituindo Alta estação e sendo substituída por Essas Mulheres[1].

Também foi exibida entre 2 a 20 de março de 2009, em versão compacta, às 00h e 4h da manhã, pela Rede NGT.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A telenovela se passa nos anos 1800, no México, na Espanha e na cidade de Nossa Senhora de Los Angeles no estado da Califórnia no México, como nos dias de antigamente. Na história, o cruel governador Fernando Sanchez de Moncada arranja o casamento de uma de suas filhas, Esmeralda, uma moça rebelde que sempre sonha com um amor verdadeiro.

Ela irá se casar com o inescrupuloso Ricardo Montero, comandante da Guarda de Los Angeles. Mas Esmeralda gosta mesmo é do charmoso Diego, o único filho de Alejandro de La Vega, um poderoso fazendeiro e general aposentado. Diego é tido por todos como covarde e irresponsável. Mas essa é apenas uma artimanha para esconder sua verdadeira personalidade: um justiceiro mascarado (Zorro) que usa sua espada em defesa dos mais fracos, capaz de arriscar seu grande segredo pelo amor de uma mulher. Esmeralda ainda tem outros inimigos, sua meia-irmã Mariángel, que é invejosa e capaz de tudo para fazer a irmã infeliz. Ela obriga Diego a se casar com ela sob o pretexto de ter manchado sua honra.

Nas tramas paralelas, a bondade de Renzo, cigano que ama Esmeralda platonicamente, o amor de Fernando, homem bruto e insensível, por María Pía, que se divide entre ele e a carreira de freira, a fidelidade de Bernardo, legítimo 'criado mudo' de Diego, o único que sabe de seu segredo, e as trapalhadas do louco Sargento Garcia.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «‘Zorro’: novela colombiana estréia na Record com dramalhão e amor proibido». Extra. 24 de maio de 2007. Consultado em 15 de fevereiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]