Roadrunner Records

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roadrunner Records
Parentesco Warner Music Group
Fundação 1980
Fundador(es) Cees Wessels
Distribuidor(es) WEA
Gênero(s) Heavy metal, hard rock, metal alternativo, metal extremo
País de origem Países Baixos Holanda
Página oficial http://roadrunnerrecords.com/

Roadrunner é uma gravadora holandesa que trabalha principalmente com bandas de heavy metal. O nome anterior da gravadora era Roadracer. A Roadrunner foi comprada pela gravadora Warner, sendo hoje uma subsidiária.

História[editar | editar código-fonte]

Grandes nomes do heavy metal internacional já passaram pela Roadrunner, como por exemplo as bandas brasileiras Ratos de Porão, Sepultura. Atualmente grandes bandas possuem um contrato com a gravadora, por exemplo: Gojira, Rush, Dream Theater, Nickelback, Papa Roach, Within Temptation, Soulfly, Cradle of Filth, Killswitch Engage, Slipknot, Trivium, Nightwish, Stone Sour, Korn, Theory of a Deadman, entre outros. A banda de Metal Industrial Mushroomhead também tinha contrato com a Roadrunner Records, mas, por razões desconhecidas, a banda cessou esse contrato.

No Brasil a Roadrunner tornou-se gravadora independente em 1995, passando a lançar artistas de rock, como o Sepultura e o Soulfly, e também artistas pop, como o Jeremy Jackson. Em 1999 formou uma parceria com a Jovem Pan 2 FM, que resultou em algumas coletâneas de dance/pop/rock, como, por exemplo, Jovem Pan - Rock 'n' pop, lançada em agosto de 1999, contando com artistas do cast da gravadora como Moby, The Prodigy, Blessed Union Of Souls, Toyshop, Underworld, Moloco, Stereophonics, Jon Anderson e Basement Jaxx. Nesta mesma época a gravadora licenciava no Brasil a Mute Records, importante gravadora indie inglesa. Em 2000 a Roadrunner foi absorvida pela Sum Records, tornando-se apenas um selo.

Álbum comemorativo[editar | editar código-fonte]

Em 2005 a gravadora Roadrunner lançou um álbum comemorativo chamado Roadrunner United. O álbum foi produzido para celebrar os vinte e cinco anos de aniversário da gravadora. Artistas que possuem contrato ou que possuiram no passado foram quem participaram da obra.

Depois de vender 73,5% de suas ações em 2007, a empresa foi adquirida em sua totalidade pela Warner Music, causando a demissão de funcionários de todos os departamentos da Roadrunner. De acordo com a Billboard, o fundador e CEO, Cees Weesel, deixará a empresa junto com outras 36 pessoas.[1]

Alguns artistas já davam a entender que isso poderia acontecer, como o Metallica, que está sem contrato com uma gravadora desde Death Magnetic, de 2008, e agora estuda possíveis estratégias para o lançamento de seu próximo trabalho.

Artistas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre gravadoras estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. «Roadrunner Records fecha escritórios». Omelete.uol.com.br. 2012-04-30. Consultado em 2012-05-01.