Bobo da corte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bobo da corte

Bobo da corte, bufão, bufo é o nome pelo qual era chamado o "funcionário" da monarquia encarregado de entreter o rei e rainha e fazê-los rir. Muitas vezes eram as únicas pessoas que podiam criticar o rei sem correr riscos, uma vez que sua função era fazê-lo rir, assim como os palhaços fazem nos dias atuais.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os bobos da corte iniciais eram populares no Egito Antigo e entretinham os faraós egípcios. A antigos romanos tinha uma tradição de bobos profissionais, chamados balatros.[1] Eles eram pagos por seus gracejos, e as mesas dos ricos geralmente eram abertas a eles por causa da diversão que eles proporcionavam. Bobos da corte eram populares entre os astecas nos séculos XIV e XVI.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bobo da corte
Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Hor. Sat. i. 2. 2. (cited by Allen)
  2. «Jester». Encyclopædia Britannica. Consultado em 7 de junho de 2012.