Botas de Sete Léguas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Pequeno Polegar usando as Botas de Sete Léguas

As Botas de Sete Léguas são um elemento do folclore europeu. As botas permitem a pessoa que as usa conseguir dar passos que atingem sete léguas cada um, o que resulta em uma grande velocidade. As botas são frequentemente apresentadas por um personagem mágico ao protagonista para ajudar na realização de uma tarefa importante.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O conceito das botas de sete léguas foi inicialmente popularizado pelos contos de Charles Perrault com o termo no francês "bottes de sept lieues".[1] Acreditava-se que a légua francesa (lieue), de aproximadamente 4,8 quilômetros, representava a distancia percorrida em uma hora por um homem comum. Se um homem tivesse que andar 7 horas por dia, ele andaria 7 léguas por dia, ou cerca de 33,6 quilômetros.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Botas de Sete Léguas