Câncer vaginal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cancro vaginal (pt) ou câncer vaginal (pt-BR) refere-se a qualquer tipo de cancro que se forma nos tecidos da vagina. O cancro vaginal não é muito comum. Ocorre maioritariamente em mulheres com mais de 50 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade. Quando detectado em estádios precoces pode ser curado.

Tipos de Cancro Vaginal[editar | editar código-fonte]

Em ordem de prevalência, devemos considerar:

  • Carcinoma epidermoide vaginal, com origem no epitélio escamoso que constitui a vagina. É o tipo mais comum de cancro da vagina.
  • Adenocarcinoma vaginal com origem nas células glandulares que pavimentam a vagina e produzem as secreções. Tem um maior risco de metastização à distância do que o carcinoma epidermoide. Geralmente encontra-se em mulheres mais novas (30 ou menos). É frequente numa pequena percentagem de mulheres cujas mães usaram dietilestilbestrol durante a gravidez para evitar o aborto espontâneo.
  • Os tumores de células germinativas (teratoma) ou tumores dos seis endodérmicos são raros. Assim como o Sarcoma botrióide, um tipo de rabdomiossarcoma, mais frequente nas crianças.

Sinais e Sintomas[editar | editar código-fonte]

O sinal mais comum é hemorragia vaginal que pode ser pos-coital, intermentrual (metrorragia), prepubertal ou pós-menopausa. Outros sintomas mais inespecíficos referem-se a disúria (dor ao urinar) ou dispareunia (dor durante o coito).