CD155

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

CD155 (acrônimo de cluster de diferenciação 155), também chamado de receptor poliovirusé uma proteína humana, codificada pelo gene PVR.[1][2]

Função[editar | editar código-fonte]

A CD155 é uma glicoproteína transmembranar  da superfamilia das imunoglobulinas [3] Denominado comumente como Receptor Poliovirus (PVR) devido a seu papel na infecção por poliovirus em primatas, embora sua função fisiológica seja relacionada Às junções aderentes de células epiteliais.[4] O papel da CD155 no sistema imunológico não é claro, embora pareça estar envolvidas na resposta humoral no intestino.[4]

O domínio extracelular medeia a adesão celular à vitronectina presente na matriz extracelular, enquanto seu domínio intracelular interage com a cadeia leve da dineína.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A CD155 é uma proteína transmembrana com 3 domínios extracelulares " Ig-like ", D1-D3, onde  D1 é aquele que se liga ao poliovirus.[5]

A estrutura em baixa resolução da CD155 complexada com o poliovirus pode ser obtida pelo microscópio eletrônico[5], enquanto a estrutura de alta resolução dos ectodomínios D1 e D2 pode ser por cristalografia de raios X.

Referências

  1. «Entrez Gene: poliovirus receptor». Consultado em 18 de julho de 2012 
  2. Koike, S.; H. Horie; I. Ise; A. Okitsu; M. Yoshida; N. Iizuka; K. Takeuchi; T. Takegami; A. Nomoto (Out 1990). «The poliovirus receptor protein is produced both as membrane-bound and secreted forms.». EMBO J. 9 (10): 3217-24. PMID 2170108 
  3. Cathy L. Mendelsohn; Eckard Wimmer, Vincent R. Racaniello (1989). «Cellular receptor for poliovirus: Molecular cloning, nucleotide sequence, and expression of a new member of the immunoglobulin superfamily». Cell. 56 (5): 855–865. doi:10.1016/0092-8674(89)90690-9 
  4. a b Michael K. Maier; Sebastian Seth, Niklas Czeloth, Quan Qiu, Inga Ravens, Elisabeth Kremmer (2007). «The adhesion receptor CD155 determines the magnitude of humoral immune responses against orally ingested antigens». European Journal of Immunology. 37 (8): 2214–2225. doi:10.1002/eji.200737072 
  5. a b P. Zhang; S. Mueller, M. C. Morais, C. M. Bator, V. D. Bowman, S. Hafenstein (2008). «Crystal structure of CD155 and electron microscopic studies of its complexes with polioviruses». Proceedings of the National Academy of Sciences. 105 (47): 18284–18289. doi:10.1073/pnas.0807848105