Calefação (processo físico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A calefação, nome popular para o Efeito de Leidenfrost, é a vaporização que ocorre quando um líquido entra em contato com uma superfície que se encontra a uma temperatura muito maior que a temperatura de ebulição do líquido (acima de 100ºC no caso da água).[1] Durante a calefação o líquido se divide em bolhas esferoides, que executam um movimento rápido e desordenado à medida que diminuem de volume.[2]

Leis da calefação[editar | editar código-fonte]

  • Primeira lei: Durante a calefação não ocorre o contato entre o líquido e a superfície aquecida. A ausência de contato é explicada pela rápida e intensa vaporização das gotas líquidas do lado mais próximo da chapa aquecida. O colchão de vapor que assim se forma impede o contato das gotículas com a superfície aquecida.
  • Segunda lei: A temperatura do líquido calefeito é inferior à sua temperatura de ebulição.

Referências

  1. Gonçalves, Dalton (1967). Física. 3. [S.l.]: Livro Técnico. p. 77 
  2. Walker, Jearl. «Boiling and the Leidenfrost effect» (PDF). Wiley 
Ícone de esboço Este artigo sobre Termodinâmica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ver também[editar | editar código-fonte]