Camarneira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Camarneira  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Bandeira de Camarneira
Bandeira
Brasão de armas de Camarneira
Brasão de armas
Localização em Cantanhede
Localização em Cantanhede
Camarneira está localizado em: Portugal Continental
Camarneira
Localização de Camarneira em Portugal Continental
Coordenadas 40° 25' 05" N 8° 35' 56" O
Concelho primitivo Cantanhede
Concelho (s) atual (is) Cantanhede
Freguesia (s) atual (is) Covões e Camarneira
Extinção 2013
Área
 - Total 8,47 km²
População (2011)
 - Total 824
    • Densidade 97,3 hab./km²

Camarneira foi uma freguesia portuguesa do concelho de Cantanhede, com 7,88 km² de área e 824 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 104,6 hab/km².

A povoação fica localizada no centro-norte do concelho e a sede dista oito quilómetros da cidade de Cantanhede. A freguesia era composta por nove lugares: Camarneira, Carvalheira, Lontro, Areia da Camarneira, Quinta da Camarneira, Quinta do Cedro, Quinta da Alegria, Campanas e Fonte Errada.[1] O orago e Nossa Senhora dos Milagres.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Camarneira [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
870 824

Evolução da  População  (1864 / 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011)

Criada pela Lei nº 51-B/93, de 09 de Julho, com lugares desamexados da freguesia de Covões

História[editar | editar código-fonte]

A freguesia foi criada em 9 de julho de 1993, por desanexação da vizinha freguesia dos Covões e foi anexada em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Covões, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Covões e Camarneira com a sede em Covões.[3]

A agricultura e o pequeno comércio são as principais fontes de rendimento da população. Outrora realizava-se uma importante feira quinzenal, conhecida por “Feira dos Bois”. Com a entrada na União Europeia e mudanças na economia, a feira deixou de ter relevância comercial, contudo a localidade registou uma época de desenvolvimento. Em meados do século vinte verificou-se um crescimento de associações desportivas e culturais. Foi então que se fundou-se a União Camarneirense, o primeiro clube da localidade. Deste se fizeram dois grupos subsidiários,o recreativo e o cénico.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Paroquial de Nossa Senhora dos Milagres (matriz)
  • Cruzeiro da Camarneira
  • Monumento ao Emigrante (Camarneira)
  • Capela de Nª Srª Boa Viagem (Campanas)
  • Capela de Nª Srª da Boa Sorte (Quinta do Cedro)
  • Capela de Nª Srª dos Milagres (Carmarneira)
  • Capela da Rainha Santa Isabel (Carvalheira)

Referências

  1. «Camarneira». CM Cantanhede. Consultado em 15 de Outubro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.