Camilópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Vila Camilópolis é um bairro do subdistrito de Utinga em Santo André estado de São Paulo.

Esplendor[editar | editar código-fonte]

Vila Esplendor era o nome original do bairro, que começou a se formar entre as décadas de 1920 e 1930, no entanto, foi chamado durante muitos anos de “Vila sem reboco”, devido ao grande número de casas nesta condição.

Os compradores dos primeiros lotes eram basicamente migrantes do interior do estado de São Paulo que vinham em busca de empregos nas inúmeras fábricas da região, atraidos principalmente pelos preços acessíveis dos lotes. Esperando a industrialização maciça da região, os organizadores dos loteamentos reservaram extensas áreas numa faixa entre a margem do rio tamanduateí e os bairros de Utinga e Vila Metalúrgica, áreas que até a primeira década do sec XXI, passados mais de 80 anos, ainda esperam pacientemente um industrial disposto a nelas investir. As fábricas de todo o ABC mantiveram grande parte da população do bairro empregada até meados da década de 1990, quando iniciou-se a transição dos empregos da industria para a área de serviços.

Camilo Peduti e São Camilo de Lellis[editar | editar código-fonte]

Camilo Peduti doou os terrenos da parte mais alta do bairro para a construção da igreja em homenagem a São Camilo de Lellis.

Bairros limítrofes[editar | editar código-fonte]

A Vila Camilópolis localiza-se no 2° Subdistrito de Santo André, limitando-se com o município de São Paulo ao norte, a Vila Metalúrgica a oeste, Parque das Nações e Santa Terezinha ao sul, Jardim Santo Antônio e Jardim Utinga a leste.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A principal via da Vila Camilópolis é a Rua Leonilda, importante ponto comercial da região. O bairro possui escolas públicas como a EE Pe. Aristides Greve, EE Prof. Gabriel Gonçalves e EE Dr. Carlos Garcia, particulares como o Colégio Clóvis Bevilacqua (surgido em 1951), supermercados, agência dos Correios, escola de idiomas, bancos e distritos policiais.

Transporte Público[editar | editar código-fonte]

O bairro é servido por várias linhas de ônibus municipais e intermunicipais. São elas:

Municipais

  • I-05 Jardim Vila Rica - Estação Utinga
  • I-06 Jardim Bom Pastor - Estação Utinga
  • I-08 Jardim Maravilhas - Hosp. Mário Covas
  • U-22 Parque Capuava - Estação Utinga
  • T-24 Terminal SA Leste - Estação Utinga
  • U-26 Parque Capuava - Estação Utinga

Intermunicipais

  • 043 SÃO CAETANO DO SUL (TERMINAL RODOVIÁRIO NICOLAU DELIC) / SANTO ANDRÉ (CATA PRETA)
  • 043 BI1 SÃO CAETANO DO SUL (TERMINAL RODOVIÁRIO NICOLAU DELIC) / SANTO ANDRÉ (REPRESA)
  • 066 SANTO ANDRÉ (JARDIM LAS VEGAS) / SÃO PAULO (TERMINAL SACOMÃ)
  • 087 SANTO ANDRÉ (TERMINAL METROPOLITANO SANTO ANDRÉ-LESTE) / SÃO PAULO (ESTAÇÃO GUAIANAZES)
  • 172 SANTO ANDRÉ (CIDADE SAO JORGE) / SÃO PAULO (PARQUE DOM PEDRO II)
  • 194 SÃO CAETANO DO SUL (TERMINAL RODOVIÁRIO NICOLAU DELIC) / SANTO ANDRÉ (GUARARÁ)
  • 262 SANTO ANDRÉ (TERMINAL METROPOLITANO SANTO ANDRÉ-LESTE) / SÃO PAULO (METRÔ ARTUR ALVIM)