Canal de sódio epitelial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Figura esquemática de um canal de sódio epitelial

O canal de sódio epitelial é uma canal iónico ligado à membrana celular que é permeável a iões Li+, protões e especialmente iões Na+. É um canal iónico constitutivamente activo. Pensa-se que seja o canal mais selectivo.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O canal é composto por três subunidades diferentes: α, β, γ.[1] A estequiometria destas subunidades ainda está para ser verificada, mas é provável que seja uma proteína heterotrimérica[2] Cada uma das subunidades é composta por duas hélices transmembranares e um laço extracelular. Os terminais carboxi e amino de todos os polipéptidos estão localizados no citosol.

Localização e função[editar | editar código-fonte]

O canal está localizado na membrana apical de células epiteliais polarizadas, particularmente no rim, no pulmão e no cólon. Está envolvido no transporte iónico transepitelial de Na+, que é conseguido conjuntamente com a Na+/K+-ATPase.

Genes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Loffing J, Schild L (2005). «Functional domains of the epithelial sodium channel». J. Am. Soc. Nephrol. [S.l.: s.n.] 16 (11): 3175–81. doi:10.1681/ASN.2005050456. PMID 16192417.  Parâmetro desconhecido |month= ignorado (|data=) (Ajuda)
  2. Jasti J, Furukawa H, Gonzales EB, Gouaux E (2007). «Structure of acid-sensing ion channel 1 at 1.9 Å resolution and low pH». Nature [S.l.: s.n.] 449: 316–322. doi:10.1038/nature06163. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]