Carmelo Arden Quin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carmelo Arden Quin
Nome completo Carmelo Heriberto Alves
Nascimento 16 de março de 1913
Rivera, Uruguai
Morte 27 de setembro de 2010 (97 anos)
Savigny-sur-Orge, França
Nacionalidade Uruguai Uruguaio
Ocupação Escultor, Pintor

Carmelo Arden Quin (Rivera, 16 de março de 1913[1]27 de setembro de 2010) foi um artista plástico Uruguaio. Foi um dos fundadores do movimento MADI.[2] Nascido em Rivera, mudou-se para Buenos Aires nos anos 40, tendo morado também no Brasil. Morou também durante alguns anos em Paris.[2]

Seu estilo artístico é marcado por seus contrastes entre cores e por formas geométricas, sendo predominatnes as formas irregulares. Sua primeira obra, “Naturel Morte Cubiste” or “Cubist Still Life”, foi criada em 1934. Aos 21 anos, conheceu seu mentor, o escultor uruguaio Joaquín Torres García, que era diretamente influenciado por Piet Mondrian e Michael Seufor.

Morreu, aos 97 anos, em sua casa em Savigny-sur-Orge, Paris.[2]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sapollnik, Julio, Editor. (2009). MADI Internacional - Catálogo. [S.l.]: Buenos Aires: Galería Laura Haber 
  • Santana, Raul, y otros (2008). Carmelo Arden Quin - Catálogo. [S.l.]: Buenos Aires: Galería Laura Haber 
  • López Anaya, Jorge (2003). Ritos de fin de siglo. [S.l.]: Buenos Aires: Ediciones Emecé. ISBN 950-04-2452-5 
  • Gradowczyk, Mario H. (2006). Arte Abstracto. [S.l.]: Buenos Aires: UNTREF. ISBN 987-1172-14-1 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.