Castigo restritivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um castigo restritivo é um castigo que restringe a realização ou execução de algo que a criança gosta. São exemplos tradicionais de castigos restritivos na escola: não ir ao intervalo, não participar numa festa ou não ir a uma visita de estudo. Em casa: não ver televisão, não jogar no computador, não ouvir música ou não sair de casa, (para ir ter com os amigos, por exemplo), não ir à biblioteca, não acessar a Internet, não jogar futebol, não viajar, não passear, etc.[1]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.