Cautio Criminalis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Friedrich von Spee: Cautio Criminalis, Rinteln 1631

Cautio Criminalis ("Precaução para os promotores", em latim) é a principal obra do jesuíta alemão Friedrich von Spee. Escrita em latim, é uma acusação contra os julgamentos por bruxaria, baseada nas suas próprias experiências, provavelmente na Vestfália. O livro foi impresso em 1631 em Rinteln sem a permissão ou o nome de Spee. O Cautio Criminalis provocou a abolição da queima de bruxos em alguns lugares, como a Mogúncia, e indicou o caminho para o gradual abandono da prática.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.