Centrómero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O centrômero (português brasileiro) ou centrómero (português europeu) é a região mais condensada do cromossomo, normalmente no meio deste, onde as cromátides-irmãs entram em contato. Pode ser categorizado como parte da heterocromatina, visto corresponder a uma região de DNA inactiva — ou seja, os genes não têm actividade e não se expressam (não são replicados, traduzidos, etc.). Está envolvido na divisão celular mediante o fuso mitótico.

O centrômero recebe denominações diferentes dependendo da sua posição nos cromossomos:

  • metacêntrico - quando o centrômero está localizado exatamente no meio do cromossomo;
  • submetacêntrico - quando ele está "um pouco" afastado do centro (e, em cada cromátide, os braços têm tamanhos diferentes);
  • acrocêntrico - quando o centrômero está mais próximo das extremidades do que do centro (mas não nas extremidades de uma cromátide). Os cromossomas acrocênticos humanos são: 13, 14, 15, 21 e 22.
  • telocêntrico - quando ele está numa das extremidades do cromossomo.
  • acêntrico- quando ele esta numa das extremidades e não possui mais genes acima deles sendo portando a extremidade final do cromossomo
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.