Cerco de Riazã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cerco de Riazã
Invasão Mongol da Rússia
Rejection Tatars Peace.jpeg
O príncipe do Ryazã rejeita a exigência de tributo dos mongóis.
Data 1237
Local Riazã
Desfecho Vitória mongol
Beligerantes
Império Mongol Principado da Resânia
Comandantes
Batu Cã Jorge da Resânia e Jorge II

O Cerco de Riazã[1] de 1237 terminou na captura da cidade pelas tropas de Batu Cã.[2]

Prelúdio[editar | editar código-fonte]

No outono de 1237, a Horda Mongol liderada por Batu Khan invadiu o principado de Ryazã. O Príncipe de Ryazã, Yuriy Igorevich, pediu ajuda a Yuriy Vsevolodovich, o príncipe de Vladimir, mas não a recebeu.[3]

Siege[editar | editar código-fonte]

Os mongóis derrotaram a vanguarda do exército Ryazã no rio Voronezh[3] e em 16 de dezembro 1237[4] sitiaram a capital do principado (este local agora é conhecido como Velho Ryazã, Staraya Ryazan, e está situado a cerca de 50 km da moderna cidade de Ryazã).[5] Os habitantes da cidade repeliram os primeiros ataques mongóis. Os mongóis então usaram catapultas para destruir as fortificações da cidade. Em 21 de dezembro, as tropas de Batu Cã invadiram as muralhas, saquearam Ryazã, mataram o príncipe Yuriy e sua esposa, executaram quase todos os habitantes da cidade e incendiaram a cidade. "Mas Deus salvou o Bispo, pois ele partiu no mesmo momento em que as tropas invadiram a cidade".[6]

Vítimas[editar | editar código-fonte]

A população de Ryazã no século XIII é difícil de estimar. Escavações arqueológicas no local da Velha Ryazã em 1915 e 1979 descobriram 97 cabeças decepadas no local da antiga igreja e 143 corpos em várias valas comuns, todas as quais sofreram mortes violentas durante o saque da cidade.[7]

Referências

  1. EBM 1967, p. 245.
  2. Atwood 2004, p. 212.
  3. a b Basil Dmytryshyn,Medieval Russia: A source book, 850-1700, 146.
  4. "Новгородская летопись". krotov.info.
  5. Basil Dmytryshyn, Medieval Russia:A source book, 850-1700, (Academic International Press, 2000), 147.
  6. Michell, Robert; Shakhmaton, A. A.; Forbes, Nevill; Beazley, C. Raymond (Charles Raymond) (1914). The chronicle of Novgorod, 1016-1471. University of California Libraries. London, Offices of the society.
  7. Petrovič, Darkevič, Vladislav; Петрович, Даркевич, Владислав (1993). Putešestvie v drevnûû Râzanʹ zapiski arheologa. Râzanʹ: Novoe vremâ. ISBN 5854320088. OCLC 489730332.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Atwood, Christopher P. (2004). Encyclopedia of Mongolia and the Mongol Empire. Nova Iorque: Facts On File, Inc. 
  • Enciclopédia Brasileira Mérito [EBM] Vol. XX. Rio de Janeiro e São Paulo: Mérito S. A. 1967