Chamada e resposta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Chamada e resposta é uma forma de "interação espontânea verbal e não verbal entre falante e ouvinte em que todas as declarações de ("chamadas") são pontuadas por expressões ("respostas") a partir do ouvinte", como declarou Smitherman.[1]

Nas culturas africanas, chamada e resposta é um padrão generalizado de participação democrática — em encontros públicos, na discussão dos assuntos cívicos, em rituais religiosos, bem como na expressão músical vocal e instrumental (ver chamada e resposta na música).

É esta tradição que o bondsmen africano e as mulheres têm transmitido ao longo dos anos em diversas formas de expressão - na observância religiosa; ajuntamentos públicos; até mesmo rimas das crianças, e, mais notavelmente, em música black nas suas múltiplas formas: gospel, blues, ritmos e blues, jazz e Jazz extensões, e Hip-hop.[carece de fontes?]


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.