Chinchonismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fórmula molecular da quinina. Quinino é um sulfato de quinina.

O chinchonismo acontece pela intoxicação por quinina que é uma síndrome muito parecida com o salicilismo[1] que se produz pela intoxicação por aspirina. A quinina se extrai da árvore Chinchona, daí o nome da doença.

Causa[editar | editar código-fonte]

A quinina é um alcaloide antipirético natural cristalino formando um pó branco, sem cheiro e de sabor amargo. É utilizada no tratamento de malária e arritmia cardíaca. Também é utilizada como flavorizante da água tônica e por sua fluorescência.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

A síndrome do chinchonismo se caracteriza por causar:

  • Deficiência visual
  • Deficiência auditiva
  • Deficiência gastrointestinal
  • Deficiência sanguínea e
  • Protuberâncias na cabeça do paciente.

Em especial, a sintomatologia desta doença causa[2]:

A quinina é contra-indicada em casos de bradiarritmias e depressão do sistema nervoso central (SNC) e o seu ataque no SNC é a origem desta doença, caracterizando-a como uma doença do Sistema Nervoso Central.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [Dicionário médico http://www.xn--dicionriomdico-0gb6k.com/salicilismo.html]
  2. Pimentel, Lúcio Figueira. "Preparação e caracterização de miroesferas de copolímero de ácido lático e glicólico (PLGA) contendo sulfato de quinina", capítulo 2.2.4 Toxicologia da Quinina, Recife, 2004. http://www.bdtd.ufpe.br/tedeSimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3487
Ícone de esboço Este artigo sobre medicina é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.