Cinesiologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A cinesiologia (do grego antigo κίνησις, translit. kínēsis, 'movimento'; e λόγος, translit. logos, 'palavra, discurso') é a ciência que tem como objetivo a análise dos movimentos. De forma mais específica, estuda os movimentos do corpo humano.

Os profissionais de educação física, reabilitação psicomotora, terapia ocupacional, fisioterapia e massoterapeutas estudam a cinesiologia para entender os músculos e ligamentos e como estes se movimentam.

A finalidade da cinesiologia é compreender as forças que atuam sobre um objeto ou sobre o corpo humano e manipular estas forças em procedimentos de tratamento tais que o desempenho humano possa ser melhorado e que uma lesão adicional possa ser prevenida.

Embora os humanos(seres viventes) tenham sempre sido capazes de ver e sentir as suas posturas e movimentos, as forças que afetam os movimentos (gravidade, tensão muscular, resistência externa e atrito) nunca são vistas e raramente são sentidas. Conhecer onde essas forças atuam, em relação a posições e movimentos do corpo no espaço, é fundamental para a capacidade de produzir o movimento humano e modificá-lo.

Para além da Cinesiologia enquanto ciência que estuda o movimento, existe também a Cinesiologia enquanto prática terapêutica. Esta técnica, surgiu no Estados Unidos da América, nos anos 60, com médico quiroprata Dr. Goodheart[1]. O Dr. Goodheart desenvolveu a Kinesiologia Aplicada, enquanto terapia holística e a partir daí, inúmeras técnicas foram desenvolvidas pelos seus colegas e sucessores, tais como: "Kinesiologia Holística" (desenvolvida pelo belga Dr. Raphael Van Assche), "Toque para a Saúde[2]" (desenvolvida pelo Dr. John Thie), " Kinesiologia Avançada", entre outras...

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Cinesiologia Aplicada». Wikipédia, a enciclopédia livre. 5 de março de 2021. Consultado em 17 de maio de 2021 
  2. «TOQUE PARA A SAÚDE - "Touch for Health"». toqueparasaude.blogs.sapo.pt. Consultado em 17 de maio de 2021