Colorimetria capilar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Colorimetria Capilar é o estudo das cores naturais dos cabelos, bem como todas as modificações que podem ser feitas a partir do uso de cosméticos. Atualmente, no mercado da cosmética capilar, há colorações e descolorantes, que permitem realizar tais procedimentos. Além disso, ela busca a harmonia da combinação de cores da tríade: pele, cabelo e olhos.

O que é Colorimetria Capilar?[editar | editar código-fonte]

A Colorimetria é uma ciência que estudo em diversas áreas para determinar cores a partir de avaliação de matiz, intensidade e saturação. Para aplicá-la, é necessário o conhecimento aprofundado dos tipos de cores e de como elas se comportam em relação às outras. Quando utilizada para a aplicação nos cabelos, essa ciência é conhecida como Colorimetria Capilar, e serve de base para que o profissional cabeleireiro atinja a coloração adequada nas madeixas dos seus clientes.

Partindo desse pressuposto isso leva você entender que é a matéria mais importante que um cabeleireiro precisa ter para ser o melhor profissional na transformação de Cores de cabelo através da coloração.

Mas vou deixar resumido aqui caso você queira se aprofundar mais vou deixar um artigo completo sobre o que é colorimetria capilar Basta Clicar no link aqui.

As Cores na Colorimetria capilar[editar | editar código-fonte]

Há quem diga que as perguntas mais simples, às vezes, exigem as respostas mais complexas. Para entender o fenômeno da cor, diversos estudiosos passaram por essa pergunta e elaboraram cálculos e experimentos.

Mas basicamente cor é o reflexo da luz branca pois nessa mesma luz tem todas as cores, se observamos um prisma um feixe de luz vamos identificar todas as cores, então se conclui que a cor é um percepção que cada pessoa tem.

Uma Certa vez atendendo uma cliente que era engenheira Nuclear ela me disse que foi fazer um curso sobre cores e nesse curso os cientistas descobriram que a mulher enxergar 700 cores a mais que o homem então isso explica por que para nós homens é azul escuro, mas para mulherada é azul royal, azul marinho, azul  Cobalto etc.

Um coisa é certa você precisa entender tudo sobre cores e dominar esse assunto para ser o melhor Colorimetrista, Para se aprofundar mais nesse assunto também tem uma super artigo preparei com o maior carinho Clique aqui para ler.

A estrela de Oswald na Colorimetria Capilar[editar | editar código-fonte]

Eis aqui um dos instrumentos principais no entendimento e realização das colorações. Conhecemos a Estrela Colorimetria do trabalho do físico e químico Friedrich Wilhelm Ostwald (1853-1932), nascido na Letônia.

Para entender a Estrela de Oswald é preciso analisar as cores que compõem cada ponta da Estrela. A Estrela de Oswald é composta de muitas cores, mas as principais são as 3 conhecidas como Cores Primárias, são elas: vermelho, amarelo e azul. Essas Cores são também chamadas de cores puras, pois não são obtidas por meio de misturas.

Pela mistura das Cores Primárias formam-se as Cores Secundárias. Observe as misturas e depois encontre-as na Estrela. As Cores Primárias e Secundárias estão nas pontas maiores da Estrela.

As Cores Terciárias são formadas pela mistura de uma Cor Primária e uma Secundária. É aqui que o cabeleireiro colorista deve ter atenção especial, pois as

cores indesejadas reveladas no processo de descoloração estão descritas entre as Cores Terciárias da Estrela de Ostwald. Observe a Estrela. As pontas menores são as Cores Terciárias.

Mas aqui é apenas um resumo para que você entenda por onde você deve passar para se aprofundar mais vou deixar aqui um link para o artigo completo da estrela de oswald, Acesse clicando aqui.

Esse texto foi retirado do site[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
  1. «Colorimetria - Curso de Colorimetria». Curso de Colorimetria. Consultado em 16 de fevereiro de 2017