Colportagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Colportagem é a distribuição de publicações, livros e panfletos religiosos por pessoas chamadas "colportores". O termo não se refere necessariamente a livros religiosos. Na França, colportor tinha originalmente o sentido de mascate, ou seja, vendedor que transportava suas mercadorias.[1][2]

O termo colportor é de origem francesa e é uma combinação da palavra colo (pescoço) com a palavra “portare”, “carregar", tendo o sentido resultante de "carregar no pescoço".

Nos primeiros tempos da divulgação do cristianismo não católico no Brasil, os colportores eram considerados verdadeiros heróis pelas dificuldades que enfrentavam e pela persistência do seu trabalho[3].

Referências

  1. Fontaine, Laurence. Histoire du colportage, xve-xixe siècles, éditions Albin Michel, Paris, 1993, p. 59.
  2. Matos, Alderi Souza de. Colportores: Heróis Esquecidos da Obra Missionária no Brasi. http://www.mackenzie.br/7167.html (30 Mar 2015).
  3. O Puritano, Ano II, número 75, Rio de Janeiro, 8 novembro 1900, p. 3. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=W00024&PagFis=283 Acesso em11/01/2016