Costa del Este

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Panorama urbano ou Skyline de Costa del Este.

Costa del Este é uma importante zona de desenvolvimento imobiliário na Cidade do Panamá que encontra-se localizada entre os Corregimentos de Parque Lefevre e Juan Díaz. Foi desenhada com estandartes de primeiro mundo, cabeamento completamente soterrado, urbanizações de acesso restringido, planta independente para processamento de águas residuais, etc.

O Projeto de Costa del Este foi apresentado a luz pública em 1995, desde esse então tem-se convertido em uma das zonas com maior desenvolvimento imobiliário da Cidade de Panamá. Estes 310 hectares é uma zona que se tem convertido em um importante e exclusivo lugar da cidade, donde os edifícios que se estão construindo são de grande altura.

Está atravessada por elo Corredor Sul, conectada à cidade por uma ponte marinha de dois quilômetros de extensão, o que a comunica em poucos minutos com o centro da cidade e o Aeroporto Internacional Tocumen. Conta com grandes calçadas, parques, lugares recreativos, uma praça central enorme, sítios de descanso e um calçadão de quase 4 quilômetros de largo, semelhante a uma Avenida Balboa.

Uma de suas seções, onde se encontra o Parque Industrial era conhecida como o "Vertedouro de Panamá Velho", pois trata-se de uma porção de terreno artificial criada com o depósito do material que foi extraído para a construção do canal do Panamá, durante anos esta grande extensão do terreno esteve descuidada, pero recentemente se ha convertido na Área Industrial (Utilizada para Centros de Distribuição de Mercadoria). O resto das seções, eram manguezaies e selva virgem, donde se construyen las más modernas edificações de esta ciudad.[1] Para poder habilitar as terras de manguezais, se verteram milhões de toneladas de terra e rochas, a maioria provenientes de uma colina próxima a área de Villa Guadalupe, a qual foi eliminada completamente.

Em termos de valorização de projetos residenciais, é a segunda zona mais valorizada, atrás apenas da Avenida Balboa.[2]

Dados[editar | editar código-fonte]

Primeras edificações de Costa del Este.
Altos arranha-céus construídos frente ao mar.
  • Costa del Este esta subdividido em 11 zonas distintas:
    • Costa del Este
    • O Parque Comercial
    • A Área Comercial Adicional de alta densidade
    • O Parque de Escritórios
    • A Área residencial de Alta Densidade
    • O Parque Felipe E. Motta
    • O centro de cidade
    • A Praça Central
    • Áreas Residenciais de Baixa Densidade
    • Áreas de uso misto
    • Áreas de serviços públicos.
  • Ao Norte, limita com o Corredor Sul, Campo Lindbergh, área do Ginásio Novo Panamá e o Hipódromo. Ao Sul, limita com a Baía do Panamá. Al Este limita com os manguezais de Juan Díaz e Llano Bonito; e ao Oeste com Panamá Velho, Urbanização da Fontana e San Gerardo Mayela.
  • A Área Residencial de Baixa Densidade se encontra em 3 seções:
Na Avenida das Costas (Costa Azul, Costa Bay, Costa das Pérolas, Costa Dourada, Costa Serena e Costa Bela)
A Maçã da Antiga e Palmeiras do Leste.
Seção Este, Magnólias, Balmoral, Toscana do Leste.
  • Conectada a cidade por uma ponte marinha de dois quilômetros de comprimento.
  • Sua avenida principal, foi batizada com o nome de Centenário, em homenagem a celebração dos 100 anos da República do Panamá.
  • Até a data se tem invertido más de 400 milhões de dólares.
  • Até o momento se tem construído um pouco mais de 900 casas residenciais.
  • Entre os restaurantes da comunidade se encontram:
Cafeteria Delirys (Supermercado Riba-Smith),
Papa John's Pizza
Pizzaria del Este
A Imaculada
Il Grillo
Rock Burger
Tambureli
Subway
La Vitrola
Baskin-Robbins
Le Grand Petit-Gourmet
Arranha-céus de Costa del Este, finais de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. listin (ed.). «Panamá está em um "boom" de edifícios en construção». Consultado em 4 de março de 2009. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2009 
  2. capital.com.pa (ed.). «A Avenida Balboa, a mais cara do país». Consultado em 13 de abril de 2010 [ligação inativa]