Council on Foreign Relations

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Council on Foreign Relations (CFR), fundado em 1921, é um think tank sediado em Nova Iorque, EUA, com escritório em Washington, D.C. Voltada para a política externa e assuntos internacionais. Segundo seus representantes, trata-se de uma entidade dedicada a aumentar a compreensão norte-americana sobre o mundo e contribuir com idéias para a política internacional dos EUA. Um dos seus pesquisadores, Elliott Abrams, foi nomeado pelo Presidente Donald Trump como representante especial para a Venezuela.[1][2]

A entidade é responsável pela edição do periódico Foreign Affairs.

Atualmente é presidido por Richard N. Haass.

Surgiu da experiência dos pouco mais de vinte pesquisadores do The Inquiry, grupo formado por aproximadamente 150 pessoas em setembro de 1917 pelos assessores próximos do Presidente Woodrow Wilson para assessorá-lo na Conferência de Paz de Paris ao término da Primeira Guerra Mundial.[3]

A entidade teria tido como membros fundadores magnatas como:[4]

Referências

  1. «Elliott Abrams». Council on Foreign Relations. Consultado em 8 de julho de 2020 
  2. «EUA nomeiam emissário para 'restaurar a democracia' na Venezuela». Estado de Minas. 25 de janeiro de 2019. Consultado em 8 de julho de 2020 
  3. «Continuing the inquiry: the Council on Foreign Relations from 1921 to 1996» (PDF). Council on Foreign Relations. Consultado em 8 de julho de 2020 
  4. The Council on Foreign Relations (CFR) and The New World Order