Dárico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um dárico, do IV século BC.

O Dárico era uma moeda de ouro com cerca de 8,4 gramas[1][2] comum no Império Aquemênida, desde a sua introdução pelo rei Dario I, a qual lhe deu o nome de si mesmo.

O ouro usado nas moedas era de alta qualidade com uma pureza de 95,83%[3] Ela tinha a imagem do rei persa armado com um arco e flecha. A sua utilização terminou com a invasão do império por Alexandre, o Grande em 330 aC. As moedas foram derretidas e o ouro utilizado para a cunhagem de novas moedas. Esta é possivelmente a principal razão pela sua raridade, apesar de seu uso difundido na época.[3]

Referências

  1. H. James Birx (13 de janeiro de 2009). Encyclopedia of Time: Science, Philosophy, Theology, & Culture. [S.l.]: Sage Publications. pp. 202–. ISBN 978-1-4129-4164-8 
  2. Pierre Briant (2002). From Cyrus to Alexander: A History of the Persian Empire. [S.l.]: Eisenbrauns. pp. 409–. ISBN 978-1-57506-120-7 
  3. a b Charles Anthon, L.L.D. (1841). A Classical Dictionary. New York: Harper & Brothers 

Bibliografía[editar | editar código-fonte]

  • Alram, M: "Daric", na Encyclopaedia Iranica.
  • Shahbazi, A. Sh.: "Darius I", na Encyclopaedia Iranica.


Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.