Dashain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dashain é um festival religioso nacional do Nepal que ocorre durante 15 dias.[1]

É o festival mais longo e mais auspicioso do calendário anual do Nepal, sendo celebrado pelos nepaleses de todas as castas sem importar o país no qual se encontrem.[2][3]

O festival ocorre entre setembro–outubro, começando no quarto crescente e finalizando no dia da lua cheia. O Dashain também é denominado Bada Dasain, Dashera e Vijaya Dashami.[4][5]

Ao longo do país a deusa Durga é adorada em todas as suas manifestações com pujas, múltiplas oferendas e milhares de sacrifícios de animais para o ritual do banho sagrado, empapando em sangue a deusa durante muitos dias.[4]

Este festival é conhecido por sua ênfase nos encontros familiares, assim como por renovar os vínculos da comunidade. Muitas pessoas viajam ao Nepal para celebrar o festival junto com seus entes queridos. Todos os escritórios governamentais, instituições educativas e outros escritórios permanecem fechados durante o festival.[3][4]

Significado[editar | editar código-fonte]

O Dashain comemora as vitórias do deus e das deusas sobre os demônios. Uma das razões de sua celebração é porque durante esta época o Senhor Ram matou Ravana. o rei dos demônios. Acha-se que o senhor Ram só foi capaz de ganhar a batalha porque contou com a bênção da deusa Durga.[4][6]

No entanto a celebração principal simboliza a vitória do bem sobre o mau. Mahishasura, um demônio, tinha imposto o terror em dev-lok (o mundo dos deuses). Todos os deuses e santos oravam ao Adi-Shakti para que matasse a Mahishasura, mas nada sucedia, a deusa Durga finalmente emergiu e massacrou o demônio salvando assim a todos do terror.[7][8][9][6]

Os primeiros nove dias do Dashain simbolizam a batalha que se desenvolveu entre as diferentes manifestações da deusa Durga e o demônio Mahishasura. No décimo dia é o dia em que finalmente Durga derrota a Mahishasura. A deusa Durga é aclamada em todo o país como a deusa mãe divina.[4]

Durante o festival as pessoas rendem culto às diversas formas da deusa suprema, Durga. O festival é importante já que recorda a todos os princípios universais da verdade, justiça e virtude que devem prevalecer sobre o engano, a injustiça e a maldade.[10][11] Acha-se que, se ela for adorada na forma adequada e consagrada então ter-se-á boa sorte. No entanto, se a deusa enoja-se por causa da falta de atenção então acha-se que ter-se-á má-sorte.

Dashain é o festival mais importante dos indianos. Os seguidores do culto Shakta consideram-no o dia em que o demônio Mahishasur foi vencido pela deusa Durga. Para os indianos que não são Shakta, o festival simboliza a vitória de Ramo sobre Ravana, as personagens de Ramayana uma história épica. Os budistas recordam este dia como sendo aquele em que o Imperador Ashoka do subcontinente Índio abandonou a violência e começou a transitar a senda do budismo.[6]

No vale de Katmandú, no povo Newar, o festival é denominado "Mohanee", com algumas leves diferenças em seus rituais e significado, o que faz ser confundido com frequência com o Dashain.[6]

Referências

  1. «Happy Dashain». The Himalayan Times (em inglês). 21 de setembro de 2017 
  2. «Festivals of Nepal: Dashain» 
  3. a b «Dashain Festival 2018 and 2019 — Public Holidays Nepal». Public Holidays Asia (em inglês) 
  4. a b c d e Network, VisitNepal.com - Travel Information. «Dashain Festival in Nepal and Information how it is celebrated - VisitNepal.com». www.visitnepal.com. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  5. «Dashain - We All Nepali». www.weallnepali.com. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  6. a b c d «Dasain o Dashain en Viaje por Nepal». www.viajepornepal.com. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  7. «The Slayer Of Mahishasura» 
  8. «major festivals of nepal» 
  9. «Mahishasur Mardini» 
  10. «Nepal celebra el Dashain con el tika para dar fuerza a los más jóvenes». www.efe.com (em espanhol) 
  11. «Vivir el Dashain - Nepal Sonríe». Nepal Sonríe (em espanhol)