Demersal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Chamam-se demersais[1] os peixes que, apesar de terem capacidade de natação activa, vivem a maior parte do tempo no fundo do mar, em associação com o substrato, quer em fundos arenosos, como os linguados, quer em fundos rochosos, como as garoupas.[2]

Muitas espécies demersais têm hábitos territoriais e defendem o seu território activamente – um exemplo são as moreias, peixes que se comportam como verdadeiras serpentes aquáticas, atacando qualquer animal que se aproxime do seu esconderijo.

Os seres demersais podem ser bentónicos, que dependem no fundo do mar (ou de um lago), ou bentopelágicos que dividem a sua vida entre o fundo do mar e a coluna de água.[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O substantivo e adjectivo «demersal» deriva do termo «demerso»[4], que por seu turno advém do étimo latino demersus, que se trata do particípio passado do verbo demergo[5] que significa «afundar ou submergir».

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Infopédia. «demersal | Definição ou significado de demersal no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 30 de setembro de 2021 
  2. Russell (10 de maio de 2019). «Difference Between Pelagic and Demersal Fish (Pelagic & Demersal Zone)». Scuba Diving Earth (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  3. «A comunidade demersal dos Açores». A Pesca nos Açores. Consultado em 31 de maio de 2021 
  4. S.A, Priberam Informática. «demersal». Dicionário Priberam. Consultado em 30 de setembro de 2021 
  5. «ONLINE LATIN DICTIONARY - Latin - English». www.online-latin-dictionary.com. Consultado em 30 de setembro de 2021