Detrito orgânico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Detritos orgânicos ou resíduos orgânicos são sobras de animais ou vegetais (origem biológica) que não têm mais utilidade na atividade em que estavam inseridos. Têm origens diversas tais como os restos dos processados industriais, os alimentos consumidos em restaurantes e residências, fezes, cadáveres, etc.. Esses materiais podem gerar grandes problemas se não forem adequadamente tratados (doenças, por exemplo). No entanto, com o uso de técnicas adequadas, seu risco pode ser contido, além de transformarem-se em adubo, por exemplo, para uso na fertilização do solo.[1][2][3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Gestão de Resíduos Orgânicos» 
  2. «Qual a diferença entre lixo orgânico e inorgânico? - Pensamento Verde». Pensamento Verde. 20 de maio de 2013 
  3. «Significado de Lixo orgânico». Significados 
  4. Hoje, Ciência. «Ciência Hoje - Lixo nos mares». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 17 de abril de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre ambiente é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.