Diablada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diabos dançarinos da Cooperativa Cultural Brasileira, em Curitiba, no Brasil

A Diablada ou Danza de Diablos (traduzido do castelhano, "dança de demônios") é uma dança tradicional de Oruro, na Bolívia. Caracteriza-se pela máscara de demônio usada pelos dançarinos.[1] A dança é uma mistura de apresentações teatrais dos espanhóis e cerimônias religiosas andinas, tais como a dança Llama Llama em honra do deus uru das minas, lagos e rios, Tiw[2] e o ritual dos mineiros aimarás para Anchanchu, um espírito das cavernas e de outros locais isolados.[3]

As origens e o sentido da identidade patrimonial dessa dança é uma questão de disputa entre as autoridades e historiadores da Bolívia, Chile e Peru, onde é realizada como uma parte importante das suas respectivas festividades. Há um estilo de dança do Equador chamado Diablada pillareña. Esquadrões de Diablada foram fundados em outros países, como Argentina, Estados Unidos e Áustria.

Referências