Diabo Coxo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frontispício da edição de dezembro de 1864

Diabo Coxo é um jornal humorístico ilustrado - o primeiro do gênero da cidade de São Paulo, fundado por Angelo Agostini e Luiz Gama em 1864.[1]

O nome lembra dois livros editados na Europa nos séculos anteriores, e bastante conhecidas: El Diablo Cojuelo, do espanhol Luís Vélez de Guevara, do século XVII, e Le Diable Boiteux, de Alain-René Lesage, na França do século XVIII.[2]

Esta publicação durou até o ano seguinte, e marcou o início da produção do caricaturista Agostini no Brasil.[2] Em 2005 a Academia Paulista de História em parceria com a EDUSP (Editora da Universidade de São Paulo) publicaram, em fac-símile, a obra Diabo Coxo: São Paulo, 1864-1865: edição facsimilar, que reproduz o periódico.[2]

Referências

  1. Lígia Fonseca Ferreira (2012). «130º Aniversário de falecimento Luiz Gama (1830-1882): de escravo a "cidadão"». Consultado em 25 de novembro de 2013. 
  2. a b c Waldomiro Vergueiro (28 de Abril de 2005). «O Diabo Coxo, de Angelo Agostini, agora em edição facsimilar». Omelete. Consultado em 25 de novembro de 2013.