Diane Paulus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Diane Marie Paulus (Nova York, 1966) é uma diretora de teatro e de ópera norte-americana. Diretora artística do American Repertory Theatre (ART) na Universidade de Harvard, premiada com o Tony Award de melhor direção pela remontagem de Pippin em 2013.

Pianista com formação clássica e ex-estudante de balé no New York City Ballet, é formada com láureas em Sociologia pela Universidade de Harvard/Radcliffe College.[1] Depois de assumir a direção artística do ART em 2008, seus principais trabalhos foram as remontagens de Hair (2009), Porgy and Bess (2012) e Pippin (2013), todas elas premiadas com o Tony de melhor remontagem.[2][3] Com a última também ganhou o Tony de melhor direção de musical.[4]

Referências

  1. «Paulus reaches beyond boards». Harvard Gazette. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. 
  2. «2009 Tony Awards Winners». The New York Times. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. 
  3. «Breaking News: The Gershwin's PORGY & BESS Moves Broadway Closing Up to September 23, 2012». BroadwayWorld.com. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. 
  4. «Tony Awards winners list». USA Today. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. 

Ver também[editar | editar código-fonte]