Diodo túnel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
thumbs

O diodo túnel ou díodo Esaki é um tipo de diodo semicondutor extremamente rápido, que opera na casa dos GHz, através da utilização dos efeitos da mecânica quântica.[nota 1]

Recebeu o nome do físico Leo Esaki, que em 1973 recebeu o Prêmio Nobel em Física pela descoberta do efeito túnel utilizado neste tipo de diodo semicondutor.

Ele funciona somente na área de resistência negativa, ou seja diminui a tensão e aumenta a corrente, somente quando tem-se uma tensão muito próxima de zero (chamada de avalanche, do diodo zener), ou seja, ele só funciona como diodo túnel quando polarizado diretamente e sob tensões bem baixas, para tensões fora dessa região ele funciona como um diodo comum.

Resumidamente, o diodo túnel só atua com propriedades especificas em baixas tensões.

Notas

  1. Segundo o dicionário Houaiss, embora a forma diodo seja a mais usual, a forma preferível é díodo. O mesmo dicionário regista ainda a forma diódio.[1] O dicionário Aurélio, porém, registra diodo como a forma preferível.[2]

Referências

  1. Houaiss, Antônio (2001). «Díodo». In: Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. VII. Lisboa: Temas & Debates. p. 3001 
  2. Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda (1986). «Diodo». Novo Dicionário da Língua Portuguesa 2 ed. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. pp. p.592 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Diodo túnel
Ícone de esboço Este artigo sobre eletrônica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.