Discussão:Assassin's Creed: Revelations

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Ubisoft revelou o novo game da série Assassin's Creed. Assassin's Creed Revelations encerrará a trilogia iniciada por Assassin's Creed II e Assassin's Creed Brotherhood, concluindo a história de Ezio. de acordo com o site Omelete

Mais detalhes sobre Assassin´s Creed Revelations vazaram das páginas da revista GameInformer.

A grande maioria do jogo será ambientada em quatro distritos diferentes de Constantinopla: Constantine, Beyazid, Imperial e Galata. A Capadócia também será visitada no game.

Nessas localidades o conceito das Torres Bórgia foi expandido para um novo sistema: os Covis de Assassinos. Depois que uma região for tomada, além de realizar aprimoramentos nas edificações da região será possível criar sua própria torre de guarda. Essa torre, porém, podem ser atacadas e perdidas - a menos que seus assassinos sejam enviados para conter a ameaça e bem-sucedidos. A influência das torres pode se estender também às forças policiais, que podem tornar-se neutras.

Uma nova ferramenta no arsenal de Ezio (que terá 50 anos no game), o gancho com cabo, pode ser instalado de região a região, facilitando a movimentação pela cidade. Ela dependerá, no entanto, do controle das regiões. O gancho também pode ser usado como arma de ataque, puxando inimigos para perto. Outra novidade são as bombas, que agora existirão em 300 tipos e serão mais facilmente empregadas.

Pra completar, houve uma mudança significativa também na "visão de águia", que agora se transformou no "sentido de águia". Com ele, será possível prever aproximadamente o padrão de patrulha de oponentes e correr adiante para plantar armadilhas e criar emboscadas.

Em termos de estrutura, as missões paralelas foram substituídas por eventos paralelos - mais ou menos como as missões-relâmpago de Red Dead Redemption -, com oportunidades surgindo conforme Ezio avança. A participação de Desmond também parece ter sido alterada. Mais atuante dentro do Animus, ele deverá reintegrar os segmentos de suas memórias em quebra-cabeças. Já o multiplayer será mais focado em narrativa e integrará a franquia melhor. Será possível também personalizar personagens e armamentos, além de criar grupos.

Por último, os gráficos ganharam uma nova tecnologia de captura de expressões faciais, a Mocam, que possibilita mais sutilezas e realismo e emoções.

Na trama, Ezio Auditore embarcará em uma jornada de autoconhecimento e revelações seguindo os passos de seu antecessor, Altaïr. Da Itália ele viajará até Constantinopla, no coração do Império Otomano, onde um exército de Templários ameaça desestabilizar a região.

Será possível controlar três personagens - Altaïr, Ezio e Desmond - e haverá um novo sistema de armas e ferramentas, além de jogo multiplayer customizável. Novidades serão divulgadas nos próximos dias.

O game será lançado para para PCs, Xbox 360 e PlayStation 3 em novembro.