Discussão:Designer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esse verbete é completamente desnecessário, pois já existe o verbete para Design. Não há qualquer razão para dividir o conteúdo em duas palavras... Se ninguém se opuser, acho que essa palavra deveria redirecionar para o verbete Design. MarcioRPS 01:16, 6 Abril 2006 (UTC)

Em inglês pode-se usar o termo designer para biologia, na teologia Deus é muitas vezes, o designer do universo... embora em português o termo seja mais limitado, a relação com o uso original do termo é muito forte (e talvez sempre se mantenha assim). Deveriamos usar menos o termo "designer" de forma tão genérica e determinar o tipo de designer, se estivermos querendo ser precisos. O termo "design" é genérico por natureza e muito recente na língua portuguesa. A falta de cuidado e estudo sobre o termo tem provocado muita confusão. Talvez isso não esteja ainda muito claro no verbete, mas em geral o verbete está muito bom. --Aleph73 04:46, 16 Março 2006 (UTC)

Acredito que são coisas diferentes. Design, se refere à atividade de projetar, desenhar. Designer, é o executor dessa atividade, aí a diferença. Penso que deve-se manter dois verbetes, com indicação e explicação clara sobre as diferenças, e link entre ambos. --Moeribeiro 14:02, 17 Maio 2007 (UTC)

Academia Brasileira de Letras[editar código-fonte]

A ABL classifica, obviamente, design e designer como palavras estrangeiras, grafando com itálico. Será essa a abordagem mais correta. --CorreiaPM (discussão) 17h54min de 11 de janeiro de 2010 (UTC)