Discussão:Distrito Federal do Cáucaso Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A frase a seguir é o texto do tópico: Foi criado em 19 de janeiro de 2010 por decreto do Presidente de Rússia Dmitri Medvedev agrupando vários sujeitos federais .

Correções: não precisa repetir "de" Russia, é apenas o Presidente, já que o tópico é justamente de territórios da Russia. Correções: texto informa: "vários sujeitos federais. Denominar "sujeitos" à territórios nacionais que administrativamente foram englobados em um distrito federativo, tá errado. Não são sujeitos, se referindo à pessoas, são territórios, milhares de kilometros de terras, com cidades, rios, pessoas, etc, províncias administrativas da Federação da Rússia.

Abraços Sergioorf 05h36min de 25 de dezembro de 2015 (UTC) comentário não assinado de Sergioorf (discussão • contrib) (data/hora não informada)

Onde você leu que "sujeito" só se refere a (sem acento, pelamordedeus!) pessoas? Alterou tanto baseado num conceito demasiado vago — e errado. Bastava tirar a frase do caput, que mais confundia que explicava. Desnecessário descrever a Federação Russa — quem quiser, que clique no link. Yanguas diz!-fiz 00h41min de 26 de dezembro de 2015 (UTC)


Yanguas

Vamos com calma. Antes de entrar no assunto, fazer uma observação: vc aponta, como erro, (sem acento, pelamordeus) que eu não escrevi o "a" com acento !!!! Favor então reler minha msg. O referido "a", está grafado, como é a forma correta gramatical, com a acentuação "CRASE". Crase é sinal de acento agudo, invertido, que assinala sobre a vogal que ela deve ser falada em dobro "aa", haja visto que o artigo, no caso a vogal "a", tanto se refere ao substantivo, quanto ao pronome substantivo da frase.

Agora explanando sobre a palavra do texto "sujeitos". O artigo se refere especificamente a organização em 8 Distritos Federais da Federação da Rússia. É óbvio então que todos os componentes que formam o referido distrito federal da divisão adminstrativa da Rússia, algo como nossas regiões do Brasil, Norte, Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, se refere exclusivamente sobre porções de áreas que foram aglutinadas em 8 áreas administrativas. Ficando ciente disso, a palavra do texto "sujeitos", por sua etimologia, e seus significados, em nada se referem a áreas, territórios, terras, conglomerados, que estão identificados em conjunto com a denominação de Distrito Federal do Cáusaco. Abaixo, definição da palavra "sujeito" conforme Dicionário Michaleis - http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=sujeito Entre tudo que a palavra tem significados, nada se refere a áreas ou territórios, se atenha à linha ao meio da informação abaixo, a partir de SM (substantivo masculino) - exatamente a colocação gramatical da palavra "sujeitos" no texto do tópico - da alínea 2 e seguintes, se referindo a substantivo masculino, forma como a palavra em questão, gramaticalmente, está inserido no texto do tópico, só se refere "a pessoas". Por isso não errei na minha observação se referindo "Á pessoas", haja visto que gramaticalmente ela está atuando como substantivo masculino. E ao fim, de boa, no texto DO TÓPICO, 'sujeitos", é totalmente equivocada e errada.

E reafirmo, o meu texto tá quase perfeito. Em comparação ao texto atual que está errado. Até as datas de designação anterior e mudança de nomeação estão erradas no atual texto. Abaixo definição

sujeito su.jei.to adj (lat subjectu) 1 Que está ou fica por baixo. 2 Que se sujeitou ao poder do mais forte; dominado, escravo, súdito, submisso. 3 Que se sujeita facilmente à vontade de outrem; dócil, obediente. 4 Que se conforma; que se deixa guiar por outrem ou por alguma coisa. 5 Adstrito, constrangido. 6 Que não tem ação própria; cativo, domado, escravizado. 7 Comprometido a obedecer; dependente; submetido. 8 Que se acha na obrigação de se submeter. 9 Que pode dar lugar, ocasião ou ensejo a alguma coisa. 10 Que tem disposição ou tendência para; atreito. 11 Que está naturalmente disposto, inclinado ou habituado a alguma coisa. 12 Que é de natureza a produzir certos efeitos. 13 Exposto a qualquer coisa, pela sua natureza ou situação: Sujeito a privações. sm 1 Gram e Lóg Ser, ao qual se atribui um predicado. 2 Filos O ser que conhece. 3 Indivíduo indeterminado que não se nomeia em qualquer discurso ou conversação familiar. 4 Homem, indivíduo, pessoa. S. ativo, Dir: pessoa titular ou capaz de exercer um direito. S. complexo, Gram ant: o que vem modificado: O inteligente e aplicado Pedro é bom aluno. S. composto, Gram: o que consta de dois ou mais termos: O homem e o anjo são seres racionais. S. determinado, Gram ant: o que é sempre conhecido, quer esteja enunciado, quer esteja oculto. S. expresso, Gram ant: o que está patente na oração. S. gramatical, Gram ant: o sujeito despojado de qualquer modificativo que porventura tenha. S. incomplexo, Gram ant: que não vem modificado: Tudo passa. S. indeterminado, Gram ant: sujeito não enunciado nem conhecido, sendo o verbo impessoal como em: Chove dia e noite. S. lógico, Gram ant: o sujeito em sua expressão completa, com os modificativos, quando os houver, como os berros do professor na sentença: Os berros do professor intimidavam os alunos. S.-nuvem, pop: indivíduo finório, matreiro. S. oculto, Gram ant: o que não vem enunciado mas facilmente se subentende, como eu em: Vivo, penso, sinto. S. passivo, Dir: entidade, civilmente capaz, sobre quem atua o direito de outrem. S. simples, Gram: o que consta de um só termo, como homem em: O homem é o rei da criação. S. subentendido, Gram ant: o mesmo que sujeito oculto. S. total, Gram ant: o mesmo que sujeito lógico.


Abraços

Sergio OrfãoSergioorf 03h09min de 26 de dezembro de 2015 (UTC)

Antes de me ensinar o que é crase, aprenda. O uso que você fez está errado. E aprenda também a ser mais sucinto (significa "ir direto ao ponto") e a assinar seus comentários. Yanguas diz!-fiz 15h10min de 26 de dezembro de 2015 (UTC)