Discussão:Escola de Chicago

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Esta página não é de desambiguação!

    Trecho desnecessário[editar código-fonte]

    Olá, estava lendo o artigo sobre a Escola de Chicago e me deparo com o seguinte trecho: "Informação dada pelo Relatório Global sobre Assentamentos Humanos, do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos, revela que o aumento da criminalidade no estado de São Paulo está ligado a crescimento urbano, e que crimes violentos, em particular, estão aumentando em todo o pais. No Rio de Janeiro, por exemplo, a taxa de mortes por armas é maior que o dobro da média nacional.

    Se for considerado o fato de que na maioria das grandes cidades brasileiras não há planejamento urbano, pode-se dizer que esse seja o real motivo do aumento da criminalidade. Um resultado visível dessa falta de planejamento são as favelas, alternativas encontradas pela parcela excluída da população e do acesso ao poder econômico para continuar a sobreviver nas cidades. Até mesmo Brasília, que foi uma cidade construída partir de um planejamento, cresceu de forma desordenada e além do que foi previsto.

    A criminalidade hoje, no Brasil, é atribuída aos problemas socio-econômicos, no entanto, o crescimento desordenado e a falta de estrutura para atender à demanda existente nas grandes cidades, demonstram que a falta de planejamento urbano gera conflitos sociais que talvez sejam a fonte da criminalidade."

    ao meu ver estes fatos são completamente desnecessários neste artigo e sugiro a remoção destas informações. Não estou questionando a validade dos fatos ali presentes, mas a relevância para o tema.

    att, Gabriel Ouriques --Gcamboim (discussão) 02h39min de 7 de novembro de 2010 (UTC)Responder[responder]