Discussão:Fernando Lugo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Untitled[editar código-fonte]

Ver a última alteração: esses carolas da Igreja Católica vigiam tudo. Bispo, que horror, não pode ser excomungado, só pode estar a divinis. Me poupem. A informação sobre excomunhão é da Folha S.Paulo, entre outros.

Parcial[editar código-fonte]

Removida a tag de {{Parcial}}, se você acha que o artigo é parcial, recoloque a predefinição e justifique seu uso aqui. G‾|‾ D 14h52min de 29 de julho de 2012 (UTC)

Olhe, só de ler a parte que diz que "Mais da metade dos seis milhões de paraguaios vive em situação de pobreza." já da para ver que ninguém conhece o Paraguay como para falar do que está acontecendo lá. comentário não assinado de 186.2.192.111 (discussão • contrib) 15h06min de 29 de julho de 2012‎ (UTC)
Ainda não está bem justificado, cite outros trechos que fazem do artigo WP:PARCIAL. G‾|‾ D 15h11min de 29 de julho de 2012 (UTC)
Antes de ter tirado os tags, você deveria ter perguntado o por que dos tags. Exemplo:


Impeachment
Ver artigo principal: Crise política de 2012 no Paraguai
No dia 22 de junho de 2012, o presidente foi destituído do cargo por 39 votos a 4, pelo Senado, logo depois foi substituído pelo vice-presidente Federico Franco após ser considerado culpado por 'mau desempenho' pelo Legislativo, apresentou resistência às novas autoridades, embora tenha acatado o veredicto em um primeiro momento. Ainda considerou o impeachment um 'golpe de estado branco'. .[27] O processo de impeachment durou menos de 36 horas.[28] O vice-presidente Federico Franco assumiu o cargo da presidência do país no mesmo dia da consumação do impeachment.[29]
Esta parte tem apenas um parágrafo, e quatro orações nesse parágrafo. Duas orações são para questionar o impeachment. Se a Suzane von Richthofen for utilizar metade do espaço para se defender e dizer que ela está injustamente na cadeia, o artigo perde objetividade.


[editar]Governo Paralelo
Ver artigo principal: Crise política de 2012 no Paraguai
Destituído do poder Fernando Lugo, instaurou, três dias depois, um governo paralelo batizado por ele como 'Gabinete de Restauração da Democracia', com sede em Lambaré, nos arredores de Assunção, capital paraguaia na sua própria casa. Integram o governo paralelo ex-ministros, ex-colaboradores e alguns parlamentares. Paralelamente, senadores e deputados aliados do ex-presidente trabalharam em ação para reverter o atual quadro político paraguaio na tentativa de que Lugo pudesse voltar ao poder. Mas analistas políticos do país consideraram a hipótese pouco provável. Para Lugo o governo paraguaio não possui autoridade:'Federico Franco não tem autoridade como presidente' [...] disse, recusando-se a chamar o atual chefe de Estado de presidente. [30]


Isto não tem razão de ser. Ninguém, nem dentro nem fora do Paraguay, reconhece esse governo paralelo. Porém tem mais espaço do que o dedicado ao impeachment mesmo.


Isso demostra que Wikpedia em Portugués está utilizando mais espaço para o lado do condenado do que para o que o condenou. Está utilizando mais espaço para o que quer dizer o culpado do que para o que dizem as leis paraguaias. Está utilizando mais espaço para o que diz uma pessoa e seus colaboradores do que para o que dizem 95 por cento do Congreso, que representa proporcionalmente ao povo paraguaio. Não explica que 64 por cento da população do Paraguay concorda com o impeachment, e que 82 por cento é contra as sanções impostas pelos países vizinhos.
O artigo é totalmente parcialista, porque coloca no mesmo patamar um condenado que não gostou do que o juiz disse do que o que o juiz disse do condenado.