Discussão:Loira burra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Estou desconfiado que a citação a Propércio...

“ Muitos males cercam a jovem que estupidamente pinta seu cabelo com uma falsa cor. -Propércio, século I a.C. ”

... foi forjada. O que ele diz (Prop. 1.2, poema endereçado a Cynthia, a obsessão dele):

What's the point of walking around, love, with your hair all done up?
Why does Coan clothing cover your delicate breasts? [Cloan clothing era um tipo de roupa transparente]
Why do you drench your hair in Orontean myrrh and sell yourself with foreign enticements? [Orontean myrrh era o corante para cabelo um perfume]
You lose your natural charm with storebought sophistication, you don't allow your limbs their native splendor.
Ou seja, não tem nada aqui referente à loira burra, aquilo foi invenção, o que ele queria era que ela trocasse sua roupa transparente e seu cabelo colorido e ficasse nua:
Believe me, there's no way to improve your figure: nude
Love doesn't love artifice in beauty. Albmont (discussão) 14h29min de 11 de abril de 2013 (UTC)

Também procurei em quatro livros de Propércio, a partir desta tradução, e não achei nada semelhante a esta citação acima. Temos um Conflito de Bicholim? Albmont (discussão) 15h03min de 11 de abril de 2013 (UTC)

  • Boas. Vale a pena pesquisarmos um pouco mais, porque a citação foi retirada da Superinteressante. Se não encontrarmos nada, retiramos a citação. Rossi Pena (discussão) 23h00min de 11 de abril de 2013 (UTC)
    • Jornalistas de Internet... Argh... Albmont (discussão) 15h18min de 12 de abril de 2013 (UTC)